A Capcom considera que as vendas de Resident Evil 3 Remake, lançado neste ano, estão dentro das expectativas traçadas por um plano de comercialização interno da companhia. A informação faz parte de um conteúdo postado recentemente em uma página com os resultados financeiros do primeiro trimestre do ano fiscal de 2020, que revelou que a franquia Resident Evil ultrapassou a marca de 103 milhões de unidades. Em uma parte destinada a “Perguntas e Respostas“, há ainda a informação de que o dado considera as tendências de vendas do clássico Resident Evil 3: Nemesis – que se comparadas foram menores em relação ao RE2 original.

Ainda segundo a Capcom, estratégias relacionadas a preços para o período de férias e com início no outono (considera-se o calendário norte-americano, a partir de 1º de setembro) serão aplicadas até o final do ano – SIM, isso quer dizer que RE3 Remake pode voltar a ficar em oferta em breve. Ao todo, a releitura de Resident Evil 3 já soma 2,7 milhões de unidades comercializadas.

A nova visão de Jill Valentine, Carlos Oliveira e Nemesis pode não ter agradado todos os fãs – e o REVIL sabe bem disso – mas para a Capcom, Raccoon City ficou em paz, com direito a Resident Evil Resistance de brinde. Devemos superar?

Via Resident Evil Only

%d blogueiros gostam disto: