4jvfNcltkpg

E aí sobreviventes, tudo bem? Estamos retomando as biografias de personagens de Resident Evil no nosso canal do YouTube. Aproveitando que Resident Evil Revelations vai ser relançado para PlayStation 4 e Xbox One ainda neste ano, resolvemos falar sobre Parker Luciani, parceiro de Jill Valentine nos eventos do jogo.

A aparência de Parker é claramente baseada em Barry Burton. Os produtores, talvez, quiseram deixar implícita a proximidade dos dois como pessoas fortes e determinadas. Parker é vinculado ao braço europeu da BSAA, mas já fez parte da Comissão Federal de Bioterrorismo, onde teve que atuar de perto como agente nos ataques à cidade de Terragrigia.

É em 2004 que começamos a entender a história desse homem. Em Terragrigia, vemos Parker atuando junto com sua parceira Jessica Sherawat na destruição de várias criaturas soltas pelo grupo Il Veltro. Parker é um personagem forte, mas bastante sentimental, e nessa parte de Revelations vemos como ele começa a expor um grande senso de justiça. É difícil ver esses sentimentos serem perceptíveis, pois ele é muito focado, o que o deixa bem fechado.

Durante os incidentes em Terragriria, o alto comando da comissão de bioterrorismo decide exterminar as criaturas destruindo por completo a cidade. Parker se questiona sobre os motivos de abandonar cidadãos inocentes e destruir a cidade. Ele deixa a Federação e de acordo com o Jessica Report, um relatório de sua parceira que complementa a história de Revelations, ele fica por um tempo largado às bebidas alcoólicas. Depois de se recuperar, se une a BSAA, encontrando Jill um ano depois na missão de resgate à Chris Redfield. E é aqui que conhecemos mais um pouco do verdadeiro Parker. Forte, focado, mas com uma personalidade despojada.

Parker encarba com Jill no Queen Zenobia, e acaba em encrencado com a parceira depois de cair em uma armadilha. Daí vem mais problemas, mais ações da Il Veltro até o reencontro dele com Raymond Vester, um outro ex-agente da Federação, que deixa Parker bastante confuso.

Tudo fica ainda mais complicado quando Jessica atira em Raymond, fazendo Parker desconfiar dos dois. Pouco tempo depois, Jessica se mostra como sendo a verdadeira traidora, pelo menos nesse momento do jogo, e tenta matar de vez Raymond, que é salvo pelo instinto de proteção de Parker.

No fim de Revelations, vemos um Parker destruído, mas que mantém sua personalidade brincalhona e despojada.

É… Parker é um cara que parece que nasceu para ser enganado. Forte, mas envolvido em problemas que ele mesmo não consegue perceber. No fim de tudo Parker acaba sobrevivendo. É encontrado ferido em uma praia e retorna à BSAA.

Se vamos vê-lo novamente em Resident Evil? Talvez, a Capcom tem a mania de surpreender os fãs de vez em quando. Tanto é que Parker é citado cerca de dez anos depois na cronologia da série em uma missão na ilha de Tortuga, a pedido de Chris Redfield, em um dos mangás da série, onde ele lidera uma equipe BSAA com Claire Redfield, para resgatar algumas pessoas ligadas à Terra Save. E nesse mangá ele acaba se ferrando de novo, fica gravemente ferido em uma luta entre bows, mas acaba sobrevivendo.

Assista ao vídeo, deixe o seu joinha e ative as notificações no YouTube para receber sempre os conteúdos do nosso canal! Acesse também o perfil do personagem detalhado na REVIL Wiki.

Aproveitando o ensejo, fica aqui uma correção para o início do vídeo: Revelations já está disponível no PC há um bom tempo – a informação de que ele será também relançado na plataforma foi uma pequena gafe.

%d blogueiros gostam disto: