Parece que foi ontem, mas já fazem 21 anos desde o lançamento do primeiro Resident Evil no PlayStation.

Em 22 de março de 1996, era lançado Resident Evil, jogo que cunhou o termo survival horror e influenciou toda uma geração de jogos e de jogadores.

O jogo foi um estrondoso sucesso de público e crítica. Com gráficos realistas (para a época), história envolvente e misteriosa, inimigos marcantes, escassez de recursos, cenários estreitos e jogabilidade travada na medida certa, o jogo foi um marco, trazendo elementos de terror para um game de forma nunca antes vista.

A história narra o drama dos S.T.A.R.S. ao adentrar a mansão de Spencer após serem atacados por um grupo de Cerberus em meio à floresta. Lá eles acreditavam estar se refugiando do ataque das criaturas, mas na verdade foram levados propositalmente ao local por seu capitão, Albert Wesker, para uma armadilha que visava determinar a eficiência das BOWs desenvolvidas pela Umbrella.

Pensado para ser um jogo único, o sucesso foi tão grande que a Capcom acabou transformando Resident Evil em uma franquia, uma das mais bem sucedidas e longevas da história dos vídeo games, que acumula mais de 70 milhões de unidades vendidas entre todos os seus títulos.

Um ano depois de seu lançamento, Resident Evil recebeu uma nova versão, a Director’s Cut, que trazia alguns conteúdos adicionais em relação à original, além de uma trilha sonora diferente e também cenas e trechos de gameplay ligeiramente modificados.

Entre a versão original e a Director’s Cut, Resident Evil vendeu mais de 5 milhões de unidades somente no PlayStation, número absurdamente alto para a época em questão.

Leia também:

O jogo acabou sendo substituído na cronologia oficial da série pelo seu Remake, lançado em 2002 e que ganho uma versão em HD em 2014. Apesar disso, Resident Evil 1 continua sendo um marco na franquia e um marco também na indústria dos games, e é constantemente lembrado como um dos melhores e mais importantes jogos do PlayStation, e definitivamente é um dos jogos mais influentes da história dos vídeo games.

%d blogueiros gostam disto: