Perfil

Nome: Sherry Birkin
Nascimento: 1986
Altura: desconhecido
Peso: desconhecido
Tipo Sanguíneo: O
Afiliações: D.S.O (2012-presente)
Status: Viva

Sherry Birkin é filha dos pesquisadores William Birkin e Annette Birkin, dois dos principais membros da equipe de pesquisas da Umbrella, sendo o primeiro o responsável pela descoberta do G-Vírus. O brilhantismo do casal, no entanto não era o mesmo quando o assunto era família.

Por conta de suas pesquisas e do envolvimento com o trabalho, Sherry sempre foi relegada a um segundo plano em suas vidas, e na maioria dos momentos não podia contar com os seus pais. Isso acabou fazendo com que Sherry amadurecesse rapidamente, aprendendo a se virar sozinha na maioria das situações.

Por outro lado ela era uma criança muito tímida, insegura e dificilmente confiava em alguma outra pessoa por conta das decepções que sofreu com seus pais.


Metade pai, monstro por inteiro

29 e 30 de setembro de 1998

Após William Birkin ser atacado pelas forças da USS lideradas por HUNK, o caos se instaurou em Raccoon City graças a contaminação das águas e esgoto da cidade, que levaram o vírus a todos em uma velocidade imensa. Assim que a situação ficou crítica, Annette ligou para Sherry, que estava na escola e disse a pequena garota – que na época tinha apenas 12 anos, que a cidade estava se tornando um grande perigo, e que a garota devia deixar a escola imediatamente para se refugiar na R.P.D.

Assustada, a garota seguiu a ordem da mãe e partiu, mas se deparou com o lugar infestado por zumbis. Após fugir de algumas situações perigosas, Sherry acaba encontrando com Claire Redfield que acabara de chegar na cidade em busca de seu irmão Chris Redfield.

Sherry tentou fugir de Claire, com medo da moça, mas após uma rápida conversa ela acabou concordando em ficar ao lado dela para assim ter mais chances de escapar da cidade em segurança. A pequena garota contou a Claire que estava sendo perseguida por um monstro, mas o que ela não sabia é que esse monstro, na verdade era seu pai, William transformado em G-Type graças aos efeitos do G-Vírus em seu corpo.

Além disso, Sherry também estava sendo perseguida por um modelo de Tyrant, o T-103 produzido em massa, que fora enviado para conseguir uma amostra do G-Vírus. Sherry não sabia, mas William havia escondido uma amostra do vírus no colar que a garota usava e que tinha a foto de sua família.

Além do Tyrant, havia mais alguém atrás do colar de Sherry, era Ada Wong que fora enviada por Albert Wesker para conseguir uma amostra do vírus. Após ter que se separar de Claire por alguns instantes, Sherry deu de cara com Ada e em pânico a garota acaba derrubando o colar que é pego pela espiã, dessa forma Sherry se livrou da perseguição pelo Tyrant, mas G-Birkin continuava perseguindo-a.

Uma vez contaminado, William perdeu quase que completamente sua sanidade e capacidade de raciocínio, ele apenas buscava por alguém geneticamente compatível para implantar o embrião G e dessa forma se reproduzir, para tal, nada melhor do que Sherry que carregava os mesmos genes de William, o que tornava a possibilidade dela ser compatível com o G-Vírus muito maior do que qualquer outro ser.

Claire e Leon S. Kennedy acabam descobrindo uma rota de fuga que passa pelo esgoto da cidade. Sherry e Claire seguem pelo caminho, mas a pequena garota é sugada por uma boca de lobo e acaba separada de Claire mais uma vez. Ela cai em uma pilha de detritos e acaba ficando inconsciente, e é nesse momento que G-Birkin a encontra e implanta nela o embrião G que se desenvolveria dentro da garota.

Claire acaba encontrando Annette e com as informações passadas pela cientista ela encontra Sherry que reclama de dores abdominais – decorrentes do embrião do G-Vírus. Elas seguem adiante e encontram a entrada do laboratório subterrâneo da Umbrella, que se localizava no subsolo de Raccoon City e era a principal base de experimentos da empresa naquele momento.

No laboratório, Claire deixa Sherry na sala de segurança e parte em busca de uma cura para a garota, no caminho ela vê Annette sendo morta de forma brutal por G-Birkin, mas antes de morrer a mãe de Sherry deixa instruções de como sintetizar uma cura para sua pequena garotinha.

Claire pede para Leon pegar Sherry e encontrá-la no trem de emergência, enquanto iria atrás de fazer os procedimentos para produzir a vacina para Sherry. Após alguns percalços, Claire finalmente consegue encontrar-se com Leon e Sherry no trem, onde ela administra a vacina na garota e eles finalmente consegue escapar do complexo da Umbrella pouco antes de sua explosão no amanhecer do dia 30 de setembro.

Sozinha

1998 – 2006

Depois de escapar de Raccoon City e ver Claire deixando-a para poder ir atrás de seu irmão, Sherry e Leon foram mantidos sob custódia do governo Norte-Americano, mas por motivos diferentes. Enquanto Leon era visto como um jovem de potencial por suas habilidades demonstradas em Raccoon e também por saber demais, Sherry foi mantida sob custódia pois haviam indícios de que seu corpo carregava traços da contaminação pelo G-Vírus.

Os cientistas do governo desejavam estudar os seus anti-corpos para saber até que ponto houve uma fusão entre eles e o G-Vírus. Ela também foi usada como um meio de coagir Leon a trabalhar como agente especial do governo, afinal, tanto o ex-policial quanto Claire haviam criado uma grande afeição pela garota e não queriam que nada de mal acontecesse a ela, ainda mais após o trauma de ter seus pais mortos pelo seu próprio experimento.

Dessa forma, o governo Norte-Americano acabou ganhando duas vezes, com Leon ingressando pro time de agentes e com Sherry a disposição para ser alvo de pesquisas. Apesar disso, Sherry também saiu ganhando de certa forma, ela agora estava sozinha no mundo, sem pai, mãe ou qualquer parente próximo e estar sob a proteção do governo a mantinha longe das garras de empresas rivais da Umbrella e de Albert Wesker.

Sempre foi prometido para Sherry que Claire iria voltar para ficar ao seu lado, esse era inclusive um dos argumentos usados pelo governo para que ela fosse mantida ali. Durante as pesquisas foi descoberto que Sherry de fato tinha resistência ao G-Vírus e isso a tornava única. Essa característica tornava-a de suma importância. Após os primeiros estudos e essa descoberta, sua localização foi guardada a sete-chaves para que ela não corresse risco de maneira alguma.

Os anos seguintes foram um calvário para Sherry, ela foi mantida em um local secreto onde era alvo de constantes estudos para acompanhar o desenvolvimento do G-Vírus em seu corpo, e com o passar dos anos seu corpo foi se adaptando cada vez mais ao vírus, dando a ela a incrível capacidade regenerativa do vírus mas sem causar danos ou mutações em sua estrutura, essa capacidade regenerativa inclusive faz com que sua idade aparente seja menor que sua idade cronológica.

Uma nova família

2006 – 2009

Sem parentes vivos e com uma crescente solidão devido a isso e aos estudos aos quais seu organismo eram submetidos, Sherry foi se tornando cada vez mais triste. Para tentar dar algum suporte a ela, um membro de alto escalão do governo foi nomeado como guardião de Sherry, não chegava a ser um pai adotivo, mas já a ajudaria a ter alguém em quem se apoiar.

Seu nome é Derek C. Simmons, que cuidou da garota durante o período que ela ficou sob custódia do governo e inclusive mostrou sensibilidade e compreensão ao permitir que Claire Redfield visitasse Sherry eventualmente. Desde então, Claire sempre que possível estava junto de Sherry, tornando-se a pessoa em quem ela mais confiava, praticamente uma irmã mais velha.

Sherry, inclusive, passou a se espelhar em Claire como um modelo a seguir, e com o passar do tempo Sherry de fato seguiu de certa forma o exemplo de Claire, vindo a se tornar uma agente do governo americano. Com a morte de Albert Wesker em 2009, Sherry passou a correr menos perigo e com esse cenário somado aos experimentos que eram realizados com ela concluídos, o governo americano ofereceu a ela um cargo como agente e em troca ela receberia sua “liberdade”.

Após aceitar a proposta por enxergar nisso a chance de ter ao menos um pouco de liberdade, também pra poder ajudar pessoas a não passar por situações como a dela – apesar de sua “liberdade”, ela continuava tendo seus passos vigiados pelo governo, estava livre apenas de seu cativeiro.

Sherry recebeu o devido treinamento sob os atentos olhares de Derek Simmons e mais tarde se tornou uma agente da DSO – Divisão de Operações de Segurança. Claire durante várias vezes tentou convencer Sherry a largar o cargo na DSO, mas ela sempre foi muito firme dizendo que via no seu cargo uma oportunidade de ajudar na luta contra o bio-terrorismo.

Birkin e Wesker juntos novamente

24-25 de dezembro de 2012

Em dezembro de 2012, Sherry recebeu ordens de Derek Simmons de se infiltrar numa zona de conflito no leste Europeu, a República da Edonia para encontrar e negociar com Jake Muller, um mercenário local, filho desconhecido de Albert Wesker e que poderia conter em seu sangue os anti-corpos para anular o C-vírus, uma nova arma viral que começava a ser usada em incidentes bioterroristas ao redor do mundo – inclusive na própria Edonia.

Sherry encontrou Jake em meio a guerra cívil que ocorria no local no exato momento em que ele acabara de se injetar com o C-vírus. Após o breve primeiro contato, os dois fogem do local antes que os J’avos os alcancem, tudo sob o atento olhar de Carla Radames.

A fuga dos dois estava apenas começando, já que o Ustanak – uma BOW produzida pela Neo-Umbrella e enviada por Carla Radames passaria a perseguir quase que incessantemente a dupla. Durante a fuga, os dois são forçados a lutar contra a BOW que é impedida de capturar a dupla por conta da estrutura de um galpão que caiu sobre ela.

Tão logo saem do local, Sherry e Jake dão de cara com um esquadrão da BSAA liderado por Chris Redfield. Eles acabam colaborando entre si para poderem seguir seus caminhos, e após isso, um helicóptero da BSAA é disponibilizado para que Sherry levasse Jake até Derek Simmons.

No entanto, eles são surpreendidos por helicópteros da Neo-Umbrella e pelo Ustanak, que a bordo de uma das aero-naves faz de tudo para abatar o helicóptero que carregava Sherry e Jake. Após uma breve batalha aérea, Sherry e Jake são obrigados a pular de pára-quedas em meio a uma nevasca nas montanhas, mas a queda é dura, e Sherry acaba sendo ferida gravemente por um dos destroços do helicóptero que penetrou em suas costas.

Jake atônito, não sabe o que fazer, mas Sherry pede que ele tire o pedaço de metal de seu corpo mesmo ouvindo do mercenário que o sangramento iria matá-la. Jake atende o pedido de Sherry e fica ainda mais atônito ao ver os poderes regenerativos dela entrando em ação.

Após isso, Jake passa a chamar Sherry de “Super Girl”, já que assim como ele, ela também possuia grandes capacidades em seu organismo. Em meio a nevasca, eles foram obrigados a buscar por três dispositivos de memória que continham informações importantes sobre Jake.

Ao encontrá-los, se abrigaram na forte nevasca em uma cabana, onde Sherry desabafa contando a Jake sobre seu pai, William Birkin, a trágica forma que ele morreu, e a origem de seus poderes. Devido a esse trágico histórico familiar e ao “peso” que carregam em seu sangue, começa a nascer uma empatia muito grande entre ambos.

Eles são surpreendidos por um ataque massivo de J’avos a cabana, e são obrigados a escapar em dois veículos de neve. Mas os problemas mal estavam começando, já que uma enorme avalanche acontece nas montanhas, forçando-os a se refugiar em uma caverna onde novamente eles dão de cara com o Ustanak.

No local, após passar por uma série de apuros por conta de BOW, eles acabam achando um veículo perfurador de pedras e o usam para aparentemente derrotar o Ustanak na saída da caverna, mas, eles são surpreendidos por um grupo de J’avos comandados por Carla Radames, e novamente pelo Ustanak que golpeia Sherry e prende Jake. No momento, Carla revela que o nome do pai de Jake é Albert Wesker. Desmaiados, os dois são levados por Carla as instalações secretas da Neo-Umbrella em Lanshiang, na China.

Um duro golpe

30 junho de 2013

Depois de passar seis meses presos nas instalações da Neo-Umbrella onde novamente foi alvo de uma série de experimentos, Sherry aproveitou uma falha na segurança para, junto de Jake escapar do local. Pouco antes de deixar a Neo-Umbrella, Sherry contactou Simmons que estava na China também, e marcou um local para encontrar com ele e entregar Jake para que seu sangue pudesse ser utilizado para a fabricação de um antiviral para o C-vírus.

O caminho de fuga foi tortuoso, eles tiveram que lidar com uma enrome quantidade de J’avos e de outras criaturas geradas pelas mutações do vírus, além de um tanque de guerra e um helicóptero em uma fuga de moto desenfreada pela cidade. Durante a fuga, Sherry avista um avião norte-americano caindo no meio da cidade, ela e Jake se dirigem para o local e acabam encontram com Leon S. Kennedy e Helena Harper.

É a primeira vez em muitos anos que Sherry vê Leon, que se surpreende em ver a garota ali trabalhando para o governo. Ela inclusive acaba separando um princípio de briga entre Jake e Leon, e fica sabendo do ex-policial que Derek Simmons é um homem perigoso e que está por trás de uma série de atentados, inclusive o que culminou com a morte do presidente Adam Benford.

Sherry estranha a informação, já que Simmons foi como um pai para ela nos últimos anos, mas a conversa é interrompida pelo Ustanak que obriga os quatro a atuarem juntos para escaparem das garras da criatura. Após a batalha, as duas duplas se separam mas Sherry dá a localização de seu encontro com Simmons para Leon que segue para o local com Helena.

Sherry e Jake também toma seu caminho para o local, mas uma outra BOW aparece em seu caminho, o Ubstivo que só é derrotado graças a ajuda de Ada Wong, que salvou Sherry da morte certa e colocou um ponto final a vida da BOW.

Chegando no local do encontro, Sherry e Jake encontram com Leon e Helena, e ao confrontar Simmons e perguntar a ele sobre seu envolvimento, ele responde que foi em benefício da segurança nacional e da estabilidade global, com isso ela acaba vendo que Leon estava certo e que Simmons, aquele que durante anos foi como um pai para ela, foi o responsável por uma série infindável de atrocidades e mortes.

Leon e Helena dão cobertura para que Sherry e Jake possam fugir do local, mas novamente eles acabam sendo capturados por uma grande quantidade de J’avos, que a mando de Carla Radames os levam para as instalações sub-aquáticas da Neo-Umbrella onde eles são aprisionados novamente. O local é altamente secreto e servia de base para Carla dar prosseguimento a alguns de seus mais poderosos experimentos com BOWs.

O que está por vir

01 de julho de 2013

Após algumas poucas horas presos, Sherry e Jake foram misteriosamente liberados. Agora, os dois mais uma vez atuam juntos para conseguir ativar o elevador do local e tentar achar uma saída das instalações. Após conseguirem ativar o elevador, eles encontram com Chris Redfield e Piers Nivans.

O momento é tenso, já que Chris e Jake entram em rota de colisão porque o capitão da BSAA foi o responsável pela morte de Albert Wesker, o pai de Jake, que embora desconhecido foi quem lhe deixou a herança de sangue que poderia salvar o mundo.

Sem sucesso, Sherry e Piers tentam interromper o confronto entre os dois, e após propositalmente acertar um tiro de raspão em Chris, Jake se recompõe e junto de Sherry e dos dois membros da BSAA ativam os elevadores para escapar do local, O mecanismo também libera Haos, a BOW suprema da Neo-Umbrella. Chris e Piers ficam para lidar com a criatura, enquanto Sherry e Jake escapam rumo a superfície.

Porém no caminho da dupla, novamente o Ustanak aparece, e uma tensa batalha entre eles acontece sob um rio de lava que corre em baixo do gradil onde eles estão. Após causar alguns danos no Ustanak, Sherry e Jake acabam caindo em plataformas diferentes e desarmados, e a agente da DSO fica de espectadora da luta braçal entre Jake e Ustanak, que acaba sendo derrotado e caindo no rio de lava.

Sherry e Jake chegam a um transportador de carga, ativam-no e sobem a bordo para escapar do local pouco antes da explosão das instalações da Neo-Umbrella, e em meio a uma bola de fogo, novamente o Ustanak surge, gravemente ferido e com o coração exposto a criatura tenta uma última investida para cumprir sua missão, mas, Sherry pega uma magnum e com o auxílio de Jake, disparam o último tiro no coração da BOW, que tem seu fim de uma vez por todas.

Após escapar do local, Sherry conduz Jake para que seu sangue seja usado da forma devida, e a bordo de um avião, ela fala com Jake por telefone deixando no ar um futuro encontro, mostrando a forte relação que acabou sendo criada entre ambos nos últimos meses, e não apenas por eles carregarem o sangue de Birkin e Wesker consigo


Aparições

  • A primeira aparição de Sherry foi em Resident Evil 2. Com apenas 12 anos de idade, ela é protegida por Claire Redfield e Leon S. Kennedy que auxiliam a garota na fuga de seu pai William Birkin transformado pelo G-Vírus. Sherry é controlável em alguns momentos, mas não é possível matar quaisquer inimigos, apenas desviar de seus ataques e carregar itens para que Claire/Leon possa prosseguir em suas jornadas. Ela no fim do jogo, consegue escapar do laboratório da Umbrella antes que ele exploda, graças a ajuda dos dois.
  • Em Resident Evil: The Darkside Chronicles, a história dela, de Leon e de Claire é recontada no cenário “Memories of a Lost City”, mas há o incremento de uma série de files de áudio com telefonemas dados por sua mãe Annette, indicando a Sherry o que ela devia fazer para se manter segura em meio ao caos que Raccoon se tornara.
  • Em Resident Evil: Operation Raccoon City, Sherry é um dos alvos do Wolfpack da USS, que visa capturar a garota para reaver uma amostra do G-Vírus que a garota carrega em seu pingente, nos dois finais possíveis da campanha do Wolfpack, Sherry sobrevive, mas em um ela é capturada pelo esquadrão da USS e levada pela Umbrella, no outro ela não é capturada, e ao lado de Leon e de Claire ficam livres para buscar uma rota de fuga da cidade.
  • Na DLC de REORC que coloca o jogador na pele da Echo Six da Spec Ops, o jogador deve escoltar a garota pelos esgotos da cidade, protegendo-a dos ataques de zumbis e outras BOWs. Na missão final, após auxiliar Leon, Claire e Sherry, o Echo Six coloca os três em um helicóptero para que eles possam sair da cidade antes que algo de ruim lhes aconteça.
  • Em Resident Evil 6, Sherry é mostrada como uma agente do DSO com a missão de contactar e negociar com Jake Muller. No decorrer da campanha, é revelado que Sherry carrega em seu organismo propriedades do G-Vírus, o que a torna uma agente muito especial. Após ser capturada pela Neo-Umbrella e ficar meses sendo alvo de experimentos, ela contará com a ajuda de antigos amigos de Raccoon para seguir sua jornada e ao lado de Jake escapar com vida das instalações subaquáticas da Neo-Umbrella.
  • Sherry também é citada em diversos files. Nos epílogos de Leon e Claire, mostrados em Resident Evil 3, a garota é citada. No epílogo de Claire, é citado que Sherry precisa de cuidados médicos logo após o trio escapar da explosão do laboratório da Umbrella, e que Claire logo estará de volta para cuidar dela. No epílogo de Leon, o policial pede para que deixem a garota em paz, já que ela é inocente, mas membros do governo falam que “ela sabe demais”.
  • No Wesker’s Report II, ela é citada pelo vilão por seu potencial, afinal ela foi contaminada pelo embrião G por William Birkin e recebeu o antígeno algumas horas depois, o que provavelmente causou mudanças fantásticas em seu sistema, algo que foi comprovado em Resident Evil 6.

Curiosidades

  • Quando foram divulgadas as primeiras imagens de Resident Evil 4, imaginava-se que Ashley Graham pudesse ser Sherry Birkin, rumor que foi desmentido no lançamento do jogo.
  • Durante a divulgação de Resident Evil 5, foram mostradas imagens de uma mulher loira em um tubo. A princípio imaginava-se que essa mulher fosse Sherry, por conta do interesse de Wesker nela e pela sua aparência, porém, depois foi descoberto que se tratava de Jill Valentine.

Atrizes e Dubladoras

Resident Evil 2

  • Lisa Yamanaka (voz)

Resident Evil: The Darkside Chronicles

  • Laura Bailey (voz)

Resident Evil: Operation Raccoon City

  • Eden Riegel (voz)

Resident Evil 6

  • Eden Riegel (voz)
  • Sarah Fletcher (captura de movimentos)
%d blogueiros gostam disto: