A Capcom divulgou um novo relatório financeiro e atualizou o número de vendas da franquia Resident Evil, que agora acumula mais de 80 milhões de cópias comercializadas no mundo todo. Além disso, a companhia também divulgou a tabela com números mais exatos dos jogos milionários, entre eles Resident Evil 7, que se mantém entre os seis mais vendidos.  O destaque vai para Resident Evil 5, que recentemente acumulou 1 milhão na plataforma Steam.

Resident Evil 5 – 10.5 milhões de unidades
Resident Evil 6 – 8.2 milhões de unidades
Resident Evil 4 – 6.9 milhões de unidades
Resident Evil/Resident Evil:Director’s Cut – 5.08 milhões de unidades
Resident Evil 2 – 4.96 milhões de unidades
Resident Evil 7 – 4.1 milhões de unidades

O relatório da Capcom destaca ainda o desempenho de conteúdos digitais e de franquias, como Street Fighter e Monster Hunter, no Nintendo Switch. E falando em Switch, vale lembrar que Resident Evil chega em breve ao híbrido da Nintendo por meio da coletânea de Revelations. Mais informações estão disponíveis por meio do Capcom Investor Relations.

E vocês? O que acharam dos números?

  • Shrek realista

    Resident Evil 6 mesmo com os seus problemas é o segundo jogo mais vendido. Eu gosto dele, apesar de ser um jogo de ação.

    • VectorxP

      É aquilo, jogo de ação que vende. Jumpscare modinha durrurru como o cara falou ali falou virou uma coisa mais de assistir no youTube, a real é que jogos de terror não vendem mais tanto hoje em dia. Que pena porque RE7 é incrível e merecia bem mais.

  • Mateus

    Eita, RE4 com tantas versões conseguiu vender menos que o 5. :O

    • Brian Walker

      Más onde RE4 bombou foi no ps2 onde foi a época que a pirataria dominou, se não provavelmente seria o RE mais vendido

      • Gabriel

        Uma ideia de quanta pirataria teve: Começaram a vender os jogos (piratas) com vida infinita, matar com um tiro e etc.

      • Mateus

        É, faz sentido…

  • Samaki

    Não entendo porquê que o RE7 recebeu esse nome. Deveria ter se chamado Outbreak files #3 ou algo do género. Se ter baus, monstros que não morrem a perseguir-nos e save manual faz de um jogo automaticamente Resident Evil então joguei um bem melhor com Alien Isolation. O que queremos da Capcom está a cair, hein? Agora basta porem uma mansão, alguém indestrutivel e vários Jump scares sem diversidade nos monstros e Bang, melhor RE de sempre capaz de revitalizar uma série que “morreu”.Também não entendo porque que tanta gente odeia o RE6. Esse ao menos é de facto, fiel ás suas origens. Tinha os seus problemas, claro que tinha, era mais para ação? Era, mas a capcom nunca escondeu isso e a verdade é que se tornou o segundo jogo mais vendido da franquia. Foi uma evolução natural para a série. Afinal a história deve evoluir e os jogos com ela. RE7 é um passo atrás para a franquia tanto no gameplay como na história. Eu entendo que queiram personagens novos e expandir a história por outros lados e eu estou bem com isso. Mas que não se esqueçam dos personagens que fizeram da franquia o que ela é hoje. Ao menos deem-lhes um final digno antes de trocarem de personagens. Eu jogo RE para jogar com os personagens que cresci: Leon, Claire, Jill e Chris. Esses são a alma da série. Esses são a cara da franquia. E agora vou ter de esperar sei lá quanto tempo para jogar novamente com eles. Mas esta nova geração não entende isso. Desde que o jogo possa ser disfrutado no Youtube eles querem é jump scares. Vamos ver como vai ser a franquia daqui para a frente.

    • Protagonista Do Gta

      Resident Evil 7 tem esse nome porque ele veio depois do 6.

      • Samaki

        KKKKkkk…. Depois do 6 veio o Revelations 2

        • Protagonista Do Gta

          Mas Revelations é Spin off…

          • Samaki

            Mas será que é mesmo? Survivor, Dead Aim, Outbreak Files, Gaiden, 7, Operation Raccon City… Esses são de facto Spin offs… Porque apesar de fazerem parte do mesmo mundo, são jogos que não interferem com a história principal, não avançam na narrativa, mas enriquecem-na, mostram outras faces do RE.. Mostram a vida para além dos personagens principais. Porque, por mais que eles sejam protagonistas, não podem estar em todo o lado. E eu aprecio isso. O Rev2 não parece ser um spin off… Aliás, se tivesse sido mais polido seria o RE7 perfeito. Se a capcom quisesse o REV2 poderia ter sido o inicio de um novo arco na série principal com a Alex a substituir o Albert….

          • Birkin

            Acho que a gente deve encarar Re7 como um recomeço mesmo, por mais que a história pouca ligação com os acontecimentos que a gente conhece, talvez esse jogo seja um estopim para algo maior, assim como Re1 foi o pontapé para tudo o que existe hoje, esse jogo seria o ponto inicial de um novo tipo de ameaça ou guerra biológica talvez, algo como “uma arma capaz de superar metal gear” que no caso são os vírus que vemos hoje, o que vimos em Re7 foi um conceito de ameaça biológica totalmente novo.

          • Samaki

            Talvez seja verdade, e eu nem me importava muito se eles seguissem por esse caminho, admito que é um conceito interessante… Mas ao menos respeitavam os fãs mais antigos e faziam uma despedida a sério dos personagens anteriores ou não os incluiam de todo nesta nova fase da franquia. O Chris aparecer no 7 foi só um piscar de olhos da capcom “Vêm, nós dissemos que era uma continuação, vêm ali o Chris? Dos outros jogos antes deste?”

          • MathS

            Pra que se despedir, os personagens morreram? Eles vão aparecer, mas a história da franquia é maior que os personagens. Eles precisam ser bem inseridos e não só para agradar fãs como você. Paciência cara.

          • Samaki

            Eu entendo que a franquia seja mais que os personagens, e estou bem com isso, é uma das razões pela qual gosto de RE, pela história rica que tem.. Quando disse despedir, queria que os personagens tivessem um fim de arco de história, não que morressem. Por exemplo o Chris, a capcom já deu 2 chances para chegar ao fim com a história dele mas não deixou. Tanto o 5 como o 6 caminharam em direção ao fim da história do Chris, a derrota do Wesker e a passagem da chama para uma nova geração com o Piers. Seria tão dificil assim inserir um dos personagens antigos na trama do 7? Não necessariamente os quatro principais, mas um dos outros? Teria sido uma ótima chance de trazer de volta o Billy Coen por exemplo. Porque criar um que irá cair no esquecimento quando tem tantos que não são usados?

          • Protagonista Do Gta

            Mas pra que dar um fim nos personagens clássicos? Por um ponto final neles seria um desperdício e completamente desnecessário na minha opinião, eu acho bem mais interessante fazer o que estão fazendo em RE7, deixar a “sombra” deles pairando sobre a franquia, e ver eles de um outro angulo, como uma participação minúscula, uma citação ou até como um personagem secundário, sei lá… isso foi meio que uma forma de passar a tocha, a luta continua, o Chris não vai se aposentar e cavalgar em direção ao pôr do sol, afinal quem sabe eles não voltem em um possível Revelations 3 ?

            Agora se todos personagem que a gente gosta voltar Resident Evil ia virar uma fanfic, deixa o Billy quieto no canto dele seja lá onde ele estiver.

            HASUHASUHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHAUHSUAH

          • Protagonista Do Gta

            “Mas será que é mesmo?” Sim, ele é um Spin off, agora se REV2 seria um RE7 “perfeito” é subjetivo demais pra gente chegar numa conclusão, eu pessoalmente prefiro o 7 do que o próprio Revelations 2, o fato é que Resident Evil 7 é o Resident Evil 7, é meio inútil discutir isso entende?
            Não é uma questão de qual você ou eu gosto mais, ele é o que ele é e ponto, assim como você diz que ele deveria ter outro nome, tem gente que fala o mesmo do 4, do 5, do 6 etc… Com Resident Evil 7 a Capcom decidiu mudar, não foi a primeira e duvido muito que será a última, mas de uma coisa eu tenho certeza, eles nunca vão conseguir agradar a todos, e isso é natural pra uma franquia que já foi “reinventada” de tantas formas diferentes.

          • Gustavo Dória Costa

            Gaiden não é canon,logo não faz parte do mesmo mundo,o mesmo vale para ORC. Rev2 é spin-off sim porque é simplesmente quase que todo baseado em UM ÚNICO FILE de LiN,que era uma curiosidade(Spencer dizer sobre Alex Wesker fazendo experimentos). A outra parte é uma leve ligação com o Rev1…então não,não tem como o Rev2 pertencer à saga principal porque ele explora coisas não ligadas ao cerne de algum jogo principal e tampouco o dá progressão.

            RE7 não é spin-off porque sua história vai impactar na saga como um todo.Engraçado que em 2004/2005 os fóruns da IGN e Gamefaqs estavam lotados de gente dizendo que RE4 não era RE,que não tinha ligação nenhuma na história,que era Spin-Off,etc e pois bem,sabemos que ele foi de suma importância para Wesker e pro plot básico de RE5,além de ecoar em Damnation.Então basta dar tempo ao tempo e verá que RE7 impactará de forma contundente sim a saga.

            E sobre dar um fim aos personagens:não vai rolar tão cedo,agora que estão nos seus 40 e poucos,a Capcom pode muito bem fazer um jogo prequel no qual eles apareçam mais jovens(Revelations faz isso muito bem) e basta olhar para outros jogos como Assassin’s Creed Revelations e Splinter Cell:Blacklist,estes jogos tinham o protagonista acima dos 50 anos,beirando os quase 60 e eram protagonistas competentes e a idade não afetou eles tanto,aliás,basta olhar para o Barry no Revelations 2,o cara no começo dos 50 anos deu conta do recado.

    • Rafael Tramontin

      Realmente, câmera diferente, um agente biológico que nada tem a ver com os anteriores, história que não dá sequência aos outros jogos, inimigos muito diferentes dos antigos e colocaram um personagem antigo só pra não dizerem que não é Resident Evil…
      Resident Evil 4, te odiamos.

    • Edair Ribeiro

      Apesar das críticas frente ao RE 6, ainda o acho melhor do que o 7, a Capcom nem colocou a introdução de áudio com o nome Resident Evil 7. Jogo fraco, sai fora primeira pessoa.

  • Brian Walker

    Se não fosse a época da pirataria do ps2 era certeza que o RE4 seria o mais vendido

  • Daniel

    Resident Evil 7 entre os 6 jogos mais vendidos da franquia, HAHA!
    O jogo que os haters disseram que seria um fiasco, por causa da camera em primeira pessoa, por não ter personagem conhecido como protagonista.
    O choro é livre, cambada de paus no toba.

    • Samaki

      Mesmo… O RE7 só ficou atrás de quase TODOS os principais da série… Tirando o 3, e o CV, o 7 só vendeu mais que os Spin off,… Mas sim, foi um sucesso mesmo…

      • Daniel

        Por enquanto, com a gold edition saindo em Dezembro, esse número vai aumentar.

        • Samaki

          Talvez vá.. Mas quem iria comprar? Eu posso estar enganado e isto é uma opinião pessoal mas o re7 não tem nenhum factor replay (acho que é assim que se diz) Sei lá meu, não acredito que muita gente vá comprar…
          Além de que única Dlc que realmente importa é a do “Chris” e essa é gratuita… As outras são mais mini jogos feitos apenas para a capcom ter uma razão para ter uma Gold Edition.. É o que eu acho…

          • MathS

            Por incrível que pareça mesmo para mim, o 7 foi o primeiro que platinei (o base). Finalizei seis vezes para pegar todas as conquistas e cada uma me ‘forçou’ a jogar de uma maneira diferente e todas foram bem divertidas. Acho que a questão replay é bem pessoal. Jogar o modo madhouse com munição infinita é muito legal por exemplo. E eu não tenho nenhuma das outras Dlc. Se o season pass pegasse um bom desconto, com certeza eu compraria.Talvez acabe comprando apenas a End of Zoe. Quem esperou pela gold edition fez um bom negócio, acho.

      • Maester Alex

        O jogo saiu faz menos de um 1 ano e ainda nem foram lançadas todas as Dlcs. É provável que dentro de uns dois anos já supere RE1 e RE2 nas vendas. Já RE5 e RE6, ambos são jogos com bastante ação e multiplayer, é claro que vão vender muito mais que os outros e ficarem acima do RE7 em vendas. Já RE4 além de ser antigo, é um clássico que já foi lançado em dúzias de consoles diferentes, acho difícil ser superado por qualquer RE com terror como foco.

  • Hugo

    E que venha o trem sem freio chamado RE2 Remake para pipocar de vez essas vendas…

  • Roberta Jezierski

    Fico feliz que o 5 seja tão popular. Depois de 7 anos eu finalmente comprei a dlc dele. Acho que mais atrai as pessoas no re 5 é o modo mercenários.

    • Bruno Santana Brito

      Pode crer, e com as dlcs ele fica mais completo ainda.

  • Rodrigo Zika!

    Acho que se não fosse tanta pirataria o RE 2 e RE 4 venderiam muito mais, RE 7 ainda e recente, pode vender muito mais, RE 5 creio que o coop ajudou vender bastante, além da DLC que tem aquele clima nostálgico.

    • Max

      Não só RE2 e 4 como também o RE1 e 3 venderiam muito mais, mas na era PS1/PS2 a pirataria reinava.

  • Eva4Ever#ThankYouEva

    Fico feliz em ver isso, felizmente RE é uma serie que ainda rende mesmo depois de td o que ocorreu pós-RE5.
    OFF-TOPIC: Chorando por dentro com esse pessoal que acha que RE7 é Soft-Reboot, é muita preguiça de ler files, RE7 é tão conectado ao resto da franquia que tem que ser bastante desatento pra não perceber.

    • Rodrigo Zika!

      Verdade

  • ratStar

    Impressionante! Que franquia! Que franquia! Que venham RE8, RE9, REvelations 3 e REmake2 pra gente chegar aos 100 milhões.

    • Max

      E também RE3 remake e um novo Outbreak (ou remaster dos antigos ressuscitando o online).

      • ratStar

        Com certeza 😀

  • Bruno Santana Brito

    Só eu comprei Resident Evil 5 umas 8 vezes kkkk. Eu ansioso para um novo Revelations, Remake do 2 e também uma sequencia para a série principal! Eu queria também que a Cap lançasse uma coletanica com os primeiros jogos da franquia, remasterizados no mesmo estilo dos Final Fantasys 7 e 9.

  • RoGer

    NÃO TEM NECESSIDADE NENHUMA FAZER REMAKE DO R.E 2. BASTA FAZER UM REMASTERIZADO E JÁ ESTARIA ÓTIMO.

%d blogueiros gostam disto: