Masachika Kawata, o produtor de Resident Evil 7, resolveu revelar muitas novidades durante uma coletiva de imprensa em Tawian. As informações a seguir são do site Gamelife, que também publicou várias imagens da conferência realizada pela Capcom.

  • A Capcom “tem a intenção” de oferecer suporte ao PlayStation VR para a demo Beginning Hour. Não se sabe se a função estará disponível na próxima atualização, prevista para o começo de dezembro.
  • Kawata afirmou que não acredita haver diferença no tempo de jogo entre os usuários que jogarem Resident Evil 7 com ou sem o PSVR.
  • Por enquanto, não existem planos de permitir que outros dispositivos de realidade virtual além do PSVR sejam usados com Resident Evil 7, mesmo na versão de PC. Sabe-se, no entanto, que o jogo é exclusivo do periférico da Sony apenas por um ano.
  • Quando perguntado sobre a presença de zumbis, Kawata disse que “o tipo de inimigos será mudado”. No entanto, ele afirma que inimigos familiares de Resident Evil estarão de volta.
  • Os jogadores contarão com vários tipos de armas para enfrentar inimigos. Teremos muitas armas diferentes, mas algumas familiares estarão de volta (como a Magnum).
  • O jogador irá desempenhar “diferentes papéis” (provavelmente por causa das fitas VHS jogáveis).
  • Apesar de termos visto apenas alguns cenários na divulgação de Resident Evil 7, a maioria deles em locais fechados, Kawata afirma que “teremos muitos ambientes diferentes”, mas não afirmou nada sobre locais abertos.
  • Além do relógio de Ethan, que traz o clássico ECG, outros sinais da tela mostrarão o estado de “saúde” do personagem, como sangue na tela, respiração ofegante e movimentação mais lenta quando estiver perto da morte.
  • Apresentando novamente os conceitos do jogo, Kawata explicou que os jogadores não somente devem explorar os cenários em busca de itens, mas também inspecionar ao máximo tudo o que for encontrado. Os objetos podem ser girados e observados em vários ângulos para análise.
  • Resident Evil 7 terá muitas “cenas interativas”, como aquela da demo Beginning Hour em que abrimos uma panela cheia de baratas.
  • O jogo terá um ambientação “analógica”, com objetos dos anos 80, como o telefone preto e o gravador usado para salvar o progresso do jogador.
  • Aparentemente, portas não poderão ser somente abertas, mas também fechadas. Isso seria uma estratégia para evitar ser visto ou que algum inimigo chegue até o personagem.

Observação!
Em um tópico do Reddit, o usuário “AvidExpert” afirma, através de tradução própria, que nesta entrevista existem perguntas e respostas sobre o retorno de personagens clássicos e a existência de um novo vírus. Esses trechos não podem ser encontrados no artigo. Portanto, considerem qualquer informação desse tipo com certa cautela, ok?

Durante a apresentação, foi revelada a tela de início do jogo, que conterá o gravador usado para salvar o progresso do jogador.

Resident Evil 7 - start

Aqui, vemos que o alicate vermelho encontrado na demo Beginning Hour poderá ter outro propósito durante o jogo:

resident evil 7

Nesta imagem são apresentados diferentes objetos que talvez possam ser encontrados nos cenários de Resident Evil 7. Não se sabe, no entanto, se todos serão utilizados.

resident evil 7

Confira outras imagens da apresentação:

Resident Evil 7 será lançado em 24 de janeiro de 2017 para Xbox One, PCs e PlayStation 4, com suporte ao PlayStation VR.

  • Shuichi Minamino

    Está tudo lindo no jogo! Ansiedade aumenta a cada novidade para jogar!!

    • Breno Edgar

      Já foi confirmado que haverá também uma área urbana. Provavelmente a mansão dos Baker será o cenário inicial.

      • Marcos Vinicius

        A área urbana poderia ser alguma cidade abandonada com monstros a espreita perto da fazenda dos Baker, pois o ambiente será em algum lugar isolado.

        • Breno Edgar

          Concordo. Seria bom para dar um clima tenso.

      • Rodrigo Zika!

        A foto mostrando um volante de carro, pode explicar isso.

        • Breno Edgar

          Verdade. Bem interessante essa foto. Apesar de sabermos que os caminhos certamente serão lineares, lembra bastande jogos de mundo aberto.

          • Rodrigo Zika!

            E proposital pra não ver o rosto do personagem kkkkkkkkk

  • NiaJax/Eva

    Um novo vírus, e eu achando que ia ser o vírus T-Miller…
    Mas enfim, certeza que vai ser um bom jogo, ansiedade a mil!!!

    • Breno Edgar

      Também achei que iria ter conexões com o Heavenly island(talvez ainda pode haver, igual o caso do Marhawa Desire com o RE6). Possivelmente algo do mangá pode ser mencionado.

  • Breno Edgar

    “inimigos familiares de Resident Evil estarão de volta”
    Bela confirmação e que combina perfeitamente com a aparição da criatura mutante em um dos teasers, que muitos cogitam ser um possível regenerator ou algo do tipo. Sobre a confirmação da mudança dos inimigos, deve se tratar de novas espécies junto com algumas variantes dos antigos, mesmo que hajam poucos. Que bom que a mansão não será o único cenário do jogo, exatamente como eu imaginava. Tomara que o jogo seja bem rico em cenários. A teoria de um possível novo vírus é interessante, considerando o fato de que com o tempo as armas biológicas evoluem. Estou bastante animado com o jogo. Que venha a expansão da cronologia e que traga muitas referências ao passado.

    • Marcos Vinicius

      Pena que poucos pensam assim, abri uma discussão legal na GameVicio e os caras insistem que RE7 não tem nada de RE. =(

      • Breno Edgar

        Verdade. Infelizmente o pessimismo reina.

      • Rodrigo Zika!

        Ali e perda de tempo, ate jogos diferentes, e ruim kkkkkkkkkkk, no YT ta mais moderado, pelo menos nos canais que acompanham as noticias.

        • Marcos Vinicius

          Pior nem é isso, agora dizem que o 7 não tem nada de novo, falando que querem voltar as origens mas não tem nada de inovador. .-.

          • Rodrigo Zika!

            Pois e kkkkkkkkk

  • Xzero

    Não há muito do que reclamar. Toda aquela ação desenfreada que em nada combinava com Resident foi deixada de lado, e o jogo parece bem adaptado, mesclando bem elementos originais da série com certa originalidade.

  • Fabricio Barbosa

    Ainda me mantenho reservado em relação a hype ou expectativa acerca de RE7. Achei muito interessante o último vídeo do Ceraldi sobre essa questão: Entusiasmado sim, mas sempre com um pé atrás. Melhor falar, discorrer, depois que o jogo for jogado e digerido.

    No entanto, confesso que não gostei nada-nada desse elemento “itens sem finalidade”. Nada mais é do que pistas falsas ali colocadas apenas para confundir o jogador, ao invés de, por exemplo, a produção concentrar esforços para criar situações mais desafiantes. Colocar objetos sem função pra mim soa como artifício barato.

    Mais do que o próprio gameplay, estou curioso para saber da história e os rumos que ela vai tomar daqui pra frente. E que ligação haverá entre RE6 (que é algo tão megalomaníaco, tão global) com uma situação isolada no sul dos EUA.

    Mas esperemos.

    • Bruna Mattos

      Eu fiquei meio p da vida e acho que durante o jogo isso vai dar a maior dor de cabeça, mas em um contexto desses vc poderia encontrar mesmo N coisas que podem ou não ser de serventia, ou coisas que podem servir pra um mesmo propósito, mas uma coisa funciona melhor do que outra, por exemplo. Until Down tem algo meeeeio parecido com isso, tipo: nem sempre vc é obrigado a ter uma ação durante o jogo, não fazer nada pode ser uma boa decisão ou talvez não inspecionar algo que na verdade pode machucar o personagem, etc. De repente essas coisas aleatórias alteram o fator replay de alguma forma, tipo usar objetos diferentes em contextos iguais. O chato mesmo é o manejo do inventário (que a gente anda bem mal acostumado, aliás) =/

      • Fabricio Barbosa

        Pois é moça, mas se o jogo mantiver essa dinâmica de alguns itens não terem serventia, e uma pá de outros que podem ter um mesmo propósito (alguns melhor encaixados que os demais), é que vai dar um nó de vez na cabeça do jogador, rs. Eu sinceramente a princípio não vejo isso com bons olhos não, mas… Não deixa de ser uma espécie de desafio, não é?

        Mas agora, sabe um elemento que me deixou mesmo INCOMODADO em RE7 na B. Hour?! É o fato de o passado influenciar um futuro que vc já viveu. Calma, calma, vou explicar melhor… rs

        Na demo jogamos com Ethan e, através do VHS, com os jornalistas num tempo passado, certo? Quero falar da gazua, da gaveta e do machado. Veja, começamos jogando com Ethan… Passamos pela cozinha e vemos a gaveta do machado fechada. Aí Ethan acha a fita, assiste, jogamos com os jornalistas, achamos a gazua e abrimos uma gaveta que se encontra vazia. Daí…… Voltando para o presente, com Ethan. a gaveta está aberta. Mas como?! Se há minutos atrás ela estava fechada?! Percebe que isso, se analisarmos, é algo meio furado? A gaveta não tinha de estar aberta, porque há poucos minutos ela não estava. Aí vc volta o passado, faz uma ação e muda um presente que já foi visto? É o mesmo problema que ocorre em Beyond: Two Souls: A dinâmica de jogarmos capítulos nas diferentes fases da vida de Jodie é um problema, pois isso tira o peso das decisões. Jogo com ela aos 18 anos e vejo uma certa realidade… Daí depois eu jogo com ela na idade de 13… Não importa a decisão que eu tome as 13 anos, pois eu já vi o que acontece com ela aos 18. Compreende?! Isso eu achei um elemento estranho e meio furado em RE7, e tenho medo de isso causar mais problemas que dinamismo no gameplay à vera.

        Quanto a Until Dawn (um EXCELENTE jogo e que eu AMEI, acho que igual a vc, rs), ali temos como proposta central a questão do efeito borboleta puro e simples : Uma pequena ação que pode gerar consequências totalmente imprevisíveis…Não é verdade? A graça do jogo é justamente essa, o caos. No entanto, nós temos certos elementos que torna a experiência muito mais intrigante, que são o caso dos totens. A gente vê um toten, um lampejo do futuro e já fica boladão… Esperto no que pode rolar…Isso por si só aumenta mais ainda a nossa tensão. É um jogo que, assim como Heavy Rain (que levou o sistema de decisão bem a sério, muito mais que Beyond), se pauta na escolha e consequência, então, como diria Negan: “não tomar uma decisão é uma graaande decisão, rs”… Ainda que tudo isso seja preso a um roteiro já pré-estabelecido. Como não sei se vc terminou o jogo, vou parar por aqui pra não correr risco de spoiler. 😛

        Olha, desculpe o tamanho do texto… Acho que me empolguei além da conta, rs

        • Bruna Mattos

          Entendi o seu ponto. Acho que aumenta o desafio sim, mas é algo que pode ser frustrante quando o inventário é limitado (tudo bem que tem o baú, mas o que vc pode carregar com vc influencia muito né). Essa coisa da VHS mudar o passado eu confesso que não acho legal. Fica muito sem pé nem cabeça pra mim e parece viagem no tempo. Eu ESPERO que isso não role no jogo final. O que pode acontecer é assim: vc assiste uma fita, aí visita um local que o Ethan não passou ainda; durante a fita, vc tem uma ação que influencia o que pode acontecer com o Ethan DEPOIS, quando ele FOR PASSAR LÁ, sabe? (tipo em RE2 quando vc abre o arsenal e os itens que vc pega com o Leon não estão mais lá pra Claire, por exemplo). Não vc já ter passado, aí faz na fita e de repente o “presente” mudou. Na real, acho feio.

          • Fabricio Barbosa

            É exatamente esse “vc já ter passado, aí faz na fita e de repente o “presente” mudou” que eu me referia e que é o caso da gazua e da gaveta. Pra ser sincero, é algo totalmente WTF e sem lógica alguma. Mas, nhé…

            Já mudanças relativas a pontos de vista que ocorrem ao MESMO TEMPO, assim como vc, eu acho super bacana. Tipo, até hj, quase 20 anos depois, eu acho genial a mecânica do cenário A e B de RE2… Repetido no Separate Ways de RE4. Fica tudo tão amarradinho no final que até cai uma lágrima.

            Em todo caso, concordo com vc: Ter inventário bem limitado, itens q ocupam 2 slots e muitos não terem sequer serventia, é pra criar uma guerra de nervos no jogador. O jeito é esperar pra ver.

            Fora isso, vc ja terminou o Until Dawn?

          • Marcos Vinicius

            Quero ver como eles vão ”adaptar” isso de cenario A e B no remake do 2. Fico imaginando (e tomara que não aconteça), deles deixarem o Leon e Claire junto desde o inicio como dupla, possibilitando um modo co op (já que no 7 não terá), pelo menos, não disseram oficialmente.

          • Fabricio Barbosa

            Olha, eu sou bem purista se tratando dos jogos antigos, não desejaria nada de coop, até porque a proposta desses títulos é outra.

            Se pudesse dar um bizu pra CAPCOM, falaria: “Ai… sabe o que vcs fizeram no Remake do 1? Façam o mesmo no 2 que tá show”.

          • Marcos Vinicius

            Isso mesmo.

            Citei o co op por causa do The Darksiders Chronicles, que eu lembre, o Leon e a Claire andam juntos, certo? …

          • Bruna Mattos

            Já terminei, tô atrás da platina agora xD
            Gostei BASTANTE. É o melhor jogo desse tipo de história interativa que eu joguei. As decisões pesam e as consequências são sólidas. Não é algo como acontece às vezes na Telltale que tipo “se vc escolher sair sem guarda chuva vai chover porque é assim no jogo”, sabe? Quando alguma cagada acontece é pq vc tomou uma decisão ruim e faz todo o sentido. Vc não se sente no controle da situação, mas não é ilógico. E o lore é bem legal (eu vi Hannibal, então a coisa do Wendigo foi mto boa pra mim).

          • Emerson Bernardo

            Desculpa me intrometer rsrs, mas o raiva q eu tenho desses jogos d múltiplas escolhas, q no fim só servem para t deixar com a falsa sensação d realmente poder mudar ou escolher algo kkkkk, principalmente os da Telltale msmo, até Life Is Strange q eu achei o melhor nesse estilo, me deixou bem frustrado, ñ achei motivos para jogar d novo fazendo outras escolhas, queria tanto jogar um jogo desse q funcionasse mais ou menos como o “gameplay” do MGSV, sem q ñ tem nd haver, mas sem levar em consideração o desenvolvimento da história, nesse jogo as possibilidades eram tantas nas missões, q praticamente cada jogador apresentava uma forma ou solução diferente ao jogar, msmo com o youtube mostrando várias pessoas “copiando” o jeito farofa d derrotar a Quiet rsrs, ainda haviam situações tão inusitadas, pena q nesses jogos cujo o enfoque maior é a narrativa, ñ haja tantas e reais opções d mudanças na trama, na minha opinião claro rsrs.

          • Fabricio Barbosa

            Eu concordo com vc, mas pontuo algumas coisas em relação ao MGSV. O Phantom Pain não tem como proposta escolhas vitais que alteram seu destino, apenas te oferece múltiplas formas de invasão pra criar um dinamismo no gameplay. O resultado final é sempre o mesmo, seja do jeito Jack Bauer, seja Johnny English. É um jogaço, mas se fosse dizer algo que me incomodou, foi ser excessivamente grande, repetitivo em algumas coisas e mesmo assim incompleto. =/

            Acho que os jogos que mais leva a sério o sistema de decisão são Until Dawn e Heavy Rain, mesmo assim depois de MUITO TEMPO, lá na frente depois que a história já progrediu bastante.

            Life is Strange eu gostei muito, é um jogo artístico, aquarelado, sensível, mas… Não vou mentir que fiquei com cara de paisagem após descobrir que só há 2 finais (e mesmo assim um deles não é dado a devida moral), enquanto que estamos lidando com um jogo que se pauta em DECISÕES o tempo inteiro.

          • Emerson Bernardo

            Sim a pegada d MGSV nd tem haver, só uso como paralelo pelas inumeras formas d se jogar, meio q deixando o jogo ao gosto do freguês na parte do gameplay em si, onde vc pd ser furtivo, mandar bala em td, ou ser super criativo e inventar novas formas d cumprir uma msma missão, no youtube sempre haviam pessoas fazendo algo super inusitado, isso claro sem pensar no ponto d partida e chegada, q no caso d MGSV é aceitavel q se tenha uma flexibilidade menor ou inexistente, mas nesses jogos d multiplas escolhas, na minha opinião, nunca se torna algo tão válido jogar d novo, pois poucas são as variações, sem contar q jogos q se pautam em mutiplas escolhas, deveriam oferecer no minimo uns 3 finais (na real acho q até mais), tipo um ruim, um razoável e um Disney, sendo q estes deveriam ser “bem diferentes” entre sí, nos jogos da Telltale msmo as diferenças são broxantes, sem contar as várias vezes q ñ importa o q vc faça, pois tal coisa sempre vai acontecer, no Life Strange mtas vezes pensava “nossa ñ deveria ter feito isso”, mas aí vinha o preview do próximo episódio, e ficava claro q tal evento aconteceria d qualquer forma, nunca joguei os jogos da Quantic Dream, mas fiquei empolgado com o Detroit: Become Human.
            O MGSV enjoa msmo, a repetição obrigatória d missões apenas em um nivel d dificuldade maior, quebra a experiencia, mas acho mt gostoso d jogar, d vez em qnd bate aquela saudade do gameplay em sí, só me decepcionei com a forma como a história foi contada (ou ñ foi rsrsrs), msmo com a inclusão da missão 51, acho q ainda seria necessário mais um jogo antes da história do MG 1 e 2 do MSX, mas eu achei o melhor “gameplay” da franquia, imaginei q msmo sem o Kojima a Konami fosse conseguir dar continuidade, mas parece q ñ rsrsrs.

          • Fabricio Barbosa

            Eu honestamente não entendi porque o Kojima deu continuidade a fórmula do Peace Walker de querer repetir missões mas num nível IMPOSSÍVEL. Pra quê? Ainda mais que o sistema de progressão do jogo já era inteligente o bastante, se moldando ao seu gameplay e dificultando as coisas. Aquilo foi pura encheção de linguiça. E as side-quests excessivas e repetitivas? Affffff… E tanta coisa interessante deixada de lado, como o Reino das Moscas, um pouco do que aconteceu com Zero e como estava crescendo o David (Solid) lá nos EUA.

          • Fabricio Barbosa

            Não sou muito de caçar platina não, tenho medo de ficar obcecado demais com isso e virar um vício. Fora a possibilidade de eu passar muita raiva no processo 🙁

            Quanto ao Until Dawn, foi o primeiro jogo de PS4 que joguei assim que peguei o aparelho, em Dezembro passado. Realmente é um jogo que te prende muito em certos momentos, causa tensão, PÂNICO, e quando vc acha que já pegou o X da questão (que é o Josh), a história vem e te dá aquela rasteira! Eu gostei muita da parada dos Wendigos (um amigo meu não curtiu essa guinada não), não conhecia nada sobre a lenda deles e fiquei boladíssimo em muitas horas (até pq eles são muito feios).

            Falando em bolado, os trechos com o Mike para mim foram os MAIS TENSOS DE TODOS, principalmente na ida e dentro daquele manicômio.. Ainda me lembro da minha cara de WTF quando vi aquela cabeça de wendigo mergulhada no formol :-O Engraçado, é um dos personagens mais filhos da p. e babaca, mas que se redime totalmente no processo.

            Infelizmente é um jogo que é vítima de seu próprio formato. Ou seja, jogou uma vez, tomou conhecimento da história, já era… Vc só vai voltar a curtir (e pela metade) se mostrar pra outra pessoa que ainda não viu. Mas o processo de progressão e descobertas do jogo é muito gostoso, né?

            Só joguei uma vez até então… Peguei a maioria dos totens (não todos), deixei morrer o songa monga do Matt e a Jessica.. Queria que quem morresse fosse a escrota da Emily, mas…. Né… rsrs

          • Bruna Mattos

            Sim, vale a primeira experiência e depois se vc repete vai meio no automático pra descobrir quais seriam as outra possibilidades ou pra tirar troféu. Nessa primeira vez que eu joguei eu deixei a Jessica e a Ashley morrerem. Com a Ashley eu fui bem burra pq eu tinha acabado de ler que os wendigos podiam imitar pessoas e eu fui lá e segui a voz da Jessica. A morte da Jessica eu tava com o Matt e escolhi correr em vez de me esconder, mas ela tava muito machucada e não consegue te acompanhar, nem pensei nisso na hora. Eu vou fazer a platina do UD pq ela é fácil e os troféus são bem de boa de fazer. Quando a platina é mto trabalhosa eu costumo nem tentar.

  • Pedro da boleia

    já que tá todo mundo cego de hype, eu falo… QUE TELA INICIAL LIXO!!!! vai ser a tela mais sem graça de todos os jogos principais. só falta trocarem também a voz do carinha dizendo ”Resident evil seven” por ”outlast seven”… aí pode rebootar de vez.

    • Walisson Silva

      Ainda me pergunto de como você ainda não foi banido…

      • Bruno Pessoa

        Concordo, esse cara só vem aqui pra falar merda, impressionante. Tudo ele reclama. Se tu não gosta da proposta do jogo em 1° pessoa e ainda quer ficar de mimimi comparando a outlast e etc limite-se a vir falar merda aqui.

        • Pedro da boleia

          vejo pontos positivos, mas infelizmente, vejo muito mais negativos.

          • Erik Soares

            ta certo cara eu gostei do jogo até agora mais ser tu não gosto não vejo problema nenhum nisso tambem tem coisas que não gostei mais que fala mal do jogo continua falando de boa porque ser tem gente que gosta e fala não vejo problema te quem não gosta e ser expressa

          • Pedro da boleia

            esse é um comentário sensato. mas é isso aí carinha, tá ensinando esses fanboys marmanjos, que não podem ver falar mal do joguinho preferido deles que já dão piti.

      • Pedro da boleia

        liberdade de expressão. nunca ouviu falar?
        na boa, aquela velha conversa, só pq alguns fãboys idolatram, não significa que tenho que idolatrar também. assim como tenho o direito de falar o que quiser desde que não ofenda ninguém, vc tbm tem o direito de não me responder, coleguinha. mas parece que algumas verdades machucam alguns, infelizmente.

        • Walisson Silva

          Como se esse seu mimimi fosse adiantar alguma coisa… haha

          • Pedro da boleia

            então engula feliz esse monte de merda, fanboy.

    • Mateus
      • Breno Edgar

        “Eu mereço…” -Camile Baker

    • Erik Soares

      cara eu tambem achei a tela inicial um lixo ate ser fosse o nome resident evil 7 e fundo preto ja tava melhor mais isso ai ta feio tomarem que mudei na versão final

    • Rodrigo Zika!

      Lixo cara, forçou agora hein

    • Vinicius Bandeira

      kkkkkkkkkk tu é muito chato

      • Pedro da boleia

        são só algumas verdades que nego cego de hype não consegue enxergar.

        • Vinicius Bandeira

          kkkk Pô, mas implicar com a tela de titulo é tenso ein

          • Pedro da boleia

            achei bem fraquinha mesmo, mas claro que é besteira se preocupar com tela inicial. é mais zuera mesmo. xD

          • Vinicius Bandeira

            kkkkkk saquei

    • Daniel

      Única coisa que me lembrou Outlast foi esse negócio de abrir e fechar portas para que os inimigos não venham atrás de você.
      E sim, essa tela de abertura poderia ser bem melhor.

  • Mateus
    • Rodrigo Zika!

      Saia do pântano kkkkkkkkkkkk

    • Marcos Vinicius

      Certeza que vai ter um ”Hunter sapo” escondido nessa água.

      • Rodrigo Zika!

        Como foi dito que teria um monstro do lago, já ate imagino algum kkkkkkkkkk

        • Breno Edgar

          Se houver algum monstro que emerge do solo rapidamente(principalmente nessa área devido ao tipo de solo), com certeza causaria bons sustos e seria inovador. kkkkkkkkkk

    • Breno Edgar

      Os cenários estão muito lindos. Quanta beleza. Acho que seremos distraídos facilmente por esse grande detalhe. kkkkk

  • Marcos Vinicius

    Poxa, jurei que teríamos o famoso olho de inicio … =/

    Talvez mude depois que zerarmos como era no RE4, ou parecido com MGS5, a tela de inicio muda depois que você joga pela 1ª vez.

    • Rodrigo Zika!

      Acho que depende da historia mesmo, a questão da intro.

    • João Igor

      Tu ta ate aqui kkkkk ta em todo canto em

      • Marcos Vinicius

        Oi ? :B

        • João Igor

          E q eu ja vi tu comentar nos videos do Funky e em outros videos no YouTube

          • Rodrigo Zika!

            No YT eu vejo ele direto também kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Mateus

    “Kawata afirmou que não acredita haver diferença no tempo de jogo entre os usuários que jogarem Resident Evil 7 com ou sem o PSVR.”

    Isso diverge um pouco com uma fala de um outro desenvolvedor (não me lembro de qual notícia), dizendo que o tempo de jogo era muito maior com o VR. Bom, cada um pode pensar de um jeito, Kawata acha que não, outra pessoa na Capcom pode achar que sim…

    • Bruna Mattos

      Isso veio de um PR da Capcom Francesa que acabou “falando demais” 😛

      • Mateus

        Ahh então foi um PR, nossa não lembrava mesmo.
        Mas lembro que ele disse que teria em média 15hrs e com o VR esse tempo dobraria, de 25 a 30hrs.

    • Erik Soares

      eu acho que sim mais ao mesmo tempo acho que não porque quem for jogar no vr provavelmente vai sentir mais medo o que faz a pessoa ficar mais tempo parada pensado ser vai ou não abir uma porta ou ir para o proximo corredor mais ser a pessoa for corajosa então creio que não vai ter muito diferença

      • Mateus

        Verdade. E ainda tem que acostumar com o VR.

  • Luan
    • Denilson Correa

      acho que e o inicio do jogo ou o final

    • Rodrigo Zika!

      Achei interessante essa parte kkk

  • Denilson Correa

    a tela inicial ta meio batata…prefiro aquele olho que aparece em quase tds os resident :-p

  • Shuichi Minamino

    Nossa, não tenho como falar mal do jogo. Adorei essa sacada de usar um gravador/reprodutor de fita K7 no lugar das máquinas de escrever. As fitas VHS como files e interativas, o máximo! E o telefone então? Essa vibe que RE7 traz é muito animadora. Explorar um lugar antigo, rústico, bem nostálgico com lembranças de RE1. Melhor ainda, ele se distancia do fatídico RE6 cada vez mais, embora seja uma sequência e faça parte da timeline.
    Acredito que a Capcom aprendeu sua lição e, mesmo que decepcione como o 6 (o que não vai acontecer, creio nisso), o fato de explorar esses ambientes em um jogo de primeira pessoa muito agradável (julgo pela demo), será satisfatório.

    • Arnold Choppa

      O RE6 foi um bom jogo, deixe de mimimi. Por vc pode até ter fantasma nessa porra que ta bom rsrsrs

      • Rodrigo Zika!

        RE 6 foi um bom jogo frnético e de ação, agora um bom RE discordo, além de vilões ridículos, exceto o final com o Chris, que foi bem feito.

        • Pedro da boleia

          o RE6 é um péssimo RE, mas o RE7 é um ótimo RE só pq tem terror , né? até pq terror sempre foi tudo em RE , né? tipo , a história e os personagens nunca importaram mesmo… blz então. xD

          • Rodrigo Zika!

            Mais RE 7 não tem como saber como e cara, o jogo não saiu, mais o jogo não e ação frenética, coisa que RE nunca foi.

          • Pedro da boleia

            tbm nunca teve esse terror apelão silent hill

          • Rodrigo Zika!

            O jogo não e só terror por tudo que foi mostrado, tem partes assim, porém terá ação com combate, e armas, então não estou achando em momento algum, que seja só terror o jogo.

          • Pedro da boleia

            assim espero, mas não sei não…

          • Shuichi Minamino

            Eu tenho lido alguns comentários e alguns estão receosos com o RE7, como se estivessem cautelosos para não se decepcionarem. Esse mal estar surgiu com o RE6?

          • Rodrigo Zika!

            Sim, e pra alguns desde RE 5, e apos o REV 2.

          • Shuichi Minamino

            O REV2 foi tão legal! Mas pelo que foi mostrado do 7, não tem taaaaanta ação. Acho que a Capcom merece um voto de confiança, não acha?

          • Rodrigo Zika!

            Pelo que foi mostrado ate agora, parece que voltou as origens, quanto a exploração, puzzles, e fases mais tensas, ou mais quietas, eu entendo esse jogo com um reboot, porém não oficial, pra mim foi legal o que foi mostrado, só quero saber o que sera ligado aos jogos anteriores, se terá citações somente, ou veremos algo durante o jogo, e se aparecera algum personagem conhecido, mesmo sendo pra ajudar, veremos.

          • Shuichi Minamino

            Também tenho a mesma sensação, de que parece um reboot. Essa volta às origens tem me animado muito! Eu não sei explicar bem, mas ele tem um quê de novo e ao mesmo tempo de nostalgia. E não é por ser em primeira pessoa.

          • Rodrigo Zika!

            Algo novo na serie, creio eu.

          • Andre Iack

            Espero que o Chris surja no final do jogo, e de dentro de algum helicóptero jogue uma rocket launcher para o Ethan matar o boss final. Emfim, a BSAA resgata o Ethan, e dentro do helicóptero… ele exausto e ferido tem uma breve conversa com Chris, no banco ao lado vemos Rebecca e no banco do piloto o Barry. Quanto à Jill, apesar dela ser a maior protagonista feminina da saga(na minha opinião), no caso dela não sei como um cameo da senhorita Valentine se encaixaria nesse jogo, acho que o retorno dela deveria ser triunfal, depois de tudo o que ela passou nas mãos do Wesker e desde então nunca mais ouvimos notícias dela. No caso da Jill o retorno dela mereceria um jogo próprio só pra ela, como no RE3.

            Mas antes dessa cena final imaginada por mim rsrs, ao longo do jogo poderiam haver várias referências aos personagens clássicos, o Ethan bem que poderia encontrar files e fotos que mostram algo sobre os S.T.A.R.S., no incidente da mansão Spencer onde tudo começou, e mais pra frente novos files falando sobre Raccoon City, ou seja, abordando pelo menos os pontos mais relevantes da trilogia clássica, eu acho que seria uma baita homenagem e daria uma grande nostalgia e satisfação para qualquer fã que estivesse jogando.

          • Bruna Mattos

            Esse mal estar surgiu em 2012 com o combo de jogos que pareciam bons e deixaram todo mundo cheio de hype: RE6 e REORC. Traumas.

          • Shuichi Minamino

            Ah sim. Eu joguei bem depois do lançamento o 5 e o 6. Esse último, não me agradou. Achei que fosse só implicância minha. Mas quando vieram os Revelations, fiquei otimista com a Capcom. E agora, parece que o RE7 tem um grande potencial para agradar. Enquanto não lança, é difícil pensar em uma conexão com um RE6, por exemplo. Concordo com o Rodrigo Zika que o jogo dá uma sensação de reboot. Obrigado pelo esclarecimento e parabéns a você e a equipe do Revil pelas postagens em primeira mão do RE7. Cada vez que venho aqui e as leio, minhas expectativas acerca do jogo aumentam de forma muito positiva!

          • Bruna Mattos

            Não é um reboot pq teoricamente o universo estabelecido até aqui permanece e tudo se passa depois de RE6. Eu fico com o feeling de uma reformulação pesada pq ainda assim tem muita coisa familiar aí no meio, principalmente que remete aos primeiros jogos.

            E obrigada pelos elogios ao site, a gente tenta manter vocês bem informados o máximo que podemos 🙂

          • Shuichi Minamino

            É verdade, ainda é parte da história. Concordo com esse termo de reformulação pesada. Mais apropriado para o RE7. Isso que me anima no RE7, esse algo novo!

          • Marcos Vinicius

            Operation Raccoon City >>> Umbrella Corps.

          • Rodrigo Zika!

            Acho que o ORC ganha kkkkkkkkkkkk

          • Shuichi Minamino

            Só de não ser aquela ação frenética, já curti bastante. E o que foi visto até agora, está bem interessante. Estou otimista!

      • Shuichi Minamino

        Não foi mimimi, é a minha opinião eu não curtir o RE6. E, sim, gosto de tudo do RE7 até agora. Se você não consegue respeitar o comentário e a opinião das pessoas, não banque o idiota. Leia e guarde sua crítica para si, porque está feio.

  • Hugo

    Espero ouvir uma voz bem sinistra falando: “RESIDENT EVIL 7”, ao apertar start no menu.

    • Jill Valentine

      In fact, we’ll hear a woman talking Resident Evil 7.

      • Hugo

        how’d you know?

        • Jill Valentine

          Leaks ? :v

    • Marcos Vinicius

      ”Ruesident Ivoool Seéven”.

  • Edu Alves

    Tá certo que menos é mais, mas essa tela inicial está meio mixuruca né!? Até o logo está com letras diferentes. Entretanto gostei do fato de explorar os itens de todos os ângulos no inventário. Mas acredito que os itens vão ter alguma utilidade sim, em algum lugar, não acreditei nessas palavras.

  • Rodrigo Zika!

    Achei interessante, algumas fotos já vi, e outras não, pelo jeito teremos um carro pra dirigir acho, espero que seja bom na direção, e não igual o Leon em RE 6 kkkkkkkkkkkkkkk, esses pântano parece bem tenso, e alguns lugares ainda não vimos, aquela caverna achei intrigante, quanto a tela título achei normal, achei ate mais criativa, que a do RE 6, em questão de plano de fundo.

    • Jill Valentine

      Let’s not drive, that camera is just there to not show the face of the character! :3

      • Rodrigo Zika!

        It might even be, but it would be interesting, driving a little kkkkkkkkk

        • Jill Valentine

          Yup, but you know how its the Capcom :3

    • Andre Iack

      Eu também gostei da tela de título, mas ainda sim eu senti falta de algo mais característico da série clássica nessa tela, eu acrescentaria alguns respingos de sangue na mesa próximo ao gravador de áudio e colocaria o título da fonte de cor vermelha e meio corroída ou respingando como se o título estivesse “ensanguentado” para dar mais visual de “Resident Evil”.

      Ou numa segunda hipótese eu colocaria um dedo de manequim ensanguentado em algum espaço da mesa kkk

      • Rodrigo Zika!

        Verdade, as letras poderiam ser mais elaboradas.

    • Marcos Vinicius

      Ainda prefiro a tela do Revelations 2 apesar de não gostar do game. A do 6 com aquela girafona é trágico, não conseguia levar aquilo a sério. kk

      Tudo até agora, está bem parecido com o 1/Remake, la também tinha uma caverna. Espero que tenha alguma vila/cidade abandonada, como alguns especulam por ai.

      • Rodrigo Zika!

        Também achei legal do Revelations, a trilha e o olho, mas acho que depende da ameaça mesmo.

        • Breno Edgar

          E por falar no famoso olho da tela inicial do Revelations 2, desde a época do lançamento eu criei uma teoria de que tal olho poderia ser da própria Alex Wesker na forma mutante, por ela ser a vilã principal e ter grande importância na trama: o olho seria o do lado monstruoso do rosto dela. Porém mais tarde eu notei que ao redor havia algo parecido com grades, semelhante aos que são vistos nas portas das celas da prisão no início do jogo, dando a idéia de que poderia se tratar do olho de um afflicted apenas. Depois disso fiquei na dúvida. kkkkkk

          • Rodrigo Zika!

            Kkkkkk

    • Felipe Gaertner

      GALERA QUEM NÃO QUISER POSSÍVEIS SPOILERS NÃO LEIA ESTE POST OK…
      PODEM HAVER SPOILERS PESADÍSSIMOS AQUI !!!!

      O Rodrigo, vc que está sempre antenado nas novidades, rumores e spoilers, olha só!
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      .
      Ta ligado aquela parte do trailer ” World of RE” em que o Personagem corta as fitas que estão lacrando a caixa de controle da porta da garagem?
      Da pra ver claramente que as mãos são negras…presta atenção lá!
      E na parte onde está acontecendo uma batalha contra o Jack ” Que ele está com uma picareta tunada com espinhos” ele fala claramente ” It’s over Paul ” ou seja ” Acabou Paul ”
      Acredito que sejam dois policias!
      Há umas semanas atrás eu li um ” Rumor Spoiler” no fórum do 4chan em que um rapaz Tailandês que estava no Japão disse também ter jogado uma hora de jogo e que ele controlava um policial que foi com seu parceiro para investigar o sumiço de uma equipe de jornalistas amadores que faziam um programa para a internet sobre fantasmas. Chegando lá eles se separam e o policial Paul que é uma espécie de Sheriff, contorna a casa e entra por trás enquanto Dwey, o seu parceiro, vai pela garagem.
      Paul consegue adentrar a casa depois de ter que escapar de um violento cachorro, após uma exploração o policial escuta uma movimentação vindo de um dos cômodos e Jack percebe sua presença enquanto tortura um personagem loiro que está amarrado a uma cadeira na mesa de jantar, acredito ser a mesma cena do trailer ” The Baker’s ”
      Jack parte para cima de Paul e ordena que ele vá embora imediatamente, Paul pede calma a Jack e pergunta se está tudo bem…
      Jack parte violentamente para cima de Paul que recebe uma pazada totalmente inesperada, a agressão faz com que Paul receba um dano, a partir daí vc controla o Policial..
      Depois de acertar três tiros em Jack ele cai “morto”
      Vc então continua a exploração e chega até a sala onde o Homem loiro estava, porem não há mais ninguém lá.
      Depois de alguns minutos Jack aparece novamente agora com um super porrete e novamente vc tem que vence-lo…
      Após derruba-lo ele se levanta quase imediatamente e continua a perseguição ” Nesse momento o rapaz tailandês cita que é possível ouvir os pensamentos de Paul ” Como em um filme ” ele diz… “O que está acontecendo com o Sr. Baker ? ”
      Então vc consegue chegar até a Garagem e abre, Dwey está investigando o sangue no chão da garagem quando Paul abre a porta, Dwey percebe que Paul está ferido e vem ao seu encontro…
      Nesse momento Jack aparece ” Acompanhado” de um ser e ataca Paul, Dwey saca a pistola e Paul leva uma grave picaretada…Ao policial apagar a cena corta junto.
      Então acontece uma cena onde aparece Lucas em frente a vc… Agora vc está amarrado a uma cadeira em um quarto parcialmente escuro, Lucas está com um facão e começa a praguejar e ameaçar vc… Lucas está sem o braço esquerdo e diz que tudo isso é culpa sua e que vc não é digno de receber tal bênção !!!
      Quando Lucas vai acertar o facão em vc uma mulher abre a porta com força, só é possível ver a sua silhueta, pois a luz que adentra o quarto pela porta é forte.
      Então acaba a demo.
      Cara, parece que tudo se encaixa… veja este vídeo>>>>>>>>

      https://www.youtube.com/watch?v=BkNsB5F4DB0

      • Denilson Correa

        hum…. eu entendi o que o jack falou foi: ” It’s over Boy”

        • Felipe Gaertner

          Cara eu também achava isso,, mas depois de ver umas 5 vezes e ouvir bem, parece que ele fala “POU” mesmo !!!

      • Rodrigo Zika!

        Esse spoiler parece bem forte kkkkkkkkkkkk, mesmo que não seja igual, parece bem promissor, veremos kkkkkkkkkkkkkk

      • Breno Edgar

        Muito bom e interessante esses spoilers. Sim, eles são pesados… pois eles me proporcionaram o peso da ansiedade. kkkkkk Depois de lido, a curiosidade em saber se estes eventos se confirmarão veio com força e concordo com o que o Rodrigo disse embaixo, que se mostra muito promissor. Esses spoilers se encaixam perfeitamente na teoria dos múltiplos protagonistas que eu havia feito anteriormente. Se isso ocorrer, não será apenas nas gravações das fitas VHS que iremos controlar outros personagens. Mais um motivo que aumenta a possibilidade de haver muitas reviravoltas.

  • Kelsor

    Se essa parte sobre o retorno de personagens for verdade, faz sentido sair isso agora pois está pra sair um trailer chamado ‘Resident Evil’.

  • Pedro louzada biagioni

    Só eu que tenho medo de o jogo ser curto ?

    • Mateus

      Saiu uma notícia que o jogo terá em média 15hrs.

      • Marcos Vinicius

        Um jogo em 1ª pessoa com 15 horas é osso. Se tivesse de 8 a 10 horas já estava bom.

        • Mateus

          Bom, é uma média né.
          Pode ser que de para zerar com 10/12hrs. Mas por que você acha que é ruim um jogo em primeira pessoa ser grande?

          • Marcos Vinicius

            Por padrão mesmo, normalmente games em 1ª pessoa são curtos (principalmente os de terror), com exceção de SOMA, este é bem longo.

            Acho que vai de cada um, eu acho mais maçante jogar um jogo em 1ª pessoa por 20h do que um em 3ª pessoa com o mesmo tempo.

          • Giovane Santos Cunha

            Alien Isolation leva de 13 a 14 horas pra zerar.

      • Vortigon

        Amigo, esa noticia é falsa, o jogo tera mais tempo para quem usar o VR, porque provavelmente muitas pessoas teram dificuldades de lutar e usar o vr ao mesmo tempo

        • Mateus

          Vixi, se é falsa eu não sei.
          Foi um cara da Capcom que deu esses detalhes, e disse também sobre o tempo aumentar com o VR.

    • Erik Soares

      eu acho que sim amigo porque ate agora pelo o visto o negocio vai ser longo vai ter mansão a floresta o pântano talvez uma parte subterrânea e a fabrica que já foi confirmada e talvez um laboratório eu acho que ser precisar de muito tempo pra passa por tantos lugares então não tenha medo do jogo ser curto só tenha medo da familia buscape KKkkkk

      • Rodrigo Zika!

        Buscapé kkkkkkkkkkk

    • Protagonista Do Gta

      é exatamente esse o meu medo, de resto eu to aceitando numa boa.

  • Rafael Pitagoras

    Quero curtir a mansao dos bakers, mas quero dar uma volta pelo pantano, por alguma floresta, por aquele cemiterio de lua cheia com neblina, entrar no laboratorio, enfim que o jogo tenha idas e vindas, variedade e varios cenarios, ai vai ser legal!!!!

  • andre sandim

    Essa tela inicial se for só assim seca você aperta start e Bum “Resident Evil” e jogo começa… Eu não gostei. Muito simples isso, espero mais de um jogo que to a mais de 4 anos esperando.

    Agora se ela for no mesmo layout das telas de aberturas dos clássicos Medal of Honor e Medal of Honor underground do PS1 ai sim sera legal.

    Em que você tem um ambiente fixo e quando vai selecionar seu modo de jogo, opções ou sala de troféus a os ambientes em tela se alteram levemente para simbolizar que foram selecionados. E quando você da o OK mudaria para um dela do local que você selecionou com outra tela fixa com mesmo proposito. cada item selecionado tem um som e um movimento único.

    Espero que quando dermos o Start Game possamos viajar por essa sala olhando para os lados a cada item da mesa ser uma linha do menu Campanha, Opções, extras você vai para um lugar diferente da mesma sala. E especialmente que ela mude quando der um New Game +

    • Rodrigo Zika!

      Boa kkkkkkkkk

  • Rodrigo Germano

    Aproveitei e peguei na promoção na black friday na nuuvem por 79,90, ainda há dúvidas acerca do jogo, mas espero que seja um novo começo para a franquia, afinal de contas pior que o 6 é quase impossível.

  • Rodrigo Zika!
    • Breno Edgar

      “Este jogo será destravado em aproximadamente 8 semanas”
      Esse aviso me chamou bastante atenção. Será que finalmente deve se tratar de uma demo? Se for isso ficarei muito feliz. kkkkkk

    • Breno Edgar

      Acho que deve ser o lançamento do jogo completo. Provavelmente não deve se tratar da demo já confirmada nos PCs.

      • Rodrigo Zika!

        E a parte, este jogo sera destravado, em aproximadamente 8 semanas, isso não da a data de lançamento..

    • Emerson Bernardo

      Ñ entendi sua dúvida, a data d lançamento do jogo é dia 24 d Janeiro, ou seja sua compra é antecipada, mas o download do jogo só vai estar disponível na data descrita.

      • Rodrigo Zika!

        E a parte, este jogo sera destravado, em aproximadamente 8 semanas, isso não da a data de lançamento.

        • Emerson Bernardo

          Está escrito “aproximadamente”, afinal 8 semanas são 56 dias e hj dia 28 faltam 58 dias para o lançamento.

          • Rodrigo Zika!

            Pensei que era a data que iria liberar o download, seria bem antes do dia do lançamento, veremos.

          • Emerson Bernardo

            Seria bom se liberassem o download 24hrs antes, mas pelo q me lembre eles costumam liberar no msmo dia do lançamento, mas ñ tenho certeza.

          • Rodrigo Zika!

            Valei por esclarecer, tinha confundido kkkk, sabe me dizer se o site Nuuvem e confiável? La ta mais barato.

          • Emerson Bernardo

            Nunca comprei, mas acho q é confiável sim, ñ tenho certeza, mas se ñ me engano, em alguns jogos vc paga para eles nuuvem, pega uma chave e baixa na steam msmo, frequentava o canal do tecmundo games, antigo baixaki jogos e eles sempre anunciavam jogos da nuuvem, acho q até li por aqui alguém escrevendo q comprou por quase 80 reais lá.
            O cara q comprou é seu xará inclusive, Rodrigo Germano o comentário dele está um pouco abaixo dos nossos.

          • Rodrigo Zika!

            E que mesmo a versão deluxe, la ta mais barato kkkkkkkkk

          • Rodrigo Zika!

            Falando nisso, gosto do Tecmundo Games, vejo ate hoje no YT kkkkkkkk

          • Fabrício Dias

            Totalmente confiável.

          • Rodrigo Zika!

            Valeu

          • Giovane Santos Cunha

            A Capcom deve liberar o pré-download do game 1 semana antes. Comprei o Resident Evil 0 em pré-venda e teve um pré-download alguns dias antes do lançamento.

            Uma observação é que o game pode não ser liberado as 00:00 na steam e sim às 15:00, foi assim com o Resident Evil 0, mas vamos torcer pra liberar o game às 00:00 do dia 24.

          • Rodrigo Zika!

            Nossa cara as 15, que zuado kkkk

          • Giovane Santos Cunha

            A steam atualiza a loja as 16:00hrs, na minha está em horário de verão então vai ser às 15:00.

%d blogueiros gostam disto: