De acordo com a Capcom, as edições padrão japonesa, ocidental e “Grotesque” de Resident Evil 7 serão diferentes em relação ao conteúdo de violência do game.

A Capcom anunciou a edição especial “Grotesque”, com uma menor censura para conteúdo violento, durante a Tokyo Game Show 2016. Biohazard 7 Grotesque Version recebeu classificação indicativa “CERO Z”, para jogos com conteúdo violento explícito e venda proibida para menores de 18 anos no Japão.

A edição padrão de Biohazard 7 recebeu classificação “CERO D”, indicada para maiores de 17 anos. Resident Evil 7 recebeu classificação “Mature” nos Estados Unidos, também para maiores de 17 anos.

Com o anúncio da edição Biohazard 7 Grotesque, alguns fãs se perguntaram quais seriam as diferenças do conteúdo violento desta versão em relação à versão oriental do game. Havia a hipótese de as versões “Grotesque” e ocidental serem idênticas em relação ao conteúdo violento enquanto a versão oriental seria “atenuada”, devido às políticas de censura de games japoneses.

Com uma classificação indicativa mais restrita, especialmente com relação à violência, é comum que alguns games sofram uma atenuação no conteúdo violento em versões japonesas. Biohazard 4, por exemplo, apresenta alguns detalhes que removem o conteúdo explícito da versão ocidental: Leon não é decapitado por Dr Salvador ou Bella Sisters, e headshots não fazem a cabeça dos Ganados explodir. Essas modificações em relação ao que vemos em Biohazard 4 acontece justamente para o título não cair na classificação “CERO Z” e ser mantido em “CERO D”, como a maioria dos outros jogos da série Resident Evil no Japão.

A classificação CERO Z geralmente é associada a conteúdo violento considerado realmente pesado e explícito e games que caem nessa categoria não podem ser anunciados através de propagandas públicas tradicionais. É proibida, inclusive, a exposição das cópias em prateleiras de lojas e disponibilidade em estações para testes.

A Capcom explicou ao REVIL que cada uma das versões de Resident Evil 7 (Biohazard 7 padrão, ocidental e “Grotesque”) terá seu próprio conteúdo violento. Ainda que Biohazard 7 e Resident Evil 7 tenham recebido classificações para maiores de 17 anos no Japão e nos EUA, o conteúdo das duas versões pode ser diferente. Vale lembrar que Resident Evil 4 foi classificado como “Mature” e “CERO D” (ambas para maiores de 17 anos) e sofreu censura de conteúdo violento no Japão, indicando que as classificações indicativas de cada país não são exatamente equivalentes.

A empresa não confirmou se existe uma espécie de “gradação de violência”, mas é provável que a edição “Grotesque” seja a mais pesada de todas, enquanto a Biohazard 7 (padrão) seria a mais branda das três.

[ATUALIZAÇÃO]: No Brasil, Resident Evil 7 recebeu classificação indicativa para maiores de 16 anos, com justificativas de “violência extrema e linguagem imprópria”.

Resident Evil 7 será lançado em 24 de janeiro de 2017 para Xbox One, PCs e PlayStation 4, com suporte ao PlayStation VR.

%d blogueiros gostam disto: