“Talking Evil”, intitulado de “Image is everything”, ou “imagem é tudo”, em português, fala da importância de criar cenários com o máximo de qualidade possível. O diretor Yasuhiro Seto cita que os cenários dos games começam a ser bolados em rascunhos e há um grande trabalho na criação de objetos, já que como praticamente tudo é destrutível, é necessário criar versões “inteiras” e “quebradas” de cada um. Para Seto, o objetivo da equipe de RE: TDC era criar um game com um nível de qualidade que excedesse o seu antecessor, e os cenários que impressionem são um grance passo para alcançar esse objetivo. Para exemplificar como foram trabalhados os cenários, o diretor usou uma imagem clássica de RE: CODE Veronica:


A estrutura básica do cenário não foi modificada. Foram adicionados efeitos de iluminação, para manter contraste entre áreas escuras e iluminadas, já que a escuridão total faz com que o cenário simplesmente desapareça. Alguns locais da Ilha Rockfort foram modificados: para dar uma maior sensação de estarmos em uma ilha remota, foram retirados alguns muros para que o oceano fosse exibido. O segundo passo é transformar os rascunhos em animação, trabalho para a empresa Cavia, que interpreta os desenhos e ainda dá toques especiais para tornar tudo ainda melhor.

%d blogueiros gostam disto: