PFaj8iJsO3Y

A história da Alice foi encerrada com Resident Evil 6 O Capítulo Final no começo deste ano e não demorou muito pra Constantin Film, que é  a detentora dos direitos dos filmes em live action de Resident Evil, anunciar um reboot logo depois.

O reinício da saga vai ter James Wan como produtor. O cara é responsável por vários filmes de terror atuais, como  Annabelle, Sobrenatural, Invocação do Mal, além de ser o criador da saga Jogos Mortais – que já tem mais filme que Resident Evil.

Todo mundo sabe que adaptações de videogames pro cinema nunca foram exatamente exemplo de sucesso. Ainda que as bilheterias não reflitam fracassos propriamente ditos, filmes de games costumam ser detonados pela crítica ou não conseguem cativar o público como deveriam. O mesmo acabou acontecendo com Resident Evil. Mesmo com um monte de problemas ao longo do caminho, a saga da Alice ainda é a franquia de filmes mais lucrativa e duradoura baseada em videogames. Foram seis filmes, 15 anos e mais de 1 bilhão de dólares arrecadados em bilheteria. Não dá pra dizer então que Resident Evil deu errado nos cinemas, ainda que não tenha agradado a muita gente.

Exatamente por isso que a Cosntantin Film e a Capcom não vão deixar essa peteca cair. Nós, como fãs da série, não queremos que os próximos filmes de Resident Evil sejam só uma forma de encher os bolsos de uma galera. A gente quer essa nova franquia de filmes dê certo de verdade.

E o que será que essa nova franquia precisa pra ser tão duradoura quanto a anterior e talvez, agradar mais aos fãs de Resident Evil e o público em geral?

Para saber quais são as nossas cinco dicas ou expectativas para o reboot dos filmes de Resident Evil no cinema, assista ao vídeo ou leia o artigo completo publicado na coluna do REVIL no UOL Jogos.

Vale lembrar: não deixe de dar o seu like no vídeo, compartilhar com outros fãs da série, e claro, dar a sua opinião sobre o reboot. O que você gostaria dever nos novos filmes de Resident Evil?

Aliás, você já é um inscrito do canal do REVIL no YouTube? Se não for, faça isso já para não perder nenhum vídeo!

  • Sokholov

    3:59 “Quem você pensa que é?”
    Taquepariu…

    • Niero

      Não é? Eu até fechei o olho e rezei para que a cena não chegasse nesse comentário… affss … que humilhação pra minha Jill.

  • Maester Alex

    Bem, acredito (ou melhor, torço) que o reboot será melhor que a franquia do Anderson (até porque é difícil fazer pior), mas até sair mais informações ainda estou cauteloso em relação à nova franquia. O nome do Wan por si só não me passa confiança (apesar de gostar dos filmes dele), já que no fim quem vai decidir o direcionamento da franquia vão ser os chefões da Constantin Film.

  • ratStar

    Eu gostaria que eles tentassem fazer o filme o mais fiel possível aos jogos, com variações mínimas de enredo ou personagens. Por exemplo, o primeiro filme deveria abordar apenas o que ocorre em RE1 (e o povo que espere a sequência pra ver o Leon e a Claire).

    • Fanboy Maldito

      deveria ser assim, na teoria. mas leon e chris vendem, não se espante se os dois forem protagonistas definitivos dos próximos 6 filmes. o discurso é ser fiel, mas dinheiro é dinheiro.

      • ratStar

        Sim, mas em RE1 tem o Chris pelo menos. E não se engane pelo meu comentário, eu também quero muito ver um Leon decente no cinema. Só acho que seria legal se eles respeitassem a ordem dos acontecimentos (mas no caso não sei se seria uma boa começar por RE0, pois RE1 é mais icônico a meu ver).

        • Andre Iack

          Sem condição. O RE Zero é inadaptável, pensando numa adaptação mais literal seguindo a ordem cronológica correta ficaria inviável adaptar o RE Zero, simplesmente porque não seria satisfatório cinematograficamente, e em uma saga de filmes deve-se pensar na franquia cinematográfica como um todo, não em cada filme isoladamente, imagino que vc até concorde levando em conta como é a história do RE Zero (ela é legal dentro do jogo, mas pra fazer parte de um universo cinematográfico aí ficaria esquisito), talvez funcionasse se fosse uma série de TV com várias temporadas.

          • ratStar

            Concordo cara! É realmente difícil seguir usando jogo a jogo. Vamos ver o que eles vão aprontar dessa vez. Só espero algo bom!

          • Andre Iack

            Eu diria que isso é mais restrito ao RE Zero, porque seria perfeitamente possível adaptar do RE1 ao Code Veronica.
            Com as devidas adaptações… o primeiro filme adaptando os acontecimentos do primeiro jogo. O segundo adaptando a história do RE2, dando uma quebra entre os acontecimentos do primeiro e do terceiro filme (o terceiro seria a continuação direta do primeiro filme com a Jill), mas para não causar estranheza, ao longo do segundo filme várias citações seriam feitas a respeito a respeito dos S.T.A.R.S. e pistas seriam dadas a Claire a respeito de Chris, revelando que os membros dos S.T.A.R.S. foram dissolvidos após os incidentes da mansão e que Chris abandonou a repartição após apresentar sinais de insanidade(leia-se fingimento), e que Jill não fora vista nas redondezas há pelo menos dois dias, Claire, Leon, Sherry e Ada escapariam vivos da cidade e o filme terminaria em pleno mistério sem nem se quer dar pistas de que a cidade seria devastada algumas horas depois. O terceiro filme adaptando o RE3: Nemesis, mostrando o que aconteceu poucos dias antes dos eventos do segundo filme com Jill Valentine como a protagonista deste terceiro filme, seria mencionado que Barry e Rebecca haviam saído da cidade alguns meses antes em busca de pistas, Brad Vickers que ainda permanecera na cidade seria morto em uma cena que reproduz fielmente a icônica cena que vimos no jogo, também veríamos o início da epidemia na cidade que não fora mostrada no segundo filme e a perseguição da arma biológica Nemesis enviada para eliminar os remanescentes dos S.T.A.R.S., além de toda a trama conspiratória envolvendo os mercenários da UBCS, ao final do filme Jill e Carlos Oliveira (ou talvez ele morresse já no final desse filme, já que nunca mais o vimos em outros jogos e evitaria excesso de personagens desnecessários na franquia cinematográfica) escaparia da cidade com a missão de revelar os podres da Umbrella ao mundo, poucos segundo depois Raccoon City é explodida pela bomba nuclear, em uma cenas pós créditos Jill Valentine segue para um lugar da Europa onde supostamente Chris está. Enfim, o quarto filme adaptaria a história de Code Veronica, nessa daptação incluindo Jill Valentine como uma das protagonistas, até o film do filme anterior ela se estabeleceria como a protagonista fixa de todfos os filmes no cinema como uma espécie de “Alice”, porém sem desrespeitar o espaço dos demais protagonistas da saga, Jill e Claire se encontrariam a ilha Rockfort acidentalmente, elas seriam as bad girls dessa saga, enquanto também lidariam com os perigos daquele lugar com a ajuda do personagem Steve até o momento em que todos se encontraria… Jill, Claire, Chris e Steve(este último morreria até o final desse filme hehe), Leon não estaria presente, masd ao longo do filme Calire manteria contadto com ele de alguma foram,s eja por e-mail ou fazendo citações a respeito dele e também revelaria que e ele estaria escondendo Sherry do governo, ambos estariam se escondendo do governo Americano e aguardando o apoio dos remanescentes dos S.T.A.R.S. para juntos formarem uma aliança de combate a toda essa conspiração bioterrorista, ao final do filme Jill, Claire e Chris escapam vivos após terem derrotado Alexia, seu pai “Nosferatus” e seu irmão que fora morto pela prória como no Dark Side Chronicles, além é claro da volta de Wesker que resuscitou dos mortos e escapa com a a amostra do último vírus que ele precisava para colocar seus planos malígnos em prática.. o T-Veronica…. paro por aqui, quanto aos demais jogos eu tenho umas opiniões meio polêmicas de adaptação então por enquanto deixa pra lá… kkk

          • ratStar

            Eita pô! Gostei demais das suas ideias! A única coisa que eu acrescentaria/mudaria é que no segundo filme eles fizessem um encontro entre os acontecimentos de RE2 e parte de RE3 (acho que nos filmes isso é perfeitamente possível de fazer). Seria interessante manter a Jill como uma personagem no segundo filme pra ter um elo maior com o primeiro (pois acredito que para o grande público ficaria meio desconexo no segundo apenas personagens novos). A Jill poderia constituir um elo perfeito com a busca da Claire por seu irmão. Acredito que daria pra fazer uma dinâmica boa entre as personagens aí. Minha ideia seria o filme começar com o Leon e a Claire pela cidade até chegar a delegacia (igual ao jogo). Neste ponto acredito que poderiam inserir a Jill e o Brad (eles estariam na delegacia em busca de provas do envolvimento do Brian Irons/Wesker com a Umbrella). Em algum ponto eles se encontrariam com a Claire/Leon e o paradeiro do Chris seria “esclarecido”. Em algum momento dessa reunião dos personagens o Nêmesis poderia aparecer procurando pelos Stars (Brad morreria nesse momento) e Jill se separaria da Claire/Leon. O filme prosseguiria contando os eventos de RE2 e RE3 até a torre do relógio. Inclusive, o gancho para o terceiro filme seria a Claire dizendo que vai em busca do irmão, o Leon dizendo que vai manter a Sherry longe dos olhos do governo, e a Jill sendo levada por um “cara da Umbrella” após ser quase morta pelo Nêmesis (esse cara seria o Carlos, introduzido nesse exato momento). O terceiro filme poderia começar com o Carlos tentando encontrar a vacina pra Jill e introduzirem o Nicholai, Michael, etc. A história do filme seria sobre a perseguição do Nêmesis (pois no segundo ele só faria uma ponta, pra separar o grupo), e sobre as verdadeiras intenções do Nicholai. No meio do filme poderiam até incluir algumas participações de leve de alguns personagens do Outbreak, no caminho da Jill e Carlos. Carlos morreria, Jill conseguiria escapar, Raccon explodiria, e o filme terminaria com a Jill recebendo uma ligação/mensagem do Chris pedindo ajuda para resgatar a Claire de uma ilha da Umbrella. Os eventos seguiriam como você descreveu. Viajei! Kkkkk

          • Andre Iack

            Hehe! Seu roteiro ficou interessante, meio viajado, mas ficou legal. No entanto eu acho que ficaria ainda mais confuso dessa forma pros espectadores do cinema, ainda acho que fazer as coisas de um jeito mais separado como eu descrevi anteriormente seria mais seguro, entre dois males o menor deles (pelo menos na minha opinião kkk). Quanto a não ter nenhum personagem do primeiro filme acho que não seria um grande problema já que de qualquer forma a Claire seria esse elo de ligação com um dos protagonistas da primeira história e ainda poderiam haver alguns “flahbacks” no início do segundo filme assim como sempre aconteceu nas sequências dos “filmes da Alice”, e ainda há outro ponto bem interessante a respeito disso que é o modo como as história são contadas no cinema atual, de alguns anos pra cá presenciamos uma “evolução” na maneira de se contar histórias nas sagas cinematográficas devido a moda dos universos compartilhados no cinema (Avengers, DCU, Monsterverse, etc…), então acho que nada impediria de vermos histórias de RE no cinema isoladas uma das outras, com pequenas referencias e easter eggs de um filme em outro, que poderiam posteriormente serem todos unidos nas futuras sequencias.

        • Maester Alex

          Melhor eles ignorarem o Zero. Apesar de gostar do jogo, não acho boa aquela história virar filme. Nada de música para sanguessugas. Deviam começar com RE1 e ignorarem o 0.

          • ratStar

            Concordo!

    • Rodrigo Zika!

      Acho que pra ser filme de terrorzão não da, porém da pra ter um suspense legal nos primeiros filmes por ser na cidade ainda.

  • Niero

    Bruna, expressou absolutamente todos os meus sentimentos quanto aos filmes do Paul e da Milla. Só estou com medo do “quanto” de ação teremos nos novos filmes da franquia. Mas estou comfiando no Wan. O cara é muito bom diretor.

  • Daniel Manzano

    Pra mim RE como uma série seria muito melhor.
    A série poderia ser uma história paralela ao plot original.Por exemplo, a temporada um começava com a investigação que antecede a chegada dos Stars na mansão Spence. Como Racoon City lidava com o pseudo Serial Killer, na segunda temporada como alguns outros moradores de Raccon City conseguiram tb fugir da cidade na terceira uma historia sobre turistas descobrindo a aldeia de Los Illuminados (essa sem um final feliz) antes da chegada de Leon, Sheeva Alomar liderando uma investigação na áfrica antes ou depois dos fatos em RE5 e assim por diante.
    Não seria necessário cada temporada ter os mesmos personagens ou a mesma história em sí,como em american horror story, mas elas deveriam levar o cânone e a linha cronológica sempre em consideração.
    Os personagens classicos dos games poderiam aparecer nos episódios das temporadas e interagir brevemente com os personagens para dar uma idéia de pertencimento a cronologia.Mas não precisariam necessariamente ser os protagonistas e sim uma participação especial em momentos chaves da série.Em compensação personagens secundários com pouca participação na série, como Sheeva Alomar, Billy Coen, Moira Burton,Fong Ling,Bruce Mcgivern etc poderiam sim ser parte integrante dos elencos de temporada, pois a história deles poderiam prosseguir nas telas (pois creio que não exista interesse da Capcom no retorno desses personagens nos games como protagonistas,então eles fariam o caminho contrário).
    Pessoalmente adoraria ver uma historia de Ark Thompson,huhahahaha
    Imploraria aos produtores para priorizar o suspense, o horror de sobreviência e o conteúdo ao invés da ação,mas sei que isso é pedir demais.

    • Maester Alex

      Nesse caso seria muito melhor se fosse uma série em cgi, e não live-action. Além da dificuldade em achar atores parecidos com personagens dos jogos, também tem o caso que é problemático fazer algo em live action que seja parte do universo dos jogos.

    • DJ _X_ leitinho

      Eu tambem gostaria de uma série baseada na franquia dos games de RE.
      Porém na minha opinião a grande dificuldade seria terminar a série, sendo ela baseada nos games. Pois com os novos jogos (principalmente numerados) sendo lançados, a série em teoria tem que continuar tambem.
      No caso de filmes, têm se o tempo que for necessário pra se lançar um novo. E não necessariamente deve continuar de imediato ou acabar de repente. Um exemplo é o Alien, que além dos seus próprios filmes tem filmes paralelos (como Prometheus por exemplo) que tem ligação direta ou indireta com a história, e com certeza vai durar muito tempo ainda. Só que Alien não é baseada em uma franquia de games, e sim o contrário. O jogo surgiu devido aos filmes.
      Complicado uma série baseada nos games de RE. Porém fico curioso e tambem gostaria de uma série baseada nos jogos mesmo assim.

      _X_

  • Protagonista Do Gta

    Pra começar esse reboot, pra mim seria ideal pegar o conceito do primeiro game, uma armadilha para um esquadrão policial, um casarão isolado no meio do nada, conspiração e obviamente a Umbrella.
    Não precisa nem usar os personagens do game na minha opinião, mas só começar a trabalhar em um roteiro envolvendo esses aspectos da franquia, porque é uma das coisas que mais chamou minha atenção em RE, soldados andando por uma casa super chique cheia de mortos vivos, é bizarro e misterioso.
    Um filme bem contido, que se passa apenas na mansão durante uma noite, sem cortes para qualquer outro tipo de ambiente, claustrofóbico como Alien, e desesperador como Evil Dead, totalmente focado nos personagens e na luta pela sobrevivência, e pra fechar, um belo nascer do sol no horizonte, o único momento que a audiência vai ver a luz do dia é no final do pesadelo, assim como nos jogos.

    • ratStar

      Exato! A escolha do James Wan (de Jogos Mortais) pode ter sido proposital, pois a mansão também era cheia de armadilhas. Se conseguirem acertar o ritmo e tom do filme (uma mistura da claustrofobia de Alien + gore e tensão do primeiro Jogos Mortais, por exemplo) seria perfeito no meu ponto de vista.

      • Andre Iack

        Sim, até o momento ele parece ser a escolha perfeita pra esse filme… O cara dirigiu os filmes de terror mais assustadores dessa geração até agora (ex: Invocação do Mal), os mais brutais sangrentos (ex: Jogos Mortais), além do fato que vc mencionou sobre a questão das armadilhas que existem na mansão do jogo coincidir com o que ele está acostumado a realizar na franquia dos Jogos Mortais, e ele ainda provou competência para filmes com cenas de ação, parlelamente a isso nós fãs não queremos que esse reboot seja orientado para a ação, no entanto sabemos que mesmo que o esse futuro filme seja focado no terror ainda sim não podemos ignorar o fato de que as cenas de batalha com as armas biológicas mais “overpowers” do jogo (Hunter, Tyrant…) certamente vão requerer um bom nível de talento para desenvolver cenas de ação por parte do diretor… A única coisa frustrante além de saber que teremos a mesma produtora do filme anterior é a declaração do Kobayash sobre o desejo de ver ainda mais ação nos próximos filmes.

        • ratStar

          Exato! Por mais que seja “tosco” eu queria muito ver os monstros de RE1 nas telonas representados de maneira convincente (e não só os zumbis). Quero as aranhas gigantes, a Yawn, os tubarões, hunters, quimeras, Tyrant. Dá pra fazer, é só fazer bem feito.

          • Andre Iack

            Kkk as quimeras ainda vai, mas as aranhas, o tubarão e a yawn fariam até o filme correr o risco de perder a sua identidade própria de Resident Evil, (lembra de Jaws, Malditas Aranhas e Anaconda?), eles são “BOWS” muito genéricas, com exceção dos cerberus, pois acho que ñ existem outras franquias além de RE com cães zumbis, no jogo isso tudo não afeta tanto a própria essência do game, mas em um filme acredito que esses elementos surtiriam um resultado muito diferente do que vemos no jogo, o ideal é ter só os monstros que só existem originalmente no mundo de RE, como os Hunters, Tyrant, os cerberus e obviamente os nossos “amados” zumbis pois são os inimigos mais icônicos e representativos da serie clássica…

            “As vezes menos significa mais”

            …rsrs

          • ratStar

            Ah, sei lá. Não precisaria ser o foco, e sim apenas participações pontuais. Não acho que perderia a identidade de RE, pois esses seres fazem parte dessa tal identidade, e não apenas os zumbis. Tirando a comédia, aquele filme O Segredo da Cabana mostra que (visualmente) é possível ter esses bichos representados de forma crível num filme. Além disso, se o foco no enredo fosse o plot de RE1 (pessoas que se abrigam em uma mansão cheia de perigos) então tanto essas criaturas quanto as armadilhas da mansão seriam críveis nesse universo. Basta fazer bem feito.

          • Andre Iack

            É, quem sabe né, dependendo da maneira que se faça pode ser que fique bom, mas acho um pouco difícil a produtora adaptar tantos monstros em um filme só devido ao $$$, porque entre escolher entre os monstros mais genéricos e os mais icônicos, tyrant, hunters, zumbis e cerberus certamente esses são mais essencias pra uma adaptação mais representativa ao jogo.

          • ratStar

            Pode crer! No fim, o que manda é o $$$ mesmo rsrs

          • Andre Iack

            Pois é rsrs
            Mas se eles forem mais generosos nesse reboot, a ideia dos animais infectados daria um background interessante em relação aos efeitos colaterais que a Umbrella estaria causando tanto aos seres humanos quanto ao ecossistema e a naturezas seu redor.

          • ratStar

            Sim cara! Engraçado que o único game que focou uma fase inteira nesse aspecto foi no Outbreak. Imagina o tanto de animais nas montanhas Arklay que poderiam ter se infectado. Dá muito pano pra manga…

    • Andre Iack

      Sua ideia é muito boa, mas não vejo problema algum em utilizar os personagens do primeiro jogo no filme, pelo menos os protagonistas e coadjuvantes centrais (Jill, Chris, Wesker, Barry e Rebecca), de resto o background deles pode ser mudado para se adaptar ao cinema, contanto que seja respeitado a caracterização e o conceito básico de cada personagem existente no jogo.

  • Monokuma

    Acho que pra sair legal os filmes deviam não coloca os personagens principais na historia e sim outros protagonistas por exemplo: pegar os civis de Raccon city e mostra como eles sobreviveram (em estilo outbreak :-V), ou em outros cenarios pq em resident o que não falta e cidade virando zumbi, se fosse fazer adaptações que se baseia-se nos livros que ate que são o interessantes.

  • Hugo

    Melhor filme baseado em jogo: Terror em Silent Hill.
    Melhor jogo baseado em filme: O poderoso Chefão.

    • Andre Iack

      Eu diria que esse é melhor em nível de qualidade técnica e provavelmente também o melhor em nível de roteiro, mas no sentido de fidelidade ao material de origem o primeiro filme da franquia Mortal Kombat(1995) ainda supera o Silent Hill(que também foi fiel) nesse aspecto, espero até hoje pra ver uma nova adaptação de algum game que eu goste no mesmo nível de fidelidade do Mortal Kombat.

  • gustavo lopes
%d blogueiros gostam disto: