A Capcom tem projeções de vendas bastante otimistas para Resident Evil 7, de acordo com uma matéria Market for Computer and Videogames.

A empresa acredita que Resident Evil 7 será seu maior lançamento para a atual geração de consoles. Em entrevista ao MCV, Antoine Molant, diretor de marketing regional da Capcom, afirmou que a projeção inicial da empresa é de vender 4 milhões de cópias já no dia do lançamento de Resident Evil 7, em 24 de janeiro de 2017.

A meta inicial de vendas estava no mesmo número, porém considerava um período fiscal após o lançamento.

Antoine acredita que as projeções podem se concretizar rapidamente graças ao grande volume de encomendas realizadas: “A tendência de pré-vendas está muito positiva até o momento, seja no Reino Unido ou em outros territórios. Sendo sincero [a pré-venda] está indo muito bem”.

O diretor de marketing da Capcom afirma que as encomendas de Resident Evil 7 já estavam bastante aquecidas mesmo antes do anúncio de edições exclusivas e pacotes de colecionador. A proximidade com o lançamento e a chegada das primeiras análises do jogo devem impulsionar ainda mais as vendas.

Resident Evil 7 será lançado em 24 de janeiro de 2017.

  • Pedro Henrique Brinck

    E eu mais interessado no REmake 2

    • Fabricio Barbosa

      Mesmo que eu. Desejo muito que tenhamos algo ainda no primeiro trimestre de 2017 quanto a ele.

      • Andre Iack

        E eu espero que o 2 seja na pegada do Remake do 1.

        • Berserk

          Com certeza, mas com gráficos de ultima geração vai ser lindo demais ver todo aquele cenário em HD e com mais detalhes.

          • Andre Iack

            Sim, com certeza, e com câmera cinematográfica, porém mais modernizada como a dos Outbreaks e a do Code Veronica. E que a Capcom jogue fora aquela ideia horrível de mudar a roupa da Claire com aquele short azul de funkeira que inventaram pra ela no Darkside Chronicles, prefiro o visual clássico dela, se forem modernizar que seja uma atualização bem sutil, assim como foi no designe dos personagens do Remake do RE1, quanto ao Leon não me preocupo muito pois o mesmo não sofreu grandes alterações no Darkside Chronicles, então acho que a Capcom irá respeitar o visual clássico dele nesse Remake.

          • Breno

            Vai ser incrível quando os inimigos aparecerem em HD, principalmente o William Birkin(G-Type), o vilão principal e o grande Mr. X(T-103). Só de saber que os gráficos serão superiores aos do Darkside Chronicles e Operation Raccoon City já é emocionante. Mas também nunca iremos esquecer dos gráficos originais que eram bons pra época e que até hoje nos causam agradáveis recordações. 😀

          • Andre Iack

            Sim, vai ser muito bom mesmo! Quanto aos gráficos, contanto que a câmera cinematográfica não seja alterada, ia ser muito louco ver o motor gráfico da RE Engine(mesmo do RE7) no RE2 REMAKE(já pensou como ficaria o hall da R.P.D.?), eu espero que a Capcom resolva usar essa engine porque o RE2 tinha visual foto realista pros padrões daquela época por causa dos cenários pré-renderizados, e o único motor gráfico foto realista dessa geração do qual a Capcom trabalha é o RE engine. Eu não gostaria de ver esse Remake na Ureal ou na Unity Engine, pois apesar destas serem ótimas, eu acredito que elas ainda não seriam o suficiente para reproduzir aquela aparência de pré-renderizado adaptado pros padrões atuais (RE2 REMAKE precisa ter um gráfico muito acima da média até mesmo pra essa nova geração, pois era justamente assim que o RE2 parecia naquela época dos anos 90).
            Agora imagina então aquela parte final, com o trem em movimento, se tem uma coisa que sempre ficou legal na saga RE com gráficos fotorealistas foram os vagões de trem, e agora no PS4 então nem se fala. E falando no trem imagina a forma final do William Birkin, que grotesco(no bom sentido) que vai ser na hora de enfrentar ele dentro do trem, acho que essa parte vai passar uma sensação muito nostálgica de filmes de monstros dos anos 80 kkk!!

            Mas acima de tudo eu sei que os gráficos não são o mais importante em comparação ao mais arriscado: que é manter a história e o gameplay desse Remake o mais fiel possível ao do original.

          • Breno

            Concordo! A cena do trem no Darkside Chronicles já foi épica, mostrando um William totalmente monstruoso e cheio de detalhes. No RE2 Remake ficará ainda mais. Sem falar também nas cenas de combate contra o Tyrant. E olha que o REDC já é antigo(se eu não me engano é de 2009) e já possuía belos gráficos. Só foi uma pena ter sido apenas uma recapitulação em um spin-off.

          • Andre Iack

            Pra ser sincero eu não gostei do Darkside Chronicles, esse RE2 na verdade foi apenas uma versão “reimaginada” e não um revival propriamente dito. E eles alteraram muita coisa da história original com direito a cena da Claire jogando faca no zumbi que nem uma ninja, Ada Wong dando voadora nos cerberus, além de algumas mudanças desnecessárias no level design do jogo, em especial a roupa da Claire, o estilo da roupa dela perdeu totalmente aquele feeling de roupa de anime que a do original tinha, além de que no original o estilo dela parecia o de uma motoqueira meio roqueira já no REDC tava parecendo uma motoqueira com estilo country, sem contar aquele short azul jeans de funkeira, eu não curti nem um pouco, a única mudança que eu gostei no visual dela foi o rosto e a aparência física que ficou mais bonita e realista, essa não foi a única mudança visual que me desagradou, mas por ela ser uma das protagonistas o caso dela acabou me chamando mais atenção, já quanto ao level design da roupa do Leon, na minha opinião essa foi modernizada na medida certa, sem alterar os pontos principais do estilo original. Eu espero que o RE2 REMAKE seja mais fiel.

            Eu espero ver o visual dos personagens mais modernizado e ao mesmo tempo mantendo o máximo de fidelidade possível ao do original, e essa cena do RE: DEGENERATION é um exemplo perfeito do que eu estou dizendo.
            Compara só o visual da Claire no REDC com a do RE2 original, e depois compara com a versão modernizada desse vídeo pra vc ver como a atualização do estilo dela realmente deveria ter sido feita…

            https://www.youtube.com/watch?v=TV1Vu8AOSAI

            ….pena que esse filme foi feito antes do REDC, então talvez a Capcom nem considere essa ideia, mas vamos torcer pra ela ter bom senso até o lançamento desse Remake.

            E sobre os gráficos do REDC eu ainda prefiro os gráfico da versão do PS1, não porque os gráficos sejam tecnicamente melhores no PS1 mas porque o estilo gráfico na minha opinião era mais bonito por causa do pré-renderizado, e digamos que o Wii niunca teve uma potência gráfica tão boa quanto a de um PS3 ou XBOX 360, bonito mesmo no REDC, ao meu ver, foram só as cutscenes em CGI, essas sim deram um show de beleza gráfica.

          • Breno

            Excelente argumento. Também me referi as cenas em CGI em termos de realismo, pois eu também já estava ciente das limitações gráficas do Wii. E eu lembro desse flashback do Degeneration, tanto quanto o da cena do William Birkin transformado e no momento em que eu os assisti pela primeira vez me emocionei bastante e senti aquela forte nostalgia do RE2. Quando o REDC estava prestes a ser lançado na época e vi as cenas da recapitulação do RE2 eu fiquei muito alegre e ansioso pra assistir a versão completa, pois eu pensei que tais eventos seriam idênticos aos da história original(como um Remake), e quando eu vi que haviam muitas alterações, como as que você mencionou, não curti tanto, principalmente pelo fato de que muitas partes foram cortadas. Por eu ter lido algo parecido em uma matéria sobre esse jogo e que só mais tarde fui descobrir definitivamente, os eventos que foram narrados se tratavam apenas de lembranças do próprio narrador, Leon S. Kennedy, dos eventos do RE2, contando a jornada dele no incidente de Raccoon City, e da Claire Redfield que relatou os acontecimentos do Code Veronica à ele, que contou sobre o T-Veronica, porém de uma forma bem resumida, enquanto que o foco principal era o cenário “Operation Javier” mesmo.

          • Andre Iack

            Agora que vc mencionou isso eu me lembrei que a única parte do REDC que eu realmente achei muito boa , em alguns momentos até mesmo superando o roteiro, foram as crônicas do “Code Veronica”, se um dia a Capcom fizer um Remake do RE:CV eu acharia muito bacana ela utilizar algumas ideias do REDC no Remake, as partes que eu achei que superaram o original foram: o modo como a Alexia trata o irmão dela no final da história, achei essa alteração genial, pois ficou muito mais compatível com a personalidade psicopata dela, além de ter adicionado um feeling muito mais profundo aos problemas da família Ashford, aquela cena foi o check mate do quanto eles são uma “família” desequilibrada e doente, e o fato do Steven estar menos “emo”, nessa reimaginação eu também gostei mais dele porque ele não estava mais com aquele jeitinho irritante do jogo original, mas ao mesmo tempo ainda se mantendo fiel ao Steven original(só que muito melhorado), pois na minha opinião a fidelidade ao material de origem é o fator mais importante numa adaptação. o único ponto que eu não gostei nessa crônica do CV foi somente a aparência física da Alexia(porque a personalidade estava até mais legal como eu havia dito), característica que inclusive não condiz muito com a descrição da Alexia nos files que nós encontramos durante o Code Veronica original, se vc parar pra pensar bem, a Alexia sempre foi descrita como uma nova Veronica Ashford, a matriarca da família, sempre descrita como uma mulher de atributos extremos, tanto na inteligencia quanto em sua beleza física, e esse era o motivo pelo qual o Alfred venerava tanto a sua irmã. É claro que a inteligencia é o fator mais importante dessa personagem, até mesmo porque ela criou tudo aquilo por causa da sua inteligência e não por causa da sua beleza, mas em uma saga onde todas as personagens femininas são extremamente lindas, e olha que isso nem faz tanta diferença para que o roteiro dos jogos funcionem (não que eu ache ruim elas serem bonitas, muito pelo contrário rsrs), então não faz sentido algum uma personagem que possui um respaldo dentro do plot da história para ser de fato bela não ser feita de uma maneira correspondente pelo designers, afinal de contas a Alexia é a “reencarnação genética” da Veronica Ashford.

          • Breno

            Concordo! Gostei da comparação que você fez entre as duas “versões” da Alexia. Enquanto que no Code Veronica ela possuía uma personalidade muito madura, no DC ela possuía um comportamento bem infantil, o que eu particularmente também achei um pouco estranho, porém o bom é que ela não perdeu o seu carisma e mesmo assim, na recapitulação do DC, ela continuou desempenhando um ótimo papel de vilã, mostrando sua personalidade cruel/psicopata. Sobre ela ter matado o irmão, realmente foi interessante o motivo que a levou cometer tal ato, o que deixou bem claro a mente perversa e megalomaníaca que ela possuía. Os irmãos Ashford foram verdadeiras representações da insanidade, de uma faceta cruel da humanidade, assim como outros ótimos vilões da série como a “família” Wesker, que também adotava uma mente doentia e com delírios de divindade interior.

      • Jota PDF

        Acho que alguma coisa deve surgir pouco depois (ou antes) do lançamento de RE7.

        • Wesley Guedes

          Acho mais facil aparecer algo sobre o remake do 2 depois de uns 2 meses no mínimo do lançamento desse, pra não atrapalhar o número de vendas.

    • Berserk

      Pois eu to interessado nos dois, to hypado demais pro RE7 e ainda mais pro RE2 Remake…

    • Rodrigo Zika!

      Talvez na E3 mesmo.

    • Victor

      Acho que essa porra não sai mais não. Nunca mais falaram nada.

  • Fabricio Barbosa

    O jogo tá maneiro, mas acho prudente a CAPCOM não ir com muita sede ao pote não. Pra não correr o risco de se decepcionar depois. Há certas coisas que é melhor regular por baixo e se surpreender positivamente depois.

  • André L. Silva

    Se o 6 vendeu quase 6 milhões e é um RE péssimo mais um otiom jogo de açao.
    Esse que esta bebendo da fonte acho que consegue sim , claro se os saudosistas derem chance e a molecada que acha que RE é COD tbm derem uma chance.

  • Diogo Kemmerich

    Noticia falsa.
    No artigo diz: “Ideally, we’d love (nós amaríamos) to sell 4m on Day One globally. That would be great (isso seria ótimo). Looking at what we see in the pre-orders and trends these days, we’re pretty confident we are going to get there. All the signs that we have seen across the market, whether it’s from the UK or from other territories, are very positive so far. We’re not sitting back and relaxing at all because we want to push that. The confidence is there.”
    A Capcom quer vender 4 milhões de cópias de RE7 durante seu ano fiscal, que é até março de 2017.
    http://www.gamespot.com/articles/capcom-talks-resident-evil-7-sales-projections-and/1100-6445178/

    • Bruna Mattos

      Não é o que diz a fonte original. É só ler o texto da MCV e ver que não há nem mesmo citação sobre o ano fiscal nas palavras do diretor de marketing.

    • Rodrigo Zika!

      Eu vi assim no site da Brasil gamer também, porém não considero como falso.

  • Galo De Kalsa

    Eu não boto fé nem em 1 milhões no lançamento

  • Maximiliano da Silveira Simões

    O último Resident Evil que eu comprei Original foi o Revelations 2, aquele sim valeu a pena, ótimo jogo, ambiente de terror e suspense, pouca ação, personagens importantes (Claire e Barry), história muito boa, só achei meio forçado invetarem um Wesker ver~soa mulher, isso pra mim prova que a criatividade não esta em alta na Capcom, já a alguns anos, e não só em RE, mas sim em outros Games, agora quanto a esse 7, eu nem crio expectativas, nem o considero Resident Evil, me parece mais um jogo baseado em filmes como o Massacre da Serra Elétrica, O Retorno dos Malditos, e com uma história copiada de Silent Hill 2 e com o estilo de F.E.A.R 2 e Outlast, esse eu não faço questão de comprar, quando joguei RE6 me decepcionei tanto com o jogo que eu nem se quer completei todas as campanhas, a do Leon foi a única que se salvou ali, a do Chris me lembrou Gears of War com Spec Ops, a da Ada eu nem sai do Sub-Marino de tão anojado que eu já estava do jogo, quanto ao Wesker Junior kkkk e a Birkin, parecia mais um filme da Disney, filme da Sessão da Tarde da Globo kkkkk ôh joguinho ruim esse 6 hem, o incrivel é que vendeu.

    • Resident Evil

      Cara, a Não invetaram nenhum wesker versão Mulher, a Alex sempre existiu. O Albert a Alex foram as duas unicas crianças que sobreviveram ao experimento Wesker. Só que ela nao tinha nunca aparecido, so que foi memcionada no decorrer da serie.

      • Breno

        Concordo totalmente. Quem jogou a DLC “Lost in nightmares” e leu os files já a conhecia.

    • Rodrigo Zika!

      Wesker versão feminina? WTF, nem vou responder.

    • Daniel

      Capcom está sem criatividade, então SR. fodão, mande as suas ideias pra eles.

      • Rodrigo Zika!

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, o RER já usaram um produtor diferente, achei a historia bem criativa, e ficou uma brecha pra Natalex, comparando a RE 6, então no RE 7, resolveram dar outro passo maior ainda, gostei disso.

    • Edair Ribeiro

      Revelations 2 foi um jogo extremamente fraco, ainda mais se comparado com o primeiro.

  • Marcos Alves

    4 milhões só no primeiro dia? Desse jeito tem potencial para superar RE4 e RE5 em vendas.

  • Wesley Guedes

    Acho que 4 milhões até o fim do primeiro mês de lançamento do jogo é plausível, mas até 24 de janeiro já ter vendido tudo isso? Acho que não vai dar.

  • Rodrigo Zika!

    Pela expectativa que foi RE 6, esta com pé no chão a Capcom, acho justo, e acho que venderá isso sim, ou ate mais, dependendo das críticas nas analises, que serão feitas, pelos sites famosos, no prazo de um mês, quem sabe.

    • Daniel

      Eu acho que o jogo tem tudo para alcançar essa cifra após seu lançamento, mas não no dia que ele sair.
      E espero que venda pacas mesmo, faça muito sucesso de críticas, Metacritic público, para calar ainda mais a boca dos crybabies de plantão hahahaha.

      • Rodrigo Zika!

        Sim kkkkkkkkkk, como disse depois de um mês, e bem possível.

    • Dannilo

      Final fantasy que é maior do que resident evil, sempre vende bem mais do que RE, não vendeu ainda 5 milhões, quem dirá esse RE 7 sem personagem e sem quase nada de familiar! otimismo puro isso ai!

      • Rodrigo Zika!

        Sem personagem e sem quase nada de familiar, e uma opinião sua e pessoal, ai cada um pensa o que quiser.

  • Jonathan Botelho

    O jogo parece estar interessante, mas para eu comprar, só mesmo depois de lançar e ver alguém jogando gameplay. Não compro mais game pelo nome, nem mesmo RE, só valendo mesmo a pena. Agora, vender tudo isso só no lançamento, não sei não, até porque como disse, antes de comprar vou ponderar muito bem.

    • Rafael Pitagoras

      Eu boto fé neste resident e aqui no meu ps4 quando estou dando uma fuçada na ps store, da uma vontade de clicar na pré venda e no dia 24 o jogo estar baixado e pronto, mas nao da pra se empolgar, um jogo novo pra nos brasileiros nao é barato e a capcom ja pisou muito na bola!!

      • Rodrigo Zika!

        Pra consoles e complicado, como comprei na Steam, valeu a pena.

    • Rodrigo Zika!

      Vai de cada um mesmo, como eu não comprei nenhum jogo de 100 reais pra cima, fiz a pré venda, mas ciente do que vira, só quero saber a historia mesmo, como se desenrolara.

    • Pedro da boleia

      também não compro antes de ver um bom gameplay ou análise. não só RE, mas como qualquer outro jogo. pré venda então, nunca.

  • Osmildo Guimarães

    Vou economizar e vou comprar esse lindao de RE 7 pq achei super foda o puzzle do caderno branco e outras coisas. Vem logo 24 de Janeiro pq vc será meu!!!

  • Walisson Silva

    Acho impossível vender tudo isso no lançamento kkkkk

  • TYRANT_LTS

    Não joguei ainda, mas o jogo parece realmente bom.

    Porém, acho que a CAPCOM interpreta as coisas de forma distorcida. Muitos fãs queriam o retorno do SURVIVOR HORROR. A CAPCOM só precisava trazer isso de volta. Mas eles quiseram ir além: botaram o jogo em primeira pessoa, tiraram um personagem clássico e pelo que ouvi falar, nem mesmo criaram um personagem descente.

    Mesmo sendo fã desde a fase “clássica” e ainda assim sendo fã tbm da fase “moderna”, eu fiquei muito pouco animado com esse jogo. Eu evito ao máximo jogos em primeira pessoa e:

    1º – não precisava ser primeira pessoa pra ser s. horror (vide Dead Space);
    2º – Não precisava criar um personagem novo pra “amedrontar” o cara (em RE Code Veronica, a Claire já era veterana, afinal sobreviveu a Raccoon City.);

    Mesmo assim, ainda quero jogar esse RE7 assim que baixar o preço, mas não estou contando os dias para isso.

%d blogueiros gostam disto: