Com a volta do Survival Horror para a franquia sendo um dos principais atrativos de Resident Evil 7, era de se imaginar que a Capcom esteja não apenas buscando a volta as raízes, mas também trabalhando para trazer uma nova camada de terror e uma experiência muito mais imersiva para o sétimo título numerado da franquia.

É justamente sobre esses pontos que Masachika Kawata, produtor de RE7 comentou em entrevista ao site Omelete, confira alguns dos principais trechos:

Sobre o êxtase de enfrentar situações de medo e tensão em jogos:

Seja em filmes ou música, eu acho que muito entretenimento vem de experimentar algo emocionante e diferente do cotidiano. O gênero de terror deixa as pessoas enfrentarem a morte de perto, então eu acho que ele desperta algo profundo dentro da consciência de uma pessoa. 

Sobre a volta do Survival Horror:

 Nós queríamos revisitar e focar no terror, já que concluímos que essa seria a forma mais adequada de celebrar nosso 20º aniversário. Sem falar que nós concluímos que seria de acordo com o que os fãs gostariam de um título numero da série também. Até então, os fãs têm recebido bem este retorno ao terror, então estamos muito animados para dar a eles uma experiência totalmente nova e focada em terror.

Kawata ainda comentou que um dos grandes trunfos do horror é criar uma conexão única com a pessoa que está jogando:

Pessoalmente, eu acho que o gênero de terror deve ser um dos gêneros onde precisamos ser empáticos com o jogador, em termos do que eles sentem enquanto jogam. Como desenvolvedores, precisamos mesmo pensar na jornada emocional que o jogador enfrenta, e eu acredito que o gênero do terror é um ótimo canal para criar uma relação simbiótica entre o jogador e o desenvolvedor.

Para causar tais sensações no jogador, Kawata acredita que só é necessário um estímulo inicial, e que o resto da sensação vem de forma natural:

Eu acho que é importante criar uma situação e personagens que criem um ambiente de terror, mas eu acredito que talvez seja mais importante dar ao consumidor espaço para que sua imaginação corra livre,” ele nos explicou. “O desconhecido é um componente vital para criar um sentimento de medo em alguém. Como resultado, nós adotamos a estratégia de não entregar muito ao consumidor, para que eles tenham uma experiência nova e fresca jogando o jogo e apreciando toda reviravolta.

Resident Evil 7 chega em 24 de janeiro de 2017 para PS4 (com suporte ao PSVR), Xbox One e PC.

%d blogueiros gostam disto: