Desde que foi anunciado na E3 2016, Resident Evil 7 gerou manifestações mistas do público. O título veio com a promessa de resgatar definitivamente o survival horror na franquia de 20 anos, mas faria isso com alterações conceituais e de mecânica.

A primeira grande mudança proposta por Resident Evil 7 foi a câmera em primeira pessoa, com o objetivo de intensificar o sentimento de imersão do jogador. Ainda, para a surpresa de muitos, o protagonista do jogo não seria um dos heróis já conhecidos da série, como Chris, Leon ou Jill, mas um homem comum.

Em Resident Evil 7 você é Ethan Winters, um homem que acreditava que sua esposa, Mia, havia morrido há três anos, até que ele recebe uma mensagem misteriosa sobre seu desaparecimento. As pistas sobre o paradeiro de Mia levam Ethan até a cidade de Dulvey, na Louisiana, onde ele encontra a propriedade da bizarra família Baker.

Esta análise é livre de spoilers!

O primeiro grande acerto: a campanha de marketing

resident evil 7 marketing

Falar de como Resident Evil 7 foi divulgado não é analisar o jogo em si, mas precisamos considerar como a campanha de marketing impactou a experiência, especialmente quando se fala de um título de survival horror.

Jogos anteriores da série apostaram em publicidades massivas, com muitos trailers e a divulgação de grandes elementos da história. Qualquer pessoa mais atenta poderia “juntar as peças” e adivinhar todo o roteiro do jogo, tirando boa parte das surpresas durante o gameplay.

A demo Beginning Hour conseguiu trazer parte do tom do produto para as mãos dos jogadores. Dividi-la em três partes, com updates que iam aumentando o quanto da casa poderia ser explorado só gerou mais hype em torno do título. Enquanto muitos jogos da série precisavam de trailers e vídeos que entregavam boa parte da trama antes do lançamento para ficar “na boca do povo”, a expectativa em torno de Resident Evil 7 foi criada em torno de algo mais conceitual do que de partes do jogo em si.

Apesar de alguns vazamentos causados pelo datamining da demo do jogo para PC ou da venda antecipada de cópias físicas em alguns lugares do mundo, quem se manteve longe de spoilers conseguiu começar a jogar Resident Evil 7 exatamente como Ethan Winters: sem entender nada do que estava acontecendo.

Essa sensação e mistério e de não compreender o contexto no qual você está inserido só enriquece a experiência de terror: nada é mais assustador do que o desconhecido. O jogador vai descobrir a história junto com Ethan, a cada passo dado na propriedade dos Baker.

O survival horror voltou mesmo?

resident evil 7 survival horror

Depois de tantas promessas sobre voltar às origens e trazer o bom e velho survival horror de volta, a Capcom realmente cumpriu o que afirmou em entrevistas e na divulgação do jogo.

Resident Evil 7 atende muito bem às expectativas de quem esperava um título de terror e de sobrevivência. Agora, os inimigos realmente representam ameaças. Seja em combates contra os membros da família Baker ou os Molded espalhados pela propriedade, a grande maioria dos golpes provocam um dano considerável ao personagem.

Munição e itens de cura são relativamente escassos, mas é necessário explorar bastante o ambiente para encontrá-los. Ao contrário do que acontecia em jogos anteriores, os itens de interesse não “brilham”- há apenas um ícone de interação caso você se aproxime do objeto – o que faz muita coisa passar despercebida aos olhos do jogador menos atento. Muitas vezes é necessário agachar ou vasculhar muito bem o ambiente para encontrar os itens necessários para a sobrevivência de Ethan. Claro, esqueça a ideia de que inimigos vão dropar itens magicamente para você. Isso não acontece.

A administração de itens também é algo bastante presente em Resident Evil 7. Apesar das expansões de inventário, deve-se estudar muito bem o que carregar, e quando carregar. Além disso, o jogador precisa traçar estratégia do que fazer com os itens puros que devem ser combinados. Você encontra líquidos químicos que podem ser combinados com pólvora e combustível para formar munição para armas, ou com ervas para formar uma solução de primeiros socorros. Isso permite que o jogador se adapte melhor às suas necessidades em cada momento, mas requer o uso inteligente e planejado dos suprimentos.

Quem espera os famosos jumpscares encontrará vários, mas o game não se alimenta somente de sustos. Resident Evil 7 cria ambientes e situações hostis que fazem com que o jogador, muitas vezes, tenha insegurança em avançar. Esse sentimento é maior quando Ethan está sendo perseguido pelos Bakers ou está em locais marcados pelo lodo negro de onde os Molded surgem.

Os puzzles também marcam presença. Os enigmas voltaram de forma bem mais simples do que nos jogos clássicos da série e definitivamente mais intuitivos do que na demo Beginning Hour. Um trecho do jogo, em especial, é focado em puzzles ou em situações que demandam que o jogador use a cabeça para sair de determinadas situações.

Os saves manuais estão de volta, mas na dificuldade Normal não são exatamente um problema caso o personagem morra. O jogo possui alguns checkpoints com salvamento automático que garantem que o jogador não perca grande parte do progresso. O sistema funciona de forma semelhante ao que vemos com Resident Evil 4, mas com gravadores de fitas K7 no lugar da máquina de escrever. Na dificuldade Madhouse (Hospício) o salvamento se torna mais crítico: há poucos checkpoints e o jogador precisa coletar fitas para garantir que o processo seja salvo.

Inimigos e combate

resident evil 7 combate

Os inimigos de Resident Evil 7 não vão muito além do que foi apresentado. Somos atacados pelos Bakers e por alguns tipos de Molded diferentes.

Os membros da família impõem estratégias diferentes e são encontrados em perseguições (quando não há um combate exatamente), ou em boss fights. Nas situações de perseguição, seja com Jack ou com Marguerite, a abordagem furtiva é a melhor, mas Resident Evil 7 não é exatamente um jogo de stealth. A inteligência artificial dos inimigos não é das melhores para rastrear ou literalmente ver Ethan, ainda que ele esteja bem à vista. Durante as boss fights é que a diversão realmente começa. Os Bakers não são esponjas de balas. Cada luta demanda estratégias diferentes e também habilidades de combate propriamente ditas. Os encontros não são exatamente fáceis, mas não chegam a ser frustrantes como um jogo da série Souls, também. No entanto, enquanto as lutas contra os Bakers são divertidas e dinâmicas, o jogo perde parte da magia em um combate final um tanto duro e pouco criativo.

Já os Molded, os inimigos básicos do game, são ameaças relativas e podem ser comparados aos Ooze, de Resident Evil Revelations. Quando surgem sozinhos, podem ser enfrentados com certa facilidade, mas demandam que o jogador tenha uma boa mira para evitar o desperdício de munição. Quando aparecem em grupo, a coisa complica e Ethan passa a correr sério risco de morrer. Em algumas situações, é melhor correr do que tentar enfrentar vários Molded – não somente pela economia de munição, mas por uma questão de avaliação de risco, mesmo.

Com relação às armas disponíveis, Resident Evil 7 tem um arsenal relativamente modesto, mas que serve aos propósitos de um jogo de menor escala. As armas mais usadas pelo jogador acabam sendo a pistola e a escopeta (esta segunda, inclusive, nas boss fights). Outros armamentos, como o lança-chamas ou o lança-granadas são separados para momentos mais estratégicos e usados contra inimigos de forma um pouco mais específica. Vale lembrar que várias armas ocupam dois slots no inventário, o que demanda que o jogador coloque em prática as estratégias para a administração correta dos itens em cada momento.

Quem se preocupa com o fator replay, às vezes meio prejudicado em jogos de terror, pode esperar uma vida mais longa para Resident Evil 7. Depois de finalizar a campanha em modo de dificuldade “Normal”, é liberado o modo “Hospício”, que adiciona mais desafios. Ainda, em novos gameplays é possível perceber que o comportamento dos inimigos não é previsível como acontecia nos primeiros jogos da série. Em uma segunda partida, ainda no modo “Normal”, Jack agiu de forma completamente diferente e inesperada em uma batalha na garagem da casa dos Baker.

Vale destacar que embora Resident Evil 7 não seja especialmente longo (foi finalizado em 10:40min), possui o tempo certo: o gameplay e a história fluem sem se tornarem cansativos.

Cenários e ambientação

resident evil 7 cenários

Resident Evil 7 acerta em cheio na construção de cenários de na ambientação do jogo. O game começa em um local um tanto quanto surpreendente, porém extramente intimidador. A propriedade dos Baker não é exatamente assustadora por si só, mas a perseguição constante imposta pelos membros da família tornam o ambiente hostil. Outros cenários apostam na escuridão revelada aos poucos por uma lanterna usada pelo personagem.

Ainda que muitas vezes haja um foco na parte visual dos games, especialmente quando se espera demais dos gráficos, o som dá um show a parte em Resident Evil 7. Assim como acontece durante a demo Beginning Hour, o jogador é cercado por barulhos que podem ou não ser provocados por inimigos ao seu redor: as madeiras do assoalho da propriedade dos Baker range, o vento uiva lá fora, galhos batem nas janelas, passos podem ser ouvidos nos cômodos ao lado ou no andar de cima… Jogar com fones de ouvido torna a experiência ainda mais completa.

Apesar do investimento em fotogrametria, Resident Evil 7 não é um jogo impressionante no quesito gráfico. O título está um pouco abaixo da qualidade observada em outros jogos do PlayStation 4. O design de alguns personagens é pouco convincente e artificial; alguns deles claramente foram feitos usando modelos reais e outros não. No entanto, a estética do jogo é muito bem construída e não há impacto negativo perceptível na imersão do jogador.

História e personagens

resident evil 7 personagens

Resident Evil é uma série marcada não somente por suas mecânicas que se tornaram referência, mas pelo extenso lore e tramas envolventes. Resident Evil 7 traz uma história misteriosa, construída de forma a prender a curiosidade do jogador. Até mais ou menos a metade do jogo é difícil dizer o que realmente pode estar acontecendo.

O mistério vai se desenrolando aos poucos diante dos olhos do jogador e dos personagens. Como sempre, files cumprem o excelente papel de complementar a história (além de auxiliar em puzzles), e devem ser lidos durante o gameplay, exatamente como acontecia nos jogos clássicos. Já as fitas VHS decepcionam um pouco. Temos somente quatro delas ao longo da história e duas já são conhecidas do público. Apesar de serem divertidos trechos jogáveis, apenas uma delas realmente expande e explica a história.

Além das mudanças de câmera e de mecânicas, Resident Evil 7 trouxe uma reviravolta conceitual. Enquanto desde Resident Evil 4 acompanhávamos acontecimentos de larga escala e estávamos no epicentro de grandes conspirações, combatendo vilões e seus planos malignos, Resident Evil 7 nos coloca em outro lado desse universo. O mundo está tomado pelo bioterrorismo e qualquer um pode ser vítima das ações de empresas como a Umbrella – e agora estamos jogando na perspectiva de uma delas. Enquanto grandes heróis como Chris ou Leon devem combater os grandes vilões, cabem aos reles mortais sobreviver ou perecer em um planeta tomado por ameaças biológicas.

Ainda que o protagonista esteja na perspectiva de vítima e não de herói, Resident Evil 7 não deixa de lado as grandes conspirações e a ação de empresas farmacêuticas produtoras de armas biológicas. Tudo acontece bem mais no plano de fundo e pode ser observado de forma mais sutil e passiva.

A ideia de trazer Ethan, um homem comum e sem treinamento ao jogo, trouxe um grande impacto não somente para a história, mas para o gameplay. Por não possuir treinamento algum, Ethan é realmente surpreendido pela situação bizarra em que se encontra, criando uma excelente interface entre o jogador e o universo do game de terror. Em situações de perigo Ethan mostra sua vulnerabilidade especialmente quando precisa correr: o personagem é lento e sua velocidade pode ser ligeiramente melhorada apenas com “updates”.

No entanto, Ethan acaba sofrendo o mal de muitos protagonistas de jogos em primeira pessoa: a falta de carisma. O personagem é, muitas vezes, um mero observador dos acontecimentos e a história é conduzida e contada por todos os outros personagens envolvidos na trama.

Em contrapartida os outros personagens da história são bem mais carismáticos do que o protagonista. Isso é notado não só nas falas e nas cenas em que eles aparecem, mas também no trabalho de dublagem dos atores. Todos tem atuações incríveis e capricham no sotaque caipira do sul dos Estados Unidos. Jack, Marguerite e Lucas Baker dão um show a parte e, são, definitivamente, as estrelas de Resident Evil 7.

As ligações com o universo de Resident Evil eram uma das preocupações dos fãs com Resident Evil 7, especialmente pela mudança para um contexto de menor escala. Ainda que a trama de Resident Evil 7  seja plausível e verossímil dentro do universo da franquia, suas ligações com o passado são aparentemente fracas. Aparentemente mesmo, porque o final do jogo deixa mais perguntas do que respostas.

O final dúbio e incerto pode, por enquanto, ser interpretado de várias maneiras. Enquanto, por um lado, seja divertido estar ao lado da comunidade de fãs para debater e estabelecer teorias, fica nítido que a história só será totalmente compreendida após as DLCs prometidas pela Capcom. O que deveria ser conteúdo extra – e comprado à parte – pode se tornar algo obrigatório para quem desejar uma experiência mais completa, pelo menos no que diz respeito à trama.

Vale a pena?

resident evil 7 vale a pena

Resident Evil 7 é uma experiência obrigatória para os fãs da série, sejam aqueles que conheceram a franquia eu seus primórdios ou enquanto o foco foi mais voltado para a ação. Ainda que o novo título não seja frenético como seus três últimos antecessores, não há marasmo em Resident Evil 7. Digamos que há sim uma adrenalina no game, mas um tanto diferente da dos títulos de ação.

A resistência com a câmera em primeira pessoa para alguns usuários é compreensível, mas vale a pena dar uma chance ao título ainda que você não seja um consumidor de jogos nesta perspectiva. A mudança de câmera definitivamente não determina o quão próximo conceitualmente este game está da série Resident Evil como um todo. Resident Evil 7 pode parecer muito diferente do resto da franquia à primeira vista, mas ao jogá-lo, os fãs da série vão perceber que estão realmente em casa.

Se há uma palavra para definir Resident Evil 7 é diversão – totalmente garantida. O game traz uma mistura de mistério com terror, violência e momentos engraçados (daqueles que fazem você soltar uma risada nervosa). Um incrível filme interativo de terror dos anos 80 lançado em pleno 2017.

Resident Evil 7 não é uma revolução na indústria como Resident Evil 4, mas, certamente, representa uma grande reviravolta na franquia. Não é possível dizer que o título acabou de reinventar a série, mas, definitivamente, foi capaz de reciclar muito bem os conceitos estabelecidos em 1996.

Bem vindo à família, Resident Evil 7!

Outras considerações

resident evil 7 cons

  • “Este jogo contém cena de violência e gore” não aparece antes de você começar Resident Evil 7, mas deveria. O jogo é, sem dúvidas, o mais violento e sangrento da série até então.
  • Além de “O Massacre da Serra Elétrica”, “Evil Dead” é uma grande referência para Resident Evil 7 (tanto o Remake de 2013 quanto os filmes clássicos).
  • O jogo não usa somente referências desses dois filmes, mas o tom de terror é semelhante. Apesar da violência e gore exagerados, em muitos momentos o clima beira o “terrir”, com situações tão bizarras que deixam o espectador na dúvida entre estar impressionado ou achar graça.
  • O título possui alguns easter eggs e referências ao primeiro jogo da série. Em determinada parte, os jogadores ouvirão sons extremamente familiares.
  • Resident Evil 7 é dividido mais ou menos em 6-7 arcos cuja separação não é muito bem definida.
  • A primeira metade do jogo tem uma forte presença dos Bakers, enquanto a segunda é mais focada em desenvolver a história e os backgrounds de Ethan e Mia. Os trechos dominados pelos Bakers têm estilos diferentes que refletem a personalidade de cada membro da família.

O jogo foi testado em um PlayStation 4 (modelo padrão) sem a funcionalidade do PlayStation VR, com cópia cedida pela Capcom Brasil. O gameplay para análise foi realizado na dificuldade “Normal”.

Resident Evil 7 Biohazard
História misteriosa, interessante e envolventeSurvival horror e elementos clássicos definitivamente estão de voltaProtagonista é "um homem comum"Imersão garantida (mesmo sem VR)Extremamente divertidoOs BakersBoss Fights criativas e dinâmicas
Protagonista pouco carismáticoFitas VHS decepcionam um poucoBatalha final esquecívelGráficos não impressionamCompreensão completa da história delegada às DLCs
9Diversão nostálgica
  • Rafael Henrique

    Só vou jogar em agosto u.u

  • Denilson Correa

    hum…no aguardo pra busca meu jogo, mudando de assunto, nada do Re remake 2 ?

    • Jota PDF

      A Capcom deve começar a focar nele com o lançamento de RE7. Ou isso, ou temo que ele esteja passando por problemas no desenvolvimento.

      • Guilherme Rodrigues

        Pode ser que já tenha algum material pronto para divulgar, mas estão focando no marketing e lançamento do RE7. Bom, resta esperar.

    • Lucas

      Provavelmente vão seguir o marketing de RE7 e só dar novas informações quando a produção estiver mais avançada. Como ela começou no final de 2015 (se não me engano) talvez vejamos notícias no fim desse ano.

  • Jota PDF

    Ótima análise. Eu esperei tanto por Resident Evil 7, construí meu hype dia após dia, confiante de que teríamos um título que devolveria a dignidade à série, mesmo sabendo que só colocaria as mãos nele no final de 2017. Parece que ele cumpriu seu papel. Amém!

    O número de fitas me decepciona um pouco, mas se elas são de fato tão importantes para o enredo (eu imaginei que elas focariam mais em revelar segredos do cenário, como na demo), não posso reclamar.

    Só espero que a história seja melhor explicada na DLC gratuita. Seria muito decepcionante depender de um season pass pra poder entender bem toda a trama.

    De resto, gostei muito do que li. RE7 definitivamente será um dos primeiros jogos do meu PS4.

  • Ericson Ivankio

    Alguém sabe me dizer se o rosto do Ethan aparece em algum momento?

    • Thor Bulinado

      Eu não vi o final todo, mas pelo que vi quase aparece, aparece ele de costas, então provavelmente apareça sim

  • Vitor Fabricio

    Tudo que eu queria ler esta ai, enfim o grande ta chegando uhu, otima analise bruna ahahha, belo trabalho! Que venha Re7 simmmm, mas uma coisa tem a voz falando “resident evil 7” ou so é aquela tela mesmo?

  • Matheus Coelho

    Na minha opinião, a personagem mais carismática é a Mia. ❤
    Já quero ela no Resident Evil 8.

    • JuanEvil

      #MiaVoltaSuaLinda

    • Guilherme Rodrigues

      #QueremosMiaDeVolta

    • Guilherme Rodrigues

      E que a Capcom não mude a modelo de rosto dela igual fez com a Jill.

      • Luis Felipe Soares

        Pois é, acho que além da modelo de rosto devemos muito também à dubladora dela. Fez um trabalho perfeito !

    • Luis Felipe Soares

      Pois é, acho que além da modelo de rosto devemos muito também à dubladora americana dela. Fez um trabalho perfeito!

      • JuanEvil

        Sim,cara a dubladora dela é perfeita.

  • Lucas

    Ótimo texto, me deixa ainda mais animado para amanhã. Mas Bruna, só uma correção, nos pontos negativos está escrito “Vitas” ao invés de “Fitas”.

    • Bruna Mattos

      Valeu Lucas, corrigido 🙂

  • Mathss Diniz Menezes

    Que hoje só os HATERS chorem!!! hahahaha

    • JuanEvil

      Amém! kkk

      • Roberto Queiroz Jr.

        Jogo fudido Zzzz ZzZzzzZzz Vou chorar, esperava algo mais promissor buábuábuábuábuá.

    • ratStar

      Pra eles não vai ser difícil chorar, já que choram todos os dias!

      • Denilson Correa

        kkkkk sim

      • Mathss Diniz Menezes

        Mas ainda to vendo uns mimizentos que se diz “fã de longa data” que ainda ta no pé com o lance da câmera em primeira pessoa kkk
        “”Hurr durr isso não é RE hurr durr””

        • ratStar

          Pois é. Para o bem ou para o mal, a questão da câmera nunca vai ser consenso. Quero jogar amanhã pra ter minha opinião completamente formada e me embasar no jogo em si (e não em vídeos do youtube), mas pelas reviews RE7 está sendo exatamente do jeito que eu imaginava.

    • Thiago Gonçalves

      Eles estão se escondendo faz é tempo.

    • Guilherme Rodrigues

      Navegando em outros sites que postaram suas críticas, notei poucos haters, quase nenhum.

      • Thiago Gonçalves

        Não há oportunidades para eles aparecerem.

        • Guilherme Rodrigues

          Há um tempo atrás disse que os haters iriam ficar quietos quando o jogo começasse a receber críticas positivas. Bom, aí está.

          • Thiago Gonçalves

            Vamos ver no que eles se agarraram agora.

          • Guilherme Rodrigues

            É difícil ter algo que possa usar como argumento, mas sabe que hater não usa argumento, pega qualquer coisa para falar mal.

          • Lucas

            Vão vir com o papinho de que como jogo é muito bom mas como RE é péssimo zzzzzzzzzz

          • Alex Darkai

            Já vi essa desculpinha em outros sites hahaha Esse pessoal é uma piada.

          • Guilherme Rodrigues

            Eu vi esse mesmo argumento hoje. Esse vai ser o mesmo tipo de argumento usado que nem aquele que ainda se usa: “Resident Evil acabou no 3, hurr durr…”

          • Marcos Vinicius

            Vão dizer que nota de review não importa. .-.

          • ratStar

            Não consigo entender como um “fã” pode torcer pra que um jogo principal da franquia seja um fracasso. Lamentável existir pessoas assim aos montes.

  • Niero

    Sucesso de crítica no Metacritic. Das 33 avaliações postadas até agora 1 é mediana (7.0) e todas as outras são boas ou ótimas (de 7.5 a 10) A maioria está na casa dos 9.0 a 10.0. Meu, que alegria RE7 recebendo notas acima de nove.

    • Lucas

      Nem fala, alegria que não cabe mais. Que isso faça com que a Capcom continue com Survival Horror na série principal. Mas, gostaria que eles voltassem a colocar câmera em terceira pessoa. Por mim tanto faz, não tenho problema nenhum com ser em primeira pessoa, mas acho que seria mais justo com o que a franquia sempre foi.

      • Niero

        Verdade. A camera em terceira pessoa para mim é muito importante. Mas já superei isto faz tempo. Espero que no futuro eles ao menos coloquem opção para os dois tipos de camera para os jogos futuros. Mas se não vierem, estamos junto do mesmo jeito!!!!! Sé o jogo é bom, que venha de qualquer jeito.

  • Bruna Mattos

    Pessoal, por favor, evitem SPOILERS nos comentários, ok! A análise está livre de revelações e é especialmente para quem ainda não jogou e quer preservar a experiência!

    • Niero

      Bruna, joguem todos vocês e depois façam uma live do que todos vocês acharam do jogo. O pior vai ser vocês pararem de trabalhar para jogar né?

    • Wellington Ramos

      Quando saira a analise COM spoilers?

      • Bruna Mattos

        Deve rolar um videocast recheado, mas sem data definida ainda.

        • Wellington Ramos

          Pois é, eu esqueci que o lançamento ainda não ocorreu (oficialmente rs), vou esperar mais um cado e ir acompanhando por aqui. Valeu 😉

        • Luis Felipe Soares

          Vou esperar ansioso, a história de RE7 me cativou bastante.

        • Danilo Rodrigues

          Parabéns Bruna , além de muito linda , você faz uma análise perfeita.

  • MINHA FRANQUIA ESTÁ DE VOLTA! <3

    • Niero

      Nossa Ceraldi, que alívio ouvir isto de você.

      • Que alívio jogar um RE foda como esse, depois de tanto tempo!

        • Niero

          Estávamos precisando né mano. Meu, se eu levasse mais uma lambada da Capcom não sei se aguentaria. Hoje 3 da madruga estarei jogando. Abraço.

        • Thiago Gonçalves

          Nos vemos na live.

        • Luis Felipe Soares

          Já zerou também Ceraldi?

    • ratStar

      Ai meu Deus!!! Não vejo a hora de jogar 😀

    • Thiago Gonçalves

      A nossa franquia.

    • Marcos Alves

      Me deixou empolgado!

  • HopeFX

    Meu Resident Evil está vivoooooooo

  • Lucas

    Media 8 no metacritc não é nenhum Goty da vida porém deve ser um bom jogo. Na espera de poder jogar.

    • Lucas

      Eu hein, Overwach está com 90 e RE7 até o momento com 86. Nenhum Goty? Tem certeza?

  • MEU RESIDENT EVIL TÁ VIVO!!!

    • ratStar

      Como é bom ler isso!!!

    • Thiago Gonçalves

      O nosso.

    • Luis Felipe Soares

      E vamos torcer pelo sucesso a frente!

  • Bruno Sergio

    O problema dos REs atuais eh o fato de serem mais Gears of War doq RE.
    entao como ficou RE7? eh realmente o RE das origens, ou ele foi muito pro “outro lado” ficando parecido com Outlast?
    soh quero saber se posso ir jogar com fator nostalgia em 100% ou ainda preciso de uma “mente aberta”.

    • Lucas

      Pelas análises que li me parece que o jogo suga e muito de jogos como Outlast porém com um bom sistema de combate e entrega um fator nostálgico para os fãs. Me parece uma mistura dos clássicos com o terror atual.

      • Bruno Sergio

        obrigado Lucas.
        oq eu queria mesmo era a formula classica de volta (podem me chamar de antiquado kkkkk), ou algo melhor trabalhado como Last of Us, Dead Space e a campanha do Leon em RE6 com um pouco mais de terror e dificuldade.
        mas se realmente for uma mistura de nostalgia com terror de Outlast ja esta otimo.
        oq eu nao queria era copia de Outlast, pois RE tbm nao eh isso.

  • Marcos Alves

    Mas já fizeram a análise?? Pelo jeito a Capcom aprendeu a lição.

  • Lucas Gabriel

    Fora algumas texturas que parecem que saíram do RE6 e o fim do jogo, RE7 tá muito foda, é o melhor desde o 5. Merece um 9 essa dlç.

  • Guilherme Rodrigues

    Eu sabia que Resident Evil 7 não iria descepcionar de forma alguma. O jogo está definitivamente incrível. Tô contando as horas para liberar essa formosura de jogo. https://uploads.disquscdn.com/images/47fb850a80490ee54605cc9f15093d4e9f4f331ca207d552ac1b622b24e9b9c2.jpg

  • Felipe Gaertner

    Bruna do céu, adorei a análise!
    Ansioso demais para jogar, se der tudo certo minha cópia chega amanhã até as 10h da manhã.
    Evitei Spoilers de todos os jeitos, nem entrava em sites e blogs de games para não ser surpreendido, fiquei sabendo que no youtoba já tem gameplay completo…
    Se pra mim esse game for 50% do que tu escreveu, já vai ser o RE mais foda desde o 4.
    Minha opinião sobre o jogo só darei depois de termina-lo, destrincha-lo, sugar até a ultima gota de néctar dos deuses que essa belezinha puder me dar…
    Minha esposa fechou o caroço comigo, pois em novembro de 2016 comprei um PS4 Pró, só para jogar essa obra, tomara que valha a pena mesmo.
    Espero do fundo do meu coração não me decepcionar.

    RE 7… vem ni mim que eu to facim … kkkkkkkkkk

  • Thiago Gonçalves

    Eu daria 8.5, o principal desfalque de nota seria a compreensão da trama pra DLCs, isso quebra um pouco a experiência de jogo, pois em um game onde a trama é um ponto fortíssimo que te faz continuar até o final (deixando os outros fatores de lado), ver VÁRIOS buracos inexplicados é bem broxante, o Ethan infelizmente não tem carisma, ele acabou sendo “vítima” da trama que não deu tempo para o seu desenvolvimento, em compensação, nos Bakers e na Mia a abundância dele impera, o resto a Bruna já disse e eu concordo com ela, e como alguém já havia dito aqui, RE7 é um Requel (Reebot + sequel), vamos ver o que a Capcom irá tirar de sua “caixinha de surpresas” daqui pra frente. E que venha RE2 Remake, pois eu quero jogá-lo!!!!

    PS: belíssima análise srta. Lanz, abordou tudo sobre o jogo até então, tudo mesmo.

    • Lucas

      Como eu odeio essas dlcs explicativas! Grandes empresas poderiam aprender com a Blizzard em Overwatch e lançarem suas dlcs de graça (apresar desse ser somente multiplayer).

      • Thiago Gonçalves

        Somos dois, e olha que eu só to achando ruim por causa da trama do jogo ter me cativado bastante e feito com que eu gostasse de RE7 quase que de imediato.

        • Luis Felipe Soares

          Realmente a trama foi uma das melhores coisas.

      • Bruna Mattos

        Calma. O jogo vai ter pelo menos uma DLC gratuita. É logo a primeira a ser lançada.

  • Birkin

    Aeee, que chorem os haters!!! Resident Evil está de volta cambada!!!

    • True

      Espera o remake do 2 antes de falar hater!!

      • Birkin

        #CHORA!!!!

  • Thiago Gonçalves

    No Shirrako (YT) começou a sair gameplays oficiais, divirtam-se, mas não deixem de dar uma força pro REVIL na live de amanhã, detalhe que será em BR (espero que seja).

  • Shuichi Minamino

    Bruna, parabéns pela análise. Perfeita!
    Só tem uma coisa que não entendi direito, até por conhecer pouco esse tipo de conteúdo. Em relação às DLCs, quer dizer que podemos ter um “final diferente” ou uma “continuação da história” a fim de completar a trama?
    Seria uma forma de aumentar a vida útil do jogo?

    • Bruna Mattos

      O jogo tem dois finais (um bom e um ruim), mas as DLCs não modificam ou dariam novos finais… mas quem chega ao final sente que falta algo para entender o que realmente está acontecendo e isso certamente está nas DLCs, que até o momento parecem ser todas de complemento de história.

      • Shuichi Minamino

        Ah sim, entendi. Que legal! Obrigado pelo esclarecimento

      • Small

        Sim, $ (complemento da história).

        Só comprando as DLCs, pra saber mais. Boa Capcom!

  • Protagonista Do Gta

    Então tem inimigos diferentes além dos bakers e dos molded? certo? Obrigado pela análise Bruna, está ótima.

    • Danilo Rodrigues

      Pelo que entendi só tem os bakers e os molded.

    • StrikerX

      Não,só tem os Baker e os Molded no jogo.

  • Mateus Marques

    pessoal do revil a todo momento quer que a série revolucione o mundo dos games, nem sempre isso vai acontecer, resident evil 7 pode não ser o um grande revolucionário, mas em quesito VR foi o melhor que testei até o momento, então para mim ele revolucionou nesse ponto.

    Agora sobre o game, o fato da história não ser fechada no game em si, não vejo problema algum, assim como muitas pessoas reclamam por um filme ser todo explicado e não deixa brechas para poder debater. Para mim até o momento o Ethan não tinha “emoção”, dá uma machadada na sua mulher e não demonstrar reação foi ridículo, sei que muitos disseram que isso seria para o jogador reagir, mas até o determinado momento não tínhamos nenhum sentimento ou carisma relacionado com a Mia, para mim a grande falha do jogo foi o protagonista.

  • Lucas Silva dos Santos

    Bruna, qual final você conseguiu?

  • Guilherme Rodrigues

    Não consigo descrever em palavras o sentimento que me vem ao ver só crítica boa saindo para Resident Evil 7.

    • HanoBR

      Tbm cara nem consigo acreditar ja tava preparado paras os pseudos fãs reclamando da câmera e talz mas ainda bem que não aconteceu.

      • Marcos Vinicius

        Não tinha como dar errado, a Capcom usou a formula do mestre Mikami (Remake). Hater mesmo é aqueles que querem ação e começaram no 4 (só pode ser essa a explicação).

    • ratStar

      Exatamente! Tinha uma “galerinha monstra” na internet completamente empenhada em desmerecer ou sujar a imagem do jogo na véspera do lançamento, sem ao menos ter jogado. Espero que muitos deles percebam que isso tudo é bobagem e desfrutem do jogo no futuro. Resident Evil voltou!!!

      • Guilherme Rodrigues

        Certamente parte deles vão jogar e gostar do jogo, por mais que neguem isso.

        • ratStar

          Também acho!

  • Douglas Vinícius

    Eu sabia q esse jogo ia ser foda eu sabia, infelizmente só vou poder pegar mes q vem porque estou sem dinheiro, mais to ancioso demais cara #BEMVINDORESIDENTEVIL7

    • Danilo Rodrigues

      poxa vida cara, você não tem 71 reais pra comprar ele no site Hype games a versão PC ?

  • Douglas Vinícius

    E CHOLEM MAIS HATERS!!!!

  • Dannilo

    “cholem mais haters”
    provavelmente a IGN também está entre haters, não??? oihOihaoihaoihaoihaoihaoihaoiahoaihoaihaoihaoih
    IGN
    77
    Resident Evil 7 grounds itself in elements that made the original great while still indulging in a risky new shift in style that both helps and hurts the beloved formula in equal measure. But it’s also the closest a numbered sequel has come to recapturing Resident Evil’s slow, but thrilling and atmospheric adventure game roots in a while — a welcome return that I truly hope to see more of in the future.

    • Guilherme Rodrigues

      Só a crítica da IGN importa? A maioria dos grandes portais de jogos estão dando notas excelentes.

    • Alex Darkai

      IGN é aquele patinho feio que todo mundo já aprendeu a ignorar. Quer ter destaque e por isso fica fazendo c* doce.

    • Lucas

      Não entendi, 77 é ruim?

      • Marcos Vinicius

        RE6 tirou 7.9 deles. ‘-‘

        • Lucas

          Credibilidade 0 então hein

          • Marcos Vinicius

            A nota deles é estranha as vezes. A IGN Br deu 9, igual a REVIL. =)

          • Lucas

            Bom, gosto é gosto, fazer o que. Mas pelo que eu vi os fãs estão avaliando muito bem o jogo, e é isso que importa.

          • Marcos Vinicius

            Sim, a critica em geral esta gostando, e é isso que importa, como eu disse na news dos spoilers, desde Revelations 1 não temos um bom RE.

          • Dannilo

            todos os veículos de crítica BR dão notas acima de 8.5 na esmagadora maioria das vezes! oihOIAHOIAHOIAHOIAH o site da uol deu 10. Esse jogo não é 10 nem no espaço, em marte ou saturno! Por mais que vc goste, 10 é mais do que fanboyzismo, é quase um financiamento da capcom!

        • Guilherme Rodrigues

          Sou mais a PCGamer. PCGamer deu 90 de 100 para RE7. Difícil eles darem uma nota tão boa assim.

        • Dannilo

          ja ta no lucro então aoihaoihaoihaoiahoiahoaihoaihaoih 2 pontos de resident evil a mais XD

      • Danilo Rodrigues

        77 é uma nota um pouco acima da média. notas boas são de 90 pra cima.
        mas geralmente , não considero essa notas pra maioria dos jogos que a mídia especializada analisa.

        • StrikerX

          O loco,70 é nota pra jogo bom,80 é pra jogo ótimo,90 pra incrível e 10 pra jogos quase perfeitos.
          Aí 60 é pra jogo meh que não é ruim mas não é bom e abaixo disso é pra jogos ruins.

    • Thiago Gonçalves

      MÉDIA DE 86 NO METACRITC COM 43 AVALIAÇÕES EM QUESTÃO.

    • Thiago Gonçalves

      IGNs:
      Itália 91
      Espanha 87
      Brasil 92
      E.U.A. 77

    • Mathss Diniz Menezes

      De 43 criticas, 2 foram negativas (até agora). Isso pra mim já é vitória :v

    • Birkin

      CHUPA HATER!!!

    • EvaMarie#AllRedEverything

      Eu até confiaria na IGN mas depois do fiasco que foi a analise do Alien eu não confio mais.

  • Mateus Marques

    a maioria das notas estão muito boas nos sites de reviews, m´dia geral 8 de 10 ou 9 de 10 e 4,5 de 5, apenas o ign que deu 7,7 de 10.

    • Dannilo

      Tomou um 50 da Time e um 60 da videogamer, mas o jogo conta com 43 reviews, ainda vem mais por ai!
      A ign é um veiculo importantíssimo de critica especializada, é preciso dar mta atenção quando isso ocorre!

  • Israel Costa

    Já tiveram vários vírus… T-Virus, G-Virus, Veronica, Las Plagas, Uroboros, T-abyss, C-Virus e T-phobos… e o RE7, qual seria?

    • Guilherme Rodrigues

      É uma espécie de fungo. Não sei o nome dado a esse agente biológico.

    • Marcos Vinicius

      T-Fungo. :p

      • Alex Darkai

        xD

      • Luis Felipe Soares

        KKK

    • Luis Felipe Soares

      É um fungo, mas não tem nome no jogo.

    • Small

      Cara, nem quem fez o jogo sabe. T-Enganamos!

  • Mateus Marques

    a maioria das analises estão sendo feitas sem o uso de VR?

    • Danilo Rodrigues

      VR não serve pra ser referência pra que sejam feitas análises. É mais um acessório mesmo, acredito que sempre será. Caso contrario, pode dar adeus a jogos em terceira pessoa.

      • Mateus Marques

        ACREDITO QUE RESIDENT EVIL 7 IRÁ DISPUTAR COMO MELHOR JOGO EM VR

  • Mateus Marques

    a maioria dos sites brasileiros estão dando notas muito boas, 5 de 5 e 10 de 10 em alguns sites.

  • Vequetror TM

    agora em so falo um simbolico CHUPAAAA HATERSS

    • manokaixd

      todos que falaram que ia ser ruim levaram um tapa na cara

      • Marcos Vinicius
        • Guilherme Rodrigues

          Isso define bem.

        • EvaMarie#AllRedEverything

          É pq o pessoal tá tão acostumado a detonar a serie que quando a capcom faz um jogo bom eles veem que não tem como reclamar aí começam com essas reclamações absurdas.

          • Danilo Rodrigues

            O jogo parece até muito promissor. mas na minha opinião, tem muito pouco inimigos no jogo. como uma fazenda na zona rural não tem corvo , cade os cachorros e os outros inimigos ?

          • Marcos Vinicius

            Esse foi a minha única critica pesada sobre o 7. Mas parece que tem uma explicação: o vírus, ou fungo, mata a maioria dos animais (creio que todos), dizem que vemos muitos corpos deles espalhados pelos cenários.

          • Danilo Rodrigues

            Pois é cara, tem que ter uma bela explicação , pois um Resident evil sem inimigos pode deixar o jogo meio vazio. Seria uma como comparar o Batman Arkham City com a cidade viva , comparando com Batman Origins onde quase não tinha inimigos no cenário.

          • Lucas

            Pois é, também achei. De tudo que eu vi é a única coisa que me desapontou.

      • Small

        Se vai ser ruim ou não só vamos saber quando jogarmos. Mas é evidente que o RE7 não tem nada a ver com os clássicos e isso não tem o que argumentar.

        • EvaMarie#AllRedEverything

          Desculpa, mas aonde RE7 não tem nada a ver com os clássicos?

          • Small

            Nada. Igualmente do 4 em diante.

        • Marcos Vinicius

          ”Saber quando jogarmos”. Meu filho, o jogo ”vazou” desde o dia 15, muitos aqui já viram quase o game inteiro, e podemos afirmar que, SIM, ele é um Resident Evil clássico moderno.

          • Small

            Filho, Eu joguei a demo e vi os vídeos vazados, inclusive a Live daquele italiano. Agora RE clássico moderno é tirar todos os personagens clássicos, armas clássicas, puzzles clássicos, infectados e zumbis clássicos e câmera clássica? Tá de brincadeira!!

            A Capcom ta indo na onda do VR. Montou um jogo pra isso e rotulou como RE, pra vender mais.

          • Marcos Vinicius

            Olha, as criticas positivos que eu vi no geral, ninguem cita o VR, logo, não faz falta.
            Você quer os personagens clássicos ? Já expliquei em um outro comentário, não dá mais pra eles voltarem, não teria survival horror decente com eles.

          • Small

            Sim, mas não tem quase elementos da franquia! Sem eles, não justifica o nome Resident Evil 7, Não entra na cabeça dos fans cegos!

          • Marcos Vinicius

            Remake:
            Mansão. ok
            Lugares claustrofobicos. ok
            Corredores estreitos. ok
            Inimigos nas esquinas sem poder ve-los. ok
            Agente biologico. ok
            Personagem ”indefeso”. ok
            Clima de terror junto com trilha sonora ”pesada”. ok

            EU vi tudo isso no 7 e não sou cego. Acho que cego é quem não admite que RE voltou aos moldes do clássico e só quer ver Jill com zumbis.

          • Luis Felipe Soares

            Cara eu coloquei em outro comentário 2 links para ele próprio confirmar que tem praticamente tudo e mesmo assim ele diz que não tem.

          • Marcos Vinicius

            =(

        • Lucas

          Que visão linda essa sua onde não se pode argumentar.

          • Small

            Sim, porque não tem mesmo na a ver com RE. Eu adorei a demo e o estilo do jogo, mas podem chamar o que for menos RE.

      • Danilo Rodrigues

        Ninguém pode falar que um jogo é ruim sem antes ter jogado. Pode discordar quanto a estilo de câmera, personagem, jogabilidade,enfim, mas uma análise geral só pode ser feita depois de jogado completamente o jogo. Tem muito nego decepcionado porque achou que veria um jogo tipos os primeiros, porém com aquela câmera no ombro tipo o Resident evil 4.

      • Edu Alves

        Concordo, isso é fato, e algumas pessoas aqui não leram a análise pelo que parece, onde é levantado diversos aspectos que fazem menção aos jogos anteriores.

    • Small

      Cara, o jogo não se parece nada com os clássicos. E é o que a maioria das opiniões contrárias falam. Não vem com essa modinha de chamar tudo de hate. Sao apenas opiniões.

      • Marcos Vinicius

        Como não ? Se jogou o Remake ?
        RE7 é uma homenagem aos primeiros RE’s. Você ao menos leu a análise ?

        • Small

          Joguei todos RE. Joguei também outros games no mesmo estilo: Alone in the dark the new nightmare, Parasite Eve 2, Dino Crisis e por ai vai. Esses sim pertencem ao mesmo gênero.

          Esse RE7 não tem um único personagem clássico do game, não tem referência da própria Umbrella, ou quase não tem; Sem contar essa câmera em primeira pessoa, (algo que eu gostei no jogo); Também não tem infectados ou zumbis, (Bakers e Molded não contam, porque não tem nem história sobre eles, de onde vieram); E não tem coisa alguma de homenagem aos primeiros RE.

          Esse game ficou legal, mas achar que é RE é ser cego demais!

          PS: Joguei a demo e fiz todos finais. Também comprei o game na pre venda.

          • Luis Felipe Soares

            Cara, pelo visto você conhece bem pouco da história. Vários pontos levantados por você existem na história sim, como: infecção, a razão dos Bakers serem como são, a origem dos Moldeds, referência a Umbrella. Se quiser conhecer um resumo da história dá uma lida neste post que fiz aqui: http://residentevil.com.br/noticias/copias-de-resident-evil-7-ja-estao-nas-maos-do-publico#comment-3111760521.
            Isso sem contar os diversos elementos clássicos que tinha na primeira trilogia como: Puzzles, backtracking, sustos, files, saves manuais, baú. inventário mais limitado, gerenciamento de itens e munição. Além do link com a história do jogo que postei acima, dá uma olhada neste post que o Ceraldi fez: http://residentevil.com.br/artigos/os-elementos-classicos-presentes-em-resident-evil-7

          • Small

            A história é fraca ou quase inexistente.
            “Puzzles, backtracking, sustos, files, saves manuais, baú. inventário mais limitado, gerenciamento de itens e munição”, isso todo jogo do gênero tem que ter. Tá de brincadeira né? Dizer que só porque tem isso é ser RE.

            Quem sabe nas DLCs vem um zumbi pra vocês poderem relembrar dos outros RE.

          • Luis Felipe Soares

            Em nenhum momento falei que a história é forte ou extensa.
            Você disse acima que “não tem referência da própria Umbrella”, “não tem infectados”, “Bakers e Molded não contam, porque não tem nem história sobre eles, de onde vieram” e “E não tem coisa alguma de homenagem aos primeiros RE”. Apenas mostrei que tudo isso há no jogo.

          • Small

            Tem uma ou outra coisa. Eu torço para ser um ótimo game, ainda mais por ter comprado logo quando lançou a pre venda. Não me arrependo!

          • Rodrigo Zika!

            Seus comentários não fazem sentido

          • Small

            Para fan cego, não!

          • Rodrigo Zika!

            Cego? Kkkkkk, você fala que o jogo não tem nada, só que tem

          • Thiago Gonçalves

            O nome original do jogo é “risco biológico”, ripado do WIKIPÉDIA seria:

            Um risco biológico é um organismo, ou substância oriunda de um organismo que traz alguma ameaça (principalmente) à saúde humana. Constituem risco biológico o lixo hospitalar, amostras de microorganismos, vírus ou toxinas de origem biológica que causam impacto na saúde humana.

            Portanto isso não ficará preso somente a zumbi, pois nem todo risco biológico em RE zumbifica, alguns mutacionam como aconteceu com vários personagens da série pela qual você se diz fã e não se lembra de nada pelo visto. Quer Zumbi? Vai ver e ler The Walkind Dead.

          • Rodrigo Zika!

            Aula do wikipedia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Thiago Gonçalves

            Só assim pra saberem o que é risco biológico.

          • Luis Felipe Soares

            Pois é o nome do jogo é Biohazard = Risco Biológico. E a história de Resident Evil 7 é sobre isso.
            O jogo só não se chamou Biohazard aqui no ocidente devido a direitos autorais.

          • Thiago Gonçalves

            Mas tem ele como subtítulo, pra bom entendedor essa palavra basta.

          • Small

            A vá! Quero algo que lembre mesmo RE, não Outlast.

          • Thiago Gonçalves

            Faltou falar que a história é cópia de SiIent Hill, não lembro de Outlast ter os Bakers.

          • Small

            Ahhh, é uma “mistureba”!

            Tem até um pouco de RE, bem pouco!

          • Thiago Gonçalves

            Jogue o jogo que você verá algo que vem de RE1 nele.

          • Marcos Vinicius

            Não tem zumbi, logo não é RE. ¬¬

          • Marcos Vinicius

            ”Quem sabe nas DLCs vem um zumbi pra vocês poderem relembrar dos outros RE.”

            Tá explicado, ele pensa que RE é sobre zumbis.

          • Small

            Ok. DLCs vindo com Jill, DLCs vindo com elementos da Umbrella, etc.

          • Luis Felipe Soares

            Nem sanduíche da Jill vai vir em DLC.

          • Small

            kkkkk. Não duvido que o resto da história vai vir por DLC!

          • Meistre Alex

            Olha o final do jogo e veja os elementos da Umbrella que tanto deseja.

          • Small

            Nada demais. Editei a minha resposta.

          • Marcos Vinicius

            Você tá ligado que esse 7 é tipo um reinicio né ?

            Como você quer survival horror com soldados treinados e ninjas ?

            E você nem zerou o jogo e esta criticando, termina ele e depois analisa bem.

          • Small

            Não, o 7 não é tipo um reinicio, é uma continuação do 6.

            Sim, é o que eu falo: esses blog tem a mania de fazer análise de algo que nem jogaram, afirmando que o jogo voltou as raízes. Faça uma análise com o pé no chão e não com entusiasmo de fanboy da franquia.

          • Marcos Vinicius

            Você não entendeu…
            Quando eu digo um reinicio, é mudar para o que era antes sem apagar a historia em andamento, se fosse para excluir a continuação (no caso, a historia), seria um reboot e não reinicio.

            RE4 não é ”continuação” do 3, assim como o 5 não é continuação do 4, o intervalo de anos entre esses games é grande, assim como o 6 para o 7.

          • Small

            Eu entendi o que quis dizer. Mas o 7 não tem nada a ver com o primeiro. Não tem elementos que fazem lembrar o primeiro game.

          • Birkin

            Tem certeza que jogou o primeirão de 96? Aliás, tem certeza que jogou pelo menos a trilogia do ps1?

          • Small

            Na época eu era obrigado a jogar todos os games. Eu queimava midia pra vender. Joguei a maioria dos games do ps1

          • Birkin

            Sei não eim…tem certeza que jogou mesmo? Pois o jogo me lembrou muito, tanto pelas mecânicas de gameplay (vide tudo que voltou, o sistema de save manual, gerenciamento de itens através do baú e etc…) quanto pelo cenário e sons.

          • Bruna Mattos

            Cara, eu não sei quem é você e nem porque você está dizendo que quem fez a análise não jogou o jogo. Eu fiz a análise, eu joguei o jogo inteiro.

            Se você discorda da análise eu só tenho duas palavras e são: só lamento.

            Mas não, não vem dizer que a análise foi feita com base em algo que não seja o jogo ser jogado porque você simplesmente discorda da opinião da análise. A sua opinião não é verdade absoluta nem a minha. Então seja relativamente maduro e aceite que alguém pode discordar do que vc fala sem se comportar feito um moleque desmerecendo o trabalho dos outros.

          • Thiago Gonçalves

            Ele quer atenção porque RE7 não é como ele queria. Ah, e não tem zumbis pra nos fazer lembrar que RE7 é um RESIDENT EVIL.

          • Bruna Mattos

            Já deu pra perceber isso. Não é brecha nem motivo pra ser estúpido. Se o trabalho “desse blog” tá tão ruim assim eu não sei o que ele tanto faz aqui, não é? Só agradeço pelos views.

          • Thiago Gonçalves

            Nós que agradecemos a dedicação e o esforço de vocês em nos deixar informados sobre a franquia, independente da qualidade dos jogos feitos.

          • Small

            Quem falou que o trabalho de vocês é tão ruim, pelo contrário, é muito bom. Sei como é trabalhoso reservar um tempo nas nossas vidas para se dedicar a algo que gostamos.

            É o que falei anteriormente: temos que aprender a escutar opiniões que não concordamos.

          • Bruna Mattos

            Digo o mesmo. Não desmereça a análise por que você discorda. É falta de respeito comigo. Só discorde, é direito seu.

          • Small

            Bruna, se eu discordo de uma análise, consequentemente estarei desmerecendo ou não tendo apreço pelo que foi escrito. Infelizmente é algo inevitável!

          • Marcos Vinicius

            O problema é que você discorda de uma coisa que existe no game, ai fica tenso tentar dialogar. Se tudo que você diz fosse VERDADEIRO a respeito do jogo, tudo bem, sem problemas. Mas dizer que Resident Evil 7 não se parece com os clássicos, é brabo.

          • Small

            Ok, veremos quando degustarem o jogo. Respondendo a sua mensagem antes da edição: Não comprei o 6 por ser muito ruim. Mas qual RE Evil é bom depois do Code Veronica?

          • Marcos Vinicius

            Mas comprou o 7 né ?

            RE4 e 5 são ótimos, principalmente o 4. A série estava cansada naquela epoca, RE4 veio pra dar uma luz na franquia, coisa que esta acontecendo no 7.

          • Small

            4 e 5 são só mata mata, um Dead space sem o “espaço”. O 4 só fez sucesso e vendeu muito poque não tinha game bom na época.

          • Meistre Alex

            “O 4 só fez sucesso e vendeu muito poque não tinha game bom na época.”
            PQP. Não acredito que li isso.

          • Marcos Vinicius

            Pois é, no fim do seu ciclo só tinha jogo top no ps2 e o cara me vem com essa. kk

          • Meistre Alex

            2005 foi um dos anos mais concorridos nos video-games. Vários jogos de qualidade sendo lançados. Alguns como Shadow of Rome até sofreram por causa disso, já que a disputa pra chamar a atenção estava alta. Uma rápida pesquisa na internet e dá pra ver o quanto de jogos bons saíram nessa época.

          • Marcos Vinicius

            Haunting Ground foi um deles. Baita jogo, mas poucos conhecem. =/

          • Meistre Alex

            Já ouvi falar desse jogo. Infelizmente nunca tive oportunidade de joga-lo.

          • Marcos Vinicius

            Pesquisa ai, ele roda bem no emulador. Curiosidade: A Fiona (protagonista) é a cara da Jill do RE5, só que mais jovem.

          • Birkin

            Inclusive, o Re7 bebe da fonte do Haunting Ground a meu ver, lembro quando peguei esse jogo para o ps2, jogasso do carai…

          • Marcos Vinicius

            Sim, bastante. Já haviam games com perseguidores muito antes de Outlast.

          • Meistre Alex

            Clock Tower 3 é outro exemplo.

          • Birkin

            Cara, Clock Tower 1 do SNES é o maior exemplo disso, outro puta jogo pra quem não conhece!

          • Meistre Alex

            Shadow of Rome, God of War, Devil May Cry 3, Prince of Persia: The Two Thrones…
            “…não tinha game bom na época.”

          • Bruna Mattos

            Não. Você pode discordar sem desmerecer ou duvidar que eu joguei o jogo como fez ali em cima. O que falta é educação mesmo.

          • Small

            Se jogou ou não sua análise é ruim e tendenciosa. Feliz análise movida a emoção.

            Falta educação mesmo e garanto que não é da minha parte. Não está preparada pra escutar críticas, então não escreve! O mundo não é um mar de flores. E porque está sendo tão agressiva?

          • Small

            Eu posso criticar uma análise positivamente ou não. Tem que aprender a ler críticas quando se escreve algo. O debate aqui ajuda a manter a popularidade do blog – o que seria de vocês se todos concordasse com tudo?

            E eu duvido muito que jogou o game, e fez essa análise em cima disso, ainda por ser uma análise tendenciosa, voltado a emoção de um fan pelo game.

            A falta de educação não é da minha parte, pode ter certeza!

          • Bruna Mattos

            Quando você diz que duvida que o jogo foi jogado, você está sendo sim, mal educado. Parte do pressuposto que eu estou mentindo na análise, que é um relato da minha experiência com o jogo.

            Realmente, não dá pra discutir com alguém que bate o pé e alega que a opinião do outro, contrária a sua é uma mentira. Já nem é mais falta de educação, é pura estupidez, de quem CERTAMENTE, não conhece o trabalho do REVIL. Cause e esperneie a vontade, você conseguiu a atenção do resto do parquinho.

          • Marcos Vinicius

            Tô começando a achar também… ‘-‘

          • Small

            Temos que aprender a escutar opiniões que não concordamos. Ter uma conversa civilizadamente.

          • Thiago Gonçalves

            Mas eu não te ofendi só disse que você quer chamar a atenção. Quer que eu puxe o significado de ofensa também?

          • Small

            Ok. Vou concordar com todos pra não chamar atenção – ser chamado de “o do contra”. Pode ser?

            Dizer que só quero chamar atenção porque não concordo com a proposta de um game não agrega nada a discussão.

          • Thiago Gonçalves

            Cara, você tá discutindo com a pessoa que fez a análise e chamou ela de “tendenciosa”, uma coisa é você não concordar com a análise, outra coisa é você falar que ela oculta algo que ela não possui, a análise é o que ela gostou e desgostou do jogo. Você não é do contra, você é hipócrita, nas “entrelinhas” você que dizer que a Bruna recebeu pra fazer uma análise positiva.

          • Small

            Ah? Não leu direito o que escrevi. Ser humano sempre vai ter um lado, dificilmente ele vai ser totalmente neutro. Só resta ser um pouco imparcial e não levar pela emoção. Análise feita por emoção. Qual é o problema em dizer que a análise foi tendenciosa? Qual é o problema em dizer que a análise só levou, (na maioria das vezes), em consideração o lado positivo do jogo?

            Sobre ganhar para fazer uma análise: Não disse isso, disse que apenas levou na emoção a sua análise do game. E eu sou totalmente contra uma análise onde o site tem patrocínio do jogo, não parece ser o caso do blog.

          • Small

            Garota, faça análise de um jogo sem entusiasmo de um fan da franquia. Assim, não compromete a própria análise. Fica bem evidente que essa análise é tendenciosa.

            E eu discordo mesmo de uma análise que não é levado a emoção.

          • Bruna Mattos

            A análise está feita como está. Se você discorda, novamente: só lamento.

            E “garota” é você, o que quer que você seja. Falta de educação tem limite.

          • Small

            Ei, me chamou de “cara”, chamei você de “Garota”, onde esta a minha falta de educação nisso?

    • Dannilo

      Batalhas contra os bosses confusas, mecânica de fuga e combate ruins [ainda mais que a autora da crítica disse que odiou the evil within, mas aparentemente gostou desse jogo…………curioso]. Os bosses não passam medo algum, eles brincam com vc, fazem piadas idiotas, tira toda a seriedade do jogo! Os sustos são um pouco forçados, é sempre algo que vc espera. O clima e o ambiente são bem feitos, mas não adianta nada se não passa terror de fato, é quase tudo previsível! A história, como muitos jogadores early no mundo dizem, é fraca, mto fraca, não vou comentar mais por causa de spoiler, mas é mto simplezinha e bobinha! O jogo parece um filme gore onde quanto mais violento, mais engraçado fica, isso pra mim ja abandonou resident evil pra virar um filme americano com selo de “clichezão americano”, sério, não da pra levar a serio o jogo, ta muito ”engraçado”!

      • Rodrigo Zika!

        Falou o que você pensa, ainda bem, já que cada um pensa diferente

  • EvaMarie#AllRedEverything

    Bom, parabéns pela analise Bruna
    RE7 pelo visto conseguiu voltar de certa forma aquele velho sentimento de impotência e horror dos clássicos e fico muito feliz por isso, só não gostei dessa de DLC que conta o resto da historia mas pelo menos ele vai ser de graça, sinto que a Capcom se inspirou um pouco em RE4 tbm já que a DLC vai ser uma espécie de Separate Ways.
    Enfim tá divo,tá pop,gostei.

    • Edu Alves

      É pra glorificar de pé seita Los iluminados!

  • Osvaldo Oliveira

    Nem acredito que cheguei até aqui sem ver spoilers. Agora só faltar algumas horas pra degustar essa delícia heheh

  • manokaixd

    vou comprar meu ps4 em fevereiro o re7 vai ser o 1 jogo

    • Kaiq Andrade

      Não recomendo ser o primeiro…

  • Jair Santos T.

    HATERS GONNA HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAATE!!!

  • Jair Santos T.

    eu acho que se as pessoas querem um Resident evil clássico, elas devem jogar o 1, 2 e 3. Estes Jogos forma lançados conforme a necessidades e modas da época. Todos nós temos que nos adaptar ao tempo em que vivemos. As coisas mudam, não dá pra fazer sucesso com a mesma formula para sempre.

  • Danilo Rodrigues

    Essa Bruna Matos além de linda, faz análises perfeitas. Quando é ela que faz as postagens aqui, eu faço questão de lê-las.

  • Danilo Rodrigues

    Aquele Lucas baker me parece ser uma figuraça. Eu dei uma risada monstra só quando vi o Baker cortando o braço dele.

  • É isso aí! RE7 divertindo a beça. Quando tiver o meu em mãos espero concordar. Até mais, Bruna!

  • É isso aí! RE7 divertindo a beça. Quando tiver o meu em mãos espero concordar. Até mais, Bruna!

  • Wendenberg Santana

    “Batalha final esquecível”, foi muito decepcionante aquele final. Meu Deus.

    • Luis Felipe Soares

      Pra mim o final não foi decepcionante, apenas a batalha foi.

  • Edu Alves

    “Survival horror e elementos clássicos definitivamente estão de volta”…

    Geeente e não é que eles conseguiram então!

    https://uploads.disquscdn.com/images/4668104d2c6a891dcaf08d5c9a71a4460d0c44831da6915915145f4264d609e9.jpg

  • Edu Alves

    “Survival horror e elementos clássicos definitivamente estão de volta”…

    Geeente e não é que eles conseguiram então! https://uploads.disquscdn.com/images/bd6b01cabeb9de6e81e4df65b804a5a82f0ac7b37458296824d480ed29dea24e.jpg

  • Caio Vinicius Viana Lima

    Em todo lugar que eu olho só vejo crítica boa.
    Capcom a senhora arrasou viu! https://uploads.disquscdn.com/images/ff3f8a521d352c3e401ec4f19cd82c94736dee032f788ce81ac15ee382b1f994.gif

    • Gabriel Afonso

      e ainda vai dar dlc gratis! O QUE FIZERAM COM A CAPCOM VERDADEIRA?

  • Luis Felipe Soares

    Gente e não se esqueçam de algo importante: quem vai jogar o jogo é você.
    Alguns vão falar que é bom, outros vão falar que é ruim, mas quem vai definir se o jogo é bom ou ruim pra você é você mesmo.
    É lógico que avaliações de outros lugares servem como um norteador porém o que alguns lugares disserem não necessariamente é o que você vai achar do jogo também.
    Já joguei jogos que foram considerados ruins e me diverti pra caramba. Então dê uma chance para Resident Evil 7, ainda mais que ele está recebendo em sua maioria críticas boas.

    • Bruna Mattos

      Só verdades foram ditas nesse comentário.

      • Luis Felipe Soares

        Obrigado Bruna!

    • Marcos Vinicius

      Tipo Alice Madness Returns, a critica foi pesada com o game, mas eu gostei pra caramba.

    • Thiago Gonçalves

      É por isso que pra mim o jogo recebe 8.5, e pra Bruna 9 cada um com a sua opinião e percepção do que teve do jogo. Convenhamos, 43 reviews com 41 positivos é uma bela média, só não enxerga quem quer se passar por cego.

  • Bruno Renan

    Fico me perguntando, qual o futuro da série a partir de agora? Não consigo parar de pensar como seria um Resident Evil 8. Não consigo nem sequer imaginar a série seguir por esse caminho da câmera em primeira pessoa, a qual eu não tenho problemas, mas não vejo esse tipo de câmera como adaptada para a série, POR MAIS que RE7 seja bom.

    • Luis Felipe Soares

      Calma, isso é coisa pra se pensar após ver o resultado deste jogo. Vai ser divertindo por enquanto com o 7 sem se preocupar.

  • Roberto Saraiva

    Esse marcou mesmo, pelo visto. Que venha a DLC (espero que pelo menos duas) e Revelations 3!

  • MacielLucas

    Quero analise com spoiler

    • Luis Felipe Soares

      A Bruna falou que eles farão em breve um videocast com a história jogo.

  • victor

    Vim do futuro falar que o Pedro da Boleia ainda não está satisfeito

    • Rodrigo Zika!

      Senti a referência kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Birkin

      Daqui a pouco ele aparece aqui, o cara virou figurinha carimbada!

    • Edson Almeida

      Acho que nem precisa dele, o usuário “Small” já está fazendo esse papel por aqui 🙂
      Da uma olhada mais abaixo.

      • Birkin

        Acho que ele ficou com vergonha e criou alguns perfis fakes…

      • Small

        Eu dei argumentos que provam que RE7 não é RE. Não vou fazer uma lavagem cerebral e acreditar que um RE7 é RE pra ser aceito em um blog.

        • Marcos Vinicius

          Cita ai os argumentos. 😀

          • Meistre Alex

            O “argumento” dele é que os Bakers não possuem história nem origem. O garoto claramente só jogou a demo e está falando mal do jogo.

          • Luis Felipe Soares

            E que não tem zumbi e personagens clássicos.

          • Meistre Alex

            Nem o RE4 e RE5 possuem zumbis.

          • Edson Almeida

            O argumento dele ta lá embaixo, veja o que ele diz:
            “Esse RE7 não tem um único personagem clássico do game, não tem referência da própria Umbrella, ou quase não tem; Sem contar essa câmera em primeira pessoa, (algo que eu gostei no jogo); Também não tem infectados ou zumbis, (Bakers e Molded não contam, porque não tem nem história sobre eles, de onde vieram); E não tem coisa alguma de homenagem aos primeiros RE”

            Tipo, é o mesmo que a maioria critica, não tem personagens antigos, e tipo, ele diz que zerou a DEMO e ta criticando o jogo inteiro, eu também não curti a mudança de câmera e me recusei a aceitar no começo, mas até agora suas criticas não tem fundamentos nenhum, nem o jogo você jogou.

          • Marcos Vinicius

            Eu vi quase todo o game na net, e os Bakers assim como os moldeds tem historia por trás. O cara esta afirmando algo que não sabe, ele nem zerou o produto final ainda.

          • Edson Almeida

            Eu ainda não vi, então sem Spoiler kkk

          • Marcos Vinicius

            Não vou spoilar. Mas é algo normal na franquia tudo ter uma certa explicação, não é diferente no 7.

          • Thiago Gonçalves

            Ele precisava zerar a cabeça.

          • Small

            Ah Marcos, como disseram, tem muita conversa minha logo abaixo sobre esse assunto.

          • Marcos Vinicius

            Eu li quase tudo, mas é mais discussão sobre a análise do RE7, queria saber o que tem de tão diferente do RE7 para os antigos (especificamente com o 1/Remake).

  • Mateus Marques

    infelizmente as críticas não agregam todo o conteúdo geral que o jogo lhe proporciona, fazer uma analise do jogo apenas após fecha-lo uma vez e em apenas uma dificuldade, ao meu ver, e sem absorver tudo que ele oferece de certa forma é um pouco rasa, parece que falta algo para ser analisado de toda forma, e não estou me referindo a DLC’s. Quero análise geral do jogo, com modo madhouse e uso de VR, para saber o que o game realmente dá aos jogadores, o VR nem tanto, mas na dificuldade madhouse sim.

  • Small

    RESIDENT EVIL 7 biohazard / BIOHAZARD 7 resident evil já está na sua biblioteca Steam
    415 amigos. Você e 3 amigos já possuem este jogo.

    🙁

  • Dannilo

    Batalhas contra os bosses confusas, mecânica de fuga e combate ruins [ainda mais que a autora da crítica disse que odiou the evil within, mas aparentemente gostou desse jogo…………curioso]. Os bosses não passam medo algum, eles brincam com vc, fazem piadas idiotas, tira toda a seriedade do jogo! Os sustos são um pouco forçados, é sempre algo que vc espera. O clima e o ambiente são bem feitos, mas não adianta nada se não passa terror de fato, é quase tudo previsível! A história, como muitos jogadores early no mundo dizem, é fraca, mto fraca, não vou comentar mais por causa de spoiler, mas é mto simplezinha e bobinha! O jogo parece um filme gore onde quanto mais violento, mais engraçado fica, isso pra mim ja abandonou resident evil pra virar um filme americano com selo de “clichezão americano”, sério, não da pra levar a serio o jogo!

    • Marcos Vinicius

      Voce descreveu o RE6 fera, esta na review errada.

      • Thiago Gonçalves

        O RE5 se encaixa aí também, o que salva ele é o fim de um ciclo.

        • Marcos Vinicius

          Eu gosto da história do 5, alem de ter a melhor versão do Chris, junto com o Wesker. Porem, eu sei separar um jogo totalmente voltado a ação e um de terror. ^^

          • Thiago Gonçalves

            Pelo o que ele descreveu, os dois jogos batem, a diferença é que RE5 fecha o ciclo (FIM DOS WESKERS), RE6 é uma reciclagem do que sobrou.

          • Marcos Vinicius

            Quem dera se o 6 tivesse a mesma qualidade do 5.

    • Rodrigo Zika!

      Não entendi porque copiou e colou

    • Mateus Marques

      pergunta!!!, ja jogou o jogo foi??

  • Max

    “Os inimigos de Resident Evil 7 não vão muito além do que foi apresentado. Somos atacados pelos Bakers e por alguns tipos de Molded diferentes.”

    “Ethan acaba sofrendo o mal de muitos protagonistas de jogos em primeira pessoa: a falta de carisma. O personagem é, muitas vezes, um mero observador dos acontecimentos e a história é conduzida e contada por todos os outros personagens envolvidos na trama.”

    “fica nítido que a história só será totalmente compreendida após as DLCs prometidas pela Capcom. O que deveria ser conteúdo extra e comprado à parte pode se tornar algo obrigatório para quem desejar uma experiência mais completa, pelo menos no que diz respeito à trama.”

    Essas são as únicas coisas que não gostei.

    • Thiago Gonçalves

      Também não gostei disso no jogo, e sim, esses são o seus pontos fracos.

    • Gabriel Afonso

      acredito que a dlc que vai explicar o final do jogo vai ser a gratis,entao acho valido…. vai fazer nos fas criarmos altas teorias sobre o “redfield” e da volta da umbrella….

  • Gaben Noel

    pô até quando tem analise positiva os caras ficam inventando motivo pra invalidar e dizer q o jogo é ruim kkkkkkkkkkkk

    • Marcos Vinicius

      Bem vindo a fanbase de Resident Evil.
      Só não é pior que os de Final Fantasy.

      • Thiago Gonçalves

        Digamos que é haterbase de RE.

        • Erik Henrique

          So não é pior que a fanbase de Sonic….

  • Birkin

    Sabem me dizer se o game tem a voz macabra da tela de início?

    • Marcos Vinicius

      Não. =(

      • Birkin
        • Lucas

          Me sentindo que nem Rogue One sem o texto de início ;(

      • Max

        Uma pena então, a voz macabra no menu é meio que uma tradição na franquia, mas pelo menos na versão PC do jogo talvez os modders poderão adiciona-la.

        • Marcos Vinicius

          Tinha um teaser ”rapido” que tinha uma voz ”Biohazard Seven” oficial, eu achei que iria pro produto final, me enganei.

          • Max

            A própria Capcom poderia lançar um pequeno patch adicionando a voz, não deve ser uma coisa tão difícil de se fazer.

          • Marcos Vinicius

            Claro que não. Talvez ela queira deixar a voz no passado assim como foi com os loadings nas portas.

          • Max

            Não acho que isso faça muito sentido, as vozes no menu dos jogos se tornaram praticamente tradição na franquia, mas pode ser o que você disse. Sobre as portas, até faz sentido terem sido removidas, pois elas foram criadas justamente para servirem de tela de loading para a transição de cenários nos jogos, que era lenta devido a tecnologia da época, o que não é mais problema hoje em dia.

          • Marcos Vinicius

            Sim, mas aquelas portas eram um charme dos antigos, eu tinha medo delas. ‘-‘

          • Birkin

            As portas do Re7 lembram um pouco as dos jogos antigos…

          • Max

            Sim, mais ou menos, a diferença é que as portas no RE7 são abertas em tempo real ao invés de servirem como telas de loading.

          • Max

            Eu também gostava das portas, ainda mais quando tinham os batimentos cardíacos fazendo barulho no fundo deixando tudo mais tenso.

  • Kaiq Andrade

    Meu primo comprou na pré(E como fã da franquia tive que conferir ^^), passamos o dia jogando fizemos os dois finais, e de um modo geral darei a minha nota PESSOAL sem babar o ovo de ninguém.
    Estória: 5,0/10 (Momentos bastante confusos, fazendo com que o jogador que tem dificuldade no inglês se perca na trama. “Nem tudo é o que parece na estória” quem jogou sabe o que eu falo);
    Gráfico: 8,0/10 (Gráficos bacanas, apesar de jogar em um ps4 gostei do trabalho (No PC deve ser melhor));
    Nostalgia: 6,0/10 (Pessoalmente jumpscare acho forçado (não gosto nem em filmes), em momentos eu tive sustos, certos itens e detalhes são do tempo da velha guarda da franquia (gostei), existe upgrades que remetem a nova guarda);
    Dublagem: 10,0/10 (Ethan é uma merda, mas os outros personagens dão um banho de empenho nas falas (Excelentes dubladores));
    A MINHA NOTA PESSOAL (de 0 a 5 estrelas) = 2,5/05; A do meu primo 3,5/05…(Diferença nas notas, mas gosto é gosto.)

    • Thiago Gonçalves

      Lindo o que você fez, expôs sua opinião sem chamar ninguém de tendencioso, eu discordo de você, mas vou te dar o meu like pela sua autenticidade, parabéns.

      • Small

        Thiago, não sou um cara mal. s2

        • Thiago Gonçalves

          Há maldades e maldades, Small, umas são escandalosas e outras são sutis.

          • Mateus Marques

            TRETAS!!!

          • Meistre Alex

            E algumas são “pequenas”.

          • Thiago Gonçalves

            Entenda sutis como pequenas.

        • Rodrigo Zika!

          kkkkkkkkkkkkk

          • Marcos Vinicius

            Nessas horas eu sinto falta do Pedro. kkkk

          • Thiago Gonçalves

            Ele pelo menos tinha argumentos bons.

          • Guilherme Rodrigues

            E era hilário.

          • Rodrigo Zika!

            llllllllllllllllll

          • Rodrigo Zika!

            kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Marcos Vinicius

      Vocês jogaram juntos ?
      Tem que jogar sozinho no escuro com fone de ouvido pra entrar no clima.

      • Thiago Gonçalves

        É pra um socorrer o outro caso alguém começasse a infartar.

        • Rodrigo Zika!

          kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Kaiq Andrade

        Ele jogou inteiro uma vez e eu fiquei de plateia e a outra eu joguei sozinho e ele de plateia, infelizmente não estou com dinheiro para comprar no momento, mas o verme era tanto para jogar que eu tive que ir. hhaah

      • Rafael Henrique

        Chegou um novo fone da sony, com efeito 3D mas ta ai em BH 700!!!
        Quase um PS4 HAUHAUAUHA, prefiro pegar o fone antigo, pulse elite mesmo rsrs.

    • Rodrigo Zika!

      Legal, mas serie banaca, jogar sozinho kkkkkkk

      • Kaiq Andrade

        Aceito um de presente, assim jogarei sozinho… se puder me presentear com um VR tbm aceito haha

        • Rodrigo Zika!

          kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Rodrigo Zika!

    Bruna muito boa sua analise, ainda mantenho a parte negativa, de pouca variedade de inimigos, e achei o final simples demais, poderiam ter ousado mais, e achei que deveria ter mais armas, mais uns dois modelos pelo meno,s isso se a DLC não tiver, espero que tenham sub modos de mini jogos, pra poder durar bastante o fator replay, só vou dar a nota final, quando jogar realmente.

    • Thiago Gonçalves

      Só podemos avaliar RE7 com clareza quando ele estiver completo, infelizmente.

      • Rodrigo Zika!

        Verdade Sr Redifield kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Thiago Gonçalves

          kkkkkkkkkkkkkkk, I’m not Redfield.

          • Rodrigo Zika!

            O que os produtos ivone não fazem kkkkkkkk

    • Bruna Mattos

      Acho que o arsenal limitado é pra combinar com contexto. Três armas são “customizadas” e as outras são “possíveis” ali naquele ambiente.

      • Rodrigo Zika!

        Isso e verdade.

  • Meistre Alex

    Ótima análise. Concordo com todos os pontos. A batalha final foi um balde de água fria.
    Quando eu terminar de zerar pelo youtube eu dou uma opinião melhor formada.

    • Rodrigo Zika!

      Pelo YT? Kkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Marcos Vinicius

        Vou pelo youtube também, comprarei o game mês que vem para o ps4.

        • Meistre Alex

          No meu caso eu nem tenho ps4.

      • Meistre Alex

        Youtube Master Race!

    • Thiago Gonçalves

      #somostodosYT.

    • Marcos Vinicius

      Recomendo assistir pelo Funky. Quem conhece ele, sabe que nesses games de exploração de cenários, ele é um catador de itens nato, logo, vai revirar toda a casa dos Bakers;

      • Guilherme Rodrigues

        Funky, o maior catador de itens em jogos.

      • Meistre Alex

        Ele é um desses gamers silenciosos ou do tipo que precisa fazer uma piadinha a cada 5 segundos?

        • Marcos Vinicius

          Ele é ”quieto”, fala muito ITENS nesses tipos de jogo. Vê o 1º video do RE7 dele, não é de fazer piadas, é bem raro.

        • RevoltA .

          Recomendo ver o Funky tbm, ele não é forçado igual um BrksEdu da vida!

  • Victor.

    Ao meu ver um ótimo jogo , mas não precisava ter o nome RE7 para vender !

    • Thiago Gonçalves

      Isso já não é novidades no mundo das discordâncias, mas entendo o seu ponto de vista.

    • Marcos Vinicius

      Se tivesse outro nome, pessoal iria dizer que é uma cópia dos RE antigos. Então, dá no mesmo.

      • Guilherme Rodrigues

        Iriam dizer que é um RE só que em primeira pessoa. Vai entender esse pessoal.

      • dave120

        não, iriam comparar com outlast, silent hills e outros jogos atuais mesmo.

        • Necro Void

          Outlast é um jogo de esconde-esconde, RE7 não é, não sei de onde tiram essa comparação idiota.

          • Guilherme Rodrigues

            Hater não usa argumento convincente, pega qualquer coisa e desce a lenha no jogo.

          • Dk-io

            Se você bateu de frente com todo mundo é burro me desculpe

          • Necro Void

            Sim, estou batendo de frente com um bando de crianças que não possuem bagagem nenhuma de jogos de terror pra ficar comparando RE7 com Outlast, como se ele tivesse inventado o gênero. Existem milhares de jogos de terror em primeira pessoa que parecem muito mais com RE7, como Condemned, mas nope. O jogo de esconde-esconde é o que a gurizada de hoje em dia conhece então é isso que vai ser comparado.

          • dave120

            e silent hills? você nao deixou claro. pelo visto só pegou partes do meu comentário para sustentar sua hipótese de que re 7 é um Resident puro e simples, sendo que não é e nem chega perto de ser um original. e não, não estou falando mal do jogo, mas está bem claro que há um pouco de resident nesse silent hill/outlast/slender/Fear.

          • Necro Void

            O unico jogo que você citou em que a comparação é valida é o FEAR por que ele sim é semelhante com RE7. Silent Hill é um jogo full sobrenatural e Slender/Outlast são jogos com uma jogabilidade e proposta completamente diferente.

          • Necro Void

            Ah, e Silent Hills não existe e não se sabe nada dele a não ser aquela demo que já é absurdamente diferente de RE7.

    • dave120

      também acho ‘-‘

  • Small

    BRKsEDU achou o game Incrível!!!

    Agora que não boto mas fé nesse jogo!

    kkk

    • Meistre Alex

      Enfim mostrou um bom argumento contra o jogo.

    • Emerson Bernardo

      Mas vc já jogou?
      Li alguns comentários seus, como se vc já tivesse jogado…

      • Marcos Vinicius

        Ele não jogou (ainda). Ele comprou o game na pre venda e esperando liberar na Steam (acho que é isso).

        • Emerson Bernardo

          Então tá né rsrs, imagina se realmente ñ tivesse gostado.

    • Pedro da boleia

      brks edu nem sabe jogar video game.
      o cara é ruinzão e ainda diz que o problema o jogo. ele falou que a mira do RE5 é ruim.. kkkkkk a do RE7 é que deve ser boa.

  • Guilherme Rodrigues

    O catador e itens mais querido do YT postou o primeiro vídeo de RE7. Assistir enquanto aguardo liberar na Steam, hehe.

  • Kelsor

    Tá todo mundo falando tão bem, que to desconfiando kkkk e olha que eu tinha bastante esperança no jogo. To louco pra jogar.
    Alguém sabe se tem extras no jogo e como são? (sem contar dlc ou algum modo de dificuldade).

  • Rodrigo Germano

    Como a nota está alta em todo lugar, pensei que seria no mínimo um 8.

  • Emerson Bernardo

    RE7 assim como imaginei foi melhor q o 6 tranquilamente, na minha
    opinião ñ
    foi tão bom qnt boa parte dos jogos da série principal, ñ sei se com as
    DLCS o jogo vai ficar melhor, achei curto e com algumas revisitações d
    cenário q soaram como encheção d linguiça, minha maior expectativa era
    pela história, então acabei me decepcionando um pouco, ñ tenho nenhum
    apreço por jogos em primeira pessoa, mas ñ achei q a imersão tenha sido
    maior por causa disso, me senti mt mais tenso com o primeiro Dead Space
    por exemplo, mas tirando o impacto e as colisões nos combates, até q
    ficou bom, as ideias d alguns combates foram mt legais, tb lembrei mt d
    Evil Dead rsrs, qnt ao clima assim como o gore, passado o contato
    inicial, ñ me oprimiram d forma alguma, acabei jogando d boa, no máximo
    me assustando com algum jumpscare, por outro lado senti uma sensação d
    adrenalina ao tentar sair logo dos locais, ñ sei se isso é bom ou ruim,
    mas nem me apeguei tanto a história em si, o gameplay é legal, mas os
    puzzles são bem simples, as estratégias dos chefes são até mais
    “complexas” do q eles rsrs, houve pouquíssima variedade d inimigos, ñ achei q
    realmente valha a pena jogar tantas vezes, só duas vezes já achei
    suficiente (restam as dlcs), os dois finais juntos ñ valem um e até o
    meio d obtê-los ñ é estimulante, lembrei do RE Original e msmo nele
    haviam possibilidades mais legais, q geravam vários finais msmo q com
    pequenas mudanças entre si, resumindo rsrs, fiquei com gosto d q a
    Capcom ñ nos entregou o jogo completo, ñ sou contra dlcs, mas nesse caso
    ñ parece um plus e sim algo essencial, claro q msmo com as dlcs os
    pontos “negativos” poderão se manter, achei um jogo nota 8, essa
    sensação d incompleto foi o q mais me decepcionou…

  • Guilherme Legramanti

    Queria q alguém explicasse a parte final do jogo: as alucinações, motivos de a Eveline querer uma família e o pq dá Camille estar relacionada com ela (essa parte teve bem cara de plot twist).

  • Rafael Henrique

    O site Re.net liberou a sessao do re7, la ja tem gente batendo recorde de zerar o jogo em menos 2 horas ahahuahaua

    • Guilherme Rodrigues

      Eu acho zoado o fato da Capcom não desconfiar de alguns jogadores nesses placares. Esses dias estava olhando o placar de líderes de RE4 e havia gente que zerou em 30 minutos.

      • Rodrigo Zika!

        Eu acho bem estranho kkkkkkk

      • Gaben Noel

        isso pq vc não viu os placares do REmake tem tempo de zeramento la de 1 minuto de jogo,esses placares são furados,na verdade é bem provavel q os placares do RE4 ainda estejam certos,´pq é mais capaz zerar o re4 em 30 minutos do q o remake em 1……….

        • Guilherme Rodrigues

          Deve ser bug que eles usam. Nem dá graça tentar fazer speedrunner com isso aí.

          • Rafael Henrique

            Verdade, a essencia do jogo e se divertir sem pressa, nunca joguei tentando bater recorde kkkk , no maximo tentava passar rapido para pegar bazooca (remake, revelations 2, etc)

        • Marcos Vinicius

          1 min no Remake ? kkkk
          O cara fez o que, iniciou o jogo, usou algum hack e foi pro boss fight com rocket em mãos ? lol

  • Peregrin

    O jogo é bom. Finalmente uma dentro capcom, chega de resident cod evil e run and gun. É só isso que a gente queria, custava escutar os fãs lá atrás depois da fiasqueira do RE 5.

    • Marcos Vinicius

      Colocaria a subsérie Revelations como um acerto da Capcom, ele é uma mescla boa de survival, terror e ação.

      RE5 não foi fiasco, é um ótimo jogo de ação, teve reviews muito boas e talvez melhores que RE7 (eu disse talvez). O problema mesmo é o 6, esse é complicado…

      • Peregrin

        é uma droga como resident evil, tinha que trocar o nome então. Como não trocaram é um porcaria sim, que se sustentou no sucesso do 4, tanto é que o 6 foi outro fiasco maior ainda porque as pessoas já tinha sido enganadas pelo 5 e deram o dedo do meio pra capcom.

    • Dannilo

      Mas esse jogo é quase um cod, tem trechos no jogo que é um fucking fp shooter oeiheoiheoiheoiheoihe principalmente nos bosses!

      • Peregrin

        Bem diferente dos anteriores isso ele é, sem monstros armados e dropando itens,não é um shooter frenético e sem sentido, tem puzzles. Enfim nada a ver com cod.

    • Pedro da boleia

      fiasqueira o jogo mais vendido da franquia? carai…

      • Marcos Vinicius

        Sim, geral do shooter (COD,BF) adoraram a proposta. Depois o 6 tentou seguir a mesma linha do 5 e foi um fiasco.

        • Pedro da boleia

          pode não ser bom RE, mas como jogo , ele é excelente.

      • Peregrin

        Claro que é o mais vendido, vinha do sucesso do 4 e todo mundo comprou na hype, mas jogo é um lixão.

        • Pedro da boleia

          jamais. você pode dizer que ele é um péssimo resident evil , como o 7 é um lixo monstruoso, aí eu concordaria. mas dizer que é um ”jogo lixo”? aí não. RE5 é um dos mais tops da geração ps3/360.

          • Peregrin

            E minha opinião e de muita gente, e só olhar a nota lixo desse jogo lá no metacritic. Pra mim é uma porcaria cheia de clichés, jogabilidade dura e um enredo porcaria(sheeva inútil no lugar de Barry) chris dando soco em rochas, wesker matrix e tantos outras besteiras da capcom. Se você é fanboy e não enxerga a realidade problema é seu. O 7 é o melhor depois do 4 aceitando você ou não, não muda os fatos.

  • Guilherme Rodrigues
  • Rafael Henrique

    Fui usar bazook infinita no revelations 1 (hack) pelo ps3 e me ferrei no evento, nao ganhei nenhum dos premio no final do evento kkkk, alguem sabe se vou ser banido tambem dos proximos ou é só quando usa bazooca ou outro hack? lembrando que é ps3…

    • Gabriel Afonso

      quando jogava na live do 360,sempre tinham os malucos com armas assim e eles nao foram banidos….sei la mano torce kkk

  • Klerfson Santos Souza

    Só discordo do comentário do gráfico, não colocaria como ponto negativo, pode não ser o melhor, porém me impressionou no PS4.

  • Roberto Queiroz Jr.

    Esse RE como game Gore, e Filmes B Norte Americanos está foda, gráficos, trilha sonora, Dublagem, Ambientação….. Mas no fator de resgate à essência, Há mas não resgatou mesmo. Simplesmente pelo fato de não houver um inimigo à altura para isso. Fala sério esses mofados não colocam medo nem numa criança de 6 anos, Esses Bakers não tem nenhum visual aterrorizante, Muito pelo contrário, são hilários !!!! Apesar de algum momentos dar sustos sim. O plot ficou perfeito, Porém o fator inimigos in game empobreceu, de uma forma drástica o fator “Medo”, Survival Horror à Moda antiga, The Evil Within conseguiu trazer um horror com muito mais êxito que RE7. Outlast puta que pariu, Orgasmo Múltiplos em falar desse game, RE7 não chega nem aos pés desses dois e de sua premissa de “Survival à moda antiga” e não venham com essa que : “Ah você não jogou, Porém já vi o gameplay quase todo do game. Só vou comprar esse game Pois, Infelizmente é canônico e eu amo RE desde meus 10 anos (2005) Só sei que via meu Ex Padrastro jogar esse tesão de game que é o RE3, e me apaixonei e logo depois nos meus 11 anos comecei à jogar-lo (devido ao fato de inicialmente minha Mamãe não deixar eu jogar, Porém ela baixou a guarda depois e deixou). Enfim game podre no que diz respeito a essência de RE, Não merece carregar o 7, Justamente o 7 o número da Perfeição rsrs’. Capcom fez um puta marketing pra isso ?! Fez a gente esperar tanto pra isso ?! Capcom eu esperava algo muito mais do que isso, Algo que literalmente borrase as minhas calças. Sem ser presunçoso apenas realista, eu tenho moral para fazer essa crítica sou da velha guarda de RE, e não esse pessoal que começou no “game comercial” que é o 4, Com certeza a maioria esmagadora que aprovou esse game, Foram os que jogaram primeiro o 4 e tem aquilo como referência de RE, TSC. Tomare que não venda muito, para a Capcom fazer um 8 ultra mega fucking awesome. Ah ! Silent Hills, Porque foste cancelado ?! Porém os verdadeiros amantes do terror, não devem perder as esperanças, Outlast 2 tá vindo neném hehehehe, E vai dar um banho de vendas nesse Ré meia boca.

    • Roberto Queiroz Jr.

      *Perdoem meus erros de texto pleaseeeee rsrs’.

    • Marcos Vinicius

      Perto do que foram os últimos RE’s numerados, RE7 é digno desse número, ele bebeu de sua própria fonte (Remake) e esta sendo elogiado pela critica (dizem que é um RE tão bem avaliado desde RE4, já não é pouca coisa).

      Não vou opinar sobre The Evil Within porque joguei bem pouco (meu ps3 não funciona mais).
      Agora sobre Outlast, ficar só fugindo sem poder se defender, não me agrada, sei que a proposta do game é fazer você ficar ”aflito” com os perseguidores, mas depois da 1ª zerada, a vontade de jogar de novo é nula. E por favor, querer comparar uma franquia de 20 anos consagrada com um jogo indie que nasceu em 2013, não dá né, Outlast até tem seu fator terror ”primoroso” e inovador (segundo algumas pessoas), mas não é tudo isso.

      E por fim, Resident Evil não tem foco no TERROR, ele é um game de survival horror, onde você tem que administrar itens para sobreviver aos inimigos que arrodeiam você.
      Obs: só porque gostamos do 7 não quer dizer que começamos pelo 4, muito pelo contrário: meu 1º RE foi o 2 em 1998.

      • Roberto Queiroz Jr.

        Não quero soar como derespeitado, “porém o pior cego é aquele que não quer enxergar” Me lembro quando o jogador morria e os zumbis apareciam na tela devorando o personagem, me lembro de toda aquela atmosfera perturbadora, me lembro de sentimento de desespero, tudo isso nos primeiros games, óbvio, e cadê tudo isso nesse ?! Helloooooooooooo Survival Horror e terror é quase a mesma coisa, mesmo porque não existe apenas um rótulo chamado terror nos games das grandes produtoras, Simplesmente pelo fato de o Survival Horror e Terror ser unhappy e carne. Quando se fala em Survival Horror vem à mente o terror, Mesmo porque a palavra terror na língua inglesa não existe, e sabe qual é a palavra que eles usam em materiais de mídia com esse tipo de conteúdo(filmes,livros, games)que tem o Mesmo significado de terror ?! HORROR kkkkkkkk or did you never saw a sinister horrro movie ? Buddy, Horror é Terror in English. Então vamos traduzir Survival Horror ? Terror da Sobrevivência, ou algo do gênero, que é nada mais nada menos que sobreviver em meio ao Terror. EUREKA kkkkk, Todo game de Terror é Survival Horror, Mas nem todo Survival é Terror . E e ai que mora o inimigo. Dizer que esse RE7 resgata o cerne nostálgico do RE1, PQP, só se for ambientação, Porque o restante chega nem perto, me poupe dessa blasfêmia amigo.

        • Roberto Queiroz Jr.

          Errata *não existe um rótulo de Terror e não não existe apenas um rótulo, Ser unha e carne e não unhappy e carne.

          • Roberto Queiroz Jr.

            *Derespeitador e não derespeitado.

        • Marcos Vinicius

          Comparado com games full terror, RE chega a ser um shooter. É fácil comparar: Olha Silent Hill, o foco dele é o terror psicologico. E qual é o foco do Resident Evil mesmo ?

          RE7 pode não ser o RE perfeito, mas depois de anos, a Capcom conseguiu resgatar o survival decente que a franquia necessitava, você é apenas um ser humano normal no meio de pessoas e monstros que querem a tua ”carne”. Isso ainda lembra bastante o 1/Remake.

          • Roberto Queiroz Jr.

            Mano depois dessa já deu. só tenha algo em mente ,RE precisa de um “Survival Horror Perfectionism” e o 7 não chegou nem perto disso, e Porque necessita? Simples nós amantes da velha guarda de RE clamamos por isso. Fuiiiiiiiiii Boa Jogatina, que você se divirta muito !!

          • Marcos Vinicius

            Mas ai você esta pedindo demais, não existe RE perfeito, isso vai da opinião de cada pessoa. Mesmo o 4 sendo o mais bem avaliado da franquia, ele não é perfeito. Se você achou o ”survival” do 7 falho, só lamento.

            Espero que você não seja daqueles que foi jogar o RE7 só pra ”zoar” o terror dele e segurar um possivel ”medo”. Pega o jogo, jogue, de preferencia a noite (e sozinho) com luz apagada e com fone de ouvido. Isso funciona, principalmente se você estiver jogando pela 1ª vez sem ter visto qualquer spoiler ou parte do gameplay.

      • Pedro da boleia

        não bebeu do remake coisa nenhuma. o remake tem inimigos no cenário. esse aí, a maioria do tempo é corre corre e luta contra chefe e sub chefe.

        • Marcos Vinicius

          ”Bebeu” eu digo no game em geral, não em inimigos. Alias, essas coisas que você citou, é apenas no inicio, e não demora muito para os mofados aparecerem.

      • Pedro da boleia

        mas RE7 parece um jogo indie.

    • Leon Vinicius

      bem ele foi feito pra bosta do vr, pq se n existisse esse cu ia ser como os antigos, no vr sapoha da medo agr na tela… e eu gostei do jogo so pelos personagens, os bakers na vdd eu acho eles engraçados e são inimigos interessantes

    • dave120

      resumo: é um ótimo jogo, mas não tem nada haver com uma franquia cujo tema era esquadrões x virais.

    • Necro Void

      Esse povo precisa entender que assistir um jogo é totalmente diferente de jogar ele. A imersão é totalmente outra, não se pode basear uma opinião concreta em um jogo sem joga-lo.

  • Dannilo

    Tou acompanhando os videos do Shirrako e sinceramente…………….. deixa eu ser justo, o gráfico é legal, a ambientação-cenário é bom e lembra o RE remake e tals, ok, isso é bom, tem a personagem Mia que é bem bonita e até interessante, mas ai vem o resto que pra mim ferra com o jogo, tipo:

    .O personagem principal é totalmente esquecível, não tem carisma, fala de maneira forçada pra parecer que tem medo, mas as reações dele após os eventos é o mais ”frio” possível [pra quem reclamou de super heróis leon e chris, Ethan caga e anda pros eventos terríveis do jogo]
    .Câmera em primeira pessoa me da enjoo até vendo vídeo de jogatina dos outros kkkkk, mas esse não é o maior problema, os combates em primeira pessoa são péssimos, é confuso o sistema de combate e o personagem é uma mula, burro demais.
    .Os inimigos são uma tentativa de recriar um ”bom nemesis”, mas eles falham, pq eles ficam brincando com vc, falando besteiras e isso tira todo o medo do jogo, sinceramente, essa escolha de tentar se aproximar de filmes gores americanos esculhambou o fator medo no jogo!
    .O final eu vi bem antes das lives, é ridículo, sério, sem haterismo, o final é um NADA!
    .O jogo é de fato mto curto.
    .Esse negocio de colar membro … perna, mão de volta no corpo é uma tosqueira sem fim, outro aspecto que pra mim destróis novamente o fator medo do jogo, pq tipo, vira uma festa, porra, o personagem parece o piccolo de dbz…………..pasmem!
    .Vilão………………………..puf……………………………quando vcs zerarem vocês me dizem.
    .O aspecto do jogo lembra muito outlast, amnesia e outros, realmente faltou mais resident evil nesse resident evil! https://uploads.disquscdn.com/images/220833309a91d59533acea78e0e54d3d70084a177cc1bc22765f9ec9259ea784.jpg

    • Marcos Vinicius

      Sua opinião, eu respeito. Mas …
      Tá parecendo que o jogo em si não foi o que você esperava, fazer o que. 80% dos que avaliaram, zeraram e entenderam o que foi RE7, é só elogios.

      • Dannilo

        Não se da 250 – 180 R$ em algo que vc SUSPEITA ser bom! Eu sinceramente achei melhor que o re 6, não vou ser hipócrita, mas o jogo não é o melhor da série, falta muito, mas muito pra ser um resident evil!
        O fator VR acabou por induzir a série a tomar esse rumo de first person e isso já me desagradou desde o início, o que fez o jogo cair de vez no conceito foi boa parte das coisas apresentadas nele! Ele é muito diferente dos resident evils convencionais, a roupagem nova é muito diferente, não reconheci o jogo como uma continuação da série, apenas tem lampejos, mas é só isso mesmo!
        Esse não me convenceu, resident evil precisa de um bom personagem principal, carismático, esse dai não teve, é nulo. Nem adiantam dizer “vc é o personagem principal”, isso é balela, vc só tem a ótica dele, mas ele tem uma ”personalidade”, ele responde, ele tem parentes, enfim, toda a desculpa que foi dada pro jogo não ter um personagem classico e “vc assumir o lugar dele” é falha!

        • Marcos Vinicius

          VR ao meu ver não faz falta, e vendo o game completo, já não consigo enxergar o 7 em 3ª pessoa, não acho que combinaria.

          As pessoas tem que entender que o Resident Evil 7 é tipo um recomeço (mas sem apagar a historia), tanto que no nome oficial, não temos um 7 jogado na sua cara, ele está ”escondido” no nome da franquia (o que eu achei bem criativo).

          Eu gostei das mudanças, se fosse a mesma coisa dos RE’s anteriores, iriam reclamar do mesmo jeito, falariam que nunca muda essa formula defasada.

          Mas eu entende o teu ponto de vista.

        • Necro Void

          “Não se da 250 – 180 R$ em algo que vc SUSPEITA ser bom! “
          Já sairam centenas de reviews provando que o jogo é bom.

    • Guilherme Rodrigues

      – O fato do personagem não demonstrar tanto medo diante da situação é para justamente tentar fazer com que o jogador sinta isso na perspectiva do protagonista.
      – O personagem é um civil comum, claro que não vai saber manusear bem uma arma ou se virar bem. Queria ver ele descendo a porrada nos inimigos?
      – Os inimigos causam medo, e muito. O diálogo deles é um dos fatores que mais contribuem para isso.
      – O final para você não é nada porque não entende a importância dele. (Não entrarei em detalhes para evitar spoilers).
      – Uma primeira jogatina leva de 9 a 10 horas, a mesma média do RE4, por exemplo.
      – Ele é capaz de recuperar partes do corpo porque talvez esteja infectado. Pensou na possibilidade?
      – Lembra Outlast e outros por ser em primeira pessoa? “Faltou mais Resident Evil nesse Resident Evil.” Certamente não consegue captar os elementos presentes em RE7.

      É fácil construir uma “opinião” sem ter jogado. Jogar quem é bom… Levaria mais a sério o que você escreveu se ao menos tivesse jogado, mas tirando tudo isso de conclusão só por gameplay.

      • Pedro da boleia

        nego inventa desculpa pra tudo. se vc não sabe usar uma arma, a sua segunda opção é sair na mão. ou vc deixaria a pessoa te matar? não há motivo pro personagem não desferir um único golpe sequer. vem um velho de 60 anos te atacar com uma pá e você não vai se defender. kkkkkkk RE7 é uma piada de mal gosto, retrocesso total na série, depois dos controles maravilhosos que o 4, 5 e 6 apresentaram.

        • Leon Vinicius

          um velho de 60 anos que decapitou um cara com uma pá, ele esta infectado ele é mais forte que um humano, se vc for no pau se morre

        • Guilherme Rodrigues

          Claro, descer a porrada em um velho com aquela força toda é de boa. Muito eficaz.

        • Marcos Vinicius

          Kkkkkkkkkkkk

          Ethan é um cara comum, não o Chris socador de pedras. O carinha ali em baixo disse o certo: os Bakers tem força sobre humanas, ou melhor, lembra no Resident Evil 4 quando os ganados pegavam o Leon e jogavam ele no chão ? Experimenta deixar eles te agarrarem e não apertar o botão (acho que era girar o analogico) pra você ver o que acontece.

          • Pedro da boleia

            e por isso vc vai deixar nego te matar sem tentar se defender? tá certo então. podem engolir essas limitações de gameplay com essas desculpinhas à vontade, mas eu não engulo essa merda não.

      • Dannilo

        Ou seja, nenhuma novidade, Ethan é um personagem esquecível, quando é que vamos ter avatares de pessoas usando a imagem do ethan e dizendo “porra, o ethan é fodaum”! Mas não, guilherme, vc usa a imagem do leon, pq vc gosta dele e ele é carismático! Sem mais!

        • Marcos Vinicius

          Você leu os ”contras” na análise ?
          RE7 tem mais positivo que negativo, ele tenta e conseguiu resgatar o survival horror que faltava, coisa que não temos de ”verdade” desde o RE4.

        • Guilherme Rodrigues

          Sim, gosto do Leon mas não sou nenhum fanboy dele. Ethan não ser um personagem tão carismático é o que acontece na maioria dos jogos em primeira pessoa, mas isso não tira o mérito do jogo em seus fatores positivos.

        • Gabriel Afonso

          reclamam tanto da carisma do ethan,pra mim isso é proposital,eles que que VOCÊ se sinta ali.se eles quisessem conseguiam fazer o ethan carismatico,tipo olha o elenco de apoio desse jogo:jack,mia,marguerite nossa eles sao muito memoraveis,,,,

    • Necro Void

      .”O personagem principal é totalmente esquecível, não tem carisma, fala de maneira forçada pra parecer que tem medo, mas as reações dele após os eventos é o mais ”frio” possível [pra quem reclamou de super heróis leon e chris, Ethan caga e anda pros eventos terríveis do jogo”]
      Justo, concordo.

      .”Câmera em primeira pessoa me da enjoo até vendo vídeo de jogatina dos outros kkkkk, mas esse não é o maior problema, os combates em primeira pessoa são péssimos, é confuso o sistema de combate e o personagem é uma mula, burro demais.”
      Isso é um problema pessoal seu, pois todo mundo está elogiando os controles e até agora não tive dificuldades nenhuma com ele.

      .”Os inimigos são uma tentativa de recriar um ”bom nemesis”, mas eles falham, pq eles ficam brincando com vc, falando besteiras e isso tira todo o medo do jogo, sinceramente, essa escolha de tentar se aproximar de filmes gores americanos esculhambou o fator medo no jogo!”
      Novamente isso é algo que varia de pessoa pra pessoa. Coisas galhofas existem desde o começo em RE, especialmente em RE4 e não sei por que mudariam isso agora.

      .”O final eu vi bem antes das lives, é ridículo, sério, sem haterismo, o final é um NADA!”
      Opinião pessoal novamente batendo forte.

      .”O jogo é de fato mto curto.”
      Concordo, isso é uma pena.

      “Esse negocio de colar membro … perna, mão de volta no corpo é uma tosqueira sem fim, outro aspecto que pra mim destrói novamente o fator medo do jogo, pq tipo, vira uma festa, porra, o personagem parece o piccolo de dbz…………..pasmem!”
      Novamente é a galhofagem de RE, nada anormal.

      “Vilão………………………..puf……………………………quando vcs zerarem vocês me dizem.”
      E quando você jogar o jogo de verdade e não se basear sua opinião em videos você me diz.

      “O aspecto do jogo lembra muito outlast, amnesia e outros, realmente faltou mais resident evil nesse resident evil!”
      Nossa, RE7 é um jogo que você não pode se defender, mal tem puzzles e você fica maluco se olhar pros inimigos! Acho que comprei o jogo errado…

      Vai jogar o jogo primeiro e não fica usando videos pra analisar o jogo.

      • Dannilo

        Tudo que vc ta rebatendo é opinião pessoal sua oIHOAIHAOIHAOIAH ce acha que ta causando com as respostinhas???
        Cara, o jogo é uma comédia pura! Bakers fazendo piada o tempo inteiro, isso da medo em quem??? oIHAOIHAOIAH
        E aquele ultimo boss, depois reclamam de moscas gigantes.
        O final é um nada mesmo, se tu achou algo naquele final, parabéns, vc pertence a CIA!
        O aspecto da câmera e do combate foi massacrado entre boa parte dos fans, olha os grupos no facebook, no reddit e etc!
        O personagem principal é horrível, não tem carísma, é esquecível………..
        Aquela parte do jogo que vc entra em espécie de casa de show oIHAOIHAOIHA, aquele lucas parece o snoopy dog, pelo amor de deus, esse jogo é muito comédia pra se levar a sério!
        Pra quem ja enfrentou tyrants, nemesis, enfrentar jack, lucas e marguerite baker é uma piada de mal gosto!
        FInal bom e ruim são todos ruins oeiheoiheoiheoiheoihe

        • Necro Void

          A diferença é que eu pelo menos joguei o jogo, você é só um zé que só viu o jogo pelo Youtube.

          • Dannilo

            E vc acha que eu vou dar 240 180 reais num jogo FRACO DESSES???oihaoihaoihaoihaoihaoiahoiahoiahoiah
            se vc joga seu dinheiro no lixo, o problema é seu, amigão!
            Fica ai com o Ethan, o MELHOR PERSONAGEM DE TODOS OS TEMPOS! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            É obvio que eu iria acompanhar o jogo através de lives, pq não se compra algo que vc certamente não vai gostar, ou vc compra um jogo que odeia?? Se vc é burro a esse nível, isso é bem pessoal seu! XD
            O dinheiro do meu trabalho é importante e gasto com jogos DE VERDADE no meu ps4! E não com esse outlast+shooter
            Abraço!!! aoihaoihaoiahoia

          • Necro Void

            Jogo fraco? 99,9% dos reviews espalhados pela internet discordam.

          • Dannilo

            Mas é fraquinho mesmo, tanto que precisa de alguém como vc pra defender ele kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            É igual DMC devil may cry, a mídia ama, os players dispensam! Eu estou ansioso pra saber das vendas desse outlast!
            O jogo revolucionário da capcom! Que comparam com resident evil 4! 😀
            https://uploads.disquscdn.com/images/64fd425f9fa829e78780cf1176dca160d7c142d4fc72c053e74916e65993d1c5.jpg

          • Necro Void

            Desde quando nota 7 é ruim ou fraco? Isso é de 5 pra baixo. E olha lá as notas do público, toda verdinha.

          • Marcos Vinicius

            70% do ”users score” é hater e só viu o jogo no youtube. RE7 não é perfeito, mas é o melhor game numerado desde os tempos do Code Veronica (no quesito survival horror/terror).

          • Guilherme Rodrigues

            Análises de usuários não é confiável, qualquer um pode criar conta e votar sem possuir o jogo. O que vale é a crítica geral dos portais de jogos onde é feito uma média, a que fica bem do lado, “critic reviews”.

          • Marcos Vinicius

            O jogo esta barato no PC, nos consoles é normal ser caro, ainda mais no Brasil.

  • Roberto Queiroz Jr.

    O Titio Richard Pearsey tá foda, Utiliza da temática da mesma fonte de seu enredo anterior, Garotinha meio Prof. X ou Jean Grey, que sof….#$###@#@#@……? Pera aí essa não é a Alma do F.E.A.R ?! Kákákákákákákákákáká Holy Shit A Alma e a pontinho, pontinho, pontinho são primuxas, Quando você ver os momentos que a pontinho, pontinho,pontinho aparece, Aí que vem a confirmação que a pontinho, pontinho, pontinho é a Alma do F.E.A.R. em outra encarnação, Richard Pearsey apenas copiou e colou, e agregou algumas modificações.

    • Marcos Vinicius

      Você vê né, RE1 era pra ter um cientista louco e ciborgues como inimigos. kkk
      Wesker é um super saiyajin e ninguem reclama. -_-
      Alem da Alex ”trocar” de mente.

      • Roberto Queiroz Jr.

        Totalmente sem pé e sem cabeça o que você disse amigo, Richard Pearsey foi o roteirista da Franquia F.E.A.R. e consequentemente do RE7, Entendeu agora o que eu quero dizer no texto acima ?

        • Marcos Vinicius

          Eu sei, não vejo nada de anormal nisso. Deixa o cara se ele curte uma menina com poderes (mas se tá ligado que tudo é ilusão né?). Não vou falar demais, é spoiler.

          • Roberto Queiroz Jr.

            Nem tudo rsrs’ pra falar a verdade 90℅ não é, em minha opinião.

          • Marcos Vinicius

            Zerou o jogo, entendeu a historia ?
            A menina não é uma Alma da vida, e ela só controla a m…. spoilers, chega.

          • Roberto Queiroz Jr.

            Tchau já deu.

  • Roberto Queiroz Jr.

    RE7. Ou seria Pânico na Floresta ?????? , Evil Dead ????? Ou seria um saladão de Pânico na Floresta, com Evil Dead e Massacre da Serra Elétrica ? Kkkkkkk e pior de tudo é que não conseguiu se inspirar na principal temática desse material, Que é nada mais nada menos que o HORROR em sua plena forma. Tmnc kkkkk, Capcom na boa no RE8 me coloca como produtor, Pois a culpa disso tudo não é o roteirista, Mas sim o/os produtores.

    • Marcos Vinicius

      Para cara, você não é o Pedro pra vir aqui falar tantos absurdos. kkk
      Isso aqui é news sobre a análise do Resident Evil 7. Não precisa chorar muito.

      • Roberto Queiroz Jr.

        Fodase kkkkk Quero chorar sou Fã, e tenho esse direito de desabafar. Não sou o único insatisfeito aqui disso eu tenho certeza.

    • Pedro da boleia

      o roteirista também deve ser outro bosta.
      nunca achei que diria isso, mas PELO AMOR DE DEUS, VOLTA MIKAMI!

      • Gabriel Afonso

        filho se liga, o cara escreveu spec ops:the line! SE LIGA!

        • Pedro da boleia

          uau, grande coisa! e ao que me parece até agora, escreveu também uma merda de jogo indie que chamaram de resident evil.

    • Leon Vinicius

      e aquela coisa, resident evil nunca foi um jogo de zumbi, sim de risco biológico

    • ALIEN (ex Isacc)

      O choro é livre cara, nota 88 de 100 na opinião de 44 sites especializados, não é opinião de Zé Mané de internet que não entendem nada de games não.

      http://www.metacritic.com/game/playstation-4/resident-evil-7-biohazard/critic-reviews

      Chup#!

      • Roberto Queiroz Jr.

        Blá, Blá,Blá,Blá,Blá. “Chupa Roberto”, Depois das reviews desse game pode ter certeza que eu enxergarei essas mídias “especializadas” Com outros olhos. Minha opinião já expressei, e fodase esses fanboys que se contentam com pouco, Jogo está paia. Pobreza de inimigos, Horror nulo, Falta de inimigos creepy e etc ZzzZzzzzZzzzzzzZzzzZzzzz.

        • ALIEN (ex Isacc)

          CHORO É LIVRE!!!

          • Roberto Queiroz Jr.

            Kkkkkkkk okay vou chorar Buáaaaaaaaaaaaaaaa.

          • ALIEN (ex Isacc)

            Isso mesmo, que continue assim pra gente continuar se divertindo com vc.

          • Roberto Queiroz Jr.

            Kkkkkkk

  • Roberto Queiroz Jr.

    Jogo fudido, Nota 7,0 pra mim.

    • mateus

      Blza, vc tem seus argumentos e eu tenho os meus,a única questão é respeitar o que o outro acha, se não gosto blza, pronto,eu gostei e respeito sua opinião
      Mais fica brigando discutindo por causa disso,tenha dó, cada um acha o que bem entender, e que isso sirva para outros também.

      • Roberto Queiroz Jr.

        Quero expressar minha opinião e discutir a respeito do game,com meu companheiros do site. Tenho opinião para falar, e continuarei falando, se não gostou pede os ADM para me dar ban kkkkkk

        • mateus

          Kkkkkkkk, kkkkkkk

  • Guilherme Rodrigues

    Incrível, incrível e incrivelmente incrível. Estava jogando até agora no PC, desde que foi liberado, e olha, posso dizer que estou amando tudo no jogo até agora. Bom, ainda tem um longo gameplay pela frente, mas é agradável tudo que pude presenciar até agora.

    • Marcos Vinicius

      Pena que o cara aqui em baixo irá discordar, repara bem nas conversas. :p

      • Guilherme Rodrigues

        Escrevem demais e argumentam pouco sobre o motivo de detestarem o jogo. Nem dou muita atenção, rs.

        • Marcos Vinicius

          Vou seguir seu exemplo.

        • Roberto Queiroz Jr.

          Kkkkkkkk kkkkkkkk takipariu depois dessa…….Cara fiz basicamente um Review aqui embaixo. Argumentos são coisas que não me falta ,mesmo porque coloquei um cara contra a parede e ele nem teve argumentos para responder.

          • Marcos Vinicius

            Eu ? kkkkkkkkkk

          • Roberto Queiroz Jr.

            Ah não tu respondeu sim agora que eu vi mano, Mals kkkkkk

          • Marcos Vinicius

            No problam.

          • Dannilo

            Tu pode escrever uma bíblia que quem é fanboy vai dizer “não tem argumentos”! oeiheoiheoiheoiheoieh não adianta! Tem gente que só vê beleza, o amor o cego mesmo! XD

          • Guilherme Rodrigues

            No seu caso, de fato não vi nenhum.

          • Guilherme Rodrigues

            Cara, até respeito sua opinião, vi ela agora. Tentei me referir a gente igual o Dannilo que simplesmente ataca o jogo sem demonstrar bons argumentos, simplesmente usa o mesmo da maioria que ataca o jogo.

    • RevoltA .

      Só por ser o oposto do RE6 pra mim já vale a compra :v

  • Dannilo

    Esses bosses que ficam brincando com vc fazendo piadinhas clichês de filmes gore de terror americano oeiheoiheoiheoiheoiheoieh ta uma PORRA! oeihoeiheoihe
    https://uploads.disquscdn.com/images/6d61a8fc21ebe964e671b3b33e3198df7649dc1fb502b60d014a6969c5f647d5.jpg

    • Walisson Silva

      Isso não é novo na franquia kkkjjj

    • Necro Void

      Você está reclamando de clichês e usa uma foto do Leon que é o epitomo de protagonista clichê, com direito a acrobacias impossíveis, habilidades sobre-humanas, frases de efeito e um romance proibido? Tá.
      Reclamar que tem clichês em um jogo de Resident Evil é tipo reclamar que o céu é azul.

      • Marcos Vinicius

        As falas do Jack lembram muito as falas do Saddler, especificamente no fim, quem não lembra ?

      • Gabriel Afonso

        DEUS TE ABENÇOA, EXATO!

  • Pedro da boleia

    conselho pra quem não tá muito confiante com a qualidade do game: esperem sair na plus. todo mundo sabe que a sony adora nos presentear com jogo indie.

    • Guilherme Rodrigues

      Saudade de seus comentários por aqui.

    • Marcos Vinicius

      Quem dera se todo o jogo indie tivesse a QUALIDADE de Resident Evil 7.

  • EvaMarie#AllRedEverything

    Pessoal, sem querer ser rude mais isso aqui é o Revil não a gamevicio, de fã pra fã vamos cada um respeitar a opinião um do outro pq se lembre que opiniões são apenas opiniões não fatos, vai ter gente que vai gostar e vai ter gente que não vai gostar.

  • Eugênio Goetten De Lima Neto

    para a galera que está xingando o game aí, os jogos evoluem, mudam, e com resident evil nunca foi diferente, eu estou adorando o game e superou minhas expectativas, e respeito a opinião de vocês que não gostaram do game, mas se querem mecânicas antigas do game como câmera estática, zumbis, hunters, tyrants etc, façam como eu quando bate aquela saudade e nostalgia dos games antigos, joguem os games antigos, e existem vários meios de conseguir jogar estes jogos via emuladores e etc.

  • Francisco Valdez

    Tão cedo não jogarei esse game, mas é bom ver que teve uma nota bacana não só no REVIL como em outros sites. Apesar de que, desculpa aí Bruna, 9.0? Não é exagero? A série está bem desgastada! OK, opiniões. Não precisa concordar.

    • Alexandre Holanda

      cara jogo é bacaninha um 8.0 no max…concordo com vc!

    • guest

      Não, não é, ta quase na média, opinião de 44 sites e revistas especializadas aglomeradas nesse site de críticas.

      http://www.metacritic.com/game/playstation-4/resident-evil-7-biohazard

      Nota média= 8.6 de 10, o jogo ta sensacional, o choro é livre pra quem quiser ser do contra.

    • Marcos Vinicius

      A série está desgastada ? É por isso que tem mudança. Desde o RE4 que ela é a mesma coisa, principalmente depois do 5. Se a franquia quer ”sobreviver” com os anos, tem que se adaptar a geração, não adianta fazer outro RE no estilo cansado dos clássicos que ninguem vai se interessar mais, porque é passado, já deu.

      • Francisco Valdez

        Sem dúvida. Mas existe público pra tudo, Marcos. Há quem ainda se interesse pelo “estilo cansado dos clássicos” e queira esse tipo de game de volta. Adoro mudanças e RE 7 traz algumas interessantes.

        • Marcos Vinicius

          Eu também me interesso pelos clássicos (ainda), mas acho que hoje em dia não agradaria, pois é uma ”mecânica” ultrapassada. A Capcom não vai ficar vendo opinião de minoria (porque né, ela vai visar lucros $$$). Por isso ela tenta fazer uma ”mistura” nos seus jogos atuais (Revelations 2 é um exemplo).

          • Francisco Valdez

            Opinião de minoria? Vai me desculpar, mas acho que não é a minoria quem acha que a série perdeu o rumo. Tanto é que RE 7 está cheio de referências aos games antigos. Não estou dizendo que seja ruim por isso, mas prova que a CAPCOM está se apoiando no que deu certo e usando, enquanto coloca ideias novas no meio ou a rejeição seria imensa!

          • Marcos Vinicius

            Ah sim, eu digo ”minoria” é para aqueles que só querem a mesma coisa: Jill, zumbi e mais zumbi.
            Mas eu também acho que perdeu o rumo (no survival horror), estilo que definiu a franquia. Bom, agora no 7 eles voltaram com isso, não é mais um jogo extremamente linear que é só andar pra frente e pegar itens dropados dos inimigos.

          • Francisco Valdez

            Muitos confundem survival horror com terror. RE nunca foi terrorzão, mas survival horror sim.

          • Marcos Vinicius

            Sim. (Cuidado, daqui a pouco vem os professores ensinarem a diferença entre survival horror e terror).
            Desde o 4 que a franquia vinha com a pegada ”mais ação” e menos survival, do 5 em diante … manchando um pouco a identidade, era mais um jogo de guerra (campanha do Chris, Cap 2) e menos suspense como nos antigos (principalmente no Remake).

          • Francisco Valdez

            No RE 4 a ação não doeu porque era novidade até então e vamos combinar: ficou na medida certa, a CAPCOM acertou com essa adição. Agora no 5 e no 6 pelamor! Nunca suportei as indagações da Sheva. Nunca suportei o campanha do Chris no RE 6 pelo caráter militar.

          • Marcos Vinicius

            Sim, RE4 ainda era tranquilo, mas foi nele que começou aqueles ”momentos de batalha”, mesmo que pouco. O 5 a Capcom abraçou a ação, mas pelo menos o jogo é bom, agora o 6 … sem comentários.

          • Francisco Valdez

            Eu já penso diferente. O 6 era tão absurdo que chegava a ser bom, jogar online era pra rir até umas horas. Já o 5… cara… tentei encontrar o que me atraísse de volta pro jogo mesmo depois de platinar e desisti…
            E joguei tanto o RE 4 que enjoei, mal toco nele hoje em dia…

  • Alexandre Holanda

    Já pedi reembolso, jogo nem abre fica em não respondendo…o mouse trava, vou esperar estar de 50 reais ou menos! Mas desse jeito não dá. Vou assistir só lives e pronto parece bem promissor mas n vale as 100 dilmas q paguei não, nem o gosto de poder jogar no lançámento zzzz

    • Francisco Valdez

      Com certeza vou esperar baratear! Dar 200tão num desses nunca mais! Basta os quase 200 que dei no RE 6 do PS3 pra vir incompleto…

    • Walisson Silva

      >parece promissor
      >não vale 100 temers
      Ata

      • Alexandre Holanda

        não vale na minha opnião 😉

      • não vale! o jogo foi feito nas coxas.
        o lipsync dele ta pessimo e isso pq vi jogando num PS4 e por um americano (logo não é um ps4 vagabundo de baixa qualidade).
        algumas modelagens tão mal feitas e a história, a primórdio sem as dlcs, não faz sentido algum com a serie principal.

        • Walisson Silva

          Frescura… Maldita geração gráficos…

    • Necro Void

      Vai pedir reembolso por causa de problemas na sua máquina? Por que não vi ninguém reclamando desses problemas.

  • Birkin

    Aeee, o pessoal da esquerda chegou! Até que enfim! Agora sério galera, o que vocês achariam se eu chegasse no lugar onde vocês trabalham e falasse que seu trabalho tá uma merda e que você é incompetente? Trabalho o qual você dedicou tempo e esforços e deu o melhor de si, eim? Com certeza vocês iriam me mandar para puta que pariu, eu vejo dessa forma. Não gosto de defender empresa nenhuma, mas os produtores do jogo no meio de tantas cagadas, tiveram culhões para mudar e aguentar essa onda de pessimismo, mais um ponto positivo. Pessoal, saibam respeitar e valorizar o trabalho de outra pessoa, sem querer dar uma de moralista, de verdade mesmo, se para vocês o trabalho ficou ruim, faça textão, exponha os argumentos, mas por favor, saibam respeitar, saibam aproveitar um bom jogo, eu mesmo que gostei muito, na minha opinião, acho que o jogo possui algumas coisas que ficaram meio estranhas, a movimentação de alguns inimigos ficou bem esquisita, o protagonista ficou bem “meh” (tá aí um ponto em que concordamos, rsrs), algumas mecânicas que poderiam ser mais bem trabalhadas, mas esses pontos negativos não tiram o brilho do jogo, saibam entender o contexto, o propósito, o porquê de algumas coisas serem do jeito que são, saibam olhar para o passado da franquia e enxergar os paralelos com os jogos anteriores, pois eles existem SIM. Não seja um babaca!

  • guest

    Não, não é, ta quase na média, opinião de 44 sites e revistas especializadas aglomeradas nesse site de críticas

    http://www.metacritic.com/game/playstation-4/resident-evil-7-biohazard/critic-reviews

    Nota média= 8.6 de 10, o jogo ta sensacional, o choro é livre pra quem quiser ser do contra, valeu Capcom!

    • Francisco Valdez

      Eu daria 8.1 chorando rsrs

      • guest

        ^^

    • ALIEN (ex Isacc)

      Muito feliz em saber que minha franquia de jogos favorita voltou a ser admirada, e a gente tem que reconhecer o valor de uma empresa quando ela consegue se superar depois do fracasso do ultimo jogo, parabéns a Capcom, voltei a ficar muito empolgado com a franquia, vou até ver hqs, filmes e outras coisas relacionadas ao jogo (de novo pq ja vi) rsrsrs.

      E que venha logo o filme animado que vai ser lançado em maio, Resident Evil: Vendetta.

  • Francisco Valdez

    IGN 7.7 bom. Gamespot 8.0 ótimo. Vai entender…

    Resenha da Gamespot fala que RE 4 foi o começo do fim. Não, o que veio depois foi (minha opinião).

    • ALIEN (ex Isacc)

      9.0 na Eurogamer , 88 na GamePro Germany. 9.0 na GamesRadar++++

    • Alexandre Holanda

      o jogo n é ruim mas tbem n tem nada haver com resident evil é mó viagem, mas tipo como jogo de suspense é mt bom e tem história muito legal.

      • Pedro da boleia

        é isso que os fanboys não entendem. ainda não joguei, mas o jogo me pareceu até divertido pelo que vi, mas como um resident evil, ele falha miseravelmente.

  • Moni Oliveira

    Às vezes eu fico me perguntando quais os fãs de RE a Capcom ouve para fazer os novos jogos… Na boa, me ouve aqui! Jogo o RE desde o primeiro e definitivamente não creio que o que queremos ver está sendo usado para novos jogos da franquia. É simples. Somos clássicos! Inovação é bom sim desde que não mexa na essência do game. Precisamos dos nossos personagens de volta com toda certeza desse mundo. Ou da continuação daquelas histórias.
    Nosso saudoso Jack Baker é uma tentativa do novo Nêmesis, mas genteee.. Que ficasse mudo como o Nêmesis então! As falas do Jack são debochadas e por vezes soam engraçadas, ele incomoda, dá uns sustinhos, mas tirou toda aquela seriedade e até a tremedeira que dava para tentar fugir dos nossos monstros preferidos, aquele entra e sai de portas, sobe e desce escada, correria sem fim, etc. Saudades Nêmesis (R.I.P). Hoje eu acredito que podemos nos conformar com o seguinte: Amigos! Não teremos mais jogos como o RE1,2 e 3. Acabou. Já era.
    Não estou desmerecendo o RE7. Um jogo muito bem feito, gráficos e detalhes excelentes. Mas não, definitivamente não é o Resident Evil. É outra coisa.
    Minhas críticas são para o personagem Ethan. Muito lento, burro.
    Para o jogo, acho o menu pobre, básico e sem muitos detalhes sobre os itens (principalmente sobre as armas). Essa câmera em primeira pessoa… Jesus! Tá, vou ter que me acostumar, não tem jeito.

    • Francisco Valdez

      Moni, eu já curto câmera em primeira pessoa. Personagens meio burros estamos vendo desde o RE 4, então, virou rotina. Agora, gráficos, estória e jogabilidade acima da média é dever da CAPCOM entregar porque foi isso com o que eles no acostumaram desde os primórdios.

      • Moni Oliveira

        É uma pena. Entra ano e sai ano e as promessas do retorno das origens do RE são sempre as mesmas.

      • Marcos Vinicius

        Você está reclamando da jogabilidade ? Isso é proposital, algo semelhante aos Silent Hill’s, a gente controle um ser humano comum, não treinado para a situação.

        • Francisco Valdez

          Não reclamei não! Acho que pra esse RE está correta de acordo com a proposta.

    • Alexandre Holanda

      to acompanhando as lives e na boa, nem parece resident evil, a história pior ainda, os inimigos nem vou comentar porq se n o povo tem um ataque do coração…so de n ter zumbi, p mim ja perde a graça/…

    • Necro Void

      Os fãs querem jogos de terror com os personagens antigos mas isso é impossível. Isso é o que aconteceria no RE7 se tivessem os protagonistas clásscos.
      http://i.imgur.com/nx8PMLE.png

      E outra, apresentar novos protagonistas é ruim agora? Você ficou chorando por causa que não tinha Chris e Jill no RE2?

      “As falas do Jack são debochadas e por vezes soam engraçadas, ele incomoda, dá uns sustinhos, mas tirou toda aquela seriedade e até a tremedeira”
      RE sempre foi um filme trash em versão de jogos então essas frases debochadas do Jack são totalmente válidas dentro do contexto. Além disso eu nunca vi ninguém reclamar do Chris e Barry ficarem fazendo piadinhas no RE1, ou do Leon ficar fazendo mais piadinhas e frases de efeitos pastelonas o tempo inteiro no RE4. As pessoas escolhem o que querem criticar quando lhe convém.

      “Minhas críticas são para o personagem Ethan. Muito lento, burro. “
      É claro que ele é muito lento e burro, ele não é um policial fodão ou um agente do governo sabe tudo. Leon também era um bobão no RE2, tanto que quase ninguém levava ele a sério no jogo. Novamente a critica seletiva.

      “acho o menu pobre, básico e sem muitos detalhes sobre os itens”
      Sério, tipo 99% dos jogos da franquia? Critica seletiva strikes back.

      “Não teremos mais jogos como o RE1,2 e 3. Acabou. Já era.”
      Sim e à mais de 10 anos sabemos disso. Mas as pessoas ainda ensistem em querer jogos principais da franquia no exato mesmo estilo dos REs clássicos e isso é impossível pois não é rentável e pouca gente gosta desse estilo de jogo. Até mesmo o REmake Remaster que foi um considerável sucesso vendeu pouquíssimo comparado com jogos principais da franquia.

      “Às vezes eu fico me perguntando quais os fãs de RE a Capcom ouve para fazer os novos jogos”
      Ela ouviu os fãs de verdade da franquia que sabem que o lugar dela é no terror, mas como eu disse acima é inviável fazer um jogo nos moldes antigos hoje em dia por que poucas pessoas realmente gostam desse estilo. A Capcom vai falir se fazer só o que os fas realmente querem ao invés de misturar o que as pessoas pedem com o que é rentável. Ninguém nesse mundo vive de caridade e faz as coisas do jeito que as pessoas querem só por que eles querem assim. Desencana, o máximo que você vai ter de jogo nos moldes antigos é o REmake 2 e seja grata por isso.

      • Moni Oliveira

        É por isso que opinião é igual a bunda… Mas não se doa por isso jovem, aceito suas críticas mesmo as grosseiras. Desanima não. Só eu e meio mundo temos opiniões parecidas. A sua é igual a de mais meio mundo. 😀

        • Francisco Valdez

          Verdade e digo mais: opinião, assim como bunda, dá quem quer XD
          E nosso amigo em cima deu bastante, não acha?

          • Moni Oliveira

            Verdade XD

          • Dannilo

            IHAOIHAOIHAOIHAOIAHOAIHAOIHAOIHAOIHA

          • Necro Void

            Dou mesmo.

      • Marcos Vinicius

        Fanbase chata né ? =s

        Imagina a situação:
        Se fosse que nem os clássicos, reclamariam que não muda;
        Se fosse igual aos ultimos shooters, diriam que não tem ”terror”.

        Ai a Capcom pega a receita do Remake, só muda a perspectiva e mesmo assim, continua não sendo Resident Evil (Biohazard).
        Pessoal tem que aprender a desapegar um pouco, a vida segue, as coisas tem que mudar um pouco pra não ficar cansada e desgastada (oi Resident Evil’s clássicos, diga olá ao Resident Evil 4).

        Não gostar do jogo por alguns fatores (gameplay, historia…) eu até entende, mas dizer que não é Resident Evil …

    • Roberto Saraiva

      Acho esse saudosismo sem fundamento. Uma hora os personagens clássicos vão ficar velhos e temos que dar adeus à eles e apreciá-los em outras mídias (novels, mangás, filmes….)

    • Olha compartilho da sua análise.
      O resident 7 é ótimo se fosse outro título.
      Um alone in the dark, outlast, evil within ou ate mesmo um re-revelations. Mas como franquia principal é um tiro no pé.
      Geral pediu terror, ok. Mas era óbvio que pra ter terror tinha que ter gente sem experiência, só que o Ethan não é só burro como sabe usar armas bem demais para um inexperiente. Eu não saberia recarregar uma arma como ele faz.
      Sem contar os erros basicos de: nossa furaram sua mão e você tem força pra segurar alguém em frenesi? ok….
      Resident 7 trouxe mais dúvidas e brechas do que um revelations! Sem contar que pra qm nao jogou o REV 2 o jogo vai ficar sem sentido, porque arma biológica agora é arma psiquica tambem.
      E pra quem viu o final….não vou falar (caso alguém não tenha visto), mas aquilo não faz sentido ALGUM!
      Só pego esse jogo se for pra pagar 30 reais, com a dublagem (lipsync), modelagem e história, não vale 100 temers não.

      • Francisco Valdez

        Pelo que assisti até agora no YouTube “carregaram” na pegada sobrenatural. A ponto de haver momentos que parecem estar ali mais pelo gore do que por qualquer outro motivo.

        • Moni Oliveira

          Fantasmas!? Pois é…

          • Necro Void

            Não existem fantasmas no jogo.

          • Marcos Vinicius

            Sim, não existe fantasmas no jogo, tem que entender a trama, tudo tem uma explicação, não tirem conclusões sem ter jogado.

          • Gabriel Afonso

            tudo explicado nos files so ler…

        • Necro Void

          Não tem nada de sobrenatural no jogo, joga ele até o final…

      • Moni Oliveira

        Bem lembrado sobre o braço…. putz! BIZARRO

      • Dannilo

        Ja era esperado que fosse ter uma resolução daquelas, vão utilizar a pratica de dlc pra contar o resto da história!
        Capcom…………..

    • _William

      Concordo com você. Esse jogo deveria ter sido uma franquia paralela a Resident Evil e com outro nome, o jogo em si não é ruim, porém não é Resident Evil.
      Creio que os jogadores das antigas, que viveram a época de ouro do RE não irão curtir muito esse jogo, mas os jogadores mais novos vão curtir o jogo e achar um máximo, pois tem o estilo de terror que está na moda. Só quem viveu na época e curtia o jogo sabe o que o ele realmente significa e as coisas que nos faziam sentir durante o gameplay,e é bem o que você falou, não teremos mais jogos como os da época de ouro da franquia. Olhando na internet só tenho visto reviews positivas e dizendo que “Resident Evil” voltou (what?), e acho que tenho uma explicação para isso. Nas “antigas” quem jogava games era quem realmente curtia, não tinha essa “indústria” de reviews, mídia, e tudo mais da maneira que temos atualmente… quem era viciado em games era até mal visto. Hoje em dia com toda essa exposição tem muitos avaliadores que caíram na área só pela grana mesmo, e não entendem nada de franquias mais antigas…

    • Rodrigo Zika!

      Eu ia curtir o seu comentário ate você citar que não e RE………

  • Lucas

    Pra quem já jogou: o jogo tem um fator replay bom? Estava curioso com relação a isso, pra mim do 1 ao 4 são jogos que consigo rejogar varias e varias vezes.

    • Francisco Valdez

      Modo hospício (será tipo um No Hope Left?)

      • Guilherme Rodrigues

        Ele é tipo o arrange mode, onde a localização dos itens muda. Também é um modo mais difícil, os inimigos tendem a ser mais violentos.

        • Francisco Valdez

          Mais pro Nightmare do RE: REV então

    • Moni Oliveira

      Não consigo me imaginar jogando diversas vezes como no 1 ao 4.

      • Francisco Valdez

        Eu jogaria novamente pelos troféus apenas (assim como na campanha difícil de engolir do Chris no RE 6)

    • Alexandre Holanda

      tem 2 finais ate onde se sabe

    • Necro Void

      O jogo tem dois ou 3 finais e um modo hardcore de dificuldade, eu diria que sim.

    • Guilherme Rodrigues

      Sim, há coisas diferentes no jogo para se fazer após zerar.

  • Lucas Santana

    “Nemesis dava medo” hahaha, nope

  • Roberto Saraiva

    Fitas VHS decepcionantes? wat, como assim? Pra mim foi uma sacada divertida.

    • Gabriel Afonso

      acho que ela quis dizer que teve muitas poucas dessas fitas.

  • Francisco Valdez

    Impressão minha ou Jack Baker é o “vilão” mais trolador da estória de RE?

    • Gabriel Afonso

      acho mesmo que nao podemos definir ele como vilão,ele era uma pessoa boa,porem controlado por outra.

  • Dannilo

    Ele é o bonzão que jogou re 3 sem sequer mover uma sombrancelha! oIHAOIHAOIHAOIAHOI
    agora talvez deva sentir medo de um velho contando piada clichê de filme B!

    • Francisco Valdez

      XD Stars! UAAAAAAAHHHH!

    • Necro Void

      Por que Resident Evil nunca teve um clima forte de filme B né…

      • Dannilo

        Ao menos o nemesis não conta piada clichê! oIHAOIHAOIHA ja pensou o nemesis te chamando de porquinho igual um jogo ai chamado outlast?? Tenso ein?

        • Necro Void

          Mas o Leon e o Sadler podem ficar fazendo stand up no RE4 sem problemas não é?

          • mateus

            Kkkkk, verdade

        • JuanEvil

          Meu Deus esse negócio de Outlast já tá chato, vc não ter gostado do game ok, Agora querer ficar fazendo comparações forçadas…para que tá feio.

  • Dannilo

    Só me respondam, o que é que ETHAN representa agora dentro da franquia resident evil?? MElhor que o leon, jill, chris, claire e até a sumida da rebeca??
    Gostaria que me respondessem isso, ja que esse é o melhor resident evil de todos os tempos!

    • Necro Void

      Ninguém gostou do Ethan, não sei por que diabos você está insitindo nisso.

      • Dannilo

        MAs é justamente isso que eu quero dizer……….. NINGUÉM GOSTOU DESSA MERDA OIAHOAIHOAIHAOIHAOIHAOIAHOIAH nem quem gostou do jogo!

        • Necro Void

          Ok, o seu ponto é? O protagonista ser fraco faz o jogo ser ruim? Nem um pouco. Nenhum jogo é perfeito.

          • Guilherme Rodrigues

            Ele não tem argumento, nem tenta argumentar.

          • Necro Void

            Até agora está divertido.

          • Dannilo

            Argumento mesmo é dizer “ele não tem argumento”! unrum

          • Gabriel Afonso

            opiniao é que nem cu,cada um tem a sua. eu por exemplo nao vejo a MINIMA graça no leon, mas EU pelo menos sei respeitar a opinião dos outros!

          • Dannilo

            Não totalmente, mas parcialmente, o personagem principal “protagoniza” o jogo, se ele é ruim, parte do jogo também é! Isso é apenas um trecho da crítica! E muitos só gostaram da Mia pq podiam “vê-la”, ja o ethan, nem existe! Como se cria identificação com um personagem inexistente? Depois a capcom vem dar desculpa de que “o personagem é vc”, balela, o personagem tem uma historinha boba e simples, fala umas coisas sem muita explicação e quase nada se sabe sobre ele, sabe-se mais sobre a mia, acredito que é por isso que ela é tão adorada no jogo, pq ela EXISTE no jogo, já ele é um 0 a esquerda! Agora veja, primeiro jogo numerado da capcom com um personagem ridículo e inexistente, hão de concordar!

          • Necro Void

            Concordo, mas o que o jogo faz de bem supera isso totalmente.
            O protagonista fraco e a pouca variedade de inimigos são os unicos problemas do jogo.

          • Dannilo

            Além da história mal explicada e do final bem simplório [nem no final mostram o personagem principal oaihoaihoaihaoihaoihao], dos inimigos zueiros que não dão medo, pq acho que os mofados são mais resident evil do que essa família baker, é uma família mto divertida e só, pq não dão medo algum! A ambientação do jogo é boa, tem cenários parecidos com resident evil, o que mata mesmo é a experiência com os bosses perseguidores e com o personagem principal! De resto a camera em primeira pessoa é algo meu mesmo, eu odeio, mas até passaria se a protagonista fosse a Mia mesmo, o jogo inteiro, com toda a história dela e etc, mas não foi!

          • Necro Void

            História mal explicada é totalmente explicada se você parar pra ler tudo, mas espera aí, VOCÊ NÃO JOGOU O JOGO.

          • JuanEvil

            Discordo, a Mia é uma boa personagem pq ela tem carisma, não pq o jogador pode ver o rosto dela.

    • JuanEvil

      Quem liga pro Ethan? Agente quer ver mesmo é a Mia de volta.

    • Marcos Vinicius

      Sumida da Rebecca ? Ela vai voltar no filme.
      Outra, ninguém liga para o Ethan, queremos a ZOE de volta. kkk

    • Kal-El de Krypton

      Acabei de terminar de ver o detonado (nem a pau vo gasta dinheiro com isso), e não chega nem perto, é tipo o protagonista que ta ali só pra voce tem com quem jogar. Pra quem quer um Survival é um bom jogo pra quem quer algo que continue o que foi apresentado nos jogos anteriores (em termos de enredo), não. Eu vo continuar com o Remake, Zero, 4, 5 e na espera pelo Remake do 2.

      • Marcos Vinicius

        ”Pra quem quer um Survival é um bom jogo pra quem quer algo que continue o que foi apresentado nos jogos anteriores (em termos de enredo), não.”

        Tem que levar em conta que o 7 é quase um ”recomeço”. Ele aborda um certo inci… que afeta uma fami… e que os transforma naquilo que são. É uma historia isolada, bem parecido com RE4. (Coloquei uns pontos ali, porque é spoiler da trama). Infelizmente o jogo vai precisar das DLC para explicar o resto da trama todo (que já esta programado), então, não podemos tirar conclusões precipitadas (na análise mesmo isso é um dos contras do jogo).

      • Pedro da boleia

        é muito triste ver a história continuada nos últimos 3 jogos sendo jogada no lixo dessa forma. tudo por causa desses fãs de jogos de terror.

    • Gabriel Afonso

      sabe,claire,leon e ada ja foram iniciantes na franquia,da uma chance pro ethan mano.

  • Guilherme Rodrigues

    Sério, não sei porque vocês ainda tentam argumentar com alguns haters aí, rs.

    • Necro Void

      É engraçado ele agindo como um HATER DESCEREBRADO OIAHOAIHOAIHAOIHAOIHAOIAHOIAH JOGO HORRIVEL PREFIRO FICAR SENTADO NA POLTRONA O DIA INTEIRO FALANDO MAL DE JOGOS QUE EU NUNCA JOGUEI OIAHOAIHOAIHAOIHAOIHAOIAHOIAH

      • Guilherme Rodrigues

        Não joguei o jogo, só vi gameplay e vou argumentar só vendo gameplay OEOEOEOEOEOEOEEHHE

  • Marcos Vinicius

    https://uploads.disquscdn.com/images/6a4d186f376c4a7f8ad9b94b091eeef1ff145ffa7ebe9f6ff915462c79bcb9a9.jpg

    Delicia de Resident Evil cara!
    Era esse survival horror que você queria ?

    • Gabriel Afonso

      Era esse mesmo,valeu. KKKKK

  • Roberto Queiroz Jr.

    Bruna você é uma gracinha. Seu jeitinho de falar é bem sexy rsrs’, Pude perceber isso, óbvio nos vídeos que você faz………..
    Quanto às análise gostei dela, Porém de duas uma, Ou sua definição de Survival Horror é diferente da minha, ou tu estás puxando um pouco de sardinha para esse game para dar nota 9,0………. Não leve para o lado pessoal, é apenas a minha opinião, Sucesso !!!!!!

  • Victor

    Felizmente é um genuíno Resident Evil! E pelas lives que vi, ele lembra bastante os Remakes com uma perspectiva diferente. Os únicos problemas para mim, é exatamente isso de deixar a explicação em uma história a parte, sendo a DLC no caso. E isso do personagem não ser tão carismático, mas provavelmente por não ter sido bem “construído”, sem contar a parte gráfica também, que em algumas parte deixa a desejar (mas não se compara com RE6 ao meu ver).

  • Marcos Vinicius

    Bem vindos a 2005 Filho!
    Naquela epoca eu não tinha internet (só fui ter banda larga em 2006), então, não deu pra ver muito o choro dos caras sobre o RE4. Mas geral zerou mais de 20x, até aqueles que não ”gostam”.

    Tenso, dá pra ver que a fanbase é tóxica, mesmo a Capcom lançando um ótimo jogo da franquia, os caras ainda estão reclamando, nunca estão satisfeitos com nada. Isso me lembra um pouco Revelations 2, porque, pela opinião dos ”criticos” aqui, seria o Resident Evil perfeito, vocês não acham ? Mas ele não teve um apelo tão grande, notas altas, porque será né? … (Não estou dizendo que ele é ruim, mas vocês entenderam).

    Mas até que está divertido, é show ver os caras tentando achar defeito aonde não tem e as comparações absurdas que citam e não explicam direito. :p
    Antes que alguém venha rebater o que eu disse, por favor, seja uma pessoa que jogou o game bastante. Não vale mentir.

    • Guilherme Rodrigues

      É lamentável ver que há fãs querendo que a franquia afunde, não aceitando as mudanças necessárias trazidas pela Capcom. Ao invés de ficarem felizes pela franquia ter voltado a dar o que falar de forma positiva no geral, não, continuam de birra que nem criança quando quer porque quer algo da sua maneira.
      Estou extremamente feliz que a minha franquia preferida voltou com força, não sendo uma decepção que nem uns e outros aí continuam a afirmar.

    • Gabriel Afonso

      revelations 2 é otimo,mas o jogo sofre pq reaproveita TUDO do re6! armas,cenarios,enfim.outra burrada MASTER foi a claire.poxa ela a humana de resident.foda mas com emoção. Fuderam com a personalidade dela(tu acha que a claire do re2 e code ia nao se importar com uma menininha pra correr atras de macho?),fizeram ela feia pra cacete enfim…..preferia que a claire nem aparecesse mais se for para parecer que nem a do revelations 2,CADE A MINHA CLAIRE DO RE2 E CODE?

  • Edair Ribeiro

    Resident Evil é o meu jogo favorito, pra mim não tem outro igual, jogo esta série desde quando saiu pra PS1, fiquei um tempo sem jogar mas depois voltei novamente, cheguei a comprar 2 PS3, um me roubaram e fui e comprei outro, estava feliz com o estilo do jogo, pois como me considero um fã, estava ótimo se era ação ou survivor, mas definitivamente jogo em primeira pessoa para a série principal não dá, vai ser difícil agora, o jeito é torcer para os jogos não numerados da série. Bom não joguei ainda, espero estar enganado.

  • Guilherme Rodrigues

    Quando o REVIL vai fazer live do jogo?

  • andré

    após o lançamento de re7 e de algumas criticas sem fundamento nenhum q vi tanto aq como em outros sites sobre o jogo
    percebi uma infeliz realidade
    a Fan Base de Resident Evil infelizmente é uma das piores do mundo
    Entendam uma coisa,franquias precisam se renovar no quesito jogabilidade,o que não deve mudar é a sua essencia,no caso de re,o survival horror,q foi oq re7 fez(outros belos exemplos disso é final fantasy XV,Gta 3 god of war 4 e de certa forma far cry)
    se não mudarem a jogabilidade,o jogo fica ultrapassado,previsivel e até enjoativo(como os filmes da marvel e a formula marvel,n é uma analogia mto boa mas enfim…)
    quer jogar algo igual com os re’s classicos?simples!jogue re’s classicos,
    Não gostou do jogo,acha q por motivos A e B ele n é resident evil,a jogabilidade n lhe agradou,beleza,é seu gosto e sua opnião
    agr darem ao jogo uma nota 3.5 é um grande exagero
    se é assim q os fãs ou simpatizantes dessa incrivel franquia vão se comportar daqui em diante
    então a franquia resident evil ja pode acabar

    • Guilherme Rodrigues

      Infelizmente a fanbase, como posso dizer, é meio “cancerígena” por conta de algumas crianças que não aceitam mudanças. Desde o anúncio o jogo vi de tudo… fã fazendo abaixo assinado para mudarem a câmera, querendo que o jogo fosse um fracasso e por aí vai. Triste.

      • Gabriel Afonso

        tao lindo ver os haters chorando de raiva kkkk

        • Guilherme Rodrigues

          O jogo até agora tá sendo bem visto nos quatro cantos da internet. Quem afirmou e desejou que o jogo fosse um fiasco, bem, só pode observar o sucesso do jogo agora.

    • Pedro da boleia

      muita gente gosta de mais do mesmo. principalmente quando alguns jogos conseguem criar uma fórmula quase que perfeita de gameplay. nem todo jogo precisa de uma mudança drástica .

      • andré

        sim,mas na minha opnião esse não é o caso do msm
        certo os antigos tinham uma jogabilidade mto divertida
        mas e se ela tivesse sido mantida até os dias de hj?
        uma hora ou outra os simpatizantes e fãs iam abusar
        claro q ia ter mtos q ainda vão adorar e tals
        mas a franquia ia ficar saturada previsivel repetitiva enjoativa
        e cada vez mais iam perdendo jogadores até ser cancelada
        e nada garante q se tivesse as jogabilidades tanto dos classicos como do 4,5 e 6 ele ia ser bom ou melhor
        um exemplo disso é the evil within,q tem a camera over the shoulder,mas foi mto mal recebido por boa parte do publico geral
        e com a 1 pessoa n vai ser diferente,se a capcom acha q a 1 pessoa vai funcionar sempre ela ta mto enganada,uma hora outra ela vai ter q mudar novamente a jogabilidade se quiser q re tenha publico

        • Pedro da boleia

          acho que essa jogabilidade em 1 pessoa aí não dura mais que 2 ou 3 jogos. acho que vai cansar mais rápido que a fórmula do RE4, que pra mim era excelente.
          vc falou de far cry, far cry é outro game que eu acho que tem uma fórmula perfeita, que aperfeiçoaram no 4, sem grandes exageros e mudanças gritantes. se um dia mudarem radicalmente a fórmula do far cry, eu infarto. xD

          • andré

            A mudança q eu falei de far cry n foi bem de jogabilidade e sim de enredo
            enquanto farcry 1 tinha a pegada de ficção cientifica,do 2 em diante foi mais pé no chão com esse lançe de disputas terriroriais
            agr imagina se ele tivesse mantido essa pegada ficção cientifica,com certeza n teriamos a obra prima q foi o 3
            mas a jogabilidade de far cry foi sempre a mesma,fps shotter de sobrevivencia em um ambiente hostil(ilhas com piratas e um país em guerra civil e ilha com soldados e monstros como no caso do 1),a diferença é q com os lançamentos do jogos subsequentes,ela foi melhorada,com novas mecanicas q funcionaram mto bem
            minha unica queixa a respeito dessa franquia são as missões do modo historia,q são todas tão parecidas q torno o jogo repetitivo e enjoativo

          • Pedro da boleia

            exatamente. foi o 3 que melhorou a bagaça de vez. é que eu gosto mais do 4, mas o 3 também é show. até o primal que reciclou tudo do 4, eu acho bom demais.
            minha única queixa é sobre o primal não ter um vilão interessante como o 3 e 4 tiveram. fora isso, não tenho o que reclamar. os 3 últimos jogos da franquia, pra mim, foram sensacionais. agora espero por um far cry com zumbis e que voltem com um vilão bem louco.

          • andré

            exatamente o q eu disse
            duvido mto tbm q essa camera em 1 pessoa vai durar
            no maximo mais 2 jogos numerados (re8 e 9)

  • andré

    A Mia e a Zoe são tão amorzinhos quanto a Bruna S2

    • Roberto Queiroz Jr.

      Prefiro a Bruna, A Bruna é mais kkkk

  • B4dBl00d

    Deviam ter colocado o Ceraldi pra fazer a análise. Pelo menos ele foi mais sério quando fez aquele vídeo, se RE7 era de fato um Resident Evil.

    A Bruna tá desde o início puxando sardinha pra esse jogo. Só pelo marketing da “volta” do Survival Horror. Deixando se levar pelo saudosismo barato.

    E ainda faz uma análise que diz que a história é interessante, mas que, provavelmente só se completa nas DLCs futuras. Diz que o personagem é sem carima, mas aborda como um ponto positivo ele ser um “homem comum”.

    • Gabriel Afonso

      um homem comum pode ser carismatico ha

    • Marcos Vinicius

      Ele comentou bem lá no começo, creio que pela felicidade dele (em seu comentário), deve compartilhar da mesma opinião da Bruna. (Eu acho).

    • Pedro da boleia

      nada fora do normal. estranho seria se algum administrador do site falasse que o 7 não é um RE.

      • Roberto Queiroz Jr.

        Kákákákákákákákákáká

    • HanoBR

      Ele fez la no critical hits so olhar la

    • Roberto Queiroz Jr.

      Exatamente mano, Ela escreve muito bem, consegue passar a mensagem para os leitores de uma maneira excelente, É por isso que eu disse em um comentário meu aqui, Que gostei da análise, Mas gostei no sentido das habilidades dela como escritora, e algumas informações tbm, Porém no que diz respeito de “volta” ao Survival Horror, Isso só pode ser uma piada, Sem querer ser ofensivo, Mas é nítido a puxação de saco dela quanto ao game, Não estou dizendo que ela deveria odiar o game ou coisa do gênero, Todavia, vamos ser realista e analisar o game, Pelo lado racional, e não se deixar levar pela emoção. Assim como todos aqui, Sou apaixonado por RE, esse 7 cumpriu seu papel em quase todos os quesitos, Com excessão de um, e o principal. A VOLTA DO SURVIVAL À MODA ANTIGA” É um jogo bom, Porém não é isso tudo que eu e muitos esperavam não, Não é aquele que fode com seu psicologico. E sabe por que eles não conseguiriam isso ?! Simples só colocaram mofados, e se esqueceram de colocar inimigos cabulosos, aterrorizantes, Como os Cerberus, Zumbis, Lickers ou algum inimigo nesse patamar, embora sendo inédito na franquia. E também faltou mostrar a morte do personagem na hora do “You are Dead”, Como algum monstro devorando o corpo dele, ou desmembrando e etc……. entre outros adendos que eles poderia ter inserido, Mas não vem a Capcom e faz um trabalho relaxado.

      • JuanEvil

        Respeito sua opinião, mas não acho que ela esteja puxando saco do game não, afinal essa é a opinião dela, ela achou que o game merecia um 9, não quer dizer que vc ou eu ou ninguém tenha que concordar. Sei que não é sua intenção mas vc não está respeitando a opinião dá Bruna.

        • Roberto Queiroz Jr.

          Blá, Blá, Blá, Blá, Blá.

          • JuanEvil

            Parabéns amigo! Vc é um exemplo para todos nós.

          • Lucas

            Parabéns, conseguiu resumir seu próprio comentário ali em cima.

          • Roberto Queiroz Jr.

            Blá,Blá,Blá,Blá,Blá,Blá 2 kkkkkkkkkkkkkk

        • Roberto Queiroz Jr.

          Pra mim já chega, tentar argumentar completo ganhou é foda. Fuiiiii já deu.

          • JuanEvil

            Não sou fanboy. RE7 não é original e nem perfeito, mas ele lembra sim um Resident Evil, assim como ele lembra várias outras coisas. Só acho que ao afirmar que a Bruna esteja puxando o saco do jogo vc está desrespeitando a opinião dela.

          • JuanEvil

            Não sou fanboy. RE7 não é original e nem perfeito, mas ele lembra sim um Resident Evil, assim como ele lembra várias outras coisas. Só acho que ao afirmar que a Bruna esteja puxando o saco do jogo vc está desrespeitando a opinião dela. Eu gostei do jogo, acho 9 uma nota um pouco alta de mais, Mas temos que respeitar a opinião dela.

      • Marcos Vinicius

        Ou seja, você queria o mais do mesmo.

        ”Não é aquele que fode com seu psicológico”.
        Isso aqui é Resident Evil e não Silent Hill.

  • Gabriel Afonso

    CHORA HATERS

  • Gabriel Afonso

    Eu daria nota 8,por que pelo menos pra mim,embora tenha armas biologicas e tal,esse jogo nao tem tanta ligação com a historia passada como por exemplo o revelations 2 que continua a historia da dlc do re5.

  • Gabriel Afonso

    Olha gente,achei um jogo legal e talz mas ele ta muito parecido com resident evil! tipo mansões,survival horror,jack parecendo o nemesis olha enfim muito errado da capcom copiar tantos elementos de resident evil. Me desculpem,mas essa é minha opinião.

    • Marcos Vinicius

      Sarcasmo ? :B

      • Gabriel Afonso

        logico kkkk,so assim pra mostrar como é absurda a comparação dos haters com outlast e silent hills kkk

    • Guilherme Rodrigues

      Capcom copiou na cara dura elementos dos três primeiros Resident Evil. Falta de originalidade da Capcom usar elementos de Resident Evil em Resident Evil 7. Nota 0/10.

    • Lucas

      Eu já achei identico a Outlast, passei RE7 inteiro me escondendo em armarios e fugindo de inimigos sem poder me defender. Sem falar na cópia descarada de Silent Hill que esse jogo é, odiava quando vinha a névoa ou quando ia para o outro mundo. Como jogo é muito bom, mas não vi nada de RE.

  • Rafael Ribeiro

    Só não concordo com a análise feita dos gráficos que logo de cara impressionam é muito seja pelo realismo da floresta q envolve a mansão, o interior dela e tudo que há dentro! É o melhor e mais imersivo gráfico desta geração sem sombra de dúvida

  • andré

    tirando o q vc disseram sobre as fitas vhs
    concordo com todos os pontos
    mas acho q 9 ta mto alto,dou nota 8,5 e se a capcom investir mais no jogo,trazendo mais conteudo e tals pode até aumentar

  • leonardori30

    Eu ainda não joguei o 7, mas recentemente estive lendo análises de jogos anteriores, percebi um padrão muito assustador para essa franquia que gosto tanto, o preconceito, a verdade é que o problema são os supostos fãs que dizem acompanhar o jogo a anos, e os mais recentes também. Uso como exemplo a época em que Resident Evil 5 estava sendo anunciado, os “Fãs”, começaram a reclamar, já no anúncio, porquê seria o Chris sozinho matando infectados na África, e eu pergunto, será que foi a capcom mesmo que estava com algum tipo de racismo? não discordo que o modo como estava era muito estranho, mas ainda era o anúncio, podiam esperar para reclamar sobre como era o jogo, e não como estava a primeira demo, não sou a favor de nenhum tipo de preconceito, mas não vejo diferença entre Resident Evil 4 e 5 com relação a inimigos e o que se tinha que fazer, para mim ambos apresentaram personagens clássicos que precisavam sobreviver a inimigos infectados por algo.
    Eu passei um tempo assistindo os trailers mais antigos e não via nada de anormal para a franquia, aposto que se esse jogo se passasse na África e os inimigos fossem, digamos, os ganados de novo, os fãs reclamariam pela fórmula repetitiva, e outros diriam que a capcom estaria de preconceito por não usar pessoas nativas da África, o que introduzir a Sheeva mudou nessa questão? continuava sendo o Chris matando os mesmos inimigos, mas agora com alguém da mesma etnia deles o ajudando. Infelizmente esse ótimo game é o que é hoje justamente por causa desses supostos “fãs”, que ficam procurando problemas ao invés de aproveitarem os pontos positivos, por exemplo, sou um dos que gostou do 6.(e extra oficialmente, gostei um pouco do ORC. kkkkk)
    Eu espero que eles continuem essa nova ideia de Resident Evil 7, mas continuem os acontecimentos de Resident Evil 6 e revelations 2, mesmo que separem esses da linha atual de títulos numerados. Depois de ver o HD remaster do 1, eu vejo que eles podiam continuar naquela fórmula tão legal e que consegue criar um clima de terror tão divertido, mas sejamos francos, o maior erro da capcom foi deixar o Shinji Mikami sair, vejam o trabalho dele em The Evil Within por exemplo, eu não consigo deixar de pensar em um Resident Evil hoje se fosse feito por ele ainda.

    • guest

      Esses fãs são tudo hter poser, ontem tavam tudo aqui dizendo que o jogo era ruim, até parece que eles ja jogaram o jogo até o fim senbdo que não fazia nem 20 horas que tinha sido lançado, tudo mentiroso, não sei pq vcs ainda levam eles a sério, só to vendo elogios ao jogo por gente que realmente gosta de video games e que realmente jogaram o jogo.

  • Bruno Xavier

    Não gostei do jogo, como esperava. Não parece ser ruim, mas definitivamente não é o Resident Evil que queria, longe de comprar agora o jogo que alias não vale o preço que está sendo vendido, na espera de RE Revelations 3.

    • Marcos Vinicius

      Uma critica ”sensata”, não saiu esculachando o jogo, parabéns.
      Mas por curiosidade, que Resident Evil você queria ? Algo parecido com RE4 ?

      Só espero que o Revelations 3 não seja um RE6 da vida, tem que ser nos moldes do 1 e 2, sem explosões exageradas e luta livre no gameplay.

      • Pedro da boleia

        aí a capcom vai falir. RE of duty 5 é só o jogo mais rentável da empresa.

      • Bruno Xavier

        Gosto dos clássicos, mas ainda tenho o RE4 como grande referencia sendo o que mais joguei e o meu preferido seguido de RE2 e 3 e são perfeitos -os clássicos- pra aquela época e jogados atualmente tem o fator nostalgia que contribui bastante, mas pra franquia em si gosto do rumo que os títulos “Revelations” vem seguindo e acredito ser um caminho interessante pra franquia se seguir um rumo paralelo ao reboot do RVII.

        Particularmente não gosto de algumas proposta do novo jogo -essa tentativa de simulação com outros parecidos- como título suvivor horror parece ser bom, mas até onde vi, não tem o carisma dos títulos anteriores.

  • Renan Segretti

    A fan base de RE é a pior que eu já vi. Eu sempre detestei jogos em primeira pessoa, nunca gostei de jogar nenhum, mas Resident Evil 7 por ser RE eu tive que superar esse fato e acabou que amei o jogo. Décadas reclamando que só RE1, 2 e 3 são bons, aí fazem um pra voltar as antigas e vcs ficam reclamando que é saudosismo barato… falta de originalidade… Parem de jogar e vão assistir os filmes do RE com a Alice que vcs ganham mais. Adorei o jogo, zerei no fácil e no normal… agora indo pro modo hospício! :p

    • Romillian

      Nossa eu vim aqui justamente pra falar isso. Nota 2.4, a galera virou hater de Resident Evil por virar.
      A CAPCOM fez um trabalho excelente, teve um cuidado absurdo que a anos ela não tinha com a série, deixou várias referências nostálgicas aos jogos antigos e quem é fã sem cabeça dura vai adorar.
      Não da mais pra entender o que essa galera quer, porque é mimimi pra todos os lados, aceitem que nunca mais vamos ver um RE 1, 2 e 3 justamente porque são jogos de 1996-1999, impossível, fora de cogitação.
      O jogo tem uma história muito boa e os problemas, que nem são grotescos (como os problemas de RE6 cof cof), são fáceis de superar em relação as qualidades.
      Média da crítica especializada: 86/100
      Nota do Revil: 90/100
      Média de haters: 24/100

      • Rodrigo Raíz

        É amigo o jogo está muito bom mesmo,eu sou fãn de longa data mas sou a favor da inovação,já joguei todos os games da franquia mas agora estou buscando uma nova experiência que me possa fazer lembrar o que foi terminar o primeiro Resident Evil,o único problema mesmo é que o jogo está muito bugado em PCs modestos,tem diversos casos na Steam de pessoas que mesmo com as configurações recomendadas não estão conseguindo rodar a demo para testar o game…

        • Romillian

          Isso é recorrente em quase todos os jogos multiplataformas dos dias de hoje. A versão pra PC sempre fica negligenciada e demora quase um mês pra atualizarem e otimizarem. É lamentável mesmo, mas meu problema nem é esse. São esse bando de hater louco dando notas péssimas como: 0-4 pra um jogo que foi o salvador dessa franquia.
          E digo salvador mesmo, RE6 conseguiu destruir a saga, foi duramente criticado e tem uma história que beira os roteiros dos filmes. Revelations 2 não consegue ressuscitar a franquia, coube ao RE7 fazer isso e fez com maestria.
          Minhas ressalvas ao jogo são bem simples: O protagonista não tem o rosto revelado, logo é difícil criar empatia com ele, a dublagem geral ficou excepcional, porem o protagonista precisava ser um pouco mais expressivo, afim de gerar o link emotivo. E talvez um maior realismo no uso das armas, ele não é nenhum rambo, mas poderia ser mais difícil de atirar.
          Tirando isso não vejo porque a galera esta TÃO puta da vida, não tem a menor justificativa.

      • Marcos Vinicius

        Media dos haters: 24/100

        Isso que a maioria nem jogou, só viu pelo youtube.

    • Rodrigo Raíz

      Ok respeito sua opinião e em tese até concordo com o fato de muitos terem sido preciptados com o fato de julgarem o novo Resident Evil como uma espécie de cópia de P.T/Outlast,eu inclusive pensei que fosse ser uma experiência ruim,porém hoje vejo que re-moldar o game ultilizando destes elementos foi a escolha certa,o estilo FPS é muito mais imersivo do que o Third Person e garantirá muito mais sustos e como citado préviamente imersão aos jogadores,agora você afirmar que devo os filmes de RE produzidos por Paul Anderson pois com isto eu ganharia algo,enfim os filmes são terríveis e obviamente foram produzidos com o intuito de ultilizar um nome conhecido para fazer dinheiro fácil e alavancar a carreira de uma atriz que eu particularmente julgo como fraca cinematograficamente falando,tudo tem como foco ela e existe um enorme desrespeito com os protagonistas originais,foram aceitáveis os primeiros filmes,mas o final do segundo foi ruim e a partir do terceiro amigo para mim já se tornou X-men,um conselho a quem estiver lendo aliás,se você deseja conhecer mais sobre Resident Evil evite os filmes de Paul Anderson e mergulhe de cabeça nas CGs e no jogo original de 1996,então vocês realmente saberão o que é Resident Evil e o que sua essência significa.Bem está é minha opinião

    • Lucas

      Pior é a “Votação do Leitor”. Mais de 400 votos, nota 2,4…

  • Gabriel Afonso

    gente tenho uma pergunta da historia,mas é spoiler,quem nao quer saber pare de ler AQUI. Gente, vcs sabem se a zoe morre no final bom tambem?

  • Lucas

    Acabei de jogar e concordo com tudo menos os gráficos, gostei bastante deles. Que venha RE8 com a mesma proposta.

  • alexandre jose

    QUE JOGAÇO!!! eu e minha mãe estamos acordados desde ontem jogando *-* agora vou fazer o segundo final <3

  • victor

    Não entendi pq os “fãs” estão dando notas baixas para o jogo

    • Marcos Vinicius

      Birrentos, nunca estão satisfeitos, acho que queriam outro RE6, ou outro RE com mecânicas ultrapassadas.

    • Lucas

      Pior é saber que a maioria desses só estão dando essa nota baixa por ser em primeira pessoa (apesar de que existem alguns que pelo menos tem argumentos condizentes ao jogo e apresentam motivos para não gostar)

    • Guilherme Rodrigues

      É a criançada votando por bira. 90% de quem deu nota baixa deve ter visto no máximo gameplay e ter formado “opinião” com base nisso.

  • Guilherme Rodrigues

    Resident Evil 7 é de longe o melhor Resident Evil desde o 4. Sim ou claro?

    • JuanEvil

      Sim e Claro

    • Lucas

      Sem dúvidas.

    • Pedro da boleia

      kkkkkkkkkkkkkkk é um brincalhão. RE eu não sei, mas é um ótimo massacre da serra elétrica.

      • Guilherme Rodrigues

        Fazia tempo que não via seus comentários por aqui, Pedro. Acho seus comentários divertidos demais.

  • Rivershield

    Enredo e personagens de RE7 são uma cópia deslavada de trocentas franquias de terror. Protagonista irrelevante. O jogo tem meia-dúzia de inimigos. Puzzles extremamente fáceis. Gráficos ruins pro padrão de um jogo da série, que supostamente deveria estar sempre na linha de frente no quesito tecnologia.
    E ANTES DO JOGO LANÇAR EU JÁ FALAVA QUE SERIA ASSIM.

    No final é um bom survival horror, mas que de Resident Evil só tem algumas poucas referências, no entanto isso é o suficiente pro REVIL dar um 9…

    • JuanEvil

      Lembrando que essa é a SUA opinião e ninguém é obrigado a concordar com ela. Eu também achei o protagonista irrelevante, Mas a Mia e os Bakers tem carisma de sobra,o enredo foi sim inspirado em vários outros jogos e filmes isso é inegável, mas ainda assim achei o enredo muito bom e interessante e envolvnte, os puzzles foram fáceis demais sim, os gráficos são bonitos mas algumas texturas estão estranhas, e vários elementos clássicos de Resident Evil voltaram, como baús, puzzles (mesmos que fáceis), escassez de recursos, etc. Enfim essa é só A MINHA OPINIÃO e ninguém é obrigado a concordar com ela.

      • Rivershield

        Esse negócio de opinião subjetiva enche o saco. Não estou dizendo que todo mundo deva concordar com determinada opinião, o que quero dizer é que parece que as pessoas perderam a habilidade de fazer análises OBJETIVAS. Ou seja, as pessoas parecem estar perdendo a capacidade de constatar fatos.

        Eis uma afirmação objetiva, fatos, sobre RE7: O jogo tem elementos de diversas franquias diferentes. Da mesma maneira que ele tem elementos de Silent Hill 2, O Massacre da Serra Elétrica e Outlast, ele tem elementos de Resident Evil.
        Isso torna ele em um Resident Evil autêntico?

        Eis a minha opinião subjetiva: NÃO.

        • JuanEvil

          Concordo em partes, realmente ele tem vários elementos de diversas franquias diferentes mas sei lá, eu gostei bastante do jogo e me senti jogando um Resident Evil. Mas respeito a sua opinião. É um pouco difícil aceitar mudanças mas talvez essa seja para melhor…

          • Rivershield

            Eu me senti jogando um Silent Hill, com Outlast, com o Massacre da Serra Elétrica, com Resident Evil.
            Pra mim foi uma mistureba descarada e sem criatividade. Não que seja um jogo ruim, mas se é esse o Resident Evil que vcs estavam querendo então ao meu ver vcs não querem Resident Evil, vcs querem um jogo de terror com elementos de Resident Evil, o que pra mim é uma coisa muito diferente.

          • JuanEvil

            Mas o que Resident Evil é pra vc pode não ser o que é Resident Evil pra mim, por exemplo para algumas pessoas RE de verdade é o 1,2 e 3, para outros RE mesmo é o 4,5 e 6, Resident Evil mudou muito ao longo dos anos então não dá pra definir realmente o que é Resident Evil.

          • Rivershield

            Quem deveria fazer essa definição é a própria Capcom, mas ao invés de chegar a uma decisão definitiva continua gerando divisão na série.
            Recentemente saiu uma demo feita por fã de RE 3.5 intitulada RE Code Madman. https://www.youtube.com/watch?v=_VQYAhZbZe8

            Essa demo demonstra bem como a Capcom deveria ter feito a jogabilidade de RE7. O jogo alterna entre a câmera clássica fixa, e a câmera de RE4, o OTS. O resultado é um jogo que carrega a identidade tanto da série clássica quanto da série pós-RE4, pelo menos em termos de jogabilidade (pq de resto não tem nada a ver).

            Ao invés disso a Capcom introduziu um novo sistema, e pior, um sistema que é manjado e inadequado para tramas cinematográficas, que é o tipo de trama que a série sempre teve. Uma hora ou outra a Capcom vai ter q continuar a trama de RE6, e eu não consigo imaginar eles fazendo isso usando o formato de RE7;

          • Marcos Vinicius

            Continuar a trama do RE6 ? lol
            O jogo é ”fechadinho”, não precisa de continuação.

          • Guilherme Rodrigues

            RE6 pode ficar quietinho ali no seu canto, assim faz um favor enorme. Acho que ainda não entenderam que RE7 é um soft-reboot.

          • 1107Anime

            O FATO É, A SÉRIE TEM QUE SE RENOVAR, SE NÃO VAI MORRER COMO OUTRAS FRANQUIAS.

          • JuanEvil

            Sim, concordo a Capcom está cada vez mais dividindo os fãs. Sim eu queria que a Capcom deixasse a jogabilidade do RE7 como está nessa demo(que é muito boa por sinal), mas ela não deixou ela mudou novamente, e com essas mudanças vão surgir novos fãs que vão dizer que RE de verdade é RE7 mas a culpa não é dos fãs e sim da Capcom, RE7 é uma mistura de coisas que acaba criando um game ótimo, com uma história envolvente e personagens carismáticos (com exceção do protagonista).E que para a maioria das pessoas passa a sensação de estar jogando um Resident Evil, mas de novo eu entendo seu ponto de vista(e não quero tentar mudalo) RE7 não é original, não é perfeito mas consegue ser um ótimo game e que lembra sim muito Resident Evil assim como ele lembra muito várias outras coisas.

          • Rivershield

            No geral, não achei os personagens grande coisa. Além disso, é fácil copiar um conceito bem-sucedido de outra franquia e aplicá-lo da mesma maneira. Fica legal? Fica. Mas a Capcom não pode receber muito crédito por isso.
            Alem disso, o fato do protagonista não ter carisma é completamente broxante pra mim. Qual é a graça de jogar com um sujeito qualquer, com alguém que eu não me importo?

          • JuanEvil

            Sim, mas depois do fiasco que foi RE6, um Resident Evil que volta as origens por mais que não seja de uma forma original já é algo pra festejar, entende? E quanto aos personagens realmente varia de gosto teve gente que se apaixonou pela Mia(assim como eu) e teve gente que odiou ela, mas só pelo fato de ela provocar uma reação no jogador mostra o quão carismática ela é, como eu disse RE7 não é perfeito mas depois de tanto tempo voltar ao Survival horror que foi o gênero responsável por deixar a franquia famosa é excelente, a Capcom consegiu misturar várias coisas que fazem/fizeram sucesso, e trazer um jogo de qualidade que lembra os antigos games dá franquia por isso os fãs estão tão feliz com o game. Não dá pra negar que o game não é nada original, que ele é um pouco curto, que ele não é perfeito assim como não dá pra negar que ele é um Resident Evil.

          • Marcos Vinicius

            Isso do game ser curto é relativo, os clássicos mesmo, eram bem curtos, sabendo tudo que se deve fazer, dava pra terminar com 1:30 em uma unica jogada sem salvar.

            É por isso que eu digo: tem gente que nunca está satisfeito, os antigos estavam cansados e o Mikami foi lá e inovou, muitos torceram o nariz e choraram, a Capcom abraçou a ação e só se via mimimi que não tinha survival horror … ai ela atende o pedido e continua o choro.

            É fod#!

          • JuanEvil

            Sim é foda eu até entendo o ponto de vista dele, mas RE7 é um game incrível, ele se inspira em varios jogos e filmes e ainda assim ele consegue ser ótimo do seu próprio jeito.

          • Marcos Vinicius

            Dead Space é uma mistureba de muitos jogos de survival horror e geral paga pau pro Issac mudo. -_-

          • Pedro da boleia

            é o que tento dizer aqui… nego é mais fã de jogo de terror que de RE.

        • VectorxP

          Você acha que análises subjetivas não importam? Quer fatos?

          Então olhe o metacritic e veja o consenso final dos críticos agregados sobre o jogo e tente refuta-los com os seus fatos inegáveis. Tiveram duas notas abaixo de 70-7, boa sorte.

          • Rivershield

            Vc é retardado cara? Quando foi que eu disse que análises subjetivas não importam? O que eu disse é que as pessoas chegam à conclusões subjetivas sem antes considerar os fatos, motivo pelo qual as opiniões objetivas dessas pessoas tendem a ser equivocadas ou ignorantes.

            Se tem uma coisa que ficou clara com o resultado de RE7 é que as pessoas não dão a mínima para originalidade e personagens. Basta copiar o que deu certo em outras franquias e adicionar uns elementos da série e isso é o suficiente pra eles.
            Pra mim não é.

          • VectorxP

            ”Esse negócio de opinião subjetiva enche o saco.”

            Ou você é o retardado ou só é sonso mesmo. Sobre os personagens, me poupe, só Ethan decepcionou, e talvez um pouco Zoe, agora olhe para Mia, Bakers, pelo amor de Deus, tanto a dublagem como o uso dos personagens é ótima. Se quiser falar da história do jogo, nem comece, porque ela é oculta e contada praticamente por files, principalmente como nos primeiros jogos, então se falar que é um ponto ruim, vai estar falando que os clássicos são ruins também no quesito história.

            O que deu certo em outras franquias? Q? Survival Horror começou com Resident Evil e câmera em primeira pessoa existe há anos, não é algo novo nem definido por gênero de jogo. Se você comparar o jogo com Outlast por causa da câmera, eu só vou olhar, rir e fingir que nunca pensei em falar contigo.

    • Marcos Vinicius

      Ué, RE1 tem referencias a filmes trash dos anos 80/90 e ninguem reclama.
      RE7 pode não ser perfeito, mas como Resident Evil, ele é muito melhor que o 5 e aquela coisa do 6.

      ”…mas que de Resident Evil só tem algumas poucas referencias..”
      Você jogou todo o jogo?

      Esse 7 puxou muita coisa do Remake.

      ”Fãs ficarem babando ovo…”
      Cara, olha quantos anos não se vê um Resident Evil nos moldes dos clássicos, só reclamam aqueles que queriam ação como nos ultimos games numerados.
      (Tirando aqueles que querem que a franquia vá a ”falencia”). Esses sim são fãs de verdade! ;D

      • Guilherme Rodrigues

        Pô, Resident Evil nem precisa de hater com esses “fãs” aí.

      • Rivershield

        RE1 tem referências, poucas referências, mas seus personagens e conceitos são originais.
        RE7 tem muitas referências, e NADA, absolutamente NADA, é original nesse jogo.

        E sim, eu joguei RE7 todo (que é bem curto por sinal), mas o que eu quis dizer com “poucas referências” é que RE7 tem tantas referências a outras franquias quanto tem da própria série RE. Isso faz com que o jogo seja uma mistureba de referências ao invés de ser uma franquia específica com referências. Ao invés de ser um Resident Evil com referências a outras franquias, é um jogo de terror genérico com referências a Silent Hill 2, Resident Evil, Massacre da Serra Elétrica, Fear 2, Outlast… e a lista segue.

        Se RE7 não se chamasse RE7 ninguém diria que é um RE. Diriam que é um jogo com referências a RE.

        • Marcos Vinicius

          Mas a franquia em si nunca foi muito original. Você já jogou o clássico Alone in the Dark ?

          • Rivershield

            Uma coisa é ter referência, outra é depender completamente disso. Se vc não consegue entender essa diferença então nem vale a penas discutir com vc. E julgando pelos seus comentários, diria que não vale a pena mesmo.
            RE6 fechadinho? Vc acredita mesmo que a saga de Chris, Leon e o resto dos personagens acaba assim? Um ataque bioterrorista da escala de RE6 não vai ter nenhum efeito colateral?
            Se tivesse que adivinhar diria que vc só está forçando a barra na tentativa de diminuir a importância de continuar a trama da série.

          • Marcos Vinicius

            Ué, ficou nervoso pelos meus comentários ?
            Calma ai fera.

            Não sei se você sabe, mas a historia de Resident Evil era para ter um ponto final no 5 (ou um ciclo se preferir). Era pra ter algum tipo de reinicio no 6, mas resolveram fazer aquela salada horrivel que o jogo é hoje, infelizmente a cagada não pode ser apagada.
            Tall Oaks foi dizimada, só vai ser lembrada nos noticiários;
            Lanshiang deve ter tido o mesmo destino ou a B.S.A.A limpou geral;
            Neo-Umbrella já era (agradeça ao Chris e a Ada);
            Talvez (talvez) a Família do Simmons dê as caras no futuro, mas acho dificil. Nem a Capcom gostou do resultado que foi o 6, por isso a mudança no 7.
            Ninguem quer saber do Jake.

          • Rivershield

            kkk Então o governo Chinês vai simplesmente ficar calado e aceitar que uma de suas cidades foi completamente dizimada… enquanto isso os americanos vão ser obrigados a erradicar novamente uma de suas cidades, e os europeus viram um de seus países ser engolido por uma guerra civil e posteriormente também dizimado por armas biológicas… isso sem falar nos incidentes bioterroristas acontecendo em todo mundo (como visto na campanha de marketing de RE6).
            Mas ninguém vai fazer nada a respeito, certo?

            Normalmente incidentes desse tipo levam à corridas armamentistas, conspirações e crises políticas, econômicas, sociais, e é claro, guerras. Países entram em guerra na vida real por muito menos do que isso.
            Mas, na sua opinião, faz mais sentido não acontecer nada… pqp.

            Cara, o que é certo de se fazer depois que vc faz uma cagada? Concertar, oras! A Capcom fez cagada em RE6, e ela tem que arcar com as consequências.
            Simplesmente ignorar isso não é concertar a cagada, é fugir do problema.

            Cara, se vc disser q a Capcom deveria simplesmente ignorar os eventos de RE6, eu vou até a concordar com vc. Agora, se RE6 continuar sendo parte da franquia, a Capcom tem a obrigação lógica de mostrar as consequências desses eventos e dar continuidade à trama, pq está claro ao final de RE6 q o Bioterrorismo não foi erradicado do mundo, pelo contrário, é um problema recorrente.
            Além disso, tenho certeza que ninguém quer que os personagens clássicos sejam simplesmente esquecidos. Queremos ver eles se casarem, terem filhos, deixarem um legado, tornarem-se seres humanos, coisa que eles nunca foram. Queremos ver o final de tudo, da trama deles e da trama geral, isso tem que acabar algum dia, e RE7 é irrelevante nesse processo.

          • Marcos Vinicius

            Bom, se você quer ver continuação disso tudo, terá os filmes, e a subsérie Revelations.
            Eles não vão fazer um jogo principal de Resident Evil abordando esses assuntos politicos, pelo amor né …

            Mas tem que entender uma coisa: Resident Evil 7 é um recomeço, não precisa ser uma continuação direta.
            É só olhar o nome oficial do game, não temos um 7 jogado na nossa cara, ele esta ”escondido” no nome, o que eu achei genial, ele é quase um reboot, mas sem apagar a historia.
            Eu encarei assim, por isso, estou de boa. Já já tem o Vendetta, cheio de explosão e ação pra galera se delirar com Leon e Chris.

          • Rivershield

            Toda vez que digo que não gosto de RE7 alguém pensa que eu quero é ver ação.
            Não é isso. Eu não gosto de RE6 como todo mundo. Inclusive eu sempre digo que o defeito fundamental de RE4 e 5 foi ter muita ação. Se fossem mais focados no terror seriam perfeitos.
            Eu quero terror assim como todo mundo, mas eu também quero os personagens clássicos e a continuação da trama. Não quero filmes e spin-offs, é uma puta falta de respeito deixar os personagens clássicos e a trama principal pra segundo plano. Ainda mais considerando que os jogos da série Revelations são um lixo. Se a Capcom fizer os jogos da série Revelations com o mesmo nível de esforço e investimento que eles fizeram em RE7, aí eu não teria como reclamar. Mas nós sabemos que isso não vai acontecer.

            Deveria ser o contrário, RE7 deveria ser um spin-off e a trama e os personagens continuarem como foco pelo menos até fechar o arco devidamente.

            Se for pra tratar os personagens clássicos como material de segunda categoria eu prefiro abandonar a franquia. A única razão de eu não ter feito isso ainda é pq ainda tenho esperanças para o Remake de RE2, e também pq é difícil se despedir de uma franquia que eu acompanho a quase 20 anos.

            E cara não se iluda, os filmes de Resdisent Evil são legais, mas são todos superficiais e escritos com o toba. Duvido que a Capcom vá usá-los como deveria, que é pra enriquecer a trama geral, tapar furos de enredo e desenvolver a humanidade dos personagens. Ao invés disso eles vão apenas fazer o de sempre: Uma sessão de fanservice deslavado com cenas de ação exageradas e enredo superficial.

          • Marcos Vinicius

            Então, por isso o foco do RE7 é o tão pedido survival horror, ele está ai, e mesmo assim, uns continuam de mimimi.

            Você sabe que não dá mais pra fazer um jogo de terror com os personagens clássicos né ?
            Eles não são seres humanos normais, principalmente Chris e Leon (a Jill não se sabe muito).

            O máximo que a Capcom pode fazer, é continuarem nos filmes, que é mais a cara deles (principalmente depois do RE6).
            Imagina o Leon na proposta do RE7 ? Ele vai ficar com medo ? Isso fugiria totalmente da personalidade do cara, e se, ele fosse o badass que conhecemos, não sobraria mansão pra contar historia, era só sair na porrada com os monstros, fugindo totalmente da proposta do RE7.

            Não tem cabimento por eles em um jogo de survival horror, não mais, e isso, é culpa da Capcom, transformou o cara em um agente especialista e o outro combatente de guerra…

            Fico imaginando o Jake na casa dos Bakers, o jogo não duraria 1h. kk

          • Rivershield

            Bobagem esse papo de que não da mais pra usar os personagens clássicos em jogos de terror. Pra concertar isso basta tornar os jogos mais realistas e trabalhar a humanidade, o psicológico dos personagens.
            Eu já postei aqui no Revil várias sugestões de enredo e gameplay para tornar os personagens clássicos viáveis para jogos de terror, mas não vou fazer mais isso pq não tenho mais paciência.

          • 1107Anime

            SERIA APENAS MAIS UM TRABALHO PARA ELES

          • Pedro da boleia

            RE7 é na real um spin offzão brabo, nível survivor. os Revelations ficaram muito importantes depois dessa cagada.

          • Marcos Vinicius

            Negativo, se já zerou o RE7 pra afirmar isso ?
            A história do 7 é muito semelhante ao 4, se for pra esse pensamento seu, o 4 é spin off também.

          • Pedro da boleia

            ainda não, estou esperando minha cópia chegar e espero não me arrepender desta compra.
            o foda é que RE4 é o bichão né, véi? não tem cabimento comparar um jogo genérico com o RE4, o jogo da geração, o pica das galáxias.
            mas blz, o RE4 tinha o Leon, tinha a Ada , a história nem os personagens foram esquecidos do nada, a umbrella é citada logo no começo… RE4 seguiu seu caminho, mas sem jogar no lixo a porra toda do nada, igual esse 7 parece fazer.

          • Caio Carvalho

            Obrigado por expor essa isso!

          • Rodrigo Zika!

            Isso não significa que não possa explicar em um revelations futuro.

        • Leonardo Medici Ceregato

          RE:7 não curto para os padrões da série, ele tem praticamente o mesmo nível de duração dos outros e só perde mesmo para RE:6 que é o mais longo de todos. Ainda tento entender no que você diz referências a Outlast e Fear 2 (principalmente Outlast, e se for 1ª pessoa nem perca seu tempo comentando). Silent Hill 2 tem uma referência de fato, mas essa história de “insira familiar desaparecido por anos” reapareceu do nado é um clichê bem antigo. Pelo menos nos dois casos (RE:7 e SH:2) foram bem desenvolvidos.

          • Marcos Vinicius

            O lance do F.E.A.R deve ser por causa da garotinha. Isso é normal, porque, olha quem escreveu o roteiro do jogo …

          • Leonardo Medici Ceregato

            Garotinha do mal aliás é outro puta clichê, mas eu gostei da maneira diferente de que foi construído em RE:7, no caso ao invés de ser uma possessão demoníaca como 99,99% das vezes, era uma arma biológica.

          • Rivershield

            É curto se comparado com 4, 5 e 6. Eu zerei RE7 com 7 horas de jogo na primeira jogada, e nenhum desses outros jogos eu havia zerado em em menos de 10 horas.
            A primeira parte de RE7 é o mesmo esquema de Outlast. Correr, tomar sustos e resolver puzzles. Bem desenvolvidos? Vcs tem padrões muito baixos. Uma coisa é colocar referências, outra é copiar o conceito.

          • Marcos Vinicius

            Só digo uma coisa: Haunting Ground. Franquia da Capcom, e ”pai” de Outlast.

            Remake tinha um Forest com granadas te perseguindo na mansão, logo, nada de novo.

          • Rivershield

            Sim, e RE depende completamente de todos esses elementos de outras franquias pra construir o seu sucesso. Vc simplesmente concordou com o que tenho dito, parabéns.

          • Marcos Vinicius

            Mas a Capcom é proibida de pegar elementos de seus proprios games e colocar em Resident Evil ?
            Resident Evil tem que ser unico agora ?
            Cara, é só um jogo. ‘-‘

          • Rivershield

            kk é só um jogo mas tu também ta aqui de madrugada discutindo.
            E se a Capcom tivesse copiado de si mesmo eu estaria contente, mas os elementos de RE que tem ali são menos do que a outras franquias. Poha, os inimigos, o protagonista e a mulher dele, tudo é copiado.

          • Marcos Vinicius

            Estou de férias do emprego, deixa eu aproveitar.

            Bom, se você só vê referencias e cópias de outras franquias,
            ainda bem que eles pegaram do gênero ”terror”.
            Imagina outra inspiração em Gears of War ou Call of Duty.

          • Rivershield

            kkkk nisso eu concordo plenamente com você.

        • Roberto Queiroz Jr.

          Observação perfeita amigo.

        • Rodrigo Zika!

          RE 1 com conceitos originais? Kkkkkkkkkkkkkk, pergunta isso pra Alone in the Dark.

    • Leonardo Medici Ceregato

      Olha, todos os elementos do jogo são pré-existentes na série (inclusive a referência e inspiração em filmes de terror B), por isso que na minha visão, todos esses argumentos de que o jogo é uma cópia de outros jogos/filmes é uma furada. O jogo é uma compilação de elementos que existiram na série inteira, mais a adição de conceitos novos.

      • Rivershield

        Cite um único conceito novo.

        • Leonardo Medici Ceregato

          Oras, o próprio causador de tudo é um conceito novo, é uma nova forma de criação de armas biológicas com um agente infeccioso diferente e nunca usado na série também (bactérias).

          • Rivershield

            kkk já é de praxe da franquia trazer um vírus diferente a cada saga. A meu ver isso não é uma quebra de paradigma, um conceito novo, mas sim o exercício de uma prática que já é tradição na franquia.

          • Leonardo Medici Ceregato

            Então, nem vírus foi :v Bactérias é a primeira vez que a saga usa e considerando o aspecto biológica delas, tem um leque de opções para eles fazerem futuramente.

          • Rivershield

            Quando disse vírus, me referia ao agente causador da mutação. Vírus, bactérias, fungos… Não importa quantas vezes eles mudarem o termo, o conceito é sempre o mesmo.

          • 1107Anime

            AH VÁ!! O NOME DO JOGO É RISCO BIOLÓGICO, CLARO QUE ESSE SERÁ O TEMA

          • Rivershield

            Exatamente. Perguntei ao Leonardo pra citar uma inovação em RE7, ele respondeu as bactérias. Mas isso não é inovação, é apenas um padrão da franquia, já que o título é Risco Biológico.

            Vc apenas comprovou o que tenho dito.
            Antes de falar merda leia a discussão inteira.

          • 1107Anime
  • Mateus Marques

    1,4 ATÉ O MOMENTO VOTO DOS LEITORES KKKKK

    • Guilherme Rodrigues

      Voto da criançada birrente, amigo. Podem votar negativamente a vontade, não faz a menor diferença, pois o jogo continua bombando.

  • Leonardo Medici Ceregato

    Análise minha rápida:
    – Gráficos 9/10: Bem detalhados, apesar de serem abaixo do da geração atual. Cenários extremamente desenvolvidos, apesar de haver repetições das pinturas nas paredes. Inimigos e personagens muito bem feitos.
    – Jogabilidade 9/10: Jogabilidade travada e lenta, perfeita para o jogo, o protagonista não é um atirador nato, então resolver dar sequencias rápidas de tiros pode ser desperdício de munição. Encontrei alguns problemas em locais que eu precisasse subir, ás vezes não ia e travava um pouco e também as portas não fechavam quando eu tentava fechá-las.
    – Som 10/10: Os ruídos da casa e do exterior, as dublagens, som dos disparos, grunhidos de dor e dos monstros, tudo absolutamente perfeito. Músicas ambientes (ou ausência delas) muito bem executadas. Como sempre a Capcom sempre acerta no quesito “som” em RE.
    – Enredo 9/10: O melhor do enredo foi a importância que o entendimento do mesmo tem com os files (igual os clássicos), seu mistério e revelações são extramente interessantes e concordando com a Yuna, achei sacanagem a DLC para complementar a história (pelo menos é de graça).

    Nota final: 9,2.

    Considerações finais: Boss Battle’s excelentes (com exceção da última), Survivor Horror está de volta, câmera em 1ª pessoa não tornou o jogo menos RE e espero que eles mantenham esses moldes nos futuros numerados.

    • Guilherme Rodrigues

      Espero que os próximos títulos numerados possam manter as mudanças trazidas em RE7, pois funcionaram muito bem. Claro, espero que adicionem mais coisas e corrijam outras. Faziam tempo que não sentia uma sensação tão boa jogando um Resident Evil.

      • Leonardo Medici Ceregato

        Eu vejo o RE:7 num estado parecido com RE:1, no caso o RE:1 foi o “teste” e no RE:2 tudo foi aprimorado (tanto que é considerado o melhor jogo da saga). Espero que no RE:8 a história se repita.

        • Guilherme Rodrigues

          Faço de suas palavras as minhas. Espero muito que RE8 possa ser ainda melhor.

        • Caio Carvalho

          N roga essa coisa ruim não!
          Quero jogar RE8 pq 7 nem um video de game play deu para ver inteiro :S
          Quero saber na franquia questao de historia 7 serviu para que pq pelo que le ta mais como foi RE4 fez monte de coisa mas historia para franquia se resume algo aleatorio que aconteceu com ze qualquer!

    • Marcos Vinicius

      Você deve ser um dos poucos aqui nos comentários que fez uma analise sobre Resident Evil e sem fazer comparações com outras franquias. Muito bom. =)

      • Leonardo Medici Ceregato

        Tentei avaliá-lo como Resident Evil, eu ainda tento entender como as pessoas relacionam ele com outros jogos (principalmente Outlast), sendo que grande parte das características do jogo, já é pré-existente na série, inclusive a 1ª pessoa.

  • Guilherme Rodrigues

    Engraçado gente afirmando que o jogo não é bom só porque assistiu gameplay pelo Youtube, nem jogou e tira como base vídeos. Aliás, galera que afirma que Resident Evil 7 não é Resident Evil certamente precisa rever seus conceitos sobre RE, pois aparentemente conhece apenas de maneira superficial.

  • Bruna Mattos

    Agradeçam às criancinhas: funcionalidade de notas dadas pelo público suspensa, porque ninguém sabe agir como se tivesse mais do que 5 anos de idade.

    • Roberto Queiroz Jr.

      Kákákákákákákákákáká.

    • Guilherme Rodrigues

      É lamentável o comportamento dessa galera.

    • Marcos Vinicius

      Nossa, chegou a esse ponto. lol
      Temos uma das maiores fanbase tóxicas dos video games, sim ou claro ?

      • Guilherme Rodrigues

        Sim, é evidente.

    • Kaiq Andrade

      Quer obrigar o povo a dar 10?
      A maioria deve ter dado a nota que merecia, ninguém é obrigado a gostar… Cade a maioria dos fans da nova geração para dar o 10? Se a maioria votou negativo era porque a maioria que acompanha o site REVIL é oldschol. Enfim, da ultima vez que vi a nota era 6, acho uma nota satisfatória, até porque para muitos o jogo é mais ou menos… Para encerrar é apenas um jogo, desnecessário tanta confusão fã A vs fã B… Sempre vai ter gente que vai gostar e outros não… Só não devemos impedir que as pessoas se expressem, sempre leio os comentários e percebo que tem gente muito incomodada com que gosta ou deixa de gostar… Se gosta curte e divulga, faz bem, se não gosta fala porque e pronto, não precisa atacar ou impor nada (vale tanto para quem gosta quanto os que não gostam)… #povoencefalo

      • Bruna Mattos

        Ninguém está obrigando ninguém a dar 10. Nem nós demos essa nota ao jogo. A funcionalidade só foi removida por que percebemos que algum grupo de desocupados estava votando e revotando pra abaixar a nota, achando isso muito divertido (inclusive na análise do filme, 2 dias antes da estréia, sem terem assistido). Então sim, por causa de meia dúzia de idiotas, removemos a nota dos visitantes.

  • 1107Anime

    ALGUMA INFORMAÇÃO DE COMO ESTÃO AS VENDAS DO GAME?
    ALGUSN FÃS MAIS CONSERVADORES ESTÃO DETONANDO O JOGO, ATÉ MESMO O ZANGADO ME SURPREENDEU AO DIZER QUE A SÉRIE PERDEU SUA AUTENTICIDADE POR SE BASEAR EM FILMES E JOGOS SURVIVAL HORROR, ENGRAÇADO QUE RESIDENT EVIL SEMPRE SE BASEOU EM FILMES, COMO SWEET HOME, A NOITE DOS MORTOS VIVOS, O ENIGMA DO OUTRO MUNDO, E EM JOGOS COMO ALONE THE DARK E TALS, ATÉ MESMO O RE7 SE BASEOU EM SWEET HOME, AFINAL UMA EQUIPE DE TELEVISÃO INDO INVESTIGAR UMA CASA MAL ASSOMBRADA É O PLOT DE SWEET HOME.

    • Marcos Vinicius

      Zangado já foi bom, até 2014 ele fazia umas análises bem interessantes, agora o cara termina o jogo em 2 dias e já faz análise, como se soubesse de tudo. Uma pena. =/

      • 1107Anime

        REALMENTE, HJ FALAM QUE RESIDENT EVIL SE INSPIRA EM SILENT HILL E OUTLAST, COMO SE ESSE GAMES NÃO FOSSEM INSPIRADOS EM RESIDENT EVIL

        • Marcos Vinicius

          Sim, esquecem que Mikami se inspiravam em outras coisas, mas os caras tentam achar de tudo pra detonar o 7, como eu disse em alguns comentários aqui, nunca estão satisfeitos.

          • 1107Anime

            A HISTÓRIA DE RESIDENT EVIL É SOBRE O BIOTERRORISMO, SEMPRE FOI, E ESSE NÃO DEIXA DE SER TAMBÉM, OU SEJA, É RESIDENT EVIL, MAS OS PERSONAGENS ANTIGOS SÃO TÃO FORTES, QUE AS PESSOAS PREFEREM DIZER QUE NÃO É, POIS SÓ É RESIDENT EVIL SE TIVER ESSES PERSONAGENS

          • Marcos Vinicius

            Eles querem jogo de terror com isso:
            https://media.giphy.com/media/DDBTVHo4MutmE/giphy.gif

          • 1107Anime

            o que vocês acham da reclamação do pessoal, pelo jogo não ter extras como nos resident evil anteriores, tipo modo mercenaries desbloqueável e tal? tubo bem que vem a dlc aí, mas me refiro no próprio disco, pessoal quer que o jogo tenha algo online também.

    • JuanEvil

      Pelo o que o próprio Zangado disse, as vendas estão indo muito bem.

    • Guilherme Rodrigues

      Eu gostava do Zangado, mas de um tempo para cá parei de acompanhar, pois mudou muito. Gosto das analises do Velberan, bem melhores.

      • 1107Anime

        velberan faz ótimas analises, um dos poucos que levou o VR em consideração nesse quesito, e explicou o pq dos gráficos serem o que são, devido ao uso do VR.

  • Small

    Não sou fan do zangado, mas ele fez uma ótima análise do que é RE7. Serve de lição para aqueles que fazem análise puramente emocional e comercial, fugindo da realidade:

    https://youtu.be/QoTGseKJ-fY

    • 1107Anime

      analisar um game apenas com uma jogatina, é o mesmo de não se aprofundar totalmente em tudo que ele oferece. O problema não são as críticas, mas críticas desnecessárias.

    • Lucas

      Decido ver o vídeo e já começa com ele falando merda de que é o Ethan assistindo os vídeos da Mia no começo, da pra ver que ele jogou prestando bastante atenção hein.

      • 1107Anime

        ZANGADO ESTÁ UMA DECEPÇÃO, ATÉ NOS VÍDEOS DE SAGAS ESTÁ UMA DROGA, ANTIGAMENTE ELE DAVA UM PACOTE GERAL DE TUDO QUE OS GAMES OFERECIAM, E ME REFIRO AO USO DO VR NESSE CASO, CRITICAR O GRÁFICO E NÃO EXPLICAR O POR QUÊ É FÁCIL DE MAIS , OU ALGO DO TIPO.

        • Lucas

          Tanta gente desinformada falando sobre esse jogo, nem a gente aqui que analisa cada canto entendeu 100% de tudo… O pior que eu li era de um cara que diz ter jogado falando que nesse jogo explica que o T-Virus é resultado de uma infecção de fantasmas (não estou brincando)

        • Guilherme Rodrigues

          Velberan tem uma analise bem mais coerente e pé no chão, soube analizar bem o jogo como um todo, citando seus pros e contras.

      • Small

        Cometeu alguns erros mas ele está certo em afirmar que esse jogo com nome RE 7 sofreu muitas influências, inclusive dos clássicos RE, mas isso não quer dizer que seja um RE. A Capcom enganou muita gente com esse título, mas aos poucos as pessoas tão vendo que o jogo é uma mistura de tudo, e não RE.

        • 1107Anime

          NÃO ERA PARA VOLTAR AS ORIGENS? PEGOU JUSTAMENTE A PARTE CLÁSSICA PARA FAZER UMA HISTÓRIA, TODO RESIDENT SOFREU INFLUÊNCIAS, MAS ESSE NÃO PODE NÉ?

        • JuanEvil

          Não dá mais para afirmar o que realmente é Resident Evil, pois a franquia mudou tanto ao longo dos anos que a partir de agora RE é o que a Capcom quer que RE seje. E o que os fãs acham que é RE varia muito, por exemplo algumas pessoas acham que RE de verdade é o 1,2 e o 3 para outras RE de verdade é o 4,5 e 6, e agora que a Capcom mudou de novo vão surgir novos fãs alegando que o verdadeiro RE é RE7. A fanbase está mais dividida agora do que nunca e é quase impossível que os fãs entrem em um acordo sobre o que é Resident Evil.

          • 1107Anime

            OS FÃS DE RESIDENT EVIL SÃO OS PIORES MANO, PODE TER CERTEZA QUE A CAPCOM VAI CONTINUAR COM AÇÃO NOS SPIN OFFS, E A SERIE REVELATIONS COM CERTEZA VAI CONTINUAR.
            ACREDITO QUE A HISTÓRIA OU OS PERSONAGENS CLÁSSICOS MIGREM PARA REVELATIONS E FILMES CG, E A SAGA PRINCIPAL FOQUE NOS PERSONAGENS MAIS HUMANOS.

          • Small

            Você está errado e é a mesma ideia que essa nova geração tem sobre a franquia. A franquia RE está presente até o Code Verônica, daí em diante são games baseados em outros games, inclusive RE. A Capcom “cagou” no RE4 em diante, criou uma geração que não sabe o que é um clássico. Fez mais um game sem muitos elementos da franquia original.

          • JuanEvil

            Existiu uma época em que a formula dos 3 primeiros games e o Conde Verônica funcionava, mas essa época passou, a franquia teve que se adaptar e criou uma nova geração a do 4 5 e 6, agora a formula desses games já está batida e Capcom de novo teve que adaptar a franquia criando o 7 se eles tivesse seguido a mesma fórmula dos três primeiros games, a franquia acabaria no Code Verônica.

          • Small

            Com relação a câmera e jogabilidade, sim é verdade, mas não os outros fatores que ela deixou de lado, a partir do RE 4 em diante.

          • 1107Anime

            e aí ela tras de volta, e não resident evil por causa da câmera

          • JuanEvil

            Bem nisso eu concordo vc vc.

          • 1107Anime
          • Lucas

            Se tem uma coisa que não erraram foi no RE4, se não tivesse existido não teriamos RE hoje em dia.

          • Small

            Você não jogou Parasite Eve 2, Alone in the Dar – The new Nightmare, Dino Crisis e por aí vai…

            Aposto que tem menos de 20 anos.

          • 1107Anime

            bons jogos, e olha o que aconteceu com dois deles por não se reinventar…

          • Small

            Ah, mudaram sim, mas foi uma mudança errada, igual foi o RE4 em diante.

          • 1107Anime

            se você acha que vender mais jogos que os anteriores é uma mudança, nunca seja empresário mano.
            evidente que ocorreu uma crise de identidade, mas comercialmente cresceu bastante, alone e dino foram enterrados amigo,
            Enquanto isso Resident evil ainda vive, e para não morrer se reinventou de novo, trazendo algo muito próximo do Resident evil 1 do psx.

            http://m.memegen.com/tzlj1s.jpg

          • Small

            Só fala besteira.

          • 1107Anime
          • Small

            Chuto 13 anos

          • 1107Anime
          • Marcos Vinicius

            Esqueceu que a franquia estava cansada e mais da mesmo naqueles tempos ?
            A mudança no 4 foi necessário e inovador (agradeça ao Mikami por isso).
            Pode não ser um puro survival horror, mas é um excelente game.

          • Lucas

            Isso mesmo, sempre bom assumir fatos da vida dos outros e apelar pra idade. Não sou eu que faço birra chamando esse jogo de Outlast. Só te digo uma coisa, chora mais alto que a Capcom não ta te ouvindo.

          • Small

            Mencionei a idade porque essa nova geração não sabe o que era jogar um game difícil e com um belo roteiro, coisa que RE7 passa longe.

            A Capcom faz oq ue fazem com COD, fazem games pra geração fraca.

          • Lucas

            Esse papinho de geração fraca é tão zzzzzzz.

          • Small

            Cara, pior é pagar 250 em game single player de no máximo 8 horas. Ou o cara tem dinheiro sobrando ou ele é acionista da Capcom, caso contrário, acho que falta um pouco de inteligência.

          • 1107Anime

            é vey, porque jogo de terror tem que ser multiplayer e ter acesso online tá ligado? pra jogar co-op.
            antigamente Resident evil 1, só tinha single palyer e mais nada, POSERS são o que são msm.

          • Lucas

            “Máximo 8 horas” aí vai depender de quem joga, tem gente que explora absolutamente tudo, e outros que estão só pra se divertir. Mas também acho caro pelo o que está vendendo, mesmo que eu ache que está no padrão de tempo dos clássicos. Ainda acho que deveriam se espelhar na Blizzard e darem as DLCs de graça (pelo menos uma já vai ser, ufa). Mas estamos falando da Capcom né $$$$

          • 1107Anime

            belo roteiro, cheio de mistério, conspiração, empresa misteriosa, arma biológica… pera to citando RE7.
            Falou o cara que jogou na MADHOUSE.
            mano sabe o que você queria? ilha explodindo e helicóptero no por do sol.

        • Lucas

          Ah sim, é Outlast.

        • Marcos Vinicius

          Enganou ?
          Eu encontrei e achei:
          Salas seguras com baús e o save (alem de ter música própria);
          Portas trancadas que necessitam de chave especifica;
          Idas e vindas no cenário;
          Um velho ”carismático” te incomodando, lembra muito o Nemesis;
          Inimigos comuns se assemelham a zumbis;
          Mansão (Remake);
          Fazenda (Resident Evil 4);
          Armadilhas;
          Medidor de vida de volta;
          Arma biologica causadora de tudo.

          Vi gameplays comentados no youtube, pessoal feliz que essas coisas estavam de volta, lembrando os ”velhos tempos”,
          sem esse choro desnecessário que tem por aqui.

          • 1107Anime

            sem falar dos puzzles quase “iguais” do primeiro RE

          • Thiago Gonçalves

            Lembre-se que tem também, puzzle com quadros, escopetas, lança-granadas, lança-chamas, ervas, possibilidade de combinações de itens e final com helicóptero sobrevoando o local depois de resgatar o personagem principal.

          • Marcos Vinicius

            Sim, eu poderia fazer uma lista grande, Mas tudo isso que a gente citou, segundo os entendedores mestres da saga, isso não lembra RE. :p

    • Marcos Vinicius

      Ótima análise ? O cara cita um monte de referencias (inclusive de F.E.A.R), mas esqueceu de citar o roteirista do jogo (Richard Pearsey).
      Mas quando ele fez a análise dos clássicos (principalmente do 1 e Remake), ele não esquece do Mikami e de suas influencias.
      Por isso as análises do Zangado hoje é muito estranha e sem sal, antigamente ele era mais detalhista, mas quer fazer as coisas na pressa… =/

      • Lucas

        Achei engraçado ele exigindo continuidade, ele não se lembra de RE4 não? Jogo que acho foda mas simplesmente ignorou 90% de tudo dos outros jogos. Concordei em partes com o vídeo, principalmente sobre a “geração dos jogadores”, RE mudou tanto no passar dos anos que isso realmente aconteceu, mas não vejo como uma falha. Também é claro que a Capcom seguiu uma rota mais fácil tornando o jogo em primeira pessoa, uma vez que esses jogos se popularizaram demais. Mas enfim né, não da para agradar todo mundo.

        • Marcos Vinicius

          Sim, a análise dele não é de todo ruim, mas ignorou certas coisas (você mesmo citou). Mikami pegou muita coisa pra fazer RE1/Remake e nem por isso geral desceu a lenha no game. Agora a Capcom faz a mesma coisa no 7 e o jogo é uma merda. Ou seja [????] …
          Não vou nem falar do 4.

          Dishonored é uma cópia sem vergonha de Bioshock, ninguem reclama. Nem me venham com essa ”ah mas tem diferença e …”
          Sim, te diferença, mas Resident Evil 7 não pode lembrar outro jogo ou filme que já é um lixo, pelo amor …

          • JuanEvil

            Concordo com vc, o RE7 tem muitas referências, mas isso não torna o jogo ruim pelo contrário, a Capcom conseguiu misturar várias coisas que fizeram/fazem sucesso e criar um jogo muito bom com uma história envolvente, personagens carismáticos (com exceção do protagonista), e a volta do survival horror e elementos clássicos da franquia, dizer que RE7 tem muitas influências não é errado agora dizer que é cópia?

          • 1107Anime

            TAMBÉM CONCORDO COM O PROTAGONISTA, MAS ACHO EU QUE ELES QUISERAM FAZER DO JOGADOR O PROTAGONISTA, POIS O QUE O ETHAN NÃO SABE, NÓS TAMBÉM NÃO SABEMOS….

          • JuanEvil

            Sim, eu realmente não senti tanta falta do carisma do Ethan pq os outros personagens conseguem conduzir a história muito bem, principalmente a Mia.

        • Guilherme Rodrigues

          Geral que tá reclamando do RE7 não lembra do RE4. Cara, história de RE4 foge totalmente de tudo (não estou afirmando que o jogo é ruim, pelo contrário, é um ótimo jogo), mas RE7 é crucificado, né? RE7 consegue ser muito mais RE que RE4.

      • Small

        Sim, ele pode ter esquecido esses detalhes, mas a ideia principal da análise ele não errou: “parece que é um jogo que tem influências de Resident Evil, isso não necessariamente o torna um”.

        • 1107Anime

          COMO NÃO? É UM JOGO QUE EM TODO SEU CONTEXTO FALA DE ARMA BIOLÓGICA, TODO ESSE MIMIMI POR SER EM PRIMEIRA PESSOA, É TÃO RESIDENT QUE TEM ATÉ PUZZLES IGUAIS AOS DO PRIMEIRO JOGO. TÔ FALANDO QUE SE FOR COM OS PERSONAGENS JÁ CONHECIDOS PARA OS POSERS NÃO É RESIDENT EVIL!!!

          • Small

            A maioria dos games de terror tem tudo isso. Porque está gritando no texto, escrevendo tudo em maiúsculo?

          • 1107Anime

            CONHECE ALGO CHAMADO CAPS LOCK?? ESTÁ LIGADO AKI POSER. KKKK
            Claro são jogos de terror, quase todos tem isso é um gênero, e Resident não se encaixa nisso? (tá melhor agora sem o CAPS LOCK)

          • Small

            Escrever em letras maiúsculas dá impressão que quer chamar atenção, que está desesperado.

          • 1107Anime
        • Marcos Vinicius

          Ou seja, ele errou. Essa coisa de influencia de Resident Evil, cairia melhor no 6, esse que teria de tudo um pouco, e no final, não tem nada.

          • 1107Anime

            na verdade tem do 4 e do 5, já que como ele queria uma continuação direta

    • Rodrigo Zika!

      Eu vi a analise dele, concordo com umas coisas, e outras não.

  • 1107Anime

    aconselho o grande Velberan
    https://www.youtube.com/watch?v=EXAeZozBins

    • Rodrigo Zika!

      Sou inscrito no canal, bom demais.

  • 1107Anime
  • 1107Anime

    ISSO AKI TAMBÉM NÃO É RESIDENT EVIL, POSERS!!
    https://www.youtube.com/watch?v=IjX6RFbicv0

  • Guilherme Rodrigues

    Capcom tem mais é que continuar com as mudanças trazidas no RE7, não ter que se encomodar em birra de uma pequena parcela. Quem continua insistindo que o jogo não é RE etc, podem continuam digitando seus mimimis, não vai fazer a menor diferença, pois o público em sua maioria abraçou as mudanças e curtiu. Que a série numerada continue com as mesmas mudanças apresentadas no RE7!

    • 1107Anime
    • Lucas

      Eu to rezando pra ser um sucesso de vendas, porque de críticas já é. Reclamam que a história não é original de um jogo em que nunca teve isso, eu hein. Desde o início a saga foi inspirada em outras obras, agora não pode mais? Eu entendo que pode ter tido sim uma inspiração em Outlast e Amnésia, mas apenas na câmera. A Capcom simplesmente entrou em um mercado de jogos que está fazendo muito sucesso, onde está o erro nisso? Além das comparações com Silent Hill que são bem fáceis de fazer uma vez que os primeiros RE e SH lançaram quase que ao mesmo tempo, as duas franquias tem suas similaridades. E pensar que tudo isso é começou por causa da câmera… Nunca vi ninguém dizer que Fallout 3 não é Fallout.

      • 1107Anime

        criatividade são os antigos RE que sempre acabam bom explosão kkk aprovo essa mudança de roteiro

        • Lucas

          Não, criatividade é o santo graal e pai dos jogos de terror que inventou a câmera em primeira pessoa: Outlast.

          • 1107Anime

            Por isso todo jogo em 1º pessoa é cópia de Outlast, ou silent hill.
            Interesante que os fãs de silent hill, que nunca teve um gameplay em 1º pessoa, aprovou a mudança em PT, e os posers fãs de RE, não conseguem aprovar.

          • Lucas

            Na verdade Silent Hill 4 tinha câmera em primeira pessoa em algumas partes do jogo (pra falar a verdade não lembro muito desse jogo), e também nunca vi reclamarem. Além de que a fan base de Silent Hill é muito suave, depois das atrocidades que foram os últimos jogos qualquer melhora é lucro hahaha.

          • 1107Anime

            é o the room, ficava dentro do apartamento, fora era terceira pessoa.

      • JuanEvil

        Faço de suas palavras as minhas.

      • Marcos Vinicius

        Skyrim é uma cópia de Fallout 3;
        Dragon Age de Mass Effect;

        Fod#-s#. Ninguém liga.

        ”Mas é da mesma produtora, ela pode copiar”.
        Sim, Haunting Ground também é da Capcom, ela pode muito bem ter pego essa coisa de perseguidor desse game e não de Outlast.
        O que se assemelha nisso seria apenas a câmera, mas o pessoal aqui esquece do Haunting Ground, só vê o joguinho indie. =x

        • 1107Anime

          se alone tivesse feito muito sucesso, pessoal ia falar que resident era uma cópia…

          • Marcos Vinicius

            Silent Hill é uma cópia de Resident Evil.

            Se for nesse pensamento dos hater de RE7 …

      • Guilherme Rodrigues

        Resident Evil 7 pode ter algumas inspirações em outros jogos e filmes, mas o jogo possui sua identidade própria como RE. O primeiro Resident Evil se inspirou MUITO em filmes B, mas alguém reclama? Além disso teve inspiração em outro jogo, Sweet Home, por exemplo. Essa cambada de fresco querendo crucificar o jogo digitando baboseira é tenso.

        • Marcos Vinicius

          E Sweet Home é relacionado com o seu filme do mesmo nome.
          Não esqueça de Alone in the Dark.

          • Guilherme Rodrigues

            Sim, é verdade, esqueci de mencionar Alone in the Dark. Para você ver que essa birra toda com RE7 não tem lógica.

          • Marcos Vinicius

            Sim.

            Olha a sinopse do game: ”Em Alone in the Dark seguimos a trajetória de Edward Carnby (ou Emily Hartwood) em sua busca pela verdade na mansão Derceto, onde Jeremy Hartwood cometeu suicídio.”

            O jogo é de 1992… não preciso dizer mais nada. :p

  • Luther

    Amei o jogo, de verdade. Não me sentia assim há muito tempo jogando um Resident Evil. Que ambientação perfeita. O único ponto negativo pra mim, tentando não dar spoilers, foi próximo do final do game, quando a história começa a se desenvolver a fundo em um novo cenário. Por aí, em alguns momentos eu perdi o clima, principalmente durante a fita ‘final’, mas isso definitivamente não atrapalha o jogo como um todo, além de ser perfeitamente compreensível dentro dos motivos do enredo. Minha nota seria 9,5 (de alguém que é muito fã da série e aprecia bons jogos, apesar de pouco conhecimento técnico). A trilha sonora é um show a parte, e o final… Simplesmente sem palavras, por mais que tenha restado dúvida, eu arrepiei completamente. JOGO INCRÍVEL.

    • JuanEvil

      Vc gostou da Mia?

  • André Hichuki

    Resident Evil 3 – Capcom inova e coloca sistema de esquiva, novo inimigo implacavel te persegue o tempo todo, incoerência com os eventos de RE2 —> OK
    Resident Evil 4 – Capcom inova e muda a câmera, nova história, poquíssima ligação com os eventos dos jogos anteriores, não tem zumbi, tiroteio e ação frenética,
    QTE’s —> OK
    Resident Evil Zero – Capcom inova com sistema de “zap” entre os personagens, não tem os personagens famosos —> OK
    Resident Evil Outbreak – Capcom inova com possibilidade de jogar online pela primeira vez na série, não tem personagens clássicos, loads demorados da pqp —> OK
    Resident Evil 5 – Capcom inova com possibilidade de jogar “2 players’m Chris bombadaço, ação louca e desemfreada, mataro a Jill, não pera, mataro o Wesker, IA da Sheva burra —> OK
    (não vou comentar RE6 por motivos de: o jogo é uma bosta)
    Resident Evil: Umbrella e Darkside Chronicles – Capcom inova com jogo “sobre trilhos”, eventos bagunçados, história resumida e mal contada, 1.a pessoa —-> OK
    Resident Evil Revelations – Capcom inova com o “genesis scan” pra encontrar itens, não tem zumbi, personagens novos, Parker morreu, não pera… não tem mansão —> OK
    Resident Evil Revelations 2 – Capcom Inova com garotinha sensitiva que encontra itens e vê inimigos ocultos, não tem zumbi, inimigo invisivel 1 hit kill, mataro outro wesker —> OK
    Resident Evil 7 – ÓDIO, HATE, OUTLAST, MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA, ÇOCORRRO ACABARO COM A SÉRIE, AINNN CAPCOM MALDITA, ODEIO, ODEIO… AINNNN NÃO É RESIDENT EVIL, MEU MUNDO ACABOU, AIINNNN CADÊ O LEON? AIINNN QUERIA A CLAIRE, ÓDIO, ÓDIO.

    Resident Evil 7 tem tanta coisa do universo da série, se bobear tem mais coisa em comum do que “inovações”, mas deve tá na moda ser “hater” né… Vai entender esse povo mimizento

    • Pedro da boleia

      não, não tem.

    • Guilherme Rodrigues

      A cambada de hater nem pegou no jogo, simplesmente ficam digitando besteira sem ter jogado nada. Estava olhando as reviews da Steam, simplesmente não há uma única review negativa dizendo que o jogo seja ruim, as reviews negativas que deram foram apenas por causa de problemas técnicos do jogo não rodar no PC ou coisa assim. É evidente que quem reclama nem chegou perto o jogo. Não há credibilidade nenhuma no argumento desses birrentos.

    • Bruna Mattos

      Eu já vi chuvas de hate bastante parecidas em 2005 (RE4) e 2009 (RE5).

      RE4 porque realmente trouxe uma mudança gigantesca, mas principalmente porque as pessoas parecem que precisam defender um status idiota de fã definido por algum código estúpido que elas mesmas adotaram pra si e pras outras pessoas. Em 2005, se vc era fã de RE, vc não podia gostar de RE4. Quem conheceu a série por RE4 era “pseudo-fã”. Mas tá aí né, RE4 é o jogo mais portado da série, já saiu pra trocentas plataformas e vende bem a cada relançamento. É um ícone da indústria.

      RE5 foi em menor escala, mas o mesmo chororô existia pela morte do Wesker e guinada pra ação bem acentuada. É o RE mais vendido da franquia.

      Resumo da ópera: um bando de barbado se comportando feito criança na internet.

      • ratStar

        “…um bando de barbado se comportando feito criança na internet…”
        Super concordo!!!
        A coisa chegou a um ponto tão extremo que o pessoal do Revil teve que tirar o sistema de notas pelos usuários. Quanta infantilidade!
        Galera, pára que tá feio já!

      • Small

        Engraçado é que você está tendo a mesma atitude desses fans que você mesma critica. Criou um ódio pela opinião de quem não gostou do jogo. E não venha dizer que quem critica RE7 são hater e mal educados, essa não cola mais!

        Outra: jogo ser o mais vendido não é sinônimo de qualidade – No Man’s Sky é um exemplo nisso, vendeu muito e só depois de algum tempo foi constatado que o jogo entrega menos do que prometia. Assim como os mais recentes call of duty, que vendem muito mas nasce como um game datado, gráficos ultrapassados e jogabilidade porca.

        Existem fans imparciais, que admiram ou não alguma coisa e existem fans que não enxergam nada em volta e muito menos o que defendem.

        Também não dá pra esperar imparcialidade em um blog que faz propaganda do jogo em uma loja.

        • Bruna Mattos

          “Também não dá pra esperar imparcialidade em um blog que faz propaganda do jogo em uma loja”.

          Então fechem todos os sites de games. Porque basicamente TODOS estão com publicidade de Resident Evil 7 (muito maiores que as daqui por sinal).

          Mas espera, já tô até prevendo a sua resposta: “é por isso que as críticas foram positivas”.

          Aí a gente volta pra No Man’s Sky, que você mesmo citou. Também extremamente veiculado, com publicidade massiva, e fracasso de críticas.

          Mais uma vez, você mostra que não sabe do que está falando e a cada comentário é só pura tentativa de causar.

          Mas a gente agradece a audiência 😉

          • Small

            “Então fechem todos os sites de games. Porque basicamente TODOS estão com publicidade de Resident Evil 7 (muito maiores que as daqui por sinal).”

            Devem estar com publicidade mascarada e desleal, escondida em críticas mal feitas ou o meu Adblock está funcionando muito bem, porque não vejo site algum com propaganda do RE7.

            Você entende da forma que quer entender as coisas, não da forma que foi explicada. Fazer crítica de um game SÓ com pontos positivos não é uma crítica confiável, com ou sem patrocínio. E eu sou da ideia de que nenhum site deveria fazer crítica de um jogo ou qualquer produto com patrocínio do mesmo, fica evidente que é uma crítica manipulada. Nem vou alongar a conversa sobre essa crítica munida de emoção e outros fatores comerciais que você fez.

            Você está também enganada com relação aos meus comentários, pois, sempre fui educado com o meu ponto de vista, sem ofender ou ser arrogante com muitos contrário a minha opinião são. E eu não estou nem aí se “o bando” não concorda comigo.

            Como disse em outra ocasião: tenha cabeça aberta pra ler opiniões contrárias a sua, como você mesma disse, são elas que fazem esse blog ter audiência.

            Abraço!

          • Bruna Mattos

            E estou tendo cabeça aberta mesmo. Até porque você, infelizmente, é um dos poucos (talvez o único) que que até o momento:
            – disse que eu não joguei o jogo
            – que minha crítica não é confiável por eu ser fã da série…. esse argumento, inclusive, invalida a opinião de qualquer pessoa que visite o REVIL e se julgue fã da série – é o seu caso também? =/
            – que o site não tem credibilidade
            – que a análise não tem credibilidade porque existe uma propaganda de RE7.

            Mas tudo isso por que: você discorda! 🙂

            Espero que você esteja tendo os mesmo comportamento em relação a outros veículos que deram notas semelhantes a essa, porque tem várias por aí, inclusive mais altas. Mas a sua visão e pensamento seletivo devem funcionar exatamente assim: você não viu os comentários negativos feitos ao jogo nessa mesma análise (existe até uma lista, se vc não notou; aliás, a nota não é máxima justamente porque existem pontos negativos, não achei que eu precisasse ter que desenhar isso), você coincidentemente também não está vendo toda a publicidade de RE7 espalhada pela internet.

            Desculpa, mas colocar a credibilidade do REVIL em xeque porque você DISCORDA É ser arrogante. Isso, aliás, é extremamente incompatível com o fato de você estar aqui incansavelmente comentando. Tem maluco pra tudo, mas eu não costumo acessar sites que julgo não ter credibilidade, mas aí são os seus valores, não é mesmo?

          • Small

            Steam:
            http://steamcommunity.com/id/small-ville/

            Não leu direito: crítica que só tem pontos positivos não é uma crítica confiável. Crítica com banner vendendo o peixe também não é confiável.

            Não disse que a sua crítica não é confiável por ser fan da série, mas que a fez motivada por emoção e fatores comerciais.

            Outra, se desse a nota máxima serie mesmo um tiro no pé, também não precisa ser um gênio pra presumir isso, não é verdade?

            “colocar a credibilidade do REVIL em xeque porque você DISCORDA É ser arrogante.”. Desculpa mas eu vou fingir que não li isso!

            Sim eu sou maluco em dar opinião contrária a sua, obrigado.

            E eu comento em muitos lugares, especialmente quando leio muita baboseira/ textos sem nexo que fogem da realidade.

            “Mas considerando que esse papo já se estendeu demais e acho que 18 anos de REVIL falam o suficiente sobre a credibilidade do site, bem mais do que o comentário de alguém que eu nem sei quem é… passar bem e divirta-se chorando nos comentários por que discorda de uma nota.”

            Colocou na cabeça que não concordar com sua crítica e que tenha jogado o jogo antes de faze-la, estaria colocando a credibilidade do blog em jogo. Então também colocou a minha credibilidade em jogo, perguntando se eu joguei o jogo. Estamos quites!

    • Rodrigo Zika!

      Seu argumento e perfeito, sem mais, parabéns.

  • “…O final dúbio e incerto
    pode, por enquanto, ser interpretado de várias maneiras. Enquanto, por
    um lado, seja divertido estar ao lado da comunidade de fãs para debater e
    estabelecer teorias, fica nítido que a história só será totalmente
    compreendida após as DLCs prometidas pela Capcom. O que deveria ser
    conteúdo extra – comprado à parte – pode se tornar algo obrigatório
    para quem desejar uma experiência mais completa, pelo menos no que diz
    respeito à trama…”

    Pelo que eu me lembro, a gente está comprando a história do Ethan, e essa foi contada do inicio ao fim, faz muito sentido os produtores deixarem para a DLC (e talvez no RE8) o que se passa por trás, e que o Ethan muito provavelmente não está envolvido diretamente.

    • Rafael Tramontin

      Eu não concordo com o rumo que a industria tomou e não concordo em aceitarmos isso.
      Imagina se em Resident Evil 2 o cenário B, o 4th survivor e o Tofu Survivor fossem DLC?
      Ou se o modo mercenários e as roupas extras de RE3 só viessem na “definitive edition”?
      Ou se o Separate Ways e o Assignment Ada fossem DLC(embora não estivesse na versão de Game Cube). Afinal, compramos só a historia do Leon, não é mesmo?
      DLCs deveriam ser eventuais, e não regra, como são hoje.

      • 1107Anime

        infelizmente também acho, mas é o mercado de games em geral que está assim, pelo menos a dlc mais importante será lançada entre março e junho e grátis.

      • Marcos Vinicius

        Os jogos de hoje em dia vem tudo picotado, nem adianta mais reclamar, o mercado se adaptou a isso, infelizmente. =s
        O bom que no fim, sempre temos a versão ”definitiva” com todas as dlcs inclusas, para aqueles que não forem comprar o jogo agora,
        só esperar sair essa versão -> Resident Evil 7 GOTY Edition (Gold Edition, quem sabe).

  • Pedro Henrique (Phandora)

    Eu só achei o jogo fácil. Não sei. A falta de munição realmente existiu em algumas situações, mas tipo, eu passava correndo mais fácil pelos Mofados que pelos zumbis, eu sinceramente passei correndo por 3 mofados de uma vez e eles ficaram de boas.

    Jack – É mágico, amei jogar e enfrentar o Jack, todas as vezes fiquei com friozinho na barriga.
    Marguerite Baker – Louca dos insetos (mesma coisa da loca dos gatos)
    Lucas – Não teve metamorfose, senti falta disso (ou eu não encontrei essa boss fight)
    Ambiente – Perfeito, lindo, mágico, assustador.
    Bosses – A Luta da Mia foi a melhor do jogo, desculpa..
    Mia- Vaca
    Mofados – Prefiro zumbis.

    Gostei, terminei hoje e pretendo terminar mais vezes. 😀

    • JuanEvil

      Só discordo de uma coisa, Mia-Linda

      • Marcos Vinicius

        Não se iluda muito, Mia tem uma certa culpa pelos … spoilers. 😀

        • JuanEvil

          Sim eu sei, mas acredito que ela tenha se arrependido e eu gostei tanto dela que eu perdoo, afinal todos merecem uma segunda chance(até mesmo uma personagem de um game).

        • Guilherme Rodrigues

          Me arrependi de ter escolhido a Zoe.

          • Marcos Vinicius

            Por acontecer o final que não gostamos ?

          • Guilherme Rodrigues

            Agora que notei, mas estamos spoilando, ao menos acho que meu comentário pode ser considerado. De uma forma ou de outra, achei melhor deletar.

          • Marcos Vinicius

            Editei. ^^

    • Marcos Vinicius

      Lucas é uma incógnita, explicar a possivel relação dele no game em geral, seria spoiler.

  • Leonidas Pereira

    Ótima review! Acabei de terminar o jogo, e achei maravilhoso!
    Mas oque eu não consigo entender são algumas pessoas nos comentários: “não tem zumbi. é um ponto negativo”. Cara, o nome do jogo é Biohazard (na versão original/japonesa). Biohazard = Perigo Biológico, e não Perigo Zumbi. Zumbis foram um dos inimigos, assim como os Hunters, o Nemesis, os ganados e, agora, os mofados.
    E eu não consigo entender as pessoas que cismam em afirmar que o jogo é uma “cópia de Outlast” porque ele é em primeira pessoa, e tem um cara que te persegue por 1/4 da campanha. Como se Outlast fosse o grande jogo que apresentou essa proposta.
    Mas eu posso afirmar que a estória inicial é bem parecida com a de Silent Hill 2: Marido vai atras de esposa que supostamente está morta. E pronto. Acabou por ai… Bem, tirando o cara que te persegue (Jack Baker e Pyramid Head). Mas ei, inspirações tão ai pra isso.

  • Gabrielle Piedade

    Que game top! Estive um pouco ausente em decorrência da maravilhosa experiência de jogar este novo arco da série. Joguei com calma e sem pressa…explorando cada canto e file minuciosamente, com atenção em vários detalhes. Não obstante a experiência do game, assisti ontem ao filme Resident Evil 6 – Capítulo Final e algo definitivamente me chamou a atenção ao traçar um paralelo com o game.

    [SPOILER SOBRE O FILME DEVIDO AO PARALELO QUE TRACEI COM O GAME].

    No filme é revelado a verdadeira história da protagonista, Alice. Pois bem. A verdadeira Alice, na verdade, já é uma senhora e presidente da Umbrella, a qual sofre de uma doença chamada PROGÉRIA, enquanto a Alice do filme é na verdade o seu clone de sua fase mulher. Mas por que clone de “sua fase mulher”? A doença progéria é uma enfermidade genética a qual apresenta sintomas rápidos de envelhecimento em um indivíduo logo em seus primeiros anos de vida. Portanto, como a verdadeira Alice envelhecia de forma muito rápida em decorrência da PROGÉRIA, fizeram um clone de seu DNA sem a doença para que lograssem exito em ter a Alice na fase jovial. Neste sentido, traçando um paralelo com o game, me veio em mente a senhora Camile (que na verdade é a B.O.W Eveline) pois tal arma biológica, ao meu ver, sofre da doença progéria, ao passo que envelhece 25x vezes mais rápido do que o tempo normal do processo de envelhecimento. Sendo assim, creio que a B.O.W Eveline foi um experimento que deu certo até a página 2, pois saiu do controle ao contrair de alguma forma (a qual não sei ainda explicar) a PROGÉRIA, que em conjunto com as demais células criou um efeito ainda mais devastador. Resumindo, creio que de alguma forma a progéria poderá ser abordada no jogo, talvez ela seja um ponto de partida para a criação do novo vírus (digo vírus no sentido lato, ao passo que game aborda fungos e outras formas de vida viral biológica). Detalhe: A Alice do filme é como a Camile, uma “véia” na cadeira de rodas…

    Posso estar viajando, mas achei interessante a abordagem sobre a doença progéria, a qual causa no ser o seu envelhecimento de forma muito rápida e precoce, ao passo que temos no jogo uma arma biológica que envelhece de forma 25 vezes mais rápida se não tomar a devida medicação (salvo engano).

    • 1107Anime

      o roteiro vazado do filme já afirmava que seria isso.

      • Gustavo Villela

        o roteiro vazado do filme é falso… falaram que era a Alice velha, e não uma Alice com essa doença

    • Gustavo Villela

      SPOILERS DO FILME
      É revelado que no filme tem um inimigo de re7… eu assisti o filme 2 vezes e ainda nao entendi se é um monstro que aparece lá (se apareceu não consegui identificar com nenhum do re7), ou se é a própria Alice original, da qual sofre a doença progéria (se bem que ela não é um inimigo, mas a semelhância com a personagem Eveline de re7 é gritante)

      • Rodrigo Zika!

        Eu vi o filme, e a semelhança, e só nessa parte de envelhecer rápido, porque de resto não vejo nada, a Alice nova e um clone, a velha e a original, no caso da Eveline ela e uma bow, criada pra tal proposito, então só a velhice que vejo de igual ai, no caso do mostro parecido, no filme, na parte que ela ta numa sala escura no filme, aparece um monstro, que lembra os mofados, só e um pouco avermelhado.

        • Gustavo Villela

          exato! E sobre os mofados no filme… pode até ser, mas deram uma modificada legal kkkkk

          • Rodrigo Zika!

            No filme ficou mais tenso kkkkkkkkk

  • 1107Anime

    Só uma ultima análise aqui do game, impossível não elogiar a variedade de possibilidades de acontecimentos nos encontros com os boss, principalmente o jack, muitas variedades de acontecimentos como o jack arrancar sua perna e brincar com você para curar sua perna, a luta na garagem que dá a possibilidade do jack andar no carro, Jack quebrando o pescoço do personagem, enfiar a motosserra na cabeça do Jack, são muitas variedades de combates e acontecimentos que o jogo proporciona, infelizmente nego zera o game uma vez e já faz uma análise sem ver todas essas possibilidades…

  • Giovany77

    Joguei o jogo , infelizmente , não gostei , não por causa da ambientação ou algo do tipo , achei que a história do jogo ficou muito fechada ali entre o jogo e não teve muita ligação ou quase nada de ligação com os outros , o que é meio triste por sempre termos isso em todos os RE , a câmera em 1 pessoa dá uma ambientação a mais no terror , mas acho que foi uma mudança que poderia ter sido feita de outra forma , deixando a 3 pessoa e dando mais ênfase e carisma ao personagem , até porque pode-se perceber que os inimigos do jogo são mais ” queridos ” neste momento do que o próprio personagem , achei o Jack muito parecido com o Nemesis , Pyramid Head , achei bom e ruim ao mesmo tempo , porque bom que lembramos desses personagens e surge um certo frio na barriga , mas o ruim que sabemos que está ali pra ter um certo fã service , foi legal o incentivo da Capcom em colocar uma pessoa comum nesse ar de BioTerrorismo , lembrou muito a Claire em RE2 , o que foi muito ruim foi o final , que sabemos que a maioria ficou sem entender até agora e que talvez as DLC esclareçam , jogo mediano para bom , nada de tão espetacular assim , mas não é ruim , as mudanças ( se posso chamar assim ) foi a volta do terror e todo o ambientalismo , perseguição dos personagens e um tom mais sombrio e obscuro , que causa medo e agonia em quem joga pela 1 vez , e fazer o que enquanto a câmera ? eu realmente DETESTEI a forma em 1 pessoa , porque todos os jogos dá série que tentaram este estilo não foram muito bem ( RE Umbrella e Darkside Chronicles , RE Survivor 1 e 2 entre outros cujo eu me esqueci ) , mas acharam que isso seria uma boa hora de mudar para este estilo que sejamos francos está na moda na maioria dos jogos de terror ( PT , Amnésia , Outlast ) é a evolução jovens , querendo ou não , daria uma nota 7 ( sem trocadilho com o nome ) nada de tão espetacular , mas nada de todo ruim , pode melhorar , mas tem seus lados bons , citei apenas os ruins para dizer o que eu não gostei no jogo e o que eu acho que pode melhorar em um futuro .

    • 1107Anime

      cara na verdade não teve ligação entre outros RE, Resident evil 4 não tem ralçaõ com nenhum, a história é fechada no próprio jogo.

      • Marcos Vinicius

        A única coisa que o RE4 trás de relevante aos próximos RE’s seria apenas as Las Plagas. Não vou dizer o que RE7 trouxe para os proximos games, porque é spoiler.

    • Lucas

      Finalmente alguém que não gostou e escreveu uma crítica sensata.

      • Guilherme Rodrigues

        Essa é a diferença entre alguém que realmente jogou e não gostou, não de um alguém que vê gameplay e tenta enfiar defeito em tudo no jogo.

    • Rafael Tramontin

      A única coisa que eu corrigiria: RE4 cita que a Umbrella faliu nos primeiros 10 segundos do Game e tem Leon de protagonista com Ada e Wesker. Fora isso a historia não se ligava a nada visto na série até então. Ele só foi se encaixar na história com o RE5 contando melhor tudo.

  • 1107Anime
    • Rodrigo Zika!

      Muito bom o vídeo, esse sim sabe dar opinião, sem dizer que copia outros jogos.

      • Guilherme Rodrigues

        Depois vê a opinião do Velberam e Dave Jones, também souberam analisar bem o jogo ao contrário daquele Youtuber Z.

        • Rodrigo Zika!

          Velberan e foda

          • Guilherme Rodrigues

            Gosto bastante dele.

  • Rodrigo Zika!

    Bom minha opinião final, apos ler alguns comentários abaixo, RE 1 tão venerado, só existe por causa do pai do SH Alone in the Dark, e o pai de RE Sweet Home, sempre se inspirou em filmes B, um certo gore, e em zumbis, que na época faziam muito sucesso, agora RE 7 traz tudo isso de volta, apenas pegando a câmera usada em jogos de terror atuais, algo que foi feito com RE 4 e 5, colocando ação, na época estava em alta, e os tais personagens clássicos? A sim, já são agentes do governo, ou de alguma organização anti terrorista, e além disso treinados pra matar armas biológicas, teriam eles medo de uma mansão igual de RE 7? Acho que não, a maioria beira os 40 anos, isso se não tiver já, pois o jogo se passa em 2017, não faria sentido algum enfiar goela abaixo algum deles, em RE 7, depois de tudo isso me dizer que não e RE? Só pode ser piada, o que ouve mesmo. com franquias famosas que não inovaram? Estão ativas ate hoje? O jogo pode ter seus erros. como bugs, que serão corrigidos, ou alguma coisa no cenário, mas pra serie e um recomeço, um novo arco, mas sempre considerando os jogos anteriores, com várias citações durante o jogo, algo que não e novidade, pois RE 4, só tinha dos anteriores, Leon, Ada e Krauser, da historia de vírus não tem nada, e a Capcm nunca disse que iria abandonar os personagens clássicos, que podem muito bem vir nos Revelations.

    • Guilherme Rodrigues

      Disse tudo.

    • Marcos Vinicius

      Sem contar que o Chris entra com seus soldados na mansão do Vendetta. Aos que estão de mimimi, vocês acham mesmo que o Chris (experiente) vai entrar em um local que pode conter armadilhas e B.O.W.S sozinho ? Negativo. Só ver os trailers do novo filme, impossivel ter survival horror com Chris e Leon. Nem a Jill ou Claire se ”salvam” mais.

      • Rodrigo Zika!

        Isso o povo não percebe, e alguns ainda insistem, que os personagens clássicos, poderiam estar num jogo de SH, o Rev 2 teve isso, e não vi nenhuma explosão de vendas, tirando os bugs claro.

  • Matheus Nícolas

    Só quero saber quem diabos é o Redfield do final.

    • JuanEvil

      Cara, aqui não é permitido spoilers.

  • Marcos Vinicius

    Essa é minha deixa desse lugar:
    Que jogo horrível. Tem um pouco de Resident Evil nessas salada de referencias!
    https://uploads.disquscdn.com/images/436d73d36201af8e72bfbee540b080e88cec4634bc948299bb0d04ecb103d4b8.jpg

    Flw pessoas.

    • Rodrigo Zika!

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Gustavo Villela

    analise perfeita!

  • Marcos Alves

    Alguns dizem que esse jogo não é Resident Evil. Pra mim é mais Resident Evil que o 4, 5 e o 6 juntos.

  • Lucas De Lima

    Simplesmente amei.
    É incrível como a Capcom conseguiu pegar todos os elementos clássicos da franquia e implementar na nova jogabilidade.
    E aos que dizem: “Isso é Silent Hills” ou “Isso é Outlast”, JOGUEM A PORRA DO JOGO.
    Quem presta a atenção nos detalhes e vê a história, percebe que isso é um Resident Evil sim.

  • Marcio Prado

    Zerei o jogo, e jamais vou considerar isso um Resident evil. S.T.A.R.S.Umbrella,T-virus isso era foda na minha opinião, depois virou uma zoeira, embora o 4 ainda seja muito legal. Trouxeram uns elementos, mas não conseguiram trazer aquela atmosfera, a essência de antigamente que criou fãs e fez a franquia ser conhecida como é hoje. Se fosse um outro jogo que fosse lançado a uns 3 anos atras ate ia, mas hj em dia já saturou jogos assim que sai toda semana na steam. Não levei sustos, sei lá. Como Resident evil dou nota zero. Como um outro jogo de terror qualquer dou nota 6. Até o clock tower do super nintendo me da mais medo que isso ai. Depois do Code Verônica só se salva o 4 pra mim. Dos menos ruins o Revelations 1. O RE 5, 6, 7 e revelations 1 e 2 e outros pra mim é que nem os filmes, dispenso. Estes sendo Residents não vai, se não fossem ate seriam bacaninhas. Cada canto desse jogo é copia de jogos anteriores, e de outros jogos também e de filmes. É o resident com mais falta de criatividade de todos na minha opinião. Não tem nenhuma originalidade esse jogo. Mas o problema em si não é nem ter copiado, mas fazer algo que já saturou, que já ta chato. Eu achei um jogo fraco. Inimigos sem graça, historia fraca, protagonista fraco, tudo sem graça e copiado. Boss totalmente sem graça. Gráficos não me impressionaram. Mas fiquei feliz de não ser mais de ação que nem o 5 e 6. Estou na espectativa do Remake do Resident evil 2, mas depois do 7 estou com um pé atras novamente. Sei que muita gente amou esse jogo. Cada um tem seu gosto e devemos todos respeitar. Fica minha analize ai pra quem não jogou. Essa é minha opinião, eu achei um jogo fraco e sem graça, mas muita gente ta amando ele. A dica é jogue a versão final, não a demo, na casa de alguém antes de comprar. Ou compre e tire suas proprias conclusoes. Só não saia xingando as pessoas pq não tem o gosto que nem o seu que nem muita gente faz. Acha que as pessoas são obrigadas a gostar. Não sou emocionado, jogo a real. Se gosto gosto, se não gosto falo na lata.

  • Luciano Fonseca

    Zerei o jogo no normal e apesar das mortes (minhas) achei o jogo fácil, nenhum puzzle difícil. Primeira pessoa não é meu forte, ja comecei jogando com um pé atrás, sempre com o pensamento que ali poderia ser uma Jill da vida em vez desse desconhecido. História fechadíssima, com certas coisas que fogem muito a lógica (anatomicamente falando) ahuahaua em si, muito gore chega a ser engraçado. Não levei a jogatina a sério. Irei dar mais uma chance ao jogo amanhã, fazendo uma stream no modo hospício, vamos ver se o jogo surpreende no quesito dificuldade no modo liberado. Quem quiser acompanhar segue o link. https://www.youtube.com/c/henarktempla

  • Ryu-senpai
  • Tiago Francisco

    O melhor resident evil de todos e olha que joguei todos… e um dos melhores games da minha vida…
    Quanto aos gráficos em 4k hdr sao lindos como nunca visto antes… acho que a analise erra nesse dado

  • Leonardo Pires

    Bem eu também não gostei desse jog, mas eu fuim e pontos específicos como um todo incluindo o pós que são as partes que achei legal, e os contras do jogo. Muitas pessoas estão focando somente no terror e o terror não e no jogo todo , tem horas que ele se torna repetitivo e chato. Eu tenho todos os jogos da serie incluindo o intermediários. E esse pra mim teve muita copia de muita coisa ja feita , mas detalhei mais no meu programa. Segue o link a quem se interessar. https://www.youtube.com/watch?v=dbegKj690rg

  • Fernando Silva

    Foi válido a Capcom querer resgatar os elementos clássicos, mas sinceramente o jogo é fraco. Não achei difícil de gerenciar armas, munição e itens, na verdade achei que teve muuuita munição e item de cura. E os inimigos (criaturas)?? Tirando a Marguerite e o Jack que só atuam na primeira metade do jogo, só existe um único inimigo o jogo inteiro (com umas varições e outras) mas são todas a mesma criatura, piada! Não vou nem comentar da m… que foi o chefe final. Até as batalhas contra os chefes de RE6 foram mais difíceis e melhores, além disso o jogo é curto. Com relação a sustos pra mim só teve um (quando a Marguerite quebra a janela pouca antes da luta contra ela). O pior enredo de todos os jogos até agora, história rasa e pra variar (irritar) cheia de ponta solta: o que aconteceu com a Zoe e com o Lucas??? O que houve com a Mia depois que o Ethan saiu do navio?? Como um navio daquele tamanho foi parar no meio do pântano???? O história dos personagens?? Ligação com a história geral da série??? Ainda prefiro esse estilo de jogo do que a ação desenfreada, só que a Capcom pode fazer melhor do que isso, pra mim a série Revelations é muito melhor que do que os últimos jogos numerados. A propósito, pra mim REvelations 2 foi muito mais nostálgico de se jogar. Enfim, RE7 foi muito fraco.

%d blogueiros gostam disto: