Introdução

“Nemesis Report” é um relatório liberado pela Capcom na revista chinesa “Gameplayers Magazine, Biohazard 3: Last Escape Complete Domination Official Guidebook”.

Origens de Nemesis

O personagem desconhecido, amplamente conhecido como Nemesis é, na verdade, cobaia da Umbrella para gerar a arma biológica Nemesis T-Type com o uso do T-vírus. Seu nome significa “Deusa da Vingança”, e foi apelidado de Nemesis por seu grupo de pesquisa, uma vez que eles queriam fazer com que os membros dos S.T.A.R.S. pagassem pelo que fizeram ao Tyrant.

Nemesis era uma B.O.W. desenvolvida pelos pesquisadores da filial européia da Umbrella, como um parasita cujo objetivo era controlar qualquer arma biológica gerada pelo T-vírus. Quando o parasita é implantado em uma B.O.W., irá controlar seu corpo e também melhorar sua eficiência em combate.

Embora as B.O.W.s de T-vírus estivessem sendo pesquisadas e desenvolvidas por cada equipe de pesquisa das filiais da Umbrella, todos os resultados gerados eram falhos, com baixa inteligência. Nas forças armadas, além do combate, a inteligência para entender e obedecer às ordens também é importante.

A filial americana, sob a liderança de William Birkin, após várias tentativas de controlar o DNA, obteve sucesso na produção do Tyrant T-001. De aparência humana e com a eficiência de combate de um Tyrant, a B.O.W. ganhou grande reputação na Umbrella. Entretanto, possuía um déficit de inteligência.

Por outro lado, diferente da equipe de pesquisa liderada por Birkin, o grupo europeu focava-se em melhorar a inteligência das B.O.W.s. Incontáveis teorias e tentativas foram feitas. Primeiro, eles tentaram um método cirúrgico, isto é, melhorar o nível de inteligência através de uma operação no cérebro da B.O.W. Agora, eles avançaram o nível da pesquisa ao ponto de aumentar a inteligência da arma biológica somente com a inserção de um parasita. A equipe importou várias B.O.W.s da equipe americana liderada por Birkin e fez vários experimentos.

Enquanto a filial americana obteve sucesso aprimorando e criando um novo Tyrant, o modelo T-002, que pode seguir ordem simples com facilidade, a filial européia criou e testou um parasita, o NE-Alpha.

O NE-Alpha foi testado na B.O.W. Hunter e, novamente, incontáveis experimentos foram feitos. Para obter um melhor resultado, a equipe européia importou vários Tyrants, do modelo T-103.

Nesta época, o parasita já havia passado por várias modificações. Foi implantado em um Tyrant e chamado de Nemesis T.

Habilidades de Nemesis

O parasita Nemesis foi implantado na medula espinhal do Tyrant. Nesse caso, o parasita catalisa as células infectadas pelo T-vírus no corpo do hospedeiro, e o resultado é a invasão do cérebro por um novo grupo celular, que ganha o controle do cérebro.

Nemesis formará um segundo cérebro atrás do original, dominando as ações do sistema nervoso anterior. Os órgãos estarão sob o controle do parasita e sua capacidade de regeneração e velocidade são enormemente aprimoradas; mas as melhoras mais significativas serão os resultados na inteligência de Nemesis. Enquanto o tempo passa, o parasita tomará conta do cérebro original também.

A equipe de pesquisa da filial européia desenvolveu quatro modelos T-Nemesis. Um deles manteve a capacidade livre arbítrio durante um estágio de desenvolvimento e tentou escapar. Embora Nemesis fosse baseado no Tyrant T-103, os grandes resultados gerados pelo parasita chocaram os pesquisadores.

Esse Nemesis foi destruído, e os outros modelos tiveram sua inteligência restringida.

No incidente em Raccoon City, o Tyrant enviado em missão era o segundo modelo de Nemesis, o Nemesis-T02, que passou pelo maior período de treinamento.

Nemesis Modo Normal: O Nemesis T-02 é muito inteligente. Mais inteligente que o Tyrant que a Umbrella vinha utilizando. A Rocket Launcher que Nemesis utiliza neste jogo (Resident Evil 3) foi desenvolvida especificamente para ele e é muito pesada para um humano carregar ou operar sozinho. Registros mostraram que Nemesis tem muitas outras armas na manga, como a faca de combate, handgun 65′, rifle de assalto e até um lança granadas.

Nemesis Modo “Cauteloso”: Embora a roupa protetora de Nemesis seja ligeiramente a prova de balas, sob fogo pesado, Nemesis ainda pode suportar danos e se transforma em um modo “cauteloso”. Não há mudança significativa na aparência, mas o sistema de defesa fará com que ele use parte de seus tentáculos como arma. No modo normal, os tentáculos são usados somente para injetar o NE-T vírus nas vítimas. Agora, os tentáculos contêm um composto líquido que afeta o sistema nervoso da vítima, restringindo seus movimentos.

Nemesis Modo 2: Após suportar grandes danos, Nemesis produz um tipo de secreção que acelera a resposta de suas células. O resultado é a recuperação de ferimentos, mas que afeta severamente o sistema de regeneração. Enquanto a velocidade de reação das células se torna mais rápida, a aparência de Nemesis começa a se transformar, tornando-a mais distante da forma humana. Sob essas condições, Nemesis irá aumentar um pouco de tamanho e os tentáculos irão se tornar mais agitados, movendo-se mais livremente que o normal. Isso indica uma maior tendência para infectar humanos, o que o torna muito mais perigoso.

Nemesis Modo 3: Após Nemesis passar por ainda mais danos, algumas de suas funções são desativadas. Isso desencadeia, então, uma mutação. Nemesis perde sua cabeça e passa por uma bizarra mutação final. Agora, nem mesmo Nemesis será capaz de resistir à mutação e ficará fora de controle. Nemesis começará a devorar todos os tipos de criaturas vivas que encontrar para obter os nutrientes necessários e tornar-se maior. Os tentáculos irão se enroscar em torno de si mesmos para formar os membros que irão substituir os braços e pernas, que se tornaram ausentes durante a mutação.

A rápida reação química dentro do corpo de Nemesis começa a criar um conflito entre as células infectadas pelo T-Virus e as infectadas pelo parasita. O conflito causa uma reação em cadeia em que elas se tornam intumescidas e se rompem na superfície do corpo de Nemesis como bolhas, dispersando um composto altamente ácido.

Apesar da mutação, Nemesis nunca esquecerá essa missão… para destruir os S.T.A.R.S.

A razão para enviar Nemesis

A razão para enviar Nemesis para Raccoon City era para eliminar os membros sobreviventes dos S.T.A.R.S.

A matriz da Umbrella decidiu enviar sua Unidade de Forças Especiais (USFU) para Raccoon City com o objetivo de assassinar William Birkin. Eles planejaram matá-lo e roubar o G-virus antes que ele traísse a Umbrella unindo-se à(s) sua(s) companhia(s) rival(is).

Mas a Umbrella sabe que os membros dos S.T.A.R.S deviam conhecer seus planos. Seria difícil para a empresa levar isso adiante. Desde o incidente na mansão, membros dos S.T.A.R.S. descobriram a sua verdadeira face. Há relatórios dos membros sobreviventes do esquadrão indicando que eles planejam atacar a Umbrella. Embora os relatórios ainda sejam duvidosos e não haja sinais óbvios da ação dos S.T.A.R.S., a Umbrella ainda está muito apreensiva com relação a eles.

Se William Birkin tivesse os membros dos S.T.A.R.S. ao seu lado, ele poderia expor as atividades ilegais da Umbrella. Se esse fosse o caso, a empresa teria que ir contra o governo dos EUA. Mesmo que o governo seja um dos compradores secretos de B.O.W.s, eles não teriam escolha a não ser encarar a Corporação Umbrella devido à pressão do público quando a empresa fosse exposta. Se as coisas piorarem para a Umbrella, eles podem acabar indo contra o resto do mundo, o que, certamente, será algo muito grande para a Umbrella suportar.

Pressentindo esse perigo, os membros de altos cargos da Corporação Umbrella decidiram enviar o Nemesis T-Type. Embora o Tyrant Nemesis fosse uma B.O.W. cara, como os S.T.A.R.S. derrotaram o Tyrant T-002 antes, durante o incidente da mansão, é prudente enviar um Tyrant melhor desta vez, como o Nemesis.
Além disso, a Umbrella enviou outros seis Tyrants T-103 para Raccoon City. Eles deveriam estar suspensos no ar da cidade em caso de emergência, prontos para serem enviados à R.P.D a qualquer momento caso as Forças Especiais da Umbrella falhassem em sua missão. Mas, em 29 de setembro, todos os Tyrants foram colocados em ação.

Fonte: Project Umbrella

 


 

← Reports
%d blogueiros gostam disto: