PAREM AS MÁQUINAS! Resident Evil 3 mal foi lançado e uma grande notícia para os fãs já está circulando nas redes sociais. É que aquele famoso insider, Dusk Golem, decidiu usar a sua metralhadora de informações privilegiadas para chocar zero pessoas entre a comunidade e falar sobre o desenvolvimento de Resident Evil Revelations 3. Acontece que ESSE jogo se tornou o novo Resident Evil 8. Confuso? Calma que a gente explica!

Lá em janeiro, Dusk Golem revelou que RE8 sofreu um reboot e que ao invés dessa oitava inclusão na franquia, os fãs teriam acesso a um outro jogo que não seria um remake. Agora, ele veio à público novamente para informar que esse título era, de fato, um Revelations 3. Em mais uma série de tweets, o insider esclarece que com o reboot e o distanciamento de seu lançamento para “anos de distância”, a Capcom ficou preocupada com o espaço entre Resident Evil 7 e o novo Resident Evil 8. Dito isso, a companhia decidiu olhar para Revelations 3.

O feedback com Revelations 3 estava melhor do que o esperado por quem testou e internamente. Então, os desenvolvedores ganharam mais um ano na produção do jogo para que ele se torna-se RE8. Dusk Golem afirma ainda que os vazamentos de informações sobre a presença de lobisomens e de Ethan em uma vila nevada eram 100% verdadeiros e vieram do programa de embaixadores da franquia (Resident Evil Ambassador), apesar de estarem desatualizadas – o REVIL decidiu não compartilhar isso na época.

O insider diz que, no momento, Resident Evil 8 está passando por grandes mudanças para torná-lo mais de acordo com os jogos principais e isso inclui, entre outras coisas, a história e personagens. Muitos dos elementos que estavam presentes em Revelations 3 inicialmente vão continuar no novo título que vai caminhar entre gerações – ou seja, o PlayStation 4 e Xbox One ainda rodariam, além de computadores.

Dusk Golem fala que RE8 deve ser relevado nos próximos meses e que é em primeira pessoa – assim como Resident Evil 7. Ele também é categórico em dizer que muitos fãs mais tradicionais vão odiá-lo por seus elementos, digamos… únicos. Alucinações, ocultismo, insanidade e não ser capaz de confiar nas outras pessoas estão entre as grandes temáticas.

O insider encerra dizendo que a reação de quem tinha jogado o quase finalizado Resident Evil Revelations 3 – que estava 95% completo no ano passado – foi fantástica e que está bem entusiasmado com essa versão de Resident Evil 8. “As pessoas tem que ter a mente aberta. É provavelmente um jogo de alta qualidade”, afirma.

A ideia da Capcom, segundo Dusk Golem, era ter revelado RE8 na E3 deste ano, mas não foi possível devido ao cancelamento do evento. E vocês fãs? O que acham disso tudo? Participem nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: