2012 foi o famigerado “Ano Resident Evil“. Inúmeros lançamentos para agradar a todos os gostos: desde REORC voltado para a ação e o multiplayer; Revelations voltado para o Survival Horror; até Resident Evil 6, o mais longo RE já lançado até hoje. Isso sem falar dos filmes e de lançamentos “menores” como o port da série Chronicles para o PS3.

Mas e em 2013? O que devemos esperar da franquia nesse ano que começa sem nenhum grande anúncio confirmado, mas com várias especulações?

RESIDENT EVIL: REVELATIONS NO PS3 E XBOX 360

Revelations

Bom, tudo até agora é encarado apenas como especulação… fala-se em um possível port de RE: Revelations para PS3 e Xbox 360. O jogo chegaria aos consoles da Sony e Microsoft apenas em mídia digital, assim como aconteceu com RE4 e RECVX, e serviria para matar a sede dos fãs por um jogo voltado mais para o terror. Além disso, esse é um título que desde seu anúncio exclusivo para o Nintendo 3DS foi muito criticado pelos fãs da série que viam no jogo um potencial enorme, perfeito para chegar aos consoles de mesa. É possível que isso ocorra, afinal, Revelations foi feito em cima da engine de RE5, o que tornaria relativamente fácil o seu port para PS3 e Xbox 360, porém, há uma incógnita, que é sua interação com o touch pad do console da Nintendo. Teria de ser feita uma adaptação de seus controles para que eles funcionassem também nos consoles de mesa, mas nada muito complicado, afinal tanto o PS3 como o Xbox 360 oferecem possibilidades graças a seus joysticks tri-dimensionais (dois direcionais analógicos e um digital).

Se o jogo chegar mesmo aos consoles da Sony e Microsoft, tem grandes chances de se tornar um sucesso de vendas, mesmo se for comercializado apenas em mídia digital. É esperar para ver e torcer para que este rumor se confirme, ampliando o potencial de Revelations no mercado.

RESIDENT EVIL 6 “GOLD EDITION”

RE6

Também especula-se sobre uma “Gold Edition” de Resident Evil 6. A versão estendida chegaria com todas as melhorias que foram lançadas em formas de patches (câmera, parceiro de Ada e divisão dos capítulos, tornando-os menores – esta última ainda não foi lançada até a data de publicação deste artigo), além de todos as DLCs – mapas do modo Mercenaries e também os modos online Survivors, Onslaught e Predator. Mas a maior novidade seria a suposta inclusão de uma quinta campanha no jogo, e para delírio dos fãs, essa campanha traria Claire Redfield como protagonista. Apesar de ser apenas especulação, a inclusão de uma quinta campanha trazendo Claire como protagonista agradaria a uma enorme legião de fãs da moça que reclamam de sua ausência nos capítulos anteriores da franquia. Sua última presença cronológica em uma história inédita foi no filme Degeneração – nos jogos foi em CODE: Veronica, título que data da década passada. Ela esteve presente em RE: The Darkside Chronicles, mas apenas em capítulos que contam novamente eventos já vividos.

Essa é uma hipótese totalmente possível, afinal, Resident Evil 5 teve mais ou menos a mesma trajetória, com conteúdos inéditos lançados cerca de 12 meses após a sua estreia – no caso, dois capítulos inéditos: Lost in Nightmares e Desperate Escape, que complementam a história do jogo. Muito fala-se de onde a história de Claire poderia ser encaixada, já que ao contrário do que acontece em RE5 com Jill Valentine, em momento algum de RE6 ela aparece ou é mencionada de forma a deixar um gancho para sua história. Há quem diga que seu cenário pode ser uma busca por seu irmão Chris, no período em que ele estava sumido após os eventos da BSAA na Edônia; fala-se também que ela pode aparecer interagindo com Sherry Birkin, já que no período em que a parceira de Jake estava sob “cativeiro” do governo Americano, Claire era uma das poucas pessoas que tinha contato com a garota – além dela, apenas pesquisadores do governo e Derek Simmons, que foi seu tutor legal, mantinham contato com a garota antes da morte de Albert Wesker. Mais uma vez, tudo em torno da versão “Gold” de RE6 é pura especulação, mas conhecendo o histórico da Capcom com relação a lançamento de DLCs e conteúdos extras, é bem provável que isso aconteça. Temos o Separate Ways e Assignment Ada de RE4, Lost in Nightmares e Desperate Escape de RE5, além do Echo Six Expansion Pack de REORC que nos levam a enxergar um padrão.

RE: REMAKE PARA PS3 E XBOX 360, RESIDENT EVIL 2: REMAKE E OUTBREAK FILE #3

Outbreak

Especula-se também sobre um possível lançamento de RE: Remake para PS3 e Xbox 360. Essa talvez seja a especulação mais improvável de se concretizar, mas recentemente boatos se espalharam dando conta que o jogo pode ser portado para a geração atual de consoles de mesa. As fontes não são as mais confiáveis, mas a Capcom não se pronunciou ao momento, nem mesmo para  negar o boato.

Um Remake de Resident Evil 2 também é alvo de especulação. Recentemente, Christian Svensson, vice-presidente de planejamento da Capcom, deixou em aberto a possibilidade de se fazer um Remake do segundo capítulo da franquia – desde que a manifestação popular convencesse os executivos da empresa de que isso seria algo interessante. Desde então, uma série de petições online com milhares de assinaturas vem se espalhando pela web, além da mobilização de boa parte dos fãs para fazer campanha em prol do lançamento. Após tudo isso, nada mais foi dito a respeito, mas as pessoas continuam se mobilizando, e nos resta apoiar as iniciativas mais sólidas e torcer para que o esforço dos fãs dê resultado.

Também foi aberta a possibilidade de um novo jogo da série Outbreak com a bem sucedida experiência de fazer um jogo com grande foco nos modos onlines – REORC. A Capcom incluiu em sua lista de possibilidades a produção de um terceiro jogo da série Outbreak, que teve seus dois capítulos no PS2 onde a compatibilidade e o acesso do console a internet para jogos online não era das melhores. Dessa forma, um novo Outbreak poderia ter seu potencial explorado da forma devida na geração atual. Começaram inclusive a surgir fãs que dizem que um novo Outbreak poderia muito bem se passar em meio aos ataques ocorridos na cidade de Tall Oaks em Resident Evil 6 ou até mesmo em Lanshiang.

Infelizmente até agora não temos absolutamente nada concreto sobre os assuntos citados acima. Mas e você, fã de Resident Evil, o que acha dessas especulações? Qual delas te empolga mais?

%d blogueiros gostam disto: