A nova edição da revista Famitsu traz Resident Evil 3 Remake na capa e uma entrevista exclusiva com um dos produtores do jogo, Masachika Kawata.

Kawata disse que o remake de Resident Evil 2 superou as expectativas da CAPCOM em relação ao feedback positivo que recebeu dos fãs, e que espera manter esses resultados com Resident Evil 3. O nome conceitual para o projeto era “Escape”, uma direta alusão a fuga de Raccoon City e o “medo que te persegue” no decorrer do game.

O produtor ainda esclareceu que, por mais que no trailer de anúncio a sequência em que Jill Valentine foge para fora do prédio de seu apartamente ser em 1º pessoa, veremos algo diferente na versão final, indicando que provávelmente o trecho seja com a já conhecida câmera sobre o ombro (3º pessoa). Segundo ele, o angulo foi utilizado apenas para fins cinematográficos.

Como já havia dito anteriormente, comparado ao remake de RE2, o novo RE3 terá muito mais mudanças. Embora as pessoas conheçam os detalhes do original, a equipe pensou em quais partes tornar mais emocionantes para os novos jogadores.

Outro produtor do game, Peter Fabiano, disse que a reimaginação segue a estrutura do jogo de 1999, mas com aspectos que permitem aos jogadores mais velhos terem uma experiência nova.

O novo Resident Evil 3 é mais direcionado para a ação, e esse foi o principal motivo da mudança no design de Jill Valentine, já que a personagem precisava de uma roupa mais adequada para a situação. Carlos Oliveira sofreu mudanças em sua personalidade, que refletem diretamente em seu novo visual. Brad Vickers tembém estará bem diferente.

De acordo com Kawata, o título já está praticamente pronto e não deve sofrer adiamentos. Pete complementa dizendo que há apenas alguns ajustes a serem feitos.

Resident Evil 3 chega em 3 de Abril de 2020 para PlayStation 4/4 ProXbox One/One X e PC (Steam).

%d blogueiros gostam disto: