A5ZfZ5EBV5s

Na nona edição do Ask REVIL, respondemos a mais uma dúvida frequente de vocês que chega através das redes sociais e e-mail: da onde vem os poderes e habilidades sobre-humanas de alguns dos personagens de Resident Evil?

Não é só Albert Wesker que é cheio dos paranauês absurdos! E nesse Ask a gente fala de seis personagens que são praticamente X-Mens, incluindo a famigerada Alice dos filmes! Além deles, falamos de Alexia Ashford, Sherry Birkin, Jill Valentine e Jake Muller!

Cada um deles tem habilidades específicas que foram conferidas a eles quase sempre pelo mesmo motivo: a infecção por um dos inúmeros vírus da franquia.

Depois de assistir ao novo Ask REVIL, deixe o seu comentário, faça críticas, elogios e dê sugestões de pauta para as próximas edições. A gente também conta com o seu “curtir” e, claro, se você não é inscrito no nosso canal, trate de fazer isso JÁ!

  • Rafael Tramontin

    Falta explicar as super-habilidades da Sheva, da Ada, do Leon e a super-força do Chris, hahaha…

    • Luis Guilherme Scremin

      do Chris é anabolizante kkkkkk

      • JP

        A Sheva estava recebendo o poder apenas por estar na sombra do Chris,a Ada é “fodice” mesmo e o Leon é um lendário poder chamado “protagonismo”.

        • Hunk

          O poder do protagonismo e dos anabolizantes é absoluto, nem BOWs ou deuses conseguem superá-lo.

          • JP

            Aposto que o Uroboros é feito disso,protagonismo e anabolizante.Isso explica porque os personagens ficam grandes e bombados(Neil) mas também rápidos e ágeis (Wesker).

          • Hunk

            Pode ser, mas no fim das contas o protagonismo de nascença é superior, as amostras de laboratório não são 100% puras, por isso os personagens principais sempre vencem.

          • JP

            Os planos do Wesker foram bem sucedidos então, o Jake tem o “Protagonismo” de nascença e vai ter Super filhos com a Sherry(se vacilar com a Moira também,o cara é filho do Wesker né),daqui alguns milhões de anos todos terão esse poder.Viu só, saturação global completa todos os humanos são Super-humanos agora.Isso é ter visão rapaz,plano B.
            Wesker Lenda.

          • Hunk

            Esse tempo todo que eu fiquei acreditando que o Wesker tinha falhado por completo foi uma mentira, mas ainda tem um problema, forçar uma evolução da raça humana com o Uroboros era só metade do plano, a outra metade era se tornar um deus nessa nova humanidade, e isso deu merda mesmo. Mas se bem que o Albert e a Alex eram muito próximos e ela desenvolveu uma forma de copiar mentes de um corpo pro outro, então quem sabe ela não tem uma cópia da mente do Wesker guardada esperando pra possuir o Jake? Aí o Wesker terá o que todo vilão busca, um corpo repleto de protagonismo com 100% de pureza, a única coisa que faltava pra ele ser realmente invencível antes.

    • Nenhum deles tem habilidades sobre-humanas de fato.

      • Rafael Tramontin

        XP acumulado é a resposta, hehehe…
        Mas o dia em que eu empurrar uma pedra daquelas, podem me chamar de super forte =P

  • JP

    Muito bom,porém vale lembrar que a Jill só fica com as habilidades sobre-humanas após receber uma dose constante de P30 no organismo.
    Agora é discutível a origem das habilidades do Jake,ele pode ter adquirido através do C-vírus ou então ele já nasceu assim.Pessoalmente eu acredito que ele já nasceu com habilidades sobre-humanas.

    • Hunk

      Mas o próprio Albert Wesker não nasceu com habilidades sobre-humanas, ele de fato possuía grandes habilidades naturais, mas só se tornou sobre-humano com o vírus.

      • JP

        Mas é aí que está,a Capcom é conhecida por fazer retcons em seus títulos vai que ela acrescente algo à história do Albert Wesker(e até mesmo da Alex) explicando que ele foi submetido a doses de uma variante mais fraca do Progenitor para que o organismo dele pudesse resistir à variante final,porém o organismo dele acabou ficando acima de um ser humano normal.O Albert era muito habilidoso porém vai que ele tinha algo a mais,nos eventos da mansão ele estava calmo demais para alguém que podia ser também um alvo dos BOWs,era quase como ele se achasse imbatível.
        Eu não exclui a possibilidade do C-vírus ter dado os poderes ao Jake,porém ele mesmo disse que não sentiu nenhuma diferença,o Albert notou os poderes ganhos logo após “acordar” então porquê o Jake não notou?(se eu começasse a arremessar pessoas por aí sem esforço algum logo após de me injetar com algo,eu notaria que havia algo de errado).

        PS:Eu sou o JPcaetanao,só troquei de perfil.Quem não me conhece,prazer eu sou JP(deu vontade de dizer Goku,mas tudo bem).

        • Hunk

          Bem que eu tava achando algo familiar na sua forma de escrever, e o nome também deu uma dica, mas não tinha certeza. Quanto ao Wesker já ter recebido uma amostra inicial do progenitor bem antes do incidente na mansão, acho que isso já é confirmado. Ele não chegou a demonstrar nenhum poder sobre-humano antes, por isso eu até então considero que ele ainda estava dentro do possível em termos de habilidades, mas até faria sentido se ele já tivesse as mesmas capacidades do Jake. O filho do Wesker não tinha nenhum poder óbvio, quando ele lutou com o Ustanak acabou ficando na cara, mas antes disso ele parecia estar no nível do Leon ou Chris como um humano com habilidades muito bem desenvolvidas, porém dentro do possível (levando em consideração alguns exageros naturais do RE6). Porém é aí que entram 2 possibilidades que eu consigo imaginar, a primeira é a que vc falou, que a dose do progenitor que o Wesker tomou bem antes do incidente da mansão e de engravidar a mãe do Jake pode ter conferido a ele alguns poderes mais discretos, que teriam sido passados pro Jake, e a segunda é que o C-vírus pode não ter surtido efeito imediato. Essa segunda opção também seria plausível, afinal o próprio vírus que o Wesker administrou em si mesmo na mansão não fazia efeito imediato, ele teve que morrer pra depois ser ressuscitado pelo vírus. No caso do Jake não houve morte, mas são vírus diferentes em questão, talvez o C-vírus precisasse de uma outra condição pra fazer efeito no Jake, ou simplesmente foi começando a fazer efeito aos poucos, de forma que ele não percebesse nenhuma mudança de uma hora pra outra. Considerando que se passaram 6 meses entre os capítulos 2 e 3 do Jake, é possível que os efeitos tenham aumentado gradativamente off-screen durante esse período de tempo.

          • Rafael Tramontin

            Eu acho que as Wesker Children certamente já recebiam algum químico como parte so projeto W para desenvolverem suas habilidades. Além disso, o Wesker já tinha certa familiaridade com as BOWs da mansão por já trabalhar com elas. Ele até sabia qual seria a reação do Tyrant ao ser acordado. Mas o mais importante disso é, sem dúvidas, ter o DNA privilegiado. Caso contrário ele seria mais uma falha do projeto.
            O Jake, por ser filho dele, herdou esse DNA privilegiado. É claro que o vírus administrado desde criança pode ter passado pro filho(só eu sou super curioso sobre a mãe do Jake?) e isso explicaria ele ser um mercenário conhecido até pela BSAA, mas acho que o vírus foi se adaptando conforme o tempo foi passando.
            O que eu acho mais engraçado do Jake é que sair na mão com a galera não cansa ele, mas chutar as caixas de madeira deixa ele exausto, hahaha… Eu acho que ou ele não deveria ter a barra de stamina ou então ela gastar bem mais devagar que dos outros personagens.

          • Hunk

            Acho que não deixaram a barra de stamina infinita pelo mesmo motivo que a Sherry não recupera toda a vida automaticamente, mesmo com o fator de cura do G-vírus, por uma mera questão de gameplay, pra não desbalancear demais os personagens. Quanto ao DNA privilegiado, isso é o que possibilitou que o Wesker e o Jake se adaptassem ao Progenitor e C-vírus, com certeza, mas isso sozinho não dá poderes a ninguém, os vírus sempre tiveram alguma relação. No caso do Wesker eu não tenho certeza, mas lembro de ter lido em algum lugar que desde criança ele já tinha sido administrado com uma variante do Progenitor, assim como as outras crianças W. Não tenho como confirmar essa afirmação, eu posso estar me confundindo, então isso tudo é questionável, mas se for o caso seria plausível supor que ele já poderia ter desenvolvido algumas habilidades um pouco acima do normal antes mesmo do incidente da mansão e antes de engravidar a mãe do Jake, e essas habilidades podem ter sido passadas pra ele. Seja como for, mesmo que eu esteja errado quanto ao Wesker já ter recebido uma dose do Progenitor, ainda assim o DNA privilegiado foi passado, o que é enfatizado o tempo todo no RE6, e esse DNA não tornou o Wesker completamente imune ao Progenitor, apenas o permitiu se adaptar ao vírus, tanto que ele não saiu inalterado, e sim recebeu seus poderes. Ou seja, não faria muito sentido o Jake injetar o C-vírus e nada mudar, faria mais sentido o seu corpo de adaptar ao vírus e reagir de forma similar ao Wesker, gerando certas habilidades sobre-humanas, mesmo que esse processo se dê de forma lenta e talvez ainda nem esteja completo, afinal o Wesker precisou morrer pra conseguir todos os benefícios. Quem sabe se o Jake morrer ele não será ressuscitado com outras alterações? Se bem que nesse caso o risco de alguma alteração monstruosa ocorrer é bem grande, afinal a variante do Progenitor que o Albert recebeu foi feita pra ele e pras outras cobaias do projeto Wesker, por isso deu tudo certo, já o C-vírus não parece ter nada a ver com esse projeto.

          • JP

            Eu me lembro de ter lido,também, que as crianças W foram submetidas a testes desde a infância,algo semelhante ao projeto “Spartan” do Halo.Seria interessante se a Capcom abordasse mais esse assunto e explicando no futuro,quem sabe em uma campanha do Jake.
            Quando o organismo do Wesker se adaptou a variante do Progenitor os olhos dele foram alterados,mostrando que o corpo dele havia sido modificado e o Jake não mostrou nenhuma mudança física,não sabemos a extensão das habilidades do Jake e como seu organismo reagiria a vírus como o Progenitor ou o Uroboros,mas os olhos sofreriam uma mudança já que os Weskers e os humanos superiores tem essa mudança(o Niel deve ter tido um efeito colateral pelo fato de ter o T-Phobos no organismo).
            Vai que o Jake e a Alex se encontrem e a Alex dê para ele uma amostra do Progenitor(lembra da teoria do “Uroboros Dominante”?, vai que ela dê essa amostra para ele,e quem sabe ele não seja capaz de fazer o mesmo que o Budy).

            Rafael Tramontin Acho que a Capcom pode revelar quem é a mãe do Jake no futuro,mas por hora eu suponho que há duas opções: Ou é uma mulher da Edonia mesmo ou então a própria Alex.Eu acredito que a segunda opção é provável e até tenho uma teoria quanto a isso(se quiser saber é só dizer,mas é um pouco longa).Essa história do Wesker de repente querer copular com uma mulher que tem uma condição de vida baixa que a Capcom passou é um pouco estranha,principalmente o Wesker que só se importa com seus planos.

          • Hunk

            O Wesker querer copular com alguém é natural, afinal independente de quão frio ele seja ele tem necessidades, mas porque na Europa Oriental, ele chegou a viver lá por algum tempo? E é estranho que um cara como ele arranje um filho acidentalmente. Não que isso seja impossível, mas só dizer que aconteceu sem explicar é difícil de engolir, se explicarem um pouco melhor pode ser aceitável, mas também acho mais provável que tenha sido a Alex. Não é como se eles fossem irmãos de verdade, e eles nem sequer foram criados juntos, mas no Revelations 2 deu a entender que eles eram próximos e se respeitavam, tinha até uma foto dos 2. Pra eles se aproximarem tanto assim sem fazer parte de alguma manipulação imagino que eles realmente eram importantes um pro outro, e não duvido nada que eles não iriam além de uma simples amizade. Quanto às cobaias do projeto W terem passado por experimentos desde cedo, lembro de ter lido isso em algum lugar também, e acredito que esteja correto levando em consideração que muitas outras pessoas com quem eu converso parecem se lembrar disso. Só não sei onde eu li que eles já recebiam uma amostra antecipada do Progenitor desde crianças, acho que eu devo estar me confundindo quanto a esse detalhe, até reli os files do Lost in Nightmares aqui no site e não encontrei essa informação. Seja como for, deveriam ir um pouco mais a fundo mesmo. Agora que a Alex já apareceu deve ser só uma questão de tempo até ela arranjar alguma maneira de voltar a ativa, e ela também passou por esses testes, então acho provável que alguma hora surja mais informação dela a respeito do projeto Wesker. Infelizmente a primeira vez que esse projeto foi mencionado foi numa DLC do RE5, então nem deu tempo pro próprio Albert falar alguma coisa sobre o assunto. Já a mudança na cor dos olhos, não sei se isso é uma regra (embora com certeza seja comum) até porque o caso do Wesker não foi igual ao do Jake, foram vírus completamente diferentes. Mas seja como for eu acredito que o processo de adaptação do C-vírus no Jake não esteja completo, ainda acho que precisa de um catalisador pra surtir todo o efeito, com sorte sem nenhuma mutação monstruosa. E eu lembro dessa teoria do Uroboros dominante, acho que é a explicação mais plausível pra justificar o plano do Wesker de dominar a nova raça de infectados pelo Uroboros, mas não acho que o Jake teria interesse em se infectar. Teria que rolar uma manipulação muito grande por parte da Alex pra ela conseguir convencê-lo, e ela ainda precisaria de um motivo pra querer fazer isso, mas tudo é possível, no momento ainda está bem aberto qual será o futuro da trama de RE, o que não faltam agora são possibilidades. A Alex está a solta sem o conhecimento dos protagonistas e parece que será a próxima vilã principal, podem explorar a Família do Simmons, ainda tem que explicar os assuntos do Raymond e da Jessica, fora que ainda tem antigos vilões e personagens misteriosos, como Nicholai e Hunk, que até hoje estão sumidos, mas nada impede que retornem. O RE5 pode ter fechado um arco da franquia, mas seu DLC Lost in Nightmares abriu espaço pro início de um novo arco com a menção da Alex, e cada um dos 3 jogos que surgiram depois deixou mais assuntos em aberto que ao meu ver ainda podem ser bem conectados e culminar numa história bem legal. Se a Capcom realmente tá pensando na trama geral eu não sei, mas é possível que esses últimos jogos (os 2 Revelations e o RE6) tenham servido como um prólogo pra esse novo arco da franquia e tudo que parece aleatório venha a se conectar na hora certa.

          • Rafael Tramontin

            Eu não sei…
            Não sei se é pelo fato de ele não ter me agradado quanto eu achei que ia, mas eu acho que o Jake poderia virar um vilão e a Sherry ter que confrontá-lo mesmo com o laço criado entre os dois. E que a Alex/Natália ficaria pra uma vilã mais pra frente.
            Infelizmente Raymond e Jéssica eu acho que vão cair no esquecimento como o Nicholai :-/
            A Capcom tem muitos protagonistas e antagonistas à disposição… Só falta usar.

          • Hunk

            Eu gostei do Jake, mas independente disso acho que o desenvolvimento dele como personagem no RE6 foi sempre apontando pro lado dos mocinhos, mesmo no começo do jogo quando ele ainda era um mercenário ele não me convencia que poderia ser um vilão. Inclusive quando ele confrontou o Chris ele foi capaz de deixar suas emoções de lado pra priorizar o bem da humanidade, pra mim já é impossível vê-lo como vilão, não seria coerente com o que foi visto no RE6. E que a Alex ficaria mais pra frente eu concordo, é nisso que eu aposto mesmo, pelo que deu a entender ainda precisa de alguns anos pra ela conseguir a autonomia pra colocar algum plano em movimento, mas até lá outros assuntos podem ser desenvolvidos e no fim das contas culminar no retorno dela, conectando um bando de pontas soltas aparentemente aleatórias dos últimos jogos. Quanto ao Raymond e a Jessica, acho que tem uma diferença entre eles e os outros personagens novos que vem aparecendo, foi deixado uma ponta solta pra eles no final do Revelations, e ainda não ficou claro qual é a deles. Personagens como a Sheva e a Helena a gente já conhece e não aparentam ter muito mistério sobrando, então é mais provável que a Capcom abandone, mas eu ainda tenho esperança pros personagens dos Revelations. É claro, entendo que isso tudo é especulação e otimismo, pode ser que no fim das contas nada tenha a ver com nada e a trama não leve a lugar nenhum, depende da competência da Capcom em planejar o contexto geral da franquia e conectar essas diversas tramas, mas tudo que podemos fazer por enquanto é especular e tentar bolar nossas próprias ideias enquanto esperamos pra ver como é que fica oficialmente.

          • Rafael Tramontin

            Eu tenho na minha cabeça varias coisas pensadas pro futuro da série e espero que algo que saia, mesmo que completamente diferente, me agrade.
            Quanto ao Jake, é uma impressão bem pessoal mesmo, e acho que não vai acontecer. Mas o Vester me fez realmente repensar a história de bonzinho ser mal no fim das contas. Todos falam da Jéssica, mas foi ele quem realmente me surpreendeu no fim do Revelations. Eu acho que eles teriam muito potencial pra vilões da franquia, especialmente ela, já que normalmente é quem citam. Eu tenho muita pena da possibilidade deles e do Parker não voltarem :-/
            Assim como o Carlos, que até Viagem de barco abraçado na Jill fez e nunca mais apareceu, hehehe…

          • Hunk

            Não sei se a viagem de barco é canon, mas gosto de imaginar que o Chris teve um duelo mortal com ele e saiu vitorioso (zueira é claro), se bem que eu gosto do Carlos, então não me importaria se ele tivesse sobrevivido e estivesse planejando sua vingança. E concordo quanto ao Vester, a Jessica a gente já tinha descoberto que era vilã antes do epílogo, a única surpresa foi ela ter sobrevivido, mas o Raymond acabou sendo um agente triplo no fim das contas, se é que eu entendi direito, ele impressionou mesmo. Não consigo imaginar ele como um herói comum, pra mim ele ou será um vilão ou um anti-herói que trabalha nas sombras, similar à Ada, mas sem cantar o Leon (ou o Parker, que tem mais a ver com o contexto), eu espero. Seja como for ele tem que ter continuidade, e outros que eu não sei se tem chance de voltar, mas eu com certeza gostaria de ver de novo, são o Quint e o Keith, esses caras são uma dupla muito legal. O Parker eu já tenho mais esperanças também, acredito que se o Raymond e a Jessica retornarem ele é praticamente obrigatório. Acho que ele foi uma peça muito importante pra trama do Revelations, conectando a Jessica, o Raymond, a FBC e Terragrigia aos eventos do jogo, ele com certeza se encaixou muito melhor do que vários outros personagens secundários dos jogos numerados.

          • Rafael Tramontin

            Eu sou suspeito pra falar do Revelations pois eu realmente gostei muito do jogo. Acho quase todos os personagens dignos de continuação. Até o Morgan poderia fugir da cadeia e continuar criando pânico pra justificar um retorno da FBC… Ou mesmo causar um outbreak no presídio(estou viajando nas idéias, pra variar). Bom, gosto muito dos personagens e o Parker pra mim é um Barry italiano, um ídolo.

  • Lucius

    E a Alex?? ela não seria como o Albert? apesar de não terem mostrado ela usando suas “habilidades”

    • Hunk

      Eles são diferentes, ela chegou a se injetar com o mesmo vírus que o Wesker, mas nela não surtiu os mesmos efeitos, varia muito de cobaia pra cobaia. Talvez também esteja relacionado com a saúde deles, já que o Wesker estava saudável quando injetou o vírus, mas a Alex não.

  • Lucius

    Esqueceram dos poderes “psiquicos” da Alex.. que ela mostra quando assume o corpo da Natalia no final ruim do Revelations 2

%d blogueiros gostam disto: