Os Majinis são armas biológicas criadas a partir da administração de uma espécie melhorada de Plaga (Plagas do tipo 2 ou 3) em seres humanos. Apesar de muito semelhantes aos Ganados da Europa, os Majinis são mais violentos e o parasita se espalha mais facilmente entre os hospedeiros.

Ao conseguir amostras do parasita, a Tricell sob o comando de Albert Wesker e Excella Gionne, fez modificações genéticas no organismo para torná-lo mais eficaz. O resultado foi um novo tipo de parasita, classificado como Las Plagas tipo 2. O parasita entra no hospedeiro por via oral, geralmente sendo forçado diretamente pela boca. A infecção ocorre a partir de um parasita adulto e, por isso, não requer tempo de maturação, tomando conta do sistema nervoso central do hospedeiro quase que imediatamente, sendo uma forma muito mais eficiente. Outra vantagem em relação a sua versão anterior é a insensibilidade à luz solar. Para aumentar a sua proliferação como uma arma, o parasita foi alterado de forma que os seus hospedeiros possam infectar ativamente outras pessoas, a fim de aumentar os seus números. Outra grande vantagem dessa nova forma de Plaga é o controle através de ordens verbais, sendo dispensável o uso de alguma ferramenta específica, como era o caso dos Ganados com o cajado de Osmund Saddler.

Las Plagas do tipo 3 foram também foram usadas para gerar Majinis, mas os hospedeiros escolhidos pela Tricell foram os membros da antiga tribo Ndipaya. Além de apresentar taxas de mutação mais imprevisíveis do que as observadas em hospedeiros de Plagas do tipo 2, os membros da tribo Ndipaya mostravam maior força física e grandes capacidades de saltar.

Assim como ocorria com os Ganados, as Plagas do tipo 2 são capazes de abandonar seus hospedeiros para viver em forma livre. Nesses casos, são gerados organismos diferenciados, como o Bui Kichwa e o Kipepeo, uma forma alada da Plaga do tipo 2. Em alguns casos, a Plaga pode destruir a cabeça do hospedeiro e atacar possíveis vítimas, assumindo a forma Cephalo. No caso das Plagas do tipo 3, uma forma mais agressiva de parasita livre, o Duvalia, pode aparecer. Seu ponto fraco é um núcleo protegido por uma grande carapaça que destrói e substitui completamente o tronco do hospedeiro.

Hospedeiros altamente adaptados ao parasita geram soldados extremamente resistentes e violentos, como o Chainsaw Majini, Big Man Majini e Executioner Majini.


Curiosidades

“Majini” é a palavra no idioma suaíli para “demônio” ou “espírito maligno”.

%d blogueiros gostam disto: