Como noticiado mais cedo, uma demo inédita de Resident Evil 2 está disponível para a mídia especializada na Gamescom. O novo trecho apresenta finalmente um fragmento da campanha de Claire Redfield.

Jornalistas já tiveram acesso a demo e muitos estão contando as suas experiências, como é o caso de Ben Reeves da Gameinformer, enfrentando o temível William Birkin enquanto precisam defender a pequena Sherry Birkin – é de arrepiar!

A equipe do REVIL foi convidada pela Capcom para jogar a demonstração à portas fechadas, e amanhã (22/08), iremos aproveitar ao máximo e contar tudo o que achamos pra vocês!

Diferente da demo de Leon S. Kennedy, apresentada inicialmente na E3 2018, a demonstração de Claire não tem foco na exploração de salas e soluções de quebra-cabeças. A irmã de Chris Redfield nos mostra a ação de Resident Evil 2.

Sabemos o quão delicado é utilizar a palavra “ação” e o nome “Resident Evil” em uma mesma frase, mas não se preocupe, o terror permanece sendo o centro até mesmo em momentos de combate frenético.

Claire Redfield é uma jovem universitária que após o sumiço sem explicação de seu irmão mais velho, Chris, decide pegar a sua moto e ir até Raccoon City para descobrir o seu paradeiro; já que ele trabalha na cidade.

Ela encontra um município infestado de mortos-vivos e outras criaturas mortíferas, onde também acaba conhecendo o policial Leon S. Kennedy em seu primeiro dia de trabalho. Os dois se separam e exploram diferentes localidades da delegacia de polícia de Raccoon City (R.P.D.).

Claire se embrenha por salas secretas até encontrar salas inéditas, que não estavam no Resident Evil 2 original, e é aí que a nossa demo se inicia.

A garota encontra a pequena Sherry Birkin se escondendo em alguns escombros, a pequena é a filha de Anette Birkin e William Birkin – responsáveis pelo desenvolvimento do G-Vírus. Claire se oferece para proteger a menina, no entanto, Sherry não está se escondendo apenas dos mortos-vivos; seu pai, agora uma criatura transformada pelo vírus que ele mesmo criou (G), está a perseguindo violentamente e Claire deve protegê-la a todo custo!

O monstro que William se tornou pode aguentar tiros pesados sem grandes problemas. Para a sorte das duas, Claire está portando uma pistola semiautomática, um revólver e um lança granadas com munição incendiária só esperando para serem descarregados.

No trecho, a batalha acontece no decorrer de uma sala de manutenção cheia de tubos de torção e passarelas apertadas. Quando William ataca, ele acaba por estourar alguns desses canos, enchendo a sala de fumaça que atrapalham a visão, mesmo com a lanterna.

A mecânica é fluída e precisa, e mesmo com um arsenal completo, Claire precisa muitas vezes correr, se esconder para recarregar e se posicionar para se defender da criatura que ataca na surdina, provocando sustos aos jogadores.

Após uma luta difícil, mas equilibrada, Claire consegue nocautear William, pelo menos por enquanto, e salvar a pequena Birkin.

Infelizmente essa segurança dura pouco tempo. Um policial idoso e acima do peso (que acreditamos ser Brian Irons) entra na sala, aponta uma arma para Claire e a faz de refém. O resultado disso? Só saberemos quando colocarmos a mão de vez em Resident Evil 2, já que a demo se encerra por aí.

Resident Evil 2 será lançado no dia 25 de janeiro de 2019 para PlayStation 4/PS4 PROXbox One/Xbox One X e PC (Steam). No Brasil, somente as versões de consoles serão distribuídas de forma física pela WB Gamescom direito à fabricação nacional. O título chega ao País com legendas em português.

%d blogueiros gostam disto: