Resident Evil 4 Ultimate HD chegou aos PCs por meio do Steam e está sendo considerado a versão definitiva do jogo, originário do GameCube,  que redefiniu não só a franquia Resident Evil, mas o gênero de ação dentro dos videogames. Confira a seguir uma breve análise sobre o mais novo relançamento do título.

A péssima versão de 2007 para PC

A versão Ultimate HD pode, de fato, ser considerada a versão definitiva de RE4. Ela corrige todos os problemas da versão lançada pra PC em 2007, naquele que foi sem dúvida um dos piores ports da franquia RE de todos os tempos.

Só para relembrar, falando dos pontos mais graves, a primeira versão de RE4 para PC chegou com qualidade gráfica muito abaixo das versões de GameCube e PlayStation 2. Tinha sérios problemas de jogabilidade, como a demora para resposta aos comandos – o que tornava as QTEs quase impossíveis de serem feitas sem que o jogador morresse meia dúzia de vezes. As falhas, inclusive, geraram uma série de modificações criadas por fãs, que resolviam boa parte desses problemas. O trabalho dos fanáticos por RE4 foi notável e possibilitou que milhares de pessoas conseguissem desfrutar do jogo no PC sem sofrer muito.

Mas os MODs já não eram o suficiente?

Não, as modificações existentes (ao menos as que eu conheça, que são muitas) não conseguiam levar RE4 ao mesmo nível que a versão Ultimate HD leva.

A qualidade das texturas de cenários, como gramados, madeiras, árvores, paredes e outros elementos é bastante alta. Os inimigos também ganharam um trabalho especial e estão com detalhes mais nítidos e limpos. Armas, itens e o inventário ganharam nova vida nessa versão.

Os personagens principais como Leon, Ashley, Saddler, Krauser e Ada não tiveram um aumento tão grande na qualidade gráfica, mas ainda assim, as texturas deles estão muito mais nítidas. É como comparar a imagem de uma TV LED Full HD (RE4 Ultimate HD)  com uma TV antiga de tubo (RE4, versão 2007, PC). Além disso, há o suporte a widescreen, tão necessário e que já estava presente na versão do título lançada para PS3 e Xbox 360 em 2011.

Comparando com os melhores modificações que existiam para o PC, ainda assim RE4 Ultimate HD é um jogo superior. Não que os MODs já não fizessem um ótimo trabalho, mas só o fato de o título ser entregue bonito e com boa jogabilidade “de fábrica”, já é uma ótima coisa. Além disso, a consistência de renderização e de texturas é muito maior do que em qualquer modificação – quebras de polígono e algumas texturas em baixa qualidade ainda existem, mas na maior parte do tempo o jogo é belíssimo, especialmente nos momentos em que atinge 60fps, como por exemplo na primeira batalha contra o El Gigante, que é digna de pegar pipoca, sentar na frente do PC e assistir (isso, claro, se você não tivesse que controlar Leon para matar a criatura).

Nem tudo são flores

Apesar de ser sim a versão mais bela já lançada de RE4, essa versão apresenta alguns problemas de iluminação, com uma elevada saturação e principalmente momentos em que há “estouros” de luz na tela, como se fossem flares descontrolados que vem de pontos como alguns holofotes, em especial na ilha e de forma mais constante no modo Separate Ways.

O modo Separate Ways aliás, é a grande decepção do título. Além de não ter havido o mesmo cuidado que houve com a campanha de Leon, as cutscenes estão em baixa qualidade. Dessa forma, fica uma marca ruim no título, já que esse modo traz detalhes muito importantes para a história não só de RE4, mas da franquia RE como um todo.

Além disso, há reclamações que em determinados momentos há queda na taxa de frames. Isso aconteceu enquanto testávamos o jogo, porém, de forma muito isolada e pontual, não chegando a prejudicar a experiência. Mas, a Capcom bem que poderia lançar um patch de correções, como é de praxe as empresas fazerem após algum tempo de lançamento dos títulos, conforme relatos de erros e problemas forem aparecendo.

Vale a pena?

Para quem é fã de RE4, essa versão vale a pena pelo simples fato de ser a melhor lançada até hoje. Ela é superior graficamente as de PS3 e Xbox 360, e mesmo após quase 10 anos de seu lançamento original, Resident Evil 4 ainda continua sendo um grande jogo, e pode proporcionar boas horas de diversão.

Em 2013, Resident Evil 4 passou pelo REVIL Retrô. Confira a análise detalhada clicando aqui.

Ficha Técnica

Título: Resident Evil 4 Ultimate HD
Ano de Lançamento: 2014
Plataforma: PC – Steam

CRÉDITOS
Escrito por: André Ceraldi (Ceraldi)
Data de Publicação: 28/02/2014, editado pela última vez em 05/03/2014
Agradecimentos especiais a Capcom-Unity Brasil, que gentilmente nos forneceu acesso ao título.

O texto não reflete a opinião do site REVIL, e sim do autor da análise.

Análise - Resident Evil 4 Ultimate HD
Votação do leitor 136 Votos
6.4
%d blogueiros gostam disto: