Graças a Resident Evil Vendetta, os filmes estrelados por Milla Jovovich podem existir no universo dos jogos.

– Quê?

É meio complicado, mas você vai entender.

Primeiro de tudo: filmes em CG são canônicos para a cronologia de Resident Evil, então os longas acontecem no mesmo universo dos jogos e complementam a história deles.

Em uma das cenas de Resident Evil Vendetta, rola um papo entre Chris, Rebecca e a equipe da B.S.A.A em um avião. No meio da conversa, é feita uma citação ao seriado Breaking Bad, uma fucking obra prima sim, o que significa que, dentro do universo de Resident Evil em que personagens como Chris, Leon, Jill, Rebecca e outros existem, Breaking Bad também existe.

 

Se Breaking Bad existe no universo de Resident Evil, então Bryan Cranston (que interpreta Walter White, o protagonista da série) e Vince Gillian (o criador do show), também estão lá. Bryan Cranston atuou em um dos episódios de Arquivo X, que, por consequência, também passa a existir dentro do universo de Resident Evil.

Se Arquivo X existe em Resident Evil, David Duchovny, que interpreta Fox Mulder, também é um seriado no mesmo universo em que Rebecca, Chris e Leon existem.

Se David Duchovny existe no universo de Resident Evil, isso quer dizer que ele também atuou no filme Zoolander, que automaticamente também passa a existir e poderia ter sido exibido em um cinema de Raccoon City, caso a cidade não tivesse sido explodida (o filme é de 2001).

Agora PRESTENÇÃO que vem o momento mais importante do inception.

Milla Jovovich também participou de Zoolander, o que significa que, por assimilação, a atriz também existe no universo de Resident Evil. Por conseguinte, os filmes em live action estrelados por ela e dirigidos em Paul Anderson, baseados nos jogos de Resident Evil, também existem… no universo de Resident Evil.

Basicamente isso quer dizer que, ainda que os filmes da Milla não sejam canônicos na cronologia dos jogos, a existência deles poderiam ser considerados fatos canônicos. Basicamente, a Jill poderia assistir à Sienna Guillory interpretando ela mesma em Resident Evil 2: Apocalipse.

Claro que para chegar nessa afirmação maluca foi necessário dar um monte de voltas e a Capcom não deve efetivamente oficializar isso, mas fica como uma curiosidade interessante. Uma única frase do filme acabou criando um looping bizarro e um inception de universos.

Imaginem: qual seria a reação dos personagens dos jogos ao se verem nos filmes?

Toda essa doideira foi analisada pelo site Mic.com.

%d blogueiros gostam disto: