Agora que Resident Evil 7 já foi lançado há mais de um mês, a Capcom está divulgando vários dos segredos do desenvolvimento do jogo.

A empresa mostrou uma compilação com vídeos de vários gameplays de estágios iniciais da produção de Resident Evil 7 durante um quadro do programa da Capcom no YouTube.

O vídeo traz conceitos bastante precoces do combate do game. Em uma das sequências, é possível ver Ethan lutando contra um protótipo de Jack Baker com uma espingarda de cano duplo. Os tiros fazem a cabeça de Jack ficar… pendurada no pescoço, indicando que a violência pesada é um conceito presente desde os primórdios do desenvolvimento de Resident Evil 7.

O vídeo também traz alguns outros trechos interessantes, como a possibilidade de encontrar Zoe dentro do trailer e passar por uma plantação dentro da propriedade dos Bakers.

Ainda, em mais uma série de atualizações da galeria de artes conceituais de Resident Evil 7, a Capcom trouxe novas imagens do período de desenvolvimento do jogo.

As novas ilustrações mostram, principalmente, o interior da casa dos Bakers. Os cômodos parecem bem mais desorganizados e sujos nas artes conceituais quando comparados ao que vimos no jogo final. Alguns dos ambientes não chegaram a estar em Resident Evil 7 ou foram remodelados. Confira:

Na semana passada, a Capcom divulgou as primeiras artes conceituais de Resident Evil 7. As imagens mostravam a parte externa da casa principal dos Bakers. Veja aqui.

  • Despair Bender

    O protótipo do Jack é a cara do meu professor de Geografia kkkkkkk

  • EvaMarie#AllRedEverything

    Nossa a Zoe estaria na mesa tbm, acho que aquela parte do carro seria uma espécie de introdução, me pergunto se eles usariam alguns conceitos descartados do RE 3.5.

  • Rafael Tramontin

    Legal ver que um jogo que no final é tão bonito, no início é bem simples.

  • Denilson Correa

    Roblox kkk

  • famfelipefam

    A capcom confirmara que o re7 teria um monstro do lago? E ele não apare ou aparecerá na dlc?

  • Rodrigo Zika!

    Muto legal ,o protótipo eu ma comédia kkkkkkkkkkk, gostei das fotos inciais, a do tapete no corredor, lembra a mansão Spencer.

  • Danilo Rodrigues

    Ta aí um jogo que é muito bom, mas pra mim , os puzzles deixaram muito a desejar. poucos puzzles, pouca variedade de inimigos , ainda que são explicáveis pela historia do game. Até agora no que foi passado pelo game, tem até mais referências a filmes trash dos anos 80 como o massacre da serra elétrica e filmes mais novos de terror sobrenatural do que referências da própria série.

    • Meistre Alex

      Também achei que foram poucos puzzles. Se tivessem mais puzzles no jogo estilo os da dlc Bedroom seria melhor.

  • Danilo Rodrigues

    Esse jogo além da mansão abandonada, poderia ter também como cenário um vilarejo abandonado com muitas variedade de puzzles e outros inimigos. poderia também ter evitado aquelas aparições da Eveline como se fossem fantasmas. Na parte do Navio , com aquele armamento pesado , onde nos tira um pouco da vulnerabilidade. enfim. Mas o jogo é ótimo, é um clichê, mas vale a pena.

    • JuanEvil

      Como assim Brasil? Vilarejo? Acho que não, um vilarejo seria um ambiente grande de mais pro enredo do jogo que é mais contido (mais pessoal). E sobre as aparições da Evie, aquilo é muito importante no enredo, pois é um dos sintomas da infecção, não teria como eles não colocaram aquelas alucinações. Realmente o enredo do jogo é bem clichê, mas muito bom também, e vamos falar a verdade, enredos um pouco clichês existe desde os primeiros games kkk

      • Pedro Araujo

        “vamos falar a verdade, enredos um pouco clichês existe desde os primeiros games”. O Saddler até ~brinca~ com o assunto no final do RE4 kkk

    • Fanboy Maldito

      igualzinho o RE 3.5, que foi descartado por que mesmo? porque era muito silent hill pra pouco resident evil, assim como é esse 7, que deveria ser spin off e nunca deviam ter tentado se aventurar com esse jogo na linha principal.
      esse jogo trouxe coisas que muitos fãs pediam, mas também trouxe um problema, que é o rompimento da linha que separa resident evil de silent hill. quem gosta de jogo de terror não tá nem aí pra isso, joga os dois e tá tudo certo. mas quem gosta de resident evil por ser resident evil, pode não ficar muito satisfeito, como aconteceu com muitos aí.

      • Despair Bender

        Como assim rompeu a linha que separa RE de SH? Por que essa linha é que um é sci fi e o outro é sobrenatural, e isso não mudou absolutamente nada.

        • Fanboy Maldito

          quem garante que no próximo os japas não aumentem ainda mais a pegada sobrenatural do game?

    • Arnold Choppa

      As alucinações foram desnecessárias, poderiam ter apresentado um outro meio de infeção.
      O pessoal tira sarro do Pedro da Boleia quando ele falava de fantasma mas no final entendia muito bem o que o cara queria dizer. Esse game foi 50/50, não sei porque o defendem como se suas vidas dependessem disso rsrsrs
      De caras a Capcom quis forçar uma parada meio que sobrenatural para assustar o jogador e foi isso mesmo que RE7 foi, apenas mais um jogo de terror que não acrescentou nada de relevante à franquia, apenas mais perguntas sem sequer terem fechado a porra do final do Jake em RE6, vamo esperar pela Natalia ao menos.
      Eu sabia que a Capcom iria colocar uns efeitos “paranormais” bizarros nesse game e depois viria com a desculpa de que seria o efeito de um vírus ou assim… Vá, no RE8 vamos ter aparições ala O Chamado e no final vamos descobrir que tudo não passou de uma obra do Alucivírus huehuehue
      Para não falar da cena em que o Ethan faz contato com o Jack através do além kkkkkkk
      PQP, quero uma história com B.O.W’s fisicamente presentes e mortíferas por aquilo que são, quero obras biológicas e não efeitos de alucinações.
      A Capcom forçou a barra com esse 7 mas o fãzinhos de terror engolem isso tudo suave, tão nem aí, bota terror que ta bom.

      • Danilo Rodrigues

        Falou tudo amigo.Concordo 100%. Esse jogo pra um Resident evil , é 50% bom e 50% ruim. mas fiquei desapontado principalmente com os poucos puzzles.

      • JuanEvil

        Nossa que lindo, agora pq as pessoas gostaram do game, elas “engolem tudo” aprenda amigo, todos temos direito de gostar ou não de algo, vc não gostou? Paciência, agora não venha falar que quem gostou são “fãzinhos de terror” pq não é bem assim, não adianta por terror se o game for ruim ( coisa que definitivamente RE7 não é), os fãs da velha guarda apenas queriam o retorno as raízes, que a Capcom conseguiu cumprir com RE7 ( pelo menos até onde eu sei, ela conseguiu cumprir). As alucinação são explicadas, tendo um motivo pra existirem, elas não estão lá só por estar.
        As pessoas tiram sarro do Pedro, pq ele inventa um motivo pra criticar o game, RE7 tem vários defeitos, mas são poucos os comentários do Pedro que ele cita um deles, ele fica na mesma história de fantasma, sendo que não existem fantasmas no game, ele podia citar a pouca variedade inimigos, poucos puzzles, etc.
        Eu fico triste que vc não tenha gostado do game, mas vamos aprender a respeitar a opinião dos coleguinhas.

        • Danilo Rodrigues

          Cara, esse jogo não é ruim, é ótimo jogo, porém como disse , pra mim faltou variedade de inimigos, faltou mais puzzles desafiadores e lutas com boss, E por mim poderia ter evitado essa alucinações com Eveline que ficou meio que sobrenatural . Poderiam na parte do navio , terem tirado aquela metralhadora, e ter deixado o jogo mais tenso somente com uma faca ou pistolinha. Até bomba C4 os caras adicionaram. pra mim desnecessárias. mas o jogo não é ruim não.

          • JuanEvil

            Como eu disse RE7 é um ótimo jogo e tem sim vários defeitos (como tudo na vida), só que as alucinação são importantes pro enredo, sem elas ficaria um furo na história.

        • EvaMarie#AllRedEverything

          Eu sinceramente não sei como vc tem paciência pra responder esse povo, tipo é quase sempre o mesmo argumento né

          • JuanEvil

            Te contar um segredo, a paciência tá quase acabando kkk.
            É que pessoas assim me tiram do sério, o problema não é ter uma opinião diferente, o problema é não saber respeitar a opinião contrária.

          • EvaMarie#AllRedEverything

            Nossa nem fala, eu nem respondo se não ia ser textão todo dia nesse Revil, tipo eu consigo ver a ignorância nos comentários desse pessoal é inacreditável.

        • Arnold Choppa

          Uauuu amiguinho Juan, desculpe se o ofendi! rsrsrs
          Logo vc que não se pode nem falar algo a respeito do 7! Quase me esquecia.
          As alucinações estão explicadas? Ora a p*rra mas claro que teriam de ser explicadas, não? Obviamente que disfarçariam o caso kkk
          Esse jogo é muito fora do contexto… Como disse, basta ter terror que ta bom, só raízes e mais raízes.
          História? Não?
          Mas enfim, agora é aguentar com esse rumo e quem sabe se não temos mais um vírus (que neste caso foi um fungo) que nos permita contactar o além e ver garotinhas de 10 anos de idade.
          E sim… Ninguém pode sequer apontar o dedo ao 7 porque vcs ficam todos ofendidos, enredo bem porco e a câmara em primeira pessoa até que foi jogável.
          Mas o jogo foi pobremente executado em vários aspetos. Como disse, só se está a sair bem pelo terror e infelizmente os obcecados por esse gênero não se apercebem que alucinações, paredes ficando cobertas por uma substância do nada, escritas na parede NÃO PERTENCEM A RE… O Chamado? Alguém? Não?
          “Nope, eu não vi isso! Teve terror, RE voltou!” afff
          Ai ai, como esta fanbase é huehue

          • JuanEvil

            Como assim? Quer falar mal do jogo? Fale ué, agora use argumentos decentes, é como eu disse, RE7 tem vários defeitos, a existência de um fantasma não é um deles, teve várias pessoas que deram motivos plausíveis pra não ter curtido o game, a história do jogo é um baita clichê, mas tem seu ponto de originalidade, assim como a história do primeiro game, que era clichê mas teve seu ponto de originalidade, não tem nada a ver ser fã de terror, eu por exemplo, são poucos os jogos de terror que me interessam (sou muito medroso kkk). O que voltou com RE7 foi mais que terror, voltaram os puzzles ( bem ruinzinhos, mas voltaram) a exploração, o sentimento de apreensão (por nunca saber o que vai estar atrás da próxima porta), o backtracking, administração de itens, etc.
            É por isso que os fãs da velha guarda ( que eu não me inclui, só prefiro os primeiros games mesmo) estão felizes. Então não, não tem nada a ver com “só pq tem terror”.

          • Arnold Choppa

            Ainda assim, não sei como se rendem pelo retorno de uns simples elementos.
            Trazem uns elementos mas cagam outras coisas… Na minha opinião, o enredo foi horrível e até que gostei da jogabilidade.
            Tirassem essa Eveline do jogo… Com tanta coisa boa e tanta ideia para se colocar num RE, vão logo botar alucinações e outras coisas nada a ver.
            Curti pacas o Navio ter ido para ali perto mas não poderiam ter inventado outra coisa nele? Do tipo, o Navio transportava um vírus e contaminou aquela zona e Bakers, dando um maior papel ao Jack.
            Sério, tanto marketing em cima do homem e ele só esteve uma hora no jogo.
            Eu mal me senti jogando RE e só o puzzle da doze quebrada me remeteu à franquia assim como algumas referências (bem ruins por sinal, deu pra ver que foram simplesmente jogadas).
            Eu sou fã da franquia, não do gênero, e apenas não gostei do que me foi apresentado por uma variedade de motivos.
            Enfim, temos histórias por finalizar e o 7 só levanta mais questões… É ver no que dá.
            Apenas não quero mais um game sem sentido que nem esse aí. O jogo não é ruim mas também não é bom, teve muita coisa tosca.

          • JuanEvil

            Bem, é que depois do RE5 e 6, RE7 é o que mais fez os fãs se sentirem jogando um RE clássico (claro, adaptado pros dias de hj). Esses elementos fazem parte da jogabilidade dos clássicos o que ajuda ainda mais a se sentir jogando um RE.
            Acho que a história varia de gosto mesmo, eu por exemplo gostei muito dela, e várias das pessoas que gostaram do game também.
            Eu realmente fico triste que vc não tenha gostado, como fã da franquia queria que todos os fãs se sentissem como eu me senti, jogando um RE clássicos versão 2017.
            Só acho que vc não respeitou a opinião de quem gostou do jogo com o seu primeiro comentário, não tenho nado nada contra vc não ter gostado do game.

          • Fanboy Maldito

            como fã de silent hill, aposto que todos os fãs se sentiram jogando um. ficou feio é para os fãs de RE, que não curtem muito fantasmas e tal, ganharam um joguinho nada a ver com nada.

          • JuanEvil

            Fanboy Maldito (Antigo Pedro Da Boleia), eu não sou fã de Silent Hill, apenas gostoda história dos jogos, seus comentários são muito engraçados kkk
            Mas vamos lá, é uma pena que vc não tenha gostado de RE7, agora não venha com essa histórinha de “fãs de Silent Hill” pra cima de mim não, sou fã de RE assim como TODOS aqui, isso inclui quem prefere os clássicos, quem prefere os RE mais modernos e quem curte o RE7, gostar ou não de um determinado game da franquia não determina que é “mais fã” ou quem é “menos fã”, então me poupe, se poupe, nos poupe.

          • Fanboy Maldito

            não falava de vc, falava de mim kkk embora não seja tão fã de silent hill assim.
            vc pode ser fã do que quiser, até da pitty e da dublagem dela no mkx…

          • JuanEvil

            Ah sim…
            E por favor, quem em sã consciência iria gostar da dublagem da Pitty em MK:X?Kkk

          • Fanboy Maldito

            acho que tem gente que não liga muito pra isso. tem gente que diz que a dublagem br do the last of us é superior a americana. tem maluco pra tudo.

          • JuanEvil

            Sério que dizem isso? A dublagem brasileira é muito boa, mas a original é muito superior.

          • Fanboy Maldito

            também acho, mas o pior é que dizem. aqui mesmo já vi isso.

          • JuanEvil

            É como vc disse, tem maluco pra tudo kkk

          • Rodrigo Zika!

            Quero me me diga, de RE 1 a RE 3, que não tenha inspiração em filmes b, ou gore, quando isso acontecer, seu comentário fara sentido, algo impossível, lembrando que digo quanto ao massacre da serra elétrica, ou jogos mortais, que e presente no jogo.

          • Fanboy Maldito

            uma coisa eu sei que não tinha até agora, que era inspiração em filmes sobrenaturais como O chamado, exorcista e o grito.

          • Rodrigo Zika!

            E na onde tem pessoas com demónio no corpo? Não vi nada disso, nem ninguém saindo de uma TV.

          • Fanboy Maldito

            você deve ter jogado outro jogo então.

      • Protagonista Do Gta

        As alucinações não são desnecessárias, se você põe no contexto do jogo está tudo bem explicadinho, redondinho e não abre margens para interpretações (algo que algumas pessoas se recusam a entender), o sobrenatural no jogo não existe, as alucinações fazem parte de um ciclo de domínio mental da arma biológica (eve) sobe o hospedeiro, o controle mental não foge muito do que já vimos na própria série em Resident Evil 4, uma rede de mente infectadas e conectadas, que obedecem a um ser (saddler/eve) que ataca qualquer “forasteiro” que não faça parte de grupo/família, a diferença entre os dois é a escala, isso explica aquela conversa entre o Jack e o Ethan, não existe o além. Você acha mais crível uma transferência de mente entre Alex e Natália? escolha seu veneno, mas não seja injusto.
        Agora falar que RE7 não acrescentou nada para série? que idiotice, acrescentou tanto para a história quanto para o nome da franquia, por ter coragem de fazer um triple A de survival, algo que dá pra contar nos dedos de uma mão, uma fatia que é praticamente dominada por desenvolvedores indies.
        As pessoas não defendem RE7 como se a vida dependesse disso, elas só tentam corrigir as besteiras que alguns falam por aqui, por exemplo o Pedro da Boleia, ele tem o costume de tirar de contexto alguns aspectos da narrativa do jogo na tentativa de dar ênfase no “argumento” dele, e isso é injusto, você tem todo direito de não gostar das alucinações, mas ficar inventando mentiras é errado, você fala dos outros e termina o seu comentário com um “mas o fãzinhos de terror engolem isso tudo suave”, ai a conversa fica difícil.

        • Fanboy Maldito

          ”De caras a Capcom quis forçar uma parada meio que sobrenatural para assustar o jogador e foi isso mesmo que RE7 foi,” kkkkkk bem isso mesmo.

          é tipo assim ”ei, já que não conseguimos mais assustar ninguém , vamo meter umas parada sobrenatural e tal, talvez funcione e a gente fala que é por causa do vírus. ”
          o sobrenatural desse jogo só não existe na cabeça de seus defensores e fanboys.

          • Protagonista Do Gta

            Pra vc eu deixo o meu mais sincero fodasse.

      • Rodrigo Zika!
      • Junior Rios

        O game tá mais pra o chamado até o filme de resident evil é melhor pois ele aparece um zumbi do nada mordendo o personagem e rancando um pedaço e infectando os elencos 1 por 1 menos alice e os principais, porquê não inseriram no re7 ou uma base da umbrella no subsolo da mansão ou algo do tipo nada aver esse re7 a capcom se lixou para os fãs da serie.

    • Rodrigo Zika!

      Concordo, exceto de evitar as aparições.

  • Fanboy Maldito

    carajo véi, olha aquele fantasma ‘-‘

  • Guilherme Rodrigues

    Bastante interessante o início, ao mesmo tempo estranho, rs. Percebi que alguns detalhes foram mudados na versão final.

  • Anderson Lima

    Estou na metade do game. Ele é nem assustador. Ele tem muitos do resident clássico, como o leva e trás de itens e mais combinações. Não entendo como muitos acham que o Jack (pai) não é um tipo de bow. O cara morre volta transformado, isso é típico de resident, muitas mutações. Até agora estou gostando e na minha opinião está muito resident evil clássico. Mesmo tendo poucos boss. Isso é uma renovação do Re com vários elementos novos.

    • Jason Voorhees

      Se vc não tomou sustos então vc não está jogando Resident Evil 7.

  • Jason Voorhees

    O game é bom,mas é um spin off e a principal falha foi o Redfield do final pq as pessoas q insistem em dizer q aquele é o Chris Redfield não conhecem e não jogaram Resident Evil.

  • Alguém tem aquele meme da Jill tá “xatiada” porque não ia aparecer RE7? Eu vi aqui no REVIL e nunca mais achei.

  • Gabriel Parachen

    Sério, to para ver uma comunidade tão desunida como a de Resident Evil. E o pior: por pura birra. Todo mundo acha que RE é um universo particular, aonde a Capcom precisa seguir sua vontade e dane-se o resto. Cresçam crianças.
    Eu não gosto do RE4 como RE. Mas nem por isso transformo minha opinião numa verdade absoluta. E gosto do RE6! Podem me apedrejar virtualmente, mas isso não muda o fato de que a opinião de vocês, contrária ou não, precisa ser muito bem embasada para mudar a minha.
    E argumentar, definitivamente, não é o forte de qualquer comunidade na internet atualmente.

    • Guilherme Rodrigues

      O que vale para a criançada de plantão é a própria opinião, é sempre perda de tempo tentar argumentar algo.

      • ratStar

        O pior de tudo é pensar que não são crianças de fato comentando. Affff. Um bando de marmanjo agindo de maneira infantil. Nem meu sobrinho de 8 anos age com tanta birrinha assim. É pracabá 🙁

        • Guilherme Rodrigues

          Podem birrar a vontade, só fica feio para eles. A birrinha de uns e outros aí não vai mudar absolutamente nada dentro da franquia. Só senta e chora.

          • ratStar

            Verdade!

  • Marcos Vinicius

    Você lê a news, desce a pagina pra ver os comentários sobre a mesma e o que você encontra: alguns reclamando do jogo, mas vão falar abobrinha na pu## que o p***.
    .
    .
    .
    Já sobre a noticia em si, interessante essa imagem, acho que o Pedro estava certo desde o inicio:
    https://uploads.disquscdn.com/images/305fcf6c112147b29e91537074e1b0418e2362081fde130e8d621a786e0d605b.jpg
    :p
    .
    Brincadeiras a parte, só fico me perguntando uma coisa: cadê a imagem oficial do Ethan pela Capcom ? Não vejo muita gente falar sobre isso alem dele ser taxado como o pior protagonista da franquia, parece que nem a Capcom gosta do cara.

    • Fanboy Maldito

      quem liga pro ethan? ele é só uma fucking câmera. temos personagens mais importantes pra nos importarmos nesse momento e que não são uma fucking câmera.

      • Walisson Silva

        “Fanboy Maldito” ???? Os adm aqui te deram block e vc criou outra conta ? kkkkjjj

        • Guilherme Rodrigues

          É o Pedro da Boleia, só mudou o nome.

      • Mint

        Até para ver oficialmente o personagem principal você tem que esperar por uma dlc, e o mais engraçado é isso ser aceito como um motivo plausivel pela fanboyzada. Já perecebeu que “vai sair na dlc” já virou uma desculpa para tudo, até mesmo querendo insinuar que tudo foi planejado pela capcom para surpreender o jogador e não porquê é uma mercenária? Haha

        • JuanEvil

          Mas no caso, a DLC é gratuita.

          • Mint

            paga ou não, qual é o mistério para não exibir oficialmente o cara? Pra quê tanta dlc. Nem sei mais o que é pago ou não.

          • JuanEvil

            Concordo, só estou te explicando pq a “fanboyzada” está aceitando isso como um “motivo plausível”.

          • Mint

            Ou seja, um jogo picotado.

          • JuanEvil

            Sim, um jogo picotado, que no mínimo vai ter uma DLC gratuita.
            Não que eu concorde com essa prática de DLC pra tudo (tanto que eu nem compro DLC mais ).

          • Fanboy Maldito

            depois de picotar o jogo todo e vender como dlc , a ”not a hero” virou um tipo de esmola. não fazem mais que obrigação. e tem mais, se eles cobrassem por ela também, eu faria questão de ver pelo youtube, no canal de algum babaca que incentivou essa prática absurda, assim como eu fiz com a outra.

          • JuanEvil

            Concordo, eu só expliquei pro nosso coleguinha ali em cima pq as pessoas não estão encomodadas com a DLC “Not a Hero” já que ela é gratuita ( e eu acho que vai vim em forma de DLC pq vai ser mais focada na ação), Eu não concordo de jeito nenhum com essa prática de DLC até pra ir ao banheiro, eu faço como vc, eu vejo pelo YouTube, mas não compro kkk

        • Rodrigo Zika!

          Cara não aceito de qualquer jeito nada que venha do jogo, ou a DLC, só que ao menos não sera paga. Agora ser mercenária, se for nessa linha, toda empresa que faz um jogo e mercenária, por ter DLC.

    • Rodrigo Zika!

      Isso pode ser de proposito por um simples motivo, ele e o Ethan W, do file de RE 5.

      • Luis Felipe Soares

        Mas não faz diferença mostrar a cara dele sendo ele ou não.

        • Rodrigo Zika!

          O mistério faz parte kkkkkkkkk

    • Guilherme Rodrigues

      Capcom vai mostrar ele oficialmente só da DLC do Irineu Redfield.

    • Luis Felipe Soares

      Também não entendo por que a Capcom não mostra o Ethan em lugar nenhum.

  • Rodrigo Zika!

    Não entendo certas pessoas, RE não pode se inspirar em filmes b, ter gore e filmes trash, mais os Res clássicos podem, não pode ter uma menina, mas Rev 2 pode, não pode ter alguém com alucinações infectado, vendo a menina, mas o Wesker pode sumir, ou ate o boss final do Rev, ou seja por ser RE 7 e numerado não pode nada, mas se fosse outro poderia, pior mesmo e achar que o jogo por não ser em 3 pessoa, não e RE.

    • Fanboy Maldito

      revelations 2 também não deveria ter existido. o caminho para o território silent hill começou aí.

      • Rodrigo Zika!

        Revelatios 2 se inspirou e muito no TLOUS, com criança e adulto, e um pouco de sentimento, próximo a pai e filho, mais de SL não vejo nada.

      • Guilherme Rodrigues

        Não faz sentido essa afirmação.

      • Denilson Correa

        zzzzzzz, não olhei isso

    • alexandre jose

      tb ñ consigo entender , as vezes chego a pensar que são a mesma pessoa em contas diferentes, e o impressionante é que os argumentos são os mesmos!

    • Arnold Choppa

      Você pode me explicar onde o Wesker some ou causa alucinações?
      Porra, os argumentos que vocês arranjam para defender o RE7 são estupidamente estúpidos rsrsrs

      • JuanEvil

        É verdade, o Wesker não some, ele se teletransporta kkk

      • Guilherme Rodrigues

        Mais estúpidos que os argumentos que usam contra? Sempre os mesmo argumentos sem pé e nem cabeça, rs.

      • Fanboy Maldito

        ainda dizem que não são fanboys kkk

      • Marcos Vinicius

        Ele não disse que o Wesker causa alucinações, ele disse que o cara some… alias, você esqueceu que ele citou o Jack Norman, o fantasma boss final do Revelations 1.
        Ele tem a mesma habilidade da Eveline, de criar uma projeção sua, porem, sem precisar que a pessoa esteja infectada, quer algo mais sobrenatural que isso ?

        • Fanboy Maldito

          não me parece que o wesker some, ele apenas me parece rápido demais, tipo a nível velocidade da luz. não tentem transformá-lo na samara do RE7, porque isso não faz sentido.

          • JuanEvil

            Mas aí é que tá, a explicação pro Wesker ter esses poderes é tão bizarra quanto o fato da Eveline ter os poderes dela, a Eveline criança é uma alucinação, ela não se teletransporta ( a não ser ela idosa, isso sim é muito estranho), e tem aquele boss final do REV1.
            O que eu quero dizer é, as pessoas estão tão desesperadas pra arrumar um motivo pra falar mal de RE7 que estão esquecendo o histórico de bizarrices da franquia.

          • Meistre Alex

            Ele só se move na velocidade da luz, obrigado por explicar. Super aceitável.

          • Fanboy Maldito

            de nada. é sempre um prazer abrir os olhos da fanboyzada.

      • Rodrigo Zika!

        Falei que o Wesker some, não que some em alucinações, tu leu errado, foi mal

    • Ryo

      Não adianta, todo Resident Evil sem a mão do Mikami não é Resident Evil.
      São coisas diferentes. A Capcom cagou em todas franquias sem seus criadores, e Resident Evil é só mais uma delas. Podem lançar quantos jogos for mas a essência nunca será a mesma.

      • Guilherme Rodrigues

        Ah é, o Deus Mikami no comando de Resident Evil teria sido perfeito. Mas essas viúvas do Mikami…

        • Ryo

          Esses fanboys da Capcom…

          • Mint

            Com o Mikami não teríamos o 5, 6 e 7, com certeza.

        • Marcos Vinicius

          Que Mikami o que … pessoal esquece do mito Hideki Kamiya, ah mas espera ai, Resident Evil 2 NÃO É RESIDENT EVIL. =/

          • Guilherme Rodrigues

            Bem lembrado.

          • Meistre Alex

            “ain! Se não tem personagens do jogo anterior, não é Resident Evil.”

          • Fanboy Maldito

            não, se tem fantasmas e é em 1ª pessoa , aí sim não é RE.

      • Luis Felipe Soares

        Bem, se ele ainda estivesse na franquia poderia trazer coisas interessantes, mas o Mikami nem sempre tem idéias muito boas. Dá uma olhada nesta matéria: https://www.reddit.com/r/residentevil/comments/5oxh7v/as_it_turns_out_kenichi_iwao_saved_resident_evil/

      • Daniel

        Eu não teria tanta certeza assim em relação ao que o Mikami teria feito depois do excelente Resident Evil 4, já que em 2014 ele fez seu irmão espiritual, que se chama The Evil Within.
        E pelo que eu me lembre, não inovou em nada, é um jogo legal, mas lembra bastante RE4 e Resident Evil em muitas partes. Sebastian é cópia do Leon, Kidman é uma cópia piorada da Ada Wong e assim vai.

        • Meistre Alex

          Mikami é um grande desenvolvedor de jogos, mas bastante supervalorizado. O pessoal trata como se ele tivesse criado a franquia toda sozinho e esquece a contribuição de outros como o Kamiya, Kenichi Iwao e Noboru Sugimura. Além de esquecerem certas besteiras que ele fez.

        • Fanboy Maldito

          por favor, não compare o brilhante RE4 com aquele jogo de fantasmas. o certo seria RE7 x the evil within, aí sim teríamos uma comparação sensata.

          • Bruno Pereira

            “não compare o brilhante RE4 com aquele jogo de fantasmas”. https://uploads.disquscdn.com/images/93c12b2ea302518628b2865e3321aa31c982180ba3be3b31daee29b3fdca91cb.jpg Jogo de fantasma tem certeza?! depois desse seu comentário, você perde toda credibilidade de falar algo sobre o jogo.

          • Fanboy Maldito

            não terminei aquele jogo, de tão chato que tava, mas me pareceu muito sobrenatural também. mas foda-se.

          • Rodrigo Zika!

            Pelo YT cansa mesmo ne

          • Fanboy Maldito

            quer uma foto do meu ps4 beta? eu posto aqui, sem problema nenhum. ainda coloco minha edição do the evil within pro 360 da massa do lado dele.

          • Rodrigo Zika!

            Posta com o jogo na tela, se for digital, se for mídia física, posta o jogo com a capa kkkkkkkkkkk

      • Rodrigo Zika!

        Não sabia que tu e funcionário da Capcom, pra determinar o que e RE!
        https://uploads.disquscdn.com/images/98d7f3f44168162cecf9749ce184e16a78a081601dae4957045b6bc24684ac03.jpg

      • Fanboy Maldito

        mikami gódi ofi RE. ele não permitiria essa atrocidade chamada RE7.

    • EvaMarie#AllRedEverything

      Sem contar que a gente enfrentou um cara que canta pra sangue sugas e elas ficam felizes, uma B.O.W que causa alucinações é o de menos.

      • ratStar

        Isso pq a gente nem vai entrar no mérito daqueles inimigos que tem uma “motoserra feita de ossos” acopladas ao próprio corpo… Kkkkkk Povo chato dukarai

        • Fanboy Maldito

          foi o vírus. já que o vírus é sempre desculpa pra tudo, até pra menina fantasma do RE7.

          • ratStar

            É, mas não vi ninguém reclamando exaustivamente (como vc com a “menina fantasma”) no caso dos monstros com a motosserra…

          • Fanboy Maldito

            é porque as criaturas com motossera não desaparecem do nada e as balas não atravessam eles.

          • ratStar

            É. Deve ser isso então…

          • Rodrigo Zika!

            Que desculpa pro Wesker não? Já que ele também foi o vírus

          • Luis Felipe Soares

            Não tem vírus em RE7.

    • Bruna Mattos

      Engraçado que a A BASE de Resident Evil SEMPRE foram os filmes B, já que o Mikami é um grande fã do gênero, mas aí quando RE7 resolve fazer isso as pessoas tipo NOOOOSSSAAAA. Não dá pra entender.

      • Thiago Gonçalves

        Que isso, srta. Lanz? Mikami é Deus, Kawata é um reles mortal para os “verdadeiros fãs” da série.

        • Bruna Mattos

          O Kawata já produziu muita coisa na série. Já acertou e já deu mancadas feias demais. Mas não entendi o que isso tem a ver…

          • Thiago Gonçalves

            Que isso, Srta Lanz? Foi uma ironia. É que depois de pegarem no pé por causa da mudança de câmera e da falta dos velhos protagonistas, agora os “verdadeiros fãs” de RE resolveram torrar porque o jogo não é mais feito pelo Mikami, porque segundo esse fãs, ele trazia coisas originais sem influência de nada, o que não é verdade.

          • Bruna Mattos

            Por isso não entendi o que tinha uma coisa a ver com a outra rs
            Não captei a ironia 😛

          • Thiago Gonçalves

            Tranquilo, acontece, kkkkk.

        • Rodrigo Zika!

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Thiago Gonçalves

      Tudo isso porque não tem os velhos protagonistas de sempre e a câmera foi mudada, a birra é só por causa disso, se fosse alguém conhecido no lugar do Ethan e da Mia e como câmera em terceira pessoa, eu queria ver como é que seriam as reações.

      • Rodrigo Zika!

        O problema e que se fosse assim, perderia o survival que trouxe de volta, ação novamente, cansei disso, to me fodendo pros protagonistas conhecidos, tendo o fim de todos nos spin offs, já ta valendo, a serie precisava sair da poeira.

    • Thiago Gonçalves

      FALOU TUDO, ZIKÃO!!!

  • Junior Rios

    Deveria ser chamado de o chamado the game e não resident evil 7 ops fãs do game pode não gostar do que eu falei mais parece o chamado 3 😛

  • Anderson Fernandes Rodrigues

    Essa 1ª arte me lembrou a Kayako Saeki de “O Grito”, será que o filme também serviu como inspiração pro jogo?

    • Fanboy Maldito

      provavelmente. mas pode por aí tbm atividade paranormal, exorcista, silent hill e mais alguns que não me recordo agora… só a nata do cinema paranormal, uma maravilha!

    • Guilherme Rodrigues

      Acredito que houve inspiração, sim.

  • Roberto Soares

    Então acompanho o Revil há anos, mas nunca comentei em nenhum post.
    Essa é a primeira vez que eu comento aqui, e bem, talvez alguns (vários) não gostem do que vou dizer, a essas pessoas peço desculpas, mas vou colocar uma visão minha sobre Resident Evil no geral, lembrando, uma visão “minha”.
    Todos os posts tem a mesma discussão sobre qual jogo é melhor ou pior, sobre qual “É Resident Evil” e qual “Não é Resident Evil”.
    Eu simplesmente não vejo Resident Evil como a maioria vê.
    Eu vejo Resident Evil assim:

    *Resident Evil 1 – Jogo do demônio por que tinha monstros e eu tinha sei lá 10 anos de idade e quando ia a locadora por mais que ela estivesse lotada de pessoas eu não me atreveria a jogar aquele jogo “super real” por que tinha medo.

    *Resident Evil 2 – Jogo muito legal, eu já tinha aprendido a jogar o 1 e estava ansioso junto com o resto dos meus amigos para jogar aquele jogo, ouvia pessoas falarem que seria em uma delegacia com novos “bonecos” pra jogar. Teve uma época que saiu uma demo que não ia até o final, lembro que quando vi aquilo fiquei coçando a mão pra jogar mas o dono da locadora não comprou por que não era o jogo completo.

    *Resident Evil 3 – Jogo aguardado por muitos, inclusive por mim, iria ser na cidade e teria a Jill de volta, imaginei mil e uma coisas, acompanhei revistas e fotos, achava tudo muito inovador e diversificado, quando pude jogar na locadora lembro que quase nem piscava de tão pasmo que eu estava com aquelas cenas e lugares.

    Resident Evil Code Verônica – O primeiro Resident feito com gráficos em tempo real e totalmente em 3D, lembro de revistas que tinha detonado, que mostravam o poder do Dreamcast e que eu sonhava em poder ter só para jogar aquele jogo lindo e com a Claire do RE2 de volta. Nunca tive o Dreamcast.

    *Resident Evil 4 – Aquele jogo que saiu pro console que ninguém tem, até que saiu pro Playstation 2 e ai meu amigo, eu vi o Leon pulando por janelas, atacando com chutes após atordoar os inimigos, aquela variedade de armas, aquele menina chata que só gritava, e aquelas cenas de ação impressionavam!

    *Resident Evil REmake – Aquela mansão ficou assustadora mesmo, foi a primeira coisa que pensei quando vi fotos nas revistas, dizendo que sairia somente para aquele vídeo game que ninguém tinha, joguei mais tarde no PS4 e me surpreendi com o game.

    *Resident Evil 5 – Lambro de ver um trailer na internet quando o game foi anunciado, o Chris em um lugar ensolarado, com “sombras” correndo atrás dele, ele vira pra câmera e aponta uma magnum aquilo ali somado as noticias na época de que a barba e o cabelo do personagem foram feitos fio a fio independente, que Chris sentiria sede e teria que consumir água devido ao calor, caso contrário iria desmaiar, aquilo me deixou muito animado. Foi um jogo bom.

    *Resident Evil 6 – Anunciaram a volta do horror, zumbis e clima escuro, conferi videos do cenário do Leon, achei que tinham acertado de vez, comprei o jogo no lançamento joguei alguns dias e nunca mais, um dos poucos que não terminei e não tenho interesse, não que seja um jogo ruim, pelo contrário é legal, se analisarmos com a proposta que foi feito (que na minha opinião foi de agradar gregos e troianos), mas não me identifiquei com a história…sei lá.

    Resident Evil 7 – Um novo estilo, uma nova forma de “ver” as coisas, não entendo por que tanto alvoroço sobre a câmera, Resident Evil Gun Survivor era assim Dead Aim também (no momento de atirar) e foram bons jogos, eu ainda não joguei a versão final, somente a demo, hoje não tenho mais vídeo game mas pretendo pegar um PS4 de novo, mas pelo que eu vi eu estou muito interessado nesse jogo, pelo simples fato que tem jogos como Layers of Fear, e Outlast, que eu testei e me deram medo pra caralho, vi a demo do cancelado “Silent Hills” e também achei muito boa, e se a Capcom trouxe essa experiência para o universo de Resident Evil, é por que ela teve um motivo, eu não sei mas eu não ligo para detalhes como câmera ou jogabilidade (exceto RE: ORC, aquilo ficou impossível de jogar, sério…) eu só experimento, se eu gostar tudo bem, se não gostar tudo bem também, não fico vomitando críticas em fóruns ou comentários haters, apenas digo se para o “meu” gosto, e “minha” diversão o game serviu.

    Resumindo, expliquem por que gostam ou não de algo, e deixem que os outros expliquem também, talvez essa outra pessoa viu de um angulo que você não viu ainda…Talvez tentar ver com outros olhos e sem a mente fechada te ajude a se divertir, em vez de te estressar ou causar revolta.

    Desculpem o texto longo, mas era isso….

    • Guilherme Rodrigues

      É muito válido opiniões contrárias, pois é direito gostar ou não, mas acaba sendo ruim quando a opinião vai além de uma opinião. Infelizmente há muita gente tentando impor a própria opinião como verdade absoluta.

    • Thiago Gonçalves

      Eu gosto de todos, cada um trouxe alguma coisa diferente, cada um tem seus pontos fortes e fracos, mas confesso que RE6 é um tanto que decepcionante, tivemos um fechamento de ciclo no RE5 e a história de RE6 que dá continuidade a ele, meio que não se encaixa, e os motivos de ela existir são pífios, acho que é por isso que você não teve empolgação para concluí-lo.

      • Fanboy Maldito

        e o RE7, se encaixa aonde?

        • Thiago Gonçalves

          Após RE6 com uma história fechada até o presente momento e com muitas pontas soltas de forma proposital para gerar especulações entre quem jogou o game.

          • Fanboy Maldito

            ué, mas dizem que RE7 seria continuação do RE6 e ele não continua nada.

          • Thiago Gonçalves

            Será mesmo, senhor razão?

        • Rodrigo Zika!

          Re 7 e assim por causa de RE 6, que e obrigado a seguir algo sem sentido, por ser continuação.

      • ratStar

        Também vejo dessa forma. RE6 até teve seus momentos (bem poucos na verdade), porém acho que ficou muito aquém com a correria descontrolada, história em segundo plano, encontro forçado entre protagonistas, muitos protagonistas num mesmo jogo, e principalmente com a ausência total de survival horror (que já era característica de RE5). RE6 tinha uma baita oportunidade de começar um novo arco, mas desperdiçou com maestria. No fim, tá parecendo que RE6 vai acabar ficando avulso dentro da própria saga, nem começa e nem termina os arcos que criou.

        • Thiago Gonçalves

          Com o tempo vai, mas vai depender da qualidade dos futuros novos jogos.

          • ratStar

            Concordo.

%d blogueiros gostam disto: