A Ilha Sheena foi uma das várias ilhas de propriedade da Umbrella. Esta ilha era conhecida por ser a “segunda Raccoon City”, devido ao surto de risco biológico e posterior destruição da ilha.

 


Infra-estrutura

Sheena foi uma ilha ultra secreta localizada na costa européia. Lá existiu uma cidade dominada totalmente pela Umbrella. A ilha continha uma laboratório de pesquisa que abrigava uma comunidade de pesquisadores que trabalhavam na produção em massa de uma série de Tyrants como armas bio-orgânicas (mais especificamente a T-103). Lá também havia uma pequena cidade e um subúrbio com centros de pesquisas.

A ilha Sheena se tornou um local de surto biológico do T-vírus, que infectou os moradores da cidade e os donos dos escritórios da Umbrella. Os residentes da Ilha (pelo menos os que trabalhavam para a Umbrella) eram cruéis e usavam prisioneiros para experimentos biológicos.

História

A ilha Sheena foi liderada pelo comandante Vincent Goldman, um implacável executivo da Umbrella. Ele foi colocado lá para supervisionar a produção em massa dos Tyrants no chamado “Projeto Tyrant”. Além disso, ele contribuiu na criação de uma forma de realizar a produção em massa dos Tyrants mais eficientemente (que incluiu a extração de material de cérebro de uma cobaia de teste durante cirurgias dolorosas). Goldman também ordenou o rapto de indivíduos jovens por todo o mundo. Eles foram levados para a ilha para serem usados ​​como “cobaias” no Projeto Tyrant. Eles também foram drogados com alguns materiais químicos experimentais, supostamente para testar alguns produtos farmacêuticos da Umbrella.

A sala de jogos foi intencionalmente utilizado para o lazer dos prisioneiros, para aliviar o estresse antes da cirurgia iminente. No entanto, um prisioneiro especial foi capaz de superar a situação e tornou-se consciente de seu destino. A fim de manter a sua consciência, ele evitou a maioria das refeições que pareciam ser impregnadas com drogas experimentais. Ele, então, começou a formular um plano de fuga com alguns presos. Com os guardas da prisão ocupados coletando informações sobre um desastre que ocorreu nos Estados Unidos (a destruição de Raccoon City), o preso reuniu seus outros companheiros para formular seu plano de fuga. Eles começaram uma rebelião armada que resultou na fulga da prisão. Infelizmente, Goldman havia descoberto sobre isso e matou todos eles (de uma forma ou de outra). Goldman, então, ordenou que encobrisse os eventos. No entanto, alguns moradores da Ilha Sheena descobriram sobre os assuntos de Vincent e começaram a reunir provas para expor e tira-lo de sua posição. Durante esses eventos, Ark Thompson tinha se infiltrado na cidade e começou a se passar por Vincent para coletar informações valiosas (por pedido de Leon S. Kennedy). Vincent (graças a uma criança local, em quem ele confiava chamado Lott Klein) descobriu tudo e então planejou resolver o problema com uma solução definitiva.

Infestação

Em 22 de novembro, o comandante Vincent Goldman conseguiu espalhar o T-vírus ao longo de toda a ilha (certificando-se de que parecia ser um acidente). Em seguida, ele tentou caçar Ark Thompson para terminar o trabalho e, em seguida, retornar para a sede da Umbrella para coletar seus ganhos; e quando  Ark estava tentando escapar da ilha via helicóptero, Vincent o rastreou e atirou no meio de transporte de Ark.

Na queda Ark perdeu a memória depois da queda e vagou sem rumo através da cidade infectada pelo T-vírus. Vincent perdeu a consciência quando o helicóptero caiu, mas sobreviveu. De alguma forma, ele voltou ao complexo da Umbrella para ligar para o quartel pedindo resgate. Mas a Umbrella, depois de receber a notícia perturbadora do surto, enviou um esquadrão de forças especiais de limpeza para eliminar qualquer sobrevivente com o conhecimento da produção dos Tyrants de uma vez. Estes “limpadores” (Cleaners) da Umbrella foram ordenados a recuperar os dados do Projeto Tyrant e eliminar os possíveis autores do surto.

Enquanto isso, Ark Thompson começou a desvendar alguns dos segredos da ilha Sheena, ele se aventurou pela cidade. Ele visitou algumas áreas que continham informações secretas da Umbrella. Ark conseguiu atingir o centro de pesquisa da Umbrella. Lá, Vincent Goldman lançou vários Tyrants produzidos em massa para livrar de Thompson. Ele também encontrou o agora órfão Lott Klein, um menino que era filho de um empregado da Umbrella na ilha. Mais tarde, ele recuperou a memória e confrontou Vincent no centro de pesquisa. Enquanto isso, um protótipo do Tyrant (Hypnos T-Type) escapou de sua gaiola e matou Vincent na frente da Ark Thompson. Ele sobreviveu ao ataque do Hypnos e escapou da instalação através de um trem que levou Ark e Lott para um pequeno aeródromo. Lá, Ark encontrou um helicóptero e utilizou para escapar da ilha com Lott & Lily (irmã de Lott) Klein ao seu lado. No entanto, o Tyrant alcançou o helicóptero já em sua forma “Super Tyrant” . Ark conseguiu disparar dois mísseis no Tyrant para lançá-lo para fora do avião. Ele então usou um segundo míssil para explodir o Tyrant no ar.

Ark e os irmãos Klein conseguiram escapar com segurança, e assistiram a destruição da Ilha Sheena, que ocorreu no dia 26 de novembro, quando a sequência de auto-destruição do local foi completada.

%d blogueiros gostam disto: