E finalmente chegou o grande dia! Resident Evil 7 chegou oficialmente aos consoles e PC, e o jogo tem sido bem recebido por boa parte de crítica especializada, se consagrando como um renascimento da franquia.

Além do mais recente trailer de lançamento, a Capcom revelou via press release os primeiros detalhes das DLCs pagas do jogo, que compõem o Passe de Temporada, para quem comprou as edições deluxe.

Pouco tempo após o lançamento, Gravação Proibida Vol. 1 e Gravação Proibida Vol. 2 vão oferecer duas narrativas adicionais e um modo de jogo extra para os jogadores mergulharem ainda mais fundo neste mundo de jogo aterrorizante. Em seguida, um episódio adicional da história, Not a Hero (Herói Que Nada), será disponibilizado gratuitamente para todos os jogadores no segundo trimestre de 2017, introduzindo uma história à parte dos dramas misteriosos vividos por Ethan Winters. Os conteúdos Gravação Proibida Vol. 1 e Gravação Proibida Vol. 2, juntamente com um outro episódio adicional da história por download, fazem parte do Passe de Temporada e da Edição Deluxe do jogo. Esses conteúdos adicionais por download também estarão disponíveis para compra avulsa, e mais detalhes serão divulgados em breve.

Gravação Proibida Vol. 1

A primeira leva de DLCs traz dois novos capítulos à parte da história principal e um modo extra de jogo.

  • Episódio – Bedroom: tente descobrir como escapar de uma sala trancada, mas sem que Marguerite Baker perceba que saiu da cama.
  • Episódio – Nightmare: lute contra hordas de inimigos e sobreviva até o amanhecer.
  • Modo Extra – Ethan Must Die: segundo a Capcom, um modo desafiador separado da história principal e das vitas (sem suporte ao PSVR).

Banned Footage Vol. 1 chega ao Playstation 4 semana que vem, dia 31 de janeiro, e no Xbox One e PC apenas no dia 21 de fevereiro. Ela pode ser adquirida separadamente por 14,99 dólares caso não tenham comprado o passe de temporada (ainda sem preço nacional).

Gravação Proibida Vol. 2

A segunda leva de DLCs traz dois novos cenários contados por fitas VHS e outro modo extra.

  • Episódio – 21 (Blackjack): aposte sua vida e um membro de seu corpo em um jogo mortal contra Lucas Baker.
  • Episódio – Daughters: veja como era o cotidiano da família Baker antes dos eventos trágicos de Resident Evil 7.
  • Modo Extra – Jack’s 55th Birthday: corra contra o tempo e alimente Jack com toneladas de comida neste modo cômico separado da história principal (sem suporte ao PSVR).

Banned Footage Vol. 2 chega ao Playstation 4 no dia 14 de fevereiro, e no Xbox One e PC apenas no dia 21 de fevereiro. Ela também pode ser adquirida separadamente por 14,99 dólares caso não tenham comprado o passe de temporada (ainda sem preço nacional).

Not a Hero

Conforme divulgado anteriormente, também seremos agraciados com a DLC gratuita “Not a Hero” (Herói que Nada), que conta uma história separada dos pesadelos vividos pelo protagonista Ethan Winters. Ela chega aos consoles e PC no outono de 2017.

Recapitulando, as DLCs chegam antes ao Playstation 4; a primeira chega em 31 de janeiro; a segunda em 14 de fevereiro; e tudo de uma vez para Xbox One e PC no dia 21 de fevereiro. Fiquem ligados no REVIL para futuras novidades sobre Resident Evil 7.

“Welcome to the family son!”

Fonte: Capcom Unity

  • Roberto Saraiva

    Que bizarro. Faz pouco que comentei aqui que queria uma DLC sobre a família Baker e eis que….

  • Adriano Mendes Ferreira

    Depois de ver toda a historia do jogo a que eu mais quero é Not a Hero pra ver se tira algumas duvidas que ficaram no ar.

  • Danilo Rodrigues

    Estão dizendo que esse é um ótimo jogo, mas passa longe de um Resident evil autêntico no quesito complemento de historia. Poderia considerar esse jogo como um Spinoff tranquilamente e seria até mais justo. Eu confesso que parabenizo a Capcom por ter voltado ao terror, mas confesso que esperaria mais conexão com historia da série e mais inimigos no jogo.

    • Marcos Vinicius

      Se for pensar desse jeito, RE era pra ter acabado no 5. RE7 é um tipo de ”recomeço” sem excluir os eventos dos jogos anteriores, porem, não precisa ser continuação direta. E não esquecendo, Alex ainda está ”viva”.

      O 7 tem conexão, ele só é misterioso, tem que prestar atenção nos files e na historia em geral.

      • Danilo Rodrigues

        Então a Capcom deixou um tom de mistério no ar, porém e em relação a variedade de inimigos. Não to pedindo que tivesse 50 inimigos na tela como os Resident evil anteriores, mas o que custava pra Capcom ter dado um incrementada no jogo com corvos , cachorros e outros animais mutantes. Afinal , estamos na zona rural e não acredito que a família Baker não tenha cachorros na propriedade.

        • Abóbora

          Concordo plenamente com você, listei isso nos pontos negativos la em cima.

          • Danilo Rodrigues

            Espero que a Capcom explique isso durante o gameplay do jogo ou ela lança uma explicação através de DLC porque se não , vai ficar estranho. Uma família de uma zona rural da Lousiana não ter nem cachorros na propriedade e no mínimo muito estranho.

          • Rodolfo Murilo Barbosa Moura

            Já foi explicado no game, o fungo mata todos os animais infectados.

          • Danilo Rodrigues

            Então tá explicado. comecei ontem a noite a jogar e já vi bem no começo do jogo uns corvos mortos caído um pouco antes da gente encontrar a bolsa da Mia perto duma fogueira. Mas eu to sentido falta de mais inimigos e luta com boss. Mas isso é detalhe , não desprestigia o ótimo trabalho que a Capcom fez nesse jogo. Sem falar que tá muito bem otimizado.

          • Spider

            (respondendo 2 meses atrasado).

            Se pensarmos bem, os mofados são como os zumbis normais, o mofado de 4 pernas é o hunter, o que se arrasta é o cachorro, o de braço mais resistente é como um crimson head e ainda tem os gordos. Tudo bem que não é a mesma coisa, mas da pra ter uma mente aberta, se pararmos pra pensar que tem explicação pra todos os inimigos serem mofados, e que eles tem variações de ataques.
            Claro que seria beeem melhor se eles fossem mais diferentes.

          • Pedro da boleia

            aposto que um dos produtores vai bolar uma desculpinha e vai ser tipo isso ”o vírus matou todos os cachorros da propriedade.” ou então… ”os bakers ficaram malucos e comeram a cachorrada toda” kkkkkkkkkkk

  • Roberto Saraiva

    Ethan Must Die foi a única que não entendi muito bem o que vai ser.

  • Thiago Gonçalves

    Como é que vai ser essa abordagem dos pesadelos de Ethan, hem? Isso tá bem suspeito.

  • Alex Darkai

    Não me interessou essas DLCs (exceto os episódios Bedroom e Daughters). Vou esperar pela Not a Hero, apenas.

  • EvaMarie#AllRedEverything

    Legal, eu estou no aguardo da Daugthers e Not a Hero.

  • Luis Felipe Soares

    A que eu mais quero é a “Not a Hero” pra descobrir quem é esse bendito Redfield.

    • Marcos Roberto Oliveira

      E o cris redfield. Magro e feio kk

  • Guilherme Rodrigues

    Interessante as DLCs futuras, mas a DLC “Not a Hero” é a que mais me interessa.

  • Lucas

    Que loucura essa Jack’s 55th Birthday, fiquei curioso. Agora, a mais aguardada sem dúvidas é a Not a Hero, que bom que é a gratuita.

  • Será que a Not a Hero tem relação com aquele ”velho conhecido” do final?

    • Walisson Silva

      Tem sim kk

    • Protagonista Do Gta

      pelo jeito a gente vai jogar com esse velho conhecido nessa DLC.

  • Abóbora

    Quero ver o que o povo vai dizer, agora que o jogo foi lançado pra proteger o quanto fraco o jogo é ( Não vale mais dizer que só pode tirar conclusões quando o jogo sair).

    Pontos fracos: Apenas moldeds como inimigos alem dos boss (Vale lembrar que kawata disse que teria inimigos classicos de outros Biohazard), o personagem cola com durex pernas e braços ( Ficavam zuando o Chris socando uma pedra mas colocar membros no lugar de volta com uma super cola não conta ?), Não podemos esquecer do fato do jogo ter virado um FPS descaracterizando todo o estilo de jogo de biohazard.

    Pontos Fortes, Backtracking, Baus e save.

    • Guilherme Rodrigues

      Provavelmente a série numerada continuará a nova abordagem iniciada no RE7. Por mais que haja gente descontente, o jogo está sendo bem recebido de forma geral e a Capcom continuará com as mudanças por conta do sucesso do game.

      • Lucas

        E que continuem, estou jogando e amando, a exploração da mansão é incrível.

    • Rodrigo Zika!

      Fã verdadeiro? WTF, zzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    • Rogerio Kampa Junior

      Comentário de quem só leu a respeito e não jogou de verdade. Acabei de encerrar o jogo e posso afirmar que ele está lado a lado com o re1 remake e re4. Todos os elementos de RE estão presentes. E sim, de fato a variedade de inimigos é pequena, mas a dificuldade e os locais onde eles aparecem fazem de cada encontro um desafio. Da próxima vez tenta jogar antes de falar merda. E não adianta mentir porque qualquer um que jogou consegue perceber que você vomitou merda.

      • Abóbora

        https://uploads.disquscdn.com/images/8cd5413fee64c0c9eac78e55c8aa5fdc59ef49b61cdfecd32829b4715855bda7.png Aham, muito comentário de quem apenas leu sobre o jogo. Não venha falar merda antes de me conhecer, comprei esse jogo porque eu faço coleção de re e ficaria muito ruim se eu tivesse o 6 e 8 e não tivesse o 7. Joguei o jogo e tenho toda propriedade para criticar ele. Já sabia que o jogo ia ser pior que os anteriores, mas peguei porque eu dou suporte a capcom, junto com a Square Enix, são as empresas que dou suporte não importa como. Espero que o próximo não seja um FPS lixoso sem inimigos e sem modos bons.

    • Gaben Noel
    • Thiago Gonçalves

      Se você realmente jogou o game você sabe o porquê de existir só os moldeds e do Ethan “colar” as parte do corpo. Concordo que a variedade de inimigo é pouca e que, por enquanto, a Capcom mentiu sobre os inimigos clássicos, mas ainda tem a DLC de história, vai que ela traz inimigos clássicos com ela.

      • Abóbora

        Vamos esperar pra ver, estou criticando apenas o que eu vi ate o momento.

        • Thiago Gonçalves

          Sim, eu vi, só falei que dois dos pontos fracos que você destacou têm explicações no jogo, e pelo o que vi até agora em relação a inimigos clássicos, ainda está valendo o que eu disse antes.

  • Alex Darkai

    Correções:
    – A Banned Footage Vol. 1 vai custar $9,99 dólares, a Vol. 2 sim custará $14,99;
    – A DLC “Not A Hero” tem lançamento previsto para “spring 2017”, então ela poderá chegar entre março e junho (ou seja, ainda no primeiro semestre do ano). https://uploads.disquscdn.com/images/55f3c08876b66d7f2e6ae970a8ff144b4fb273c17ed4798c860b1bc6b6fc7452.png

  • Alex Darkai

    Correções:
    – A Banned Footage Vol. 1 vai custar $9,99 dólares, a Vol. 2 sim custará $14,99;
    – A DLC “Not A Hero” tem lançamento previsto para “spring 2017”, então ela poderá chegar entre março e junho (ou seja, ainda no primeiro semestre do ano). https://uploads.disquscdn.com/images/9462110c8cf5a3e2b05c8ffc1abe804311fdb33aa0f95cbe4aed9f76e44156e4.png

    • Fires.Jv

      Cara no Post tá escrito “Additional Free Content” e tbm no proprio game. ‘-‘

  • Henry Allain
  • Dk-io

    Só to vendo um monte de gente querendo fazer os outros engolirem a sua opinião, esse RE é um Spin-off não da pra chamar de RE7, se duvidar se mudasse o nome pra SH ninguém ia perceber. “Não to dizendo que o game é ruim”

    • Guilherme Rodrigues

      Anotado.

    • Rafael Tramontin

      O que dizer de RE4? Tirando o Leon, não tinha nada de RE até então.

  • Pedro da boleia

    pelo que andei lendo , a história só será entendida completamente via dlcs e vejo um monte de gente quase que comemorando. mas é isso aí, comprem mais dlcs e mais passes de temporada. kawata agradece.

    • Thiago Gonçalves

      A DLC de história é gratuita falastrão, tem que ler mais pra não passar por isso, hem.

      • Pedro da boleia

        devo erguer minhas mãos para os céus e agradecer a capcom por ser tão boazinha? acho que não. não fazem mais que a obrigação.

        • Thiago Gonçalves

          Concordo que eles fazem a obrigação, também não gosto de DLCs, mas que você foi falastrão você foi, pra ter outros modos de jogo terá que desembolsar uma grana, mas história na qual você comentou não.

          • Pedro da boleia

            não terei, porque não sou muito de comprar modos caça níqueis.
            mas boa sorte ae pra quem for desembolsar essa grana.

          • Thiago Gonçalves

            Pega piratão quando tiver e pronto ou não, para de ser falastrão.

          • Pedro da boleia

            infelizmente meu console só roda original. mas se rodasse pirata, rapaz, eu pirateava com gosto esse outlast aí.

          • Thiago Gonçalves

            PC tá aí pra isso.

    • jr-corinthians(SONY-FANBOY)KKK

      lamentavel , mas fechei a história e ali já conta tudo , só a ediçaõ do chris que vai complementar , essa é grátis

  • Rafael Tramontin

    Sou completamente contra a política de DLCs.
    O que era pra ser eventual virou regra.

    • jr-corinthians(SONY-FANBOY)KKK

      lamentavel denovo

  • Murilo Pereira

    Paga 250 no jogo e gasta mais 300 pra jogar 4 minigame … Nem vou comentar

    • jr-corinthians(SONY-FANBOY)KKK

      lamentavel

%d blogueiros gostam disto: