Depois de finalmente termos recebido um trailer de anúncio de Resident Evil 2 Remake, junto do hype e da alegria da comunidade de fãs, vieram também as dúvidas e os medos, afinal muita coisa está diferente do jogo original de 1998. O jogo promete uma experiência nova do clássico do survival horror, com gráficos realistas utilizando a RE Engine, áudio imersivo e uma nova câmera sobre o ombro. E talvez, não fique limitado a isso.

De acordo com Dusk Golem, já conhecido por obter informações internas dos futuros lançamentos da franquia, as câmeras fixas podem estar presentes no remake. Ele também pode ter nos dado as primeiras informações sobre um possível Resident Evil 3 Remake.

Em uma postagem no fórum ResetEra, o insider compartilhou uma enxurrada de informações com outros fãs e se disponibilizou até mesmo a responder pergunta caso tivesse as respostas.

  • A equipe de desenvolvimento começou apenas recriando Resident Evil 2, com câmeras fixas e gráficos melhores, começando a expandir a partir daí.
  • Eles optaram pela câmera sobre o ombro, mas nunca descartaram totalmente as câmeras fixas, além de terem feito experimentos com a visão em primeira pessoa.
  • A opção de câmera fixa deve estar presente no game, e promete algumas mudanças no gameplay.
  • O jogo estava previsto para ser lançado em novembro desse ano, indicando que o título está quase pronto. No entanto, a Capcom decidiu adiar o lançamento para trazer Resident Evil 2 Remake mais polido, e talvez incluir alguma outra novidade.
  • Internamente, a Capcom sempre trabalhou com tema “escuridão”, trazendo uma história onde os personagens estão presos em um pesadelo de onde precisam escapar, enfatizando o aspecto horror e prometendo uma experiência assustadora.
  • Inventários limitados, puzzles, caixas de itens e save rooms estão de volta.
  • Inimigos não parecem dropar itens, como munição por exemplo.
  • Teremos bastante variações de inimigos, como zumbis com características únicas e até mesmo novos monstros.
  • Os inimigos foram modelados com pele, músculo e osso, possibilitando muito gore e dano em tempo real, como desmembramentos e ver através de buracos de tiro.
  • Alguns cenários retornam de um jeito bem diferente. A cena na loja do Kendo por exemplo, promete ser um pouco mais trágica que do original.
  • O primeiro trailer foca bastante na RPD, mas existem muitos locais novos e expandidos.
  • Mesmo tendo apenas uma campanha para Leon e outra para Claire, o jogo está bem maior que o original, e Ada e Sherry possuem papéis maiores.
  • No início do desenvolvimento, foi planejado que o jogador encontrasse John (namorado da Ada mencionado em files) nos laboratórios. Porém, não se sabe se essa ideia foi levada para a versão final.
  • Modos extras desbloqueáveis devem estar presentes.
  • O visual clássico de Claire Redfield pode estar presente como um desbloqueável, já que não virá como DLC.
  • Resident Evil 2 Remake pode ser mais uma reimaginação do que um simples remake. A equipe trabalhou duro pra “não estragar tudo”, mas escolheram uma direção e foram por ela, planejando inclusive seguir pelo mesmo caminho com o remake de Resident Evil 3, caso a recepção seja positiva.
  • Um dos objetivos traçados pela Capcom foi fazer “o melhor Resident Evil de todos os tempos”.

Como todas essas informações tem como origem o contato de Dusk Golem com alguém que trabalha internamente na Capcom e não se trata de informação oficial, devemos lidar como se essas informações fossem apenas rumores, mas que elas corroboram pro aumento do nosso hype, isso não tem como negar.

Resident Evil 2 Remake chega no dia 25 de janeiro de 2019 para PlayStation 4/PS4 PROXbox One/Xbox One X e PC (Steam).

%d blogueiros gostam disto: