Em uma entrevista ao site IGN, o produtor de Resident Evil 6, Yoshiaki Hirabayashi, afirmou que a Capcom está ciente dos graves problemas presentes na demo do game, que foi liberada em julho, exclusivamente para aqueles que possuíam uma cópia de Dragon’s Dogma para Xbox 360. De acordo com ele, desde as primeiras críticas negativas atribuídas à demo, a equipe de desenvolvimento está trabalhando a todo vapor para garantir que o sexto game da série, em sua versão final, seja o melhor possível.

Hirabayashi assegurou ao IGN que tanto os problemas gráficos, quanto os de jogabilidade, estão com seus dias contados. Em especial, o produtor deu como exemplo a câmera do game, apontada como uma grande falha por muitos jogadores, e declarou que o time de produção não só trabalhou muito em cima desse elemento após as críticas, mas também está trabalhando até hoje, com a finalidade de garantir que a câmera não vá interferir na experiência de ninguém com o jogo. Os problemas gráficos, como o frequente screen-tearing, segundo ele, também foram priorizados no processo de desenvolvimento do game, e não devem aparecer na versão final.

O produtor finalizou afirmando que, diferentemente do conteúdo presente na demo, a versão final de Resident Evil 6 será muito extensa e contará com uma grande variedade, fazendo com que nenhuma das quatro campanhas disponíveis (incluindo a fase desbloqueável de Ada Wong) seja necessariamente como parece na versão demonstrativa.

Em sua versão para consoles, Resident Evil 6 chega às lojas no dia 2 de outubro deste ano. Uma versão para PC também está nos planos, mas sem previsão de lançamento.

%d blogueiros gostam disto: