BGS 2019: O melhor evento para os melhores fãs

A Brasil Game Show 2019 já passou, mas ainda estamos com momentos lindos na memória que precisam ser compartilhados para o público, por que essa edição foi SENSACIONAL! O evento aconteceu entre os dias 9 e 13 de outubro e a equipe REVIL estava lá para prestigiar cada canto de todos os pavilhões da Expo Center Norte, que foram tomadas por diversos games. Neste artigo, você confere um pouco da experiência da nossa equipe de pura diversão e trabalho também, tá pensando o que? rs

Os primeiros encontros

Os principais pontos de encontro logo no início do evento foram em estandes da Warner Games Brasil e da Warpzone. No da WB Games, conseguimos jogar a versão beta de Project Resistance com a equipe e fãs do site REVIL – o que foi uma experiencia incrível.

Para Dry Portes, da equipe REVIL, Project Resistance é um jogo muito divertido, principalmente se você fechar com seus amigos. Ela considera a movimentação dos personagens boa e resposta dos comandos também, facilitando a jogabilidade. Dry só percebeu que o vilão (mastermind) está um tanto forte, muito “apelão” em comparação aos Sobreviventes, dificultando demais a vida dos jogadores. Por se tratar de uma beta, há a esperança de que haja um balanceamento para equilibrar as coisas até o lançamento.

Já no estande da Warpzone, nos encontramos com mais fãs e, claro, prestigiamos toda a primeira semana de lançamento do livro Essencial Resident Evil, que contou com a colaboração de Bruna Lanzillotta (nossa eterna amiga) e a autora deste artigo, da equipe REVIL – colaboramos com textos, busca de imagens e revisões. Durante a BGS, o livro foi um verdadeiro sucesso! A versão impressa ficou linda e pudemos conversar com várias pessoas que fizeram a adquisição ali mesmo, no estande. Foi ótimo ver toda a empolgação dos fãs com o conteúdo completo em mãos.

Toda essa proximidade com os fãs foi só o começo de toda uma comemoração pela chegada do Essencial Resident Evil ao mercado. Um COLECIONANDO especial em meio a uma festa de aniversário – que aconteceu paralelamente à BGS na Casa do Videogame, em São Paulo – vai ao ar nos próximos dias trazendo todos os detalhes. Fiquem ligados!

Ainda se tratando sobre o que amamos, Resident Evil, tivemos a oportunidade de ser entrevistados por Renatrovisk para seu canal do Youtube:

Voltando à Brasil Game Show, logo no primeiro dia (9 de outubro), muitos membros da equipe aproveitaram para visitar os principais estandes do evento. Jogamos um pouco, curtimos os espaços e analisamos o que cada grande empresa trouxe para o nosso país neste ano.

Estande Playstation

Em mais um ano, o estande mais concorrido para testes de exclusivos foi o do Playstation. Os títulos que fizeram mais sucesso foram Final Fantasy VII Remake e Marvel’s Avengers. Como nas edições anteriores da BGS, a Sony optou por agendar via aplicativo o teste de alguns jogos.Final Fantasy VII Remake com certeza será um dos games que vai fechar a vida do PlayStation 4 com chave de ouro – e não é pra menos, pois o game está LINDO!

Para Dry Portes, membro do REVIL, o game mesclou muito bem os elementos indispensáveis de um RPG com uma mecânica fácil e dinâmica que vimos nos gêneros Hack’n Slash. Quando usamos magias ou itens, o jogo dá uma breve congelada, nos lembrando os comandos de turno de batalhas. Assim que o jogador volta para a ação, tudo continua de onde parou. Os gráficos estão sensacionais e jogabilidade melhor ainda, com um combate de RPG em turno – do clássico do Final Fantasy VII – e a ação do RPG vistos nos últimos lançamentos da franquia, como Final Fantasy XV.

O início pode parecer meio confuso – até que você consiga saber qual botão apertar para fazer cada comando, mas alguns minutos de gameplay são suficientes para o jogador se acostumar.

Marvel’s Avengers também foi muito cobiçado para ser jogado no estande Playstation, tendo o maior tempo disponível para teste. Esse é outro game que irá surpreender muitas pessoas, apesar das críticas negativas já com o lançamento do primeiro trailer com aquelas caras feiosas.

A jogabilidade é fluída e muito gostosa. É parecida com o que temos em Marvel’s Spider-Man. Na demo foi possível jogar com todos os integrantes dos Vingadores e nós conseguimos testar as habilidades e movimentos de cada um sem grandes problemas. Graficamente o game está lindo, mesmo com a ausência da “cara” dos atores que deram vida aos Vingadores nos cinemas – isso não impede a imersão total do enredo do título.

Aos ansiosos, vale dizer para realmente não esperar nada relacionado ao que foi vistos nos cinemas, mas sim algo maior e bem mais imersivo, melhorando o universo dos Vingadores.Entre jogos, teve também Nioh 2, que foi um dos jogos mais “mornos” a serem testados nos primeiros dias de evento – com fila e menor nos primeiros dias. O game mantém sua alta dificuldade ao melhor estilo da famosa franquia “Souls”. A precisão e a estratégia são os principais elementos que os fãs devem dosar para sobreviver no jogo. Os gráficos também estão deslumbrantes, com cenários bonitos e super detalhados. A jogabilidade não deixa a desejar em nada, já que os golpes respondem bem aos comandos do controle e o jogo é bem fluido em seus combates.

E tem mais um que atraiu a atenção de parte do público da BGS: Marvel’s Iron Man VR. Esse game mostrará todo o mundo emersivo do PS VR e da Marvel. Iron Man VR é o título certo para quem sempre sonhou em ser o Homem de Ferro por algumas horas. A jogabilidade é totalmente imersiva e perfeita em movimentação. Os sons ambientes e a trilha sonora são impecáveis. Os cenários estão lindos em realidade virtual – só cuidado para não ficar batendo a testa nas pedras do caminho.

Estande Xbox

Um dos maiores estandes deste ano sem dúvida foi o do Xbox, trazendo vários exclusivos da plataforma para serem testados antes de seu lançamento. Project Resistance estava disponível para testes, assim como outros jogos já lançados na plataforma, como Borderlands 3, Devil May Cry 5, Dead Cells e Bloodstained: Ritual of the Night.Gears 5 foi o mais concorrido no estande verde, com as maiores filas vistas entre os pavilhões. A primeira impressão foi bem bacana sobre o jogo. Pudemos experimentar uma partida team deathmatch, com duas equipes de 5 jogares se enfrentando. A jogabilidade está ótima, bem fluída e rápida, com uma boa resposta aos comandos. A equipe que chegasse “viva” ao fim da partida ganhava um um gift card para ter acesso ao gamepass de um mês e um colar do jogo – mimos que todos adoramos. Gears 5 Brasil Game Show 2019Rolou também Dragon Ball Kakarot no estande Xbox. Já de início há um momento nostálgico, pois o cenário lembra um pouco a saga que chegou ao Playstation 2. O título parece bem promissor, com uma proposta um pouco diferente do que foi vista nos últimos Dragon Balls lançados da franquia.

As lutas não acontecem em uma arena pré-definida. Você pode explorar o mapa livremente, fazendo missões secundárias, caçando as famosas esferas do dragão ou optar por seguir para as missões principais. O jogo dá a entender que terá elementos de Open World nessa nova geração. A missão principal, essa sim, envolve luta. O jogo é promissor e mostra uma velha história com um novo jeito de jogar.

Ori and the Will of the Wisps é outra boa surpresa no Xbox. Com certeza é um dos exclusivos mais aguardados do ano. O lançamento está marcado para o próximo ano e a continuação manteve a beleza e os traços cativantes do primeiro jogo. Para essa sequência, novos poderes e habilidades estão disponíveis, aumentando a dinâmica e interação com cada parte do cenário. O jogo realmente cativa e traz aquela sensação de sossego com muita nostalgia que remete aos games antigos da geração 2D.

Ori and the Will of the Wisps Xbox Brasil Game Show 2019

Imagem de divulgação do Twitter da Xbox Brasil

Estande Nintendo

E o prêmio de estande mais fofo de toda a Brasil Game Show 2019 vai para a Nintendo, porque estava UM MÁXIMO! Todos aqueles que esperaram ansiosos para uma presença mais “definitiva” da empresa aqui no Brasil tiveram seus desejos atendidos neste ano.

Jogos como Super Smash Bros. Ultimate, Super Mario Party, Super Mario Maker 2 e Mario Kart 8 estavam disponíveis para serem testados, só que outros dois títulos foram o centro das atenções no estande: Luigi’s Mansion 3The Legend of Zelda: Link’s Awakening.

Luigi’s Mansion 3, que será lançado somente no dia 30 de outubro, já estava disponível para testes na Brasil Game Show. Totalmente divertido e descontraído, o jogo promete misturar toda a alegria e situações engraçadas vividas por Luigi em cenários cheios de puzzles e inimigos que não são tão fáceis de se livrar. Desta vez, Luigi tem um novo amiguinho durante sua aventura: um cachorrinho fantasma.

O que nos cativa em Luigi’s Mansion 3 são os belos e “assustadores” cenários em que passamos e os puzzles que resolvemos – vai ser necessário interagir bastante com o cenário para prosseguir no game e se entender com as loucas armas que Luigi possui em seu arsenal.

The Legend of Zelda: Link’s Awakening, um dos mais recentes lançamentos para Nintendo Switch, também estava disponível no estande e atraiu muitos jogadores. Trata-se de um remake do original Link’s Awakening, lançado para GameBoy, que permanece com toda a essência do original intacta e linda. A nova versão é super gostosa de se jogar e se divertir.

Outras experiências

Outros estandes, como os da Epic Games, Facebook Gaming, Banco do Brasil e Youtube Gaming estavam super convidativos e espaçosos o suficiente para receberem todos os jogadores. Para os saudosistas, havia uma área grande cheia de arcades, pinball, bilhar temático do Pac Man, Pump it Up (as famosas máquinas de dança) e muito mais! Street Fighter e os vários The King Of Fighters que existiam ali fizeram brilhar os olhos.

Ah, não dá para esquece que na Warpzone também haviam arcades para a galera que queria tirar um “contra” com os amigos. O estande dos nossos amigos também teve a presença ilustre de alguns consoles antigos e de um pouco da história dos games – relembrar é sempre bom.

E PASMEM! Na BGS deste ano teve até o Pião da Casa Própria. Uma cortesia do SBT!

Especial Estande da Warner Games Brasil

A equipe REVIL ficou mais dias concentrada no estande dos nossos amigos da Warner Games Brasil devido ao Project Resistance, mas não era só isso de bacana que tinha por lá. Jogos como Mortal Kombat 11, FIFA 20, Monster Hunter World: Iceborne estavam disponíveis para os jogadores. Atrações dos filmes Harry Potter e Doutor Sono também estavam por lá. Quem esteve no estande foi ilustre de Ed Boon, ao lado de diversos cosplayers da franquia Mortal Kombat.

Meet & Greet

As sessões de Meet & Greet da Brasil Game Show foram as melhores – e esse quesito melhora a cada ano. De início, todos da equipe estavam ansiosos para uma coisa: o encontro com Albert Wesker. Não queríamos saturar o mundo, mas uma dica ou outra sempre é bem-vinda né? Brincadeiras a parte, esse foi o momento mais aguardado de todos, com D.C. Douglas.

Além do ator, alguns membros da equipe conseguiram conhecer pessoalmente o Shota Nakama, famoso compositor de trilha sonora na área de games (e super piadista devido ao nome inusitado); John Romero, criador de DOOM e Quake, considerado o pai do gênero FPS; o dublador Charles Martinet (IT’S ME, MARIO); Ed Boon, pai do Mortal Kombat; e os atores que deram vida aos protagonistas do game GTA V: Steven Ogg (Trevor), Shawn Fonteno (Franklin) e Ned Luke (Michael).

Comidas, Brindes e Shopping

A equipe não é de ferro e claro que fomos atrás de BRINDES pelo evento! A Brasil Game Show desse ano teve muito mais “mimos” do que no ano passado, porque praticamente todos os estandes estavam dando presentinhos aos visitantes. Foi a melhor recepção dada para os famosos caçadores de loot!

As compras esse ano também valeram a pena para quem guardou um dinheiro extra para gastar no evento – vimos pessoas adquirindo mais colecionáveis do que jogos, todos difíceis de se encontrar. E sobre a comida? Somente uma coisa a dizer: MUITO BOA! Com diversas opções e preços, a Praça de Alimentação foi o ponto de encontro mais gostoso de se ter.

Campeonatos na BGS Esports

Tivemos a oportunidade de presenciar o campeonato de Crossfire direto do palco da BGS Esports, com a equipe brasileira Vincit Gaming levando o primeiro lugar em cima da equipe chinesa Baisha Gaming. Foi acirrado esse final do começo ao fim, mas foi incrível vibrar pela equipe brasileira.

Video Game Orchestra

Para encerrar com chave de ouro todo o trabalho de cobertura da Brasil Game Show 2019, a equipe REVIL teve o prazer de acompanhar a apresentação da Video Game Orchestra com Fabio Santana, da Capcom Unity Brasil.

Para os amantes de trilha sonora, esse show foi mais que obrigatório na programação e no passeio pelo evento. Foi emocionante, divertido, empolgante e a parte mais linda de todo o evento. E o mais inusitado de tudo foi que rolou até um pedido de casamento durante o show! Um moço muito simpático com cosplay de Vincent Valentine (Final Fantasy VII) pediu a mão de sua namorada, também cosplayer (ela estava de Tifa Lockhart – Final Fantasy VII) diante de todos que estavam no show! O pessoal do Video Game Orchestra ajudou tocando o tema do filme Titanic, My Heart Will Go On.

E sim, ELA ACEITOU!

A Brasil Game Show deste ano foi um evento muito gostoso. É possível resumir o que sentimos por lá? Bom, nas palavras de Valdecir Emboava, da equipe REVIL:

“Como sempre, a Brasil Game Show proporcionou uma experiência memorável. É um excelente lugar para fazer networking e novos parceiros, e a estrutura do evento é fabulosa! Eu particularmente amei a área de fliperamas, que num momento nostálgico, me vi nos anos 90 novamente me divertindo nas máquinas de pinball. Como a E3 deste ano foi morna, eu não esperava grandes jogos para testar durante o evento, apesar de querer muito ter jogado Nioh 2 e Final Fantasy VII Remake, acredito que o aplicativo da Playstation deve ser otimizado para atender principalmente a imprensa. Os convidados deste ano foram super carismáticos com o público, mas senti falta de uma atração de peso, como um Troy Baker, por exemplo. A Video Game Orchestra também foi de tirar o fôlego, e nos proporcionou uma grandiosa dose de nostalgia. A BGS é um grande evento anual e, em minha humilde opinião, tem potencial para fazer grandes anúncios num futuro bem próximo”.

Equipe REVIL Brasil Game Show 2019

O REVIL fica muito feliz por ter participado de mais essa edição histórica como parceiro oficial do evento. E já estamos nos preparando ansiosos para a Brasil Game Show 2020, que já tem data marcada!

Algumas das imagens aqui usadas para ilustração do artigo são de acervos pessoais de membros da equipe REVIL. Já as demais foram creditadas.

%d blogueiros gostam disto: