Umbrella Corps foi anunciado durante a Tokyo Game Show 2015 como parte das comemorações dos 20 anos de Resident Evil. O jogo de tiro competitivo online destoa bastante do que a série representa, ainda que, atualmente, não se saiba definir muito bem se RE é uma franquia de ação ou de survival horror.

Por enquanto, o detalhe que chama mais atenção em Umbrella Corps é a reação negativa do público logo que o primeiro trailer do jogo foi divulgado. Até a publicação deste texto, o vídeo publicado no canal oficial de Resident Evil já acumula um total de 5.484 “não curti”, o que representa cerca de 58% dos 9.452 votos computados. Ou seja, mais da metade das pessoas que manifestaram opinião sobre Umbrella Corps através das curtidas no YouTube não gostaram do que viram.

Os comentários no canal de Resident Evil parecem ainda mais negativos. O mesmo comportamento se repete aqui no REVIL e nas redes sociais.

Aparentemente, Umbrella Corps está sendo bem mal recebido, mas nós queremos entender melhor esse fenômeno. Para isso, a gente criou uma pesquisa de opinião. Queremos ouvir o que os fãs tem a dizer e transformar essas informações em números – que nunca mentem – para traçar um perfil do sentimento dos fãs brasileiros sobre Umbrella Corps.

O nosso questionário tem 10 perguntas que podem ser respondidas rapidamente. O importante é responder honestamente e, claro, participar dessa pesquisa que vai ajudar a gente a entender melhor como o público está vendo um dos anúncios mais polêmicos da série.

RESULTADO

Vale lembrar que a nossa última pesquisa de opinião, sobre Resident Evil 2 Remake, rendeu informações interessantes e chamou atenção até da própria Capcom. Então, fica a dica: responder a esse formulário pode significar ser ouvido.

A pesquisa só permite uma participação por pessoa, então respondam com carinho e atenção, ok? O questionário ficará disponível até o dia 11 de novembro, à meia noite.

Contamos com vocês!

  • Loflit

    Essa pesquisa será complicada, muito hate em cima do jogo.
    Bom que tem a opção indiferente, porque esse jogo vou passar direto e também posso participar de forma adequada.

  • Marcos Alves

    Pelas notícias e pelos vídeos de gameplays que já saíram, não tenho dúvidas de que esse game será muito pior que o REORC. Ainda que no futuro ele seja disponibilizado gratuitamente na PSN, não irei baixá-lo e muito menos jogá-lo. Lixo!!!

  • Marcos Alves

    Eu teria ficado menos chateado se a Capcom fosse lançar um game de corrida com o nome Resident Evil na capa. Já que é para avacalhar…

  • Thiago Barros

    “O que você gostaria de ver em Umbrella Corps?”

    Essa pergunta não deveria ser obrigatória, pois não há nada que eu queira ver em Umbrella Corps, a menos que o jogo fosse totalmente reformulado (mas aí não seria mais o mesmo jogo). A única resposta que eu poderia dar seria “gostaria que fosse um jogo de Survival Horror”.

  • Mateuz

    é só pra mim que o questionário não esta aparecendo?

  • Rodrigo Zika!

    Bacana a iniciativa.

  • Bruna Mattos

    Pessoal, quem não estiver conseguindo ver o formulário do Google, foi colocado um link logo abaixo que redireciona vocês para a pesquisa, ok?

  • Tiago Loche

    Re6 foi uma lastima, o jogo é puro shooter. Esse Umbrella Corps consegue ser mais shooter ainda! OK, é spin off, mas porque não tentam fazer um spin off mais com a cara da franquia? Eu sinto falta de Climas horrendos, criaturas mais bem trabalhadas, escassez de munição, puzzles que deixam você louco de tanto pensar. A franquia perdeu esses elementos a muito tempo e isso é algo muito triste. Eu gostaria muito que a equipe responsavel pelo próximo Resident aevil finalmente ouvissem essas criticas, e fizessem o melhor para corrigir os erros.

    • It’s a mii, Mario!

      Eu tambem sinto falta do estilo classico, tambem nunca entendi o porque de a Capcom nunca mais ter feito um spin off no estilo classico depois do Outbreak File #2, se o estilo classico não “serve” mais para a serie numerada porque e que não fazem um spin off?

      • Lucas

        O cara, vivo pensando nisso. Qdo eu tive a oportunidade de jogar os Outbreaks, não entendia nada de Multiplayer on-line, nem de inglês tbm. Só nos tempos atuais que comecei a zerá-los. E realmente o game tm muitas DLCs e skins e ainda a sincronização entre o 1 e o File 2. Na minha opinião ia fazer sucesso também atualizá-los em consoles atuais.

  • Hunk

    acho que a pergunta mais difícil foi qual o meu jogo numerado preferido da franquia, acabei respondendo RE4 por ter sido o meu ponto de partida, mas se pudesse eu marcava todas as opções, porque sinceramente eu nunca consegui chegar a uma decisão concreta. falando nisso, por que o CV não estava na lista? sei que a pergunta foi sobre os jogos numerados e o CV não tem número, mas isso não passa de uma formalidade, esse jogo é tão principal quanto os numerados e só não se chama RE3 porque o nemesis lançou primeiro, até porque seguindo a pergunta ao pé da letra o RE1/remake não deveria estar na lista, já que no título oficial não tem o 1, é só “Resident Evil” (ou “Biohazard”, vai de cada um).

    • Tiago Loche

      Se tivesse CV eu tinha colocado ele, como não tinha eu coloquei o remake mesmo.

      • Hunk

        eu também acho que tinha uma boa chance de eu ter colocado o CV, no mínimo eu teria ficado meia hora encarando a tela do computador enquanto meu cérebro ficava dando lag tentando encontrar a resposta.

    • It’s a mii, Mario!

      Estava pronto pra fazer exatamente o mesmo comentario, com certeza a pergunta mais dificil do questionario, acabei escolhendo o RE2 como favorito. 😛

      • Hunk

        uma boa escolha, não que eu ache que exista uma má escolha nesse caso, mas não é possível encontrar alguma objeção pra sua escolha. o engraçado é que as perguntas sobre o umbrella corps eu respondi com a velocidade da luz, mas quando alguém me pede pra escolher 1 entre 7 dos meus jogos favoritos é que o meu fps começa a cair.

    • Bruna Mattos

      Se eu tivesse colocado “série principal” ia ter gente de mimimi porque o CV estava porque não era numerado; ou porque o Revelations não estava; ou porque o Gaiden não estava de acordo com a constituição de 1952. Gente, só responde as perguntas, para de achar pelo em ovo. Todas elas têm um propósito e não foram elaboradas sem critério.

      • It’s a mii, Mario!

        Bruna, pensei que voce era fã da serie MG, voce perdeu a chance perfeita de explicar tudo colocando a culpa em Nanomachines! U_U

      • Hunk

        foi mal, não tive a intenção de parecer implicante, eu apoio a ideia do formulário e acho que vcs estão corretos em fazer uma pesquisa formal, até porque como vc disse no texto a própria capcom pode levar os resultados a sério. mas é exatamente por causa da importância do formulário que eu não consegui evitar o questionamento, afinal o CV é um dos principais, não há muita dúvida quanto a isso. eu pessoalmente acho que seria legal incluir os revelations na lista também, mas não os mencionei porque eu imaginei que a intenção fosse focar só nos principais mesmo, mas o CV eu não consegui ficar sem mencionar. sinceramente eu acho que se alguém duvida que o CV é tão importante quanto os outros numerados é porque não o jogou, mas eu nem questionaria a resposta das nanomachines. agora falando sério, nem me fale da constituição de 1952 e o gaiden, isso aí já é um assunto que merece seu próprio tópico de tão controverso, é melhor não perdermos o foco aqui.

        PS: o que eu falei sobre o RE1 no final não é pra ser levado muito a sério, aquilo foi só em nome da encheção de saco mesmo.

    • Thiago Barros

      Particularmente, não achei essa pergunta difícil. Depois que eu joguei o Remake, nunca mais tive dificuldade em escolher meu RE preferido hauauhau

      Atualmente, minha lista segue com RECV em segundo, seguido de RE2 e por fim RE3. Mas nada impede que a ordem se altere sem aviso prévio huahuauaha

      • Hunk

        o mais bizarro é que se eu fosse marcar o formulário agora eu acho que eu escolheria o remake também, realmente a ordem está sujeita a mudar sem aviso prévio de um dia pro outro. na verdade nem se passou um dia, apenas 15 horas de acordo com o meu outro comentário, e se desconsiderarmos as 5 horas que eu gastei dormindo nesse meio tempo bastou 10 horas pra eu mudar de ideia. e isso é só um valor máximo, porque se eu tivesse visto as respostas e parado pra pensar nisso antes eu talvez já tivesse mudado de ideia mais cedo.

      • Andre Iack

        Também marquei o Remake como meu preferido. Não sei se é paranóia minha mas desde a primeira pesquisa de opinião (RE2 Remake) que eu pareticipei eu sempre tentei ser o mais saudosista possível, já que o próprio REVIL comentou que isso está servindo de feedback pra Capcom talvez quanto mais nostalgia ela ver nas respostas maiores podem ser as chances dela fazer um Remake do RE2 do modo certo e não cometer o sacrilágio de fazer isso Over The Shoulder Total Action (pelo menos assim eu acredito né…)

        • Hunk

          pensando nisso quer vc falou, talvez eu tenha cometido um erro terrível ao marcar o RE4, mas espero que a capcom entenda (caso ela veja os resultados, o que eu acho provável) que uma coisa não tem nada a ver com a outra. independente de qual seja a preferência das pessoas o correto a se fazer com o remake do RE2 seria respeitar o que o RE2 é, não tentar transformá-lo em outro jogo da franquia. eu gostei da forma alternativa que os jogos foram recontados nos chronicles, mas ali eram apenas resumos servindo pra introduzir de forma rápida a história geral da franquia aos novos jogadores, dessa vez é diferente. isso não é um resumo, é um remake dedicado exclusivamente a um único jogo, então dessa vez eles tem que tomar mais cuidado pra não alterar o que não devem.

          • Thiago Barros

            Mas o RE4, por mais que não seja mais meu RE favorito (ele foi, antes de eu conhecer a fundo os jogos oldschool da franquia), ainda tem pelo menos uma fagulha de Survival Horror, principalmente no castelo. Ainda que os itens não sejam nem um pouco escassos e o desafio seja muito pequeno, o clima de tensão e de SH está ali. Então ter marcado o RE4 não “prejudica” tanto assim, a Capcom deve levar isso em consideração.

            Sobre não transformar o RE2make em apenas mais um jogo da franquia, eu assino embaixo de tudo o que vc falou. Por exemplo: eu acho aceitável que REV1, REV2 e os demais que estão por vir tenham a câmera OTS, mas, como disse o Andre, seria um sacrilégio tirar os ângulos fixos que já estavam presentes no RE2 original.

          • Hunk

            é verdade, o RE4 ainda manteve muito do clima, talvez eu esteja me preocupando mais do que o necessário por medo da capcom entender isso de forma equivocada, mas se eles tiverem tanta noção quanto a gente espera que eles tenham isso não será um problema. bem, seja como for, agora eu já marquei e a minha minúscula (provavelmente nula) parte já foi feita, agora só me resta esperar e torcer pra que façam tudo direito.

        • Thiago Barros

          Eu também respondi ambas as enquentes com o maior saudosismo possível, mas foi uma coisa bem natural, pois eu já sou saudosista ao extremo! HUAHUHUAHU

          Eu tbm acho que colocar um OTS em RE2make seria um sacrilégio, meu hype pelo jogo (que já tá bem abafado pelo medo de sair um jogo ruim) diminuiria consideravelmente. Enfim, por enquanto só resta esperar…

    • Lucas

      Eu também fiquei com muita dúvida sobre qual marcar, kkkkk. Marquei o 1, mas preferia todos…

  • Gerson Vieira

    Olha, vejam se vcs que são fãs também, concordam:

    Acho que a Capcom perdeu uma oportunidade boa com esse Umbrella Corps. É claro que o objetivo é manter o pessoal ocupado enquanto eles trabalham no Resident 7, mas a chance de fazer isso BEM FEITO seria eles terem feito apenas um “Resident Evil: Versus”.

    Se pegassem os protagonistas dos jogos da série principal (Billy, Rebecca, Chris, Jill, Claire, Leon, Carlos, Ada, Sheva, Helena, Piers, Sherry,…), vilões conhecidos (Wesker, Nemesis, etc.) e colocassem em arenas dos jogos principais (vilarejo de RE4, Cidade do RE5, etc.) com inimigos conhecidos (zumbis, ganados, afflicted), e SEM ESTAR LIGADO AO CÂNON (apenas pra se divertir), o apelo que isso teria entre os fãs seria infinitamente maior do que personagens genéricos e dizer que isso está indiretamente relacionado à história após o RE6.

    Além disso, seria inclusive um estímulo a mais pro pessoal se registrar no ResidentEvil.net; disponibilizando novas skins, novos mapas, etc. Se eles tivessem uma resposta boa do público (e eu acredito que teria, por juntar todos os protagonistas), poderiam até deixar esse como um modo versus definitivo (pois juntaria o melhor dos modos de Resident Evil 5 e 6), e no RE7 trazer de volta o mercenários, dessa vez nas mecânicas atuais, cooperativo e com uma “história” de fundo, como foram esses modos até o Resident Evil 3.

    Já pensaram no quão legal seria jogar um versus com os amigos tendo, por exemplo, “Chris, Jill e Leon” vs. “Nêmesis, Wesker e Ustanak” com ganados de fundo pra dropar itens???

  • luiz henrique Longo

    eu nao posso falar nada do jogo ate jogar ele,porem as criticas negativas é obviamente pela capcom ter simplesmente cagado do nada um resident evil que é 100% ação na cara dos mesmos fãs que ja estavam pedindo para ela parar de botar ação em resident evil,alem do jogo parecer ser bem porquinho também.

    porem,o jogo ira vender bem,mas não pelos fãs de verdade do resident evil,e sim pelas pessoas que gostam de shoters,eles vao comprar de qualquer jeito o jogo,so pelo fato de ter zombis e armas

    • Hunk

      sei lá, eu não sou muito fã de shooters competitivos, mas se eu fosse eu daria prioridade a outras opções melhores do que essa, que não tá parecendo ser grandes coisas. se fosse um jogo de qualidade e eu curtisse o estilo eu com certeza compraria, pois seria a chance de jogar um desses jogos com a temática de RE, mas baseado no que eu vi até então eu não compraria. e nem sequer parece que tem muita temática de RE pra falar a verdade, pelo que foi visto até então não tem cenários, personagens ou inimigos icônicos, tudo bem que o jogo não foi mostrado por completo e isso pode mudar, mas até então eu julgo baseado no que eu sei. se os zumbis forem a única referência então pode-se dizer até que o jogo faz referência a the walking dead, existem muitas criaturas icônicas em RE e zumbis são uma das únicas que não são exclusivas da franquia, então não são suficientes, afinal até COD tem um modo focado em zumbis, então cadê o diferencial do umbrella corps? e mesmo se nos limitarmos a jogos dessa franquia, o ORC também é um shooter com modos competitivos que possui zumbis (que inclusive não são apenas decorações) e muitos outros aspectos temáticos da franquia.

  • Daniel leonardo

    nem deveria ter saído esse jogo vai r guerra pura nada haver com resident evil.

    • Hunk

      na verdade não saiu, ainda.

      • Daniel leonardo

        no caso eu quis dizer que nem deveria ter sido anunciado eu sei que não saiu ainda só ano que vem infelizmente.

  • Mateuz

    Acho que o meu maior problema com esse Umbrella Corps não é nem a ação em si, mas a jogabilidade. Eu curto TPS online como o do The Last of Us, Uncharted ou MGO, mas o que vi desse UC não me agradou. E é justamente isso que me da raiva no ORC, onde a ideia foi boa, mas a jogabilidade é horrível. Se tivesse uma jogabilidade mais fluida, como The Last of Us por exemplo, o hate seria menor.

  • Jean Lucas

    Acho que a pergunta mais complicada do formulário foi sobre “o que esse game apresenta de menos interessante”, é uma pena não pode colocar todos os itens que foram apresentados, afinal esse game ao menos para mim não apresentou absolutamente nada de interessante e será totalmente descartado.

    Esse Umbrella Corps consegue ser mais shooter que qualquer outro game da franquia e o pior que será parte de comemoração de 20 anos da franquia, algo que chega a ser sem nexo algum, fora que pelo que foi apresentado nos trailers e gameplay, o game parece que está sendo feito baseado em algum mod bem escroto de um fps online qualquer que se tem por aí. Ainda não entendo como um game desse nível vai ser a entrada oficial de RE na nova geração e se baseando nesse game, com certeza fico cada vez mais com receio sobre o que a Capcom pode fazer com um possível RE7 e até mesmo com o Remake de RE2.

  • It’s a mii, Mario!

    Se tem uma pergunta a ser feita e a de porque esse game ter sido feito ao invez de um Resident Evil Mercenaries 2, o unico motivo que consigo imaginar seria a vontade da Capcom em expandir o lore da serie criando essa pseudo guerra entre facções, o unico problema e que eu nunca vi ninguem interessado em acontecimentos paralelos nessa serie, posso estar errado mas minha impressão e que o interesse nos personagens sempre foi maior.

    • Hunk

      eu particularmente considero o foco em acontecimentos paralelos algo bem interessante de ser explorado (embora eu não possa negar que o carisma dos personagens é muito grande), tanto que eu sempre achei todos os files interessantes, mesmo os que falam da vida de um zé ninguém que não tem nada a ver com nada. por mim spin-offs são ótimas oportunidades de explorar tanto jogabilidades alternativas quanto acontecimentos paralelos, que não teriam muito espaço num jogo principal, o problema mesmo é que até então o umbrella corps me parece um jogo fraco que não carrega nenhum peso na história, mesmo que tentem dizer o contrário. se explorasse acontecimentos paralelos em uma campanha bem trabalhada e com uma jogabilidade bem feita (independente do gênero do jogo) eu com certeza compraria, mas até então o que eu vi é um jogo bem inferior a seus rivais de mesmo gênero e sem nenhum tipo de adição bem apresentada à história. além disso eu nem vi referências suficientes à franquia pra dizer que esse é um jogo temático de RE, porque se forem só os zumbis COD já faz melhor.

  • Renato Quorthon

    Na minha opinião a ação se encaixou bem na série, mas quando ela não é generalizada… a CAPCOM tira influências de filmes como eu já disse e como já apareceu aqui, e quando isso é usado de maneira positiva da muito certo, resident evil 4 e 5 deu certo, são uns dos meus preferidos, e acho que o resident evil 5 ficaria mais foda se fosse como no primeiro trailer onde o Chris aparece sozinho, tinha mais inimigos e um clima tenso, mas em fim, esse game não parece ser bom o bastante pra comemorar os anos de glória da CAPCOM.

  • sem nome

    A série em sí esta boa, a ação colocada no re4 em diante n atrapalhou muito o jogo só que tirou um pouco a dificuldade, mas jogo totalmente de tiro como se fosse um BF, CS ou COD não combina mesmo com resident evil, a CAPCOM tem que parar com isso de querer atrair público de outras modalidades de jogo e voltar a focar no publico alvo pois jogos de tiro em primeira pessoa ja existem milhares e as pessoas ja esperam isso destas empresas, assim como nós esperamos da CAPCOM que não mude o foco da série ainda mais.

  • Brian Walker

    acho que a ação colocada com cautela como foi em RE4 que não não perdeu o clima tenso , ficaria otimo nos jogos de Re , fica um clima misturado bem agradevel , mas esse umbrella corps ai , pqp o jogo parece ser uma bosta completa , tem nada de Re nisso , nem os zumbis atacam , uma merda completa . capcom não esta fazendo por merecer , Re merece algo digno não essas bostinhas ai que qualquer empresa faz

  • Rivershield

    Inicialmente, eu era totalmente contra qualquer influência de jogos de ação em Resident Evil. Pra mim, o nível máximo tolerado era o de RE4. Mas, agora, eu fiz o possível para ser mais tolerante com essa modinha estúpida de multiplayer competitivo.
    Bom, é óbvio q para a Capcom a opinião de pessoas como eu não é importante. Desde o lançamento de RE5 eu mandava e-mails para a Capcom apontando as minhas críticas e compartilhando a minha perspectiva sobre o q a comunidade de Re em geral estava pensando sobre a série. E é claro q eu não fui o único a fazer esse tipo de coisa.
    Tudo em vão.

    Eu não sei se é burrice ou cinismo, mas quando a Capcom tenta ouvir os fãs ela faz tudo errado e executa com o TOBA as ideias que os fãs sugerem.

    Ela deu passo largo para a frente com RE Revelations 2, mas está fazendo uma maratona em retrocesso com esse Umbrella Corps, Em pleno 20 FUCKING ANOS DO ANIVERSÁRIO DA SÉRIE!
    E o problema não é ele ser um shooter competitivo, mas sim ele ser a poha de um jogo genérico e mau feito.
    QUANDO a Capcom vai fazer um RE decente novamente??????
    Eu não estou falando de um jogo mediano como Revelations 2, estou falando de um AAA, de algo q impressione todo mundo, tanto graficamente quanto na questão do enredo!

    Expressei essa mesma indignação no fórum oficial de RE. Eu acho q se os fãs começarem a se manifestar em massa, pode ser q a Capcom até mesmo resolva cancelar esse Umbrella Corps e fazer algo realmente bom no lugar dele.

  • Claudio Geasy de Souza

    Vejo hoje que a Capcom está numa situação muito complicada com a série Resident Evil, pois temos públicos que só gostam do estilo de jogo até o RE3, outros curtem muito o 4 e outros o 6.
    Particularmente eu acho que a série tem evoluir e experimentar mesmo novas formas de jogar o universo Resident Evil, pegue o 6 por exemplo, na minha opinião é a melhor jogabilidade de todos os RE, pois permite vc se virar quando as balas acabam. O que está faltando é um roteiro novo. Todo mundo consegue prever o que provavelmente vai acontecer, pois a Capcom está sempre usando a mesma receita de bolo. Vejo a galera comentando e o sinto é que a maioria não consegue mais tomar os sustos que gostavam de tomar quando tiveram contato com a série. Por outro lado, acho que demorou mesmo para a Capcom lançar massive online multiplayer, imagine assim, várias cidades do mundo infestadas e vc ter que se virar naquela cidade, estabelecer comunicação com cidades vizinhas, reunir-se com sobreviventes e sobreviver… Acho que essa seria uma boa linha para explorar, colocar as pessoas num clima de The Walking Dead porém com os personagens e inimigos da saga Resident Evil.

  • Richard Barbosa

    sobre o umbrella corps ,esperei pra ver a primeira gameplay antes de formar opnião ,o jogo é ruin conteudo fraco,sem muita lógica ,movimentação tosca os inimigos não reagem (zumbis) ,é um shooter horrivel parece que vai sair todo bugado, sistema de cover e movimentaçao ridiculo ,e não tem nenhum inimigo classico da serie (hunters,lickers ,tyrants )

  • Eu acho que o grande problema está em fazer um título que tenha qualidade. Se fosse bem feito, com inovações, que tivesse algo que chamasse a atenção dos jogadores, pouco importaria se o game fosse um shooter ou um horror. O que eu dá pra perceber através desses trailers é que o jogo parece totalmente sem graça, com modos que não parecem divertidos. O mais legal foi ver o uso da machadinha (?), mas que já está presente em outros jogos. Espero estar errado e que a Capcom não pise na bola de novo com o principal produto da empresa.

    • Johnnie Jordão

      Penso exatamente igual a você. O problema não é ser shooter, FPS, RPG ou o escambau. O problema é ser um jogo mal feito mesmo, e dá pra ver isso nos vídeos de gameplay.

  • Filipi Hasegawa

    Desperdício de dinheiro

  • Lucas

    Corrijam-me se estiver errado mas, não lembro aonde eu vi um video aqui na REVIL que este novo game que msm que não faça parte da série principal, ocorre numa mesma época entre RE 5 e RE 6, se eu estiver equivocado me avisem. Mas de onde vieram esses zumbis? Como eles chegaram no cenário e porque ainda são zumbis nessa altura? Sem uma campanha pra explicar esse fiasco ainda…

    • Hunk

      porque zumbis são famosos e marketing é importante, principalmente quando o jogo não tem muita coisa boa pra sustentá-lo. por hora eu acho que deveríamos simplesmente supor que esse jogo não acrescenta nada relevante a história e não faz tanto sentido assim, porque é o que parece. mas quanto a esse período de tempo que vc falou, acho que vc pode estar confundindo com o revelations 2, porque esse jogo sim se passa entre o RE5 e o RE6. com o umbrella corps eu não lembro de terem dito em que período exato ele se passa, só que seria por volta dos tempos atuais, então eu suponho que seria depois do RE6 (e provavelmente os zumbis seriam derivados do C-virus), mas como eu disse antes, nem parece haver muito motivo pra levar isso a sério.

      • Lucas

        Puxa depois do RE 6? Então devem ser os zumbis do C-Virus mesmo. Obrigado por me corrigir Hunk. 🙂 Concordo com você Hunk, de não levar muito em consideração a trama do game à cronologia, tanto que na verdade parece mais um tipo simulator do que uma missão real mesmo, não?

        • Hunk

          Posso até estar errado quanto a ser depois do RE6, não lembro de terem dito isso especificamente, mas como disseram que seria em tempos atuais acho que é seguro afirmar que deve ser depois do RE6. Mas se não for depois ainda assim não deve ser muito longe, porque os zumbis só voltaram a ser usados por volta da época do RE6 e do mangá Marhawa Desire graças ao C-virus, antes disso eles estavam sumidos por um bom tempo. E eu concordo, isso me parece um tipo de simulação ou treinamento ao invés de missões relevantes, isso se formos parar pra analisar o que não tem muito conteúdo pra ser analisado. Pelo que o Kawata deu a entender esse jogo apresentaria apenas um conceito pra franquia, possivelmente nos mostrando como seria o treinamento dos soldados que trabalham pra empresas que continuaram o legado da Umbrella. Mas mesmo que seja verdade esse jogo ainda deve ser irrelevante, porque não seria nada que não desse pra entender apenas dando uma olhada numa gameplay, nem precisaria jogar. E se for um detalhe tão relevante assim com certeza será mencionado em algum outro jogo mais importante, possivelmente num file mesmo.

  • andre

    Eu sou fan de resident evil fico dividido entre os titulos de horror survivor e os titulos que se inspiram em ação tambem sou fan de jogos de ação em tericeira pessoa como os tom clancy’s e FPS. Adoro jogos de ação que transem uma proposta diferente. Confeço que fiquei empolgado em ver essa jogabilidade mais dinamica mas ver o jogo funcionando no trailer foi desanimador. A forma que foi jogado o tempo todo abaixado sem velociadade e tenho certeza que aquela partida foi monotona. zumbis nao ofereceram risco nem tinha outro tipo de risco sem ser o outro player o que poderia ser uma proposta. Reparei que eles usaram muito pistolas e a mira aberta. porque quando a mira muda para um fps quase nao me parece fluir muito bem é dificil acompanhar o alvo a dinamica me parece muito lenta. Jogaram com 4 jogadores tomara que este nao seja o maximo pois se nao fica monotona a partida. Nao vi nada de novo sem nem uma inovaçao. O lance do machado é o kill corpo a corpo que qualquer jogo de tiro tem so que da diferente mais nao me chama atençao. e ser somente um jogo multiplayer nao é o suficiente para fazer sucesso. Pensa bem Titanfall era fantastico grafico ecelente dinamica boa. tudo do bom e do melhor mas so o multiplayer dele nao segurou o jogo logo enjoamos. o mesmo com Evolve. Agora imagine um jogo so multiplayer de um shooter generico. Esse jogo é ruim porque ta mal feito. Ele nem é um bom resident evil muito menos um bom jogo de shoter. ainda bem que é umbrella corps pelomenos nao vai usar o nome resident evil. que se essa merda der errado e vai dar eles tiram o vinculo com o resident evil. Eu entro no REVIL so pra ver se ja cancelaram o Umbrella corps.

  • Davi Ribeiro

    Isso é um ORC sem nexo nenhum e mais shooter. Se for cheio de bugs, termina de Fdr.

%d blogueiros gostam disto: