Kotaku dá suas impressões de RE: The Darkside Chronicles

Kotaku divulgou um preview de Resident Evil: The Darkside Chronicles, fazendo comparações com Dead Space: Extraction. No texto, o autor, que jogou o capítulo Operation Javier, afirma que em relação ao game on rails da EA, RE: TDC fica para trás tanto na questão gráfica, quanto em relação ao gameplay e até à trama. O cenário inédito, que se passa em plena luz do dia, traria um “eco visual” de Resident Evil 5, e deixariam expostos defeitos gráficos que as sombras e os ambientes escuros dos outros cenários esconderiam. Em comparação ao novo Dead Space, RE:TDC pareceria convencional e menos dinâmico. O autor julgou como confusos os momentos em que é necessário salvar o parceiro em apuros no modo co-op; isso não aconteceria no modo single-player, já que, quem ficaria em apuros seria sempre o personagem não controlado pelo jogador. Sobre os inventários, o autor comenta que o sistema pode ser acessado sempre que o jogo for pausado, permitindo que os parceiros troquem itens. Já sobre os controles, é relatado que o game pode ser jogado com o Wii-Zapper ou o remote, e não há suporte para o nunchuck. Finalizando, o autor comenta que, apesar das críticas e as comparações, não apreciou Dead Space: Extraction quando teve acesso aos demos, e que acredita que Darkside Chronicles precise de algo especial para impressionar os jogadores, com o estímulo de ter um rival à altura.

%d blogueiros gostam disto: