Haos (palavra sérvia para Caos) é a arma biológica suprema criada por Carla Radames – usando os recursos da Neo-Umbrella. O projeto Haos foi o maior e mais ambicioso projeto de Carla e da Neo-Umbrella, tanto que foi necessário uma instalação inteira debaixo d’água para suportar a criatura uma vez que sua mutação estivesse completa . O plano de Carla era desencadear o Haos para espalhar o C-vírus no mundo inteiro . Na reprodução assexuada a BOW iria se espalhar pelo mundo inteiro infectando os mares e dispersando o C-vírus numa forma gasosa – um método semelhante ao da Lepotitsa, porém o gás dispersado por Haos era muito mais concentrado e possuía um alcance muito maior.

Estava programado para a Neo-Umbrella lançar Haos em mar aberto assim que se desenvolvesse completamente. Mas também havia um plano de contingência – criado caso Carla Radames fosse morta antes que a BOW estivesse completa. Nesse plano a criatura seria libertada independentemente de seu estágio e desenvolvimento, com isso, mesmo estando mais fraca e menos resistente, Haos poderia espalhar o C-Vírus por alguns locais do planeta antes de morrer, por conta de sua fragilidade.

Quando Chris Redfield e Piers Nivans se infiltraram na instalação sub-aquática com o objetivo de resgatar Jake Muller e Sherry Birkin, acabaram se deparando com um gigantesco casulo onde Haos era mantido até que seu desenvolvimento estivesse completo. Com o plano emergencial de Carla colocado em ação, a BOW começou a eclodir do casulo antes mesmo de seu desenvolvimento estar 100% completo. Chris e Piers só ficam na opção de fugir da criatura, já que com a liberação de Haos o complexo começou a desmoronar e não havia tempo e nem local apropriado para uma batalha contra a criatura.

Assim que Chris e Piers fogem para os níveis superiores da instalação por meio de um elevador eles são forçados a confrontar Haos diretamente. A criatura não tem muitos ataques variados nesta parte, a BOW simplesmente vai tentar esmagar a dupla com seus braços.  No término dessa batalha, Haos aparentemente é derrotado, então Chris e Piers fogem rapidamente do local pelo outro elevador .

Haos ressurge perseguindo Chris e Piers através do sistema de túneis do complexo, e após uma comporta do local baixar a prender a Haos, ele ataca Chris mas Piers entra na frente do golpe. Piers é jogado contra uma parede a cai com o braço em uma estrutura de metal, causando um grave fermimento em seu membro. Sem ter o que fazer, Piers num esforço sobre-humano solta-se da estrutura de metal perdendo o seu braço e se injeta com o C-vírus, e começa a sofrer mutações em seu corpo para poder salvar Chris da morte certa. Piers usa seus novos poderes para eletrocultar Haos e poder salvar Chris, Haos então entra em um casulo, dando assim tempo para a dupla fugir novamente.

Chris e Piers ativam a pressurização para que a porta possa abrir e então a dupla possa escapar, porém Haos sai do casulo completamente regenerado mas com tamanho reduzido. A BOW é vulnerável a ataques elétricos, então Piers acaba se valendo disso para desferir ataques com suas novas habilidades. Neste último confronto, Haos desfere uma grande variedade de ataques, desde golpes com seus braços, até tentáculos que agarram Chris e Piers. Depois de causar muito dano em Haos, a dupla da BSAA consegue finalmente derrotar a criatura, Chris deu aquele que parecia ser o golpe final ao cravar sua faca no coração da BOW.

Apesar de tudo, Haos não foi derrotado completamente, a BOW ainda tenta uma última investida contra a cápsula de fuga em que Chris está, mas Piers desfere um último e mortal ataque com sua carga elétrica, fazendo com que Haos solte a cápsula de Chris e seja engolida pela explosão que colocou um fim ao complexo sub-aquático da Neo-Umbrella.

Morfologia

Haos é uma criatura gigantesca semelhante a um cefalópode. Sua cabeça tem a presença de uma face humanoide. Suas origens, no entanto são desconhecidas. Haos é uma mutação criada a partir da imensa quantidade de massa biológica para que C-vírus pudesse construir uma criatura gigantesca. Haos ele é de origem humana e foi necessário um número substancial de corpos para que ele adquirisse este tamanho.

Essa criatura é incrivelmente resistente a tiros e ferimentos no geral, porém a eletricidade é um dos poucos pontos fracos da BOW – assim que Piers o ataca com seu braço mutante a criatura fica gravemente ferida. Quando for ferido Haos tenta procurar um lugar seguro e formar um casulo em volta de seu corpo, para que assim possa se recuperar dos danos sofridos em batalha.

A BOW também é bastante flexível. Seus membros se assemelham mais a tentáculos do que membros tradicionais. Haos foi liberado de seu casulo quando sua formação estava 70,3% concluída, por esse motivo sua pele é translúcida e pode-se ver seu esqueleto e seus orgãos internos, sua pele possui aparência semelhante a de uma água viva.

Haos tem a capacidade de alterar a sua própria massa dependendo da situação em que se encontra. Se a área é muito pequena para seu corpo gigantesco, ele irá formar um casulo em volta de seu corpo e condensar-se em um corpo menor. Haos também tem a capacidade de crescer rapidamente voltando ao tamanho normal.

Presente em: Resident Evil 6

  • Rodrigo Zika!

    Bicho apelão esse do final kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Gustavo S.

    O bicho dá um trabalhão para matar, sendo um tanto apelão, mas nem compara ao Simmons.

  • André machado

    esse deu trabalho kkkkkk

  • william ramos

    nem é tão forte assim
    mas no mouse e teclado é MUITO dificil derrubar ele!

%d blogueiros gostam disto: