Masachika Kawata, o produtor de Resident Evil 7, resolveu revelar muitas novidades durante uma coletiva de imprensa em Tawian. As informações a seguir são do site Gamelife, que também publicou várias imagens da conferência realizada pela Capcom.

  • A Capcom “tem a intenção” de oferecer suporte ao PlayStation VR para a demo Beginning Hour. Não se sabe se a função estará disponível na próxima atualização, prevista para o começo de dezembro.
  • Kawata afirmou que não acredita haver diferença no tempo de jogo entre os usuários que jogarem Resident Evil 7 com ou sem o PSVR.
  • Por enquanto, não existem planos de permitir que outros dispositivos de realidade virtual além do PSVR sejam usados com Resident Evil 7, mesmo na versão de PC. Sabe-se, no entanto, que o jogo é exclusivo do periférico da Sony apenas por um ano.
  • Quando perguntado sobre a presença de zumbis, Kawata disse que “o tipo de inimigos será mudado”. No entanto, ele afirma que inimigos familiares de Resident Evil estarão de volta.
  • Os jogadores contarão com vários tipos de armas para enfrentar inimigos. Teremos muitas armas diferentes, mas algumas familiares estarão de volta (como a Magnum).
  • O jogador irá desempenhar “diferentes papéis” (provavelmente por causa das fitas VHS jogáveis).
  • Apesar de termos visto apenas alguns cenários na divulgação de Resident Evil 7, a maioria deles em locais fechados, Kawata afirma que “teremos muitos ambientes diferentes”, mas não afirmou nada sobre locais abertos.
  • Além do relógio de Ethan, que traz o clássico ECG, outros sinais da tela mostrarão o estado de “saúde” do personagem, como sangue na tela, respiração ofegante e movimentação mais lenta quando estiver perto da morte.
  • Apresentando novamente os conceitos do jogo, Kawata explicou que os jogadores não somente devem explorar os cenários em busca de itens, mas também inspecionar ao máximo tudo o que for encontrado. Os objetos podem ser girados e observados em vários ângulos para análise.
  • Resident Evil 7 terá muitas “cenas interativas”, como aquela da demo Beginning Hour em que abrimos uma panela cheia de baratas.
  • O jogo terá um ambientação “analógica”, com objetos dos anos 80, como o telefone preto e o gravador usado para salvar o progresso do jogador.
  • Aparentemente, portas não poderão ser somente abertas, mas também fechadas. Isso seria uma estratégia para evitar ser visto ou que algum inimigo chegue até o personagem.

Observação!
Em um tópico do Reddit, o usuário “AvidExpert” afirma, através de tradução própria, que nesta entrevista existem perguntas e respostas sobre o retorno de personagens clássicos e a existência de um novo vírus. Esses trechos não podem ser encontrados no artigo. Portanto, considerem qualquer informação desse tipo com certa cautela, ok?

Durante a apresentação, foi revelada a tela de início do jogo, que conterá o gravador usado para salvar o progresso do jogador.

Resident Evil 7 - start

Aqui, vemos que o alicate vermelho encontrado na demo Beginning Hour poderá ter outro propósito durante o jogo:

resident evil 7

Nesta imagem são apresentados diferentes objetos que talvez possam ser encontrados nos cenários de Resident Evil 7. Não se sabe, no entanto, se todos serão utilizados.

resident evil 7

Confira outras imagens da apresentação:

Resident Evil 7 será lançado em 24 de janeiro de 2017 para Xbox One, PCs e PlayStation 4, com suporte ao PlayStation VR.

%d blogueiros gostam disto: