Na ativa desde 1996 e com mais de 20 títulos lançados, a franquia Resident Evil viu várias dezenas de personagens passarem por sua trama. Alguns permanecem ativos e relevantes até hoje; outros apareceram, tiveram seu papel e arco encerrados; enquanto outros que pareciam ter enorme potencial para assumir uma posição de mais destaque e relevância, acabaram sendo deixados de lado pela Capcom por um motivo ou outro.

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre alguns dos personagens que poderiam ter sido colocados em um papel de maior destaque ao longo dos jogos, tentaremos explorar os motivos que fizeram com que eles fossem deixados de lado, além de especular se, como e quando eles poderiam voltar a aparecer.

Billy

Aparições: O ex-marinheiro “badass” faz sua primeira aparição em Resident Evil ø, sentenciado a morte pelo assassinato de 23 pessoas durante uma missão de sua equipe. Enquanto era transportado para o lugar de sua execução, o veículo foi atacado por criaturas durante o percurso nas Montanhas Arklay. Seus oficiais foram mortos e Billy Coen fugiu, abrigando-se no Ecliptic Express, onde encontrou Rebecca Chambers.

Apesar da reação inicialmente negativa de Rebecca ao encontrar o suposto assassino, eles concordam em cooperar para saírem vivos daquela situação. Posteriormente, Billy conta sua história a Rebecca e ela descobre que ele não foi culpado das mortes em sua missão.

Por que sumiu? Com Rebecca admirando e confiando em Billy cada vez mais, a moça promete a ele que dirá a seus superiores que ele morreu, dando assim a chance de Billy recomeçar sua vida.

Pode voltar? Dificilmente. Billy foi condenado a morte e por um milagre (ou catástrofe) conseguiu escapar vivo. Rebecca deu a Billy uma chance única de recomeçar sua vida do zero, até mesmo com outro nome. Seria muito estúpido da parte de Billy e forçado da parte da Capcom trazer o personagem ao centro de ataques bioterroristas. Diferente de muitos personagens com histórias inacabadas, a de Billy teve seu início e fim no mesmo jogo. Nós apenas podemos assumir que ele está vivendo sua vida em paz em algum outro lugar.

Barry

Aparições: Barry Burton aparece em Resident Evil/Resident Evil Remake e Resident Evil 3. Embora quase tenha traído seus companheiros em sua primeira aparição, Barry se mostrou leal até o fim e foi indispensável para a fuga do quarteto da Mansão Spencer. Barry retornou em Resident Evil 3, aparecendo no último minuto e salvando Jill Valentine e Carlos Oliveira da explosão de Raccoon City.

Por que sumiu? Barry sempre foi apaixonado pela sua família. Sua esposa e suas duas filhas são de extrema importância para ele. Após os acontecimentos de Resident Evil 1, Barry levou sua família para o Canadá, a fim de protegê-las enquanto os S.T.A.R.S. permaneceram em Raccoon City investigando a Umbrella. Em agosto de 1998, ele se reencontra com Chris na Europa e juntos, investigam uma sede da empresa.
Depois de salvar Jill e Carlos da explosão de Raccoon City, Barry nunca mais apareceu na série. Levando em consideração seu apreço e temor pela segurança de sua família o tenha afastado dos campos de batalha, embora isso seja apenas especulação.

Pode voltar? É possível. Embora Barry não seja mais nenhum jovem e tema por sua família, no beta de Resident Evil 5 ele seria parceiro de Chris Redfield, no lugar de Sheva Alomar. Levando isso em consideração, sabemos que a Capcom cogitou recentemente o retorno do tão carismático barbudo e possivelmente, Barry só não esteve presente no jogo por conta das acusações de racismo que a Capcom enfrentou após apresentar a ideia de homens brancos matando diversos negros durante uma operação na Africa.

Rebecca

Aparições: Cronologicamente, Rebecca Chambers tem duas únicas aparições, sendo elas em Resident Evil ø e Resident Evil/Resident Evil Remake. Em Resident Evil ø vemos a partida de Rebecca e o começo da investigação do “incidente canibal” que estava acontecendo nas Montanhas Arklay. Rebecca encontra Billy Coen e juntos, os dois sobrevivem a diversos desafios até que Rebecca encontre Chris Redfield em Resident Evil Remake.

Por que sumiu? Muito se especula sobre o destino de Rebecca Chambers. Muitas pessoas acreditam que a médica está viva, outros acreditam que ela morreu quando a infecção tomou a cidade. O motivo pelo qual a dúvida existe é pela falta de um final em Resident Evil Remake (ou até mesmo do cenário “Mansion Incident” de Umbrella Chronicles, onde a Capcom teve a oportunidade de consertar esse erro, mas não o fez) em que Jill, Chris, Barry e Rebecca escapem os quatro, juntos. No entanto, pelo final de RE3 sabemos que os três primeiros vivem. Porém, quebrando qualquer possibilidade da morte de Rebecca na mansão, o file “Mail to the Chief/Correspondência para o Chefe” confirma que Jill, Chris, Rebecca, Barry e Brad sobreviveram aos acontecimentos nas montanhas. E essa foi a última menção cronológica de Rebecca Chambers na série.

No entanto, o dúvida sobre a possibilidade da morte de Rebecca ainda persiste por conta do livro “Resident Evil: Archives”, onde no perfil de Rebecca consta que a personagem está viva no segundo capítulo, mas no terceiro, a informação é de que ela está morta. Rebecca não seu uniu a Chris, Jill e Barry para derrubar a Umbrella até onde sabemos, portanto, não é impossível que a personagem tenha permanecido em Raccoon City e tenha morrido junto com boa parte da população.

Vale lembrar que em um dos extras de Resident Evil: Degeneração, um dos produtores menciona que após a Claire, os fãs pediriam pela Rebecca. Então, podemos deduzir que a informação do terceiro capítulo de Resident Evil: Archives está incorreta e Rebecca está viva.

Pode voltar? Dificilmente. Como dito acima, Rebecca não se juntou aos seus companheiros para derrubar a Umbrella na época e dificilmente entraria no combate contra o bioterrorismo a essa altura do campeonato. Se Rebecca não o fez quando os casos eram mais restritos e isolados, será que a moça iria querer se arriscar com a coisa se tornando cada vez mais global?

Sem mencionar que a Rebecca que conhecemos se afasta totalmente do padrão de personagem que permanece na série até hoje. Uma Rebecca que nos foi apresentada como uma das mais frágeis personagens femininas da série, chutando portas como um soldado bem treinado seria muito, muito estranho. Por mais que a personagem tenha se encaixado nesse perfil no modo The Mercenaries Reunion de Resident Evil 5 Gold Edition, é apenas um mini-game e não deve ser levado em consideração.

No entanto, se a Capcom decidir criar um reboot para a série, Rebecca pode ser a melhor opção justamente por sua fragilidade aparente. Ela está muito mais propensa a ter reações humanas do que Chris ou Leon, por exemplo… que já estão cansados de enfrentar monstros com o dobro do tamanho deles sem sequer esboçar alguma reação convincente, pois aquilo simplesmente já faz parte. Como boa parte do clima do survival horror depende das possibilidades, reações e personagens, Rebecca seria, sem dúvida, uma ótima protagonista para um reboot com esse foco.

HUNK

Aparições: Apesar de muito querido pelo público, HUNK tem apenas uma aparição cronológica na franquia Resident Evil. Em RE2, vemos ele trilhando um caminho extremamente perigoso dos esgotos da cidade de Raccoon até o heliporto da delegacia, para entregar uma amostra do G-Vírus para a Umbrella. Único sobrevivente de sua equipe, HUNK ficou vagando pelos esgotos durante uma semana, atrás da amostra que ele roubou de William Birkin mas acabou perdendo em combate com a forma mutada do cientista. Tempos depois, em RE: The Umbrella Chronicles, a história de HUNK foi contada novamente no cenário “The Fourth Survivor”, que acabou substituindo o que é mostrado em seu cenário em RE2, os acontecimentos porém, são basicamente os mesmos e não há grandes mudanças.

Outras aparições do personagem incluem o modo Mercenaries de RE4, e o Raid Mode de RE: Revelations, os modos multiplayer de REORC e também uma rápida aparição durante o primeiro capítulo da campanha da USS no mesmo jogo, essas participações porém, não são consideradas cronológicas. HUNK ainda voltaria a ser mencionado em RECV, como o responsável por entregar um modelo de Tyrant para Alfred Ashford na Ilha Rockfort.

Por que sumiu? Com o fim da Umbrella, HUNK acabou ficando sem motivações para voltar a aparecer na trama de Resident Evil. Soldado da USS da Umbrella, HUNK é muito mais do que um mercenário: é um soldado fiel, obediente e totalmente devotado a corporação de Ozwell Spencer.

Pode voltar? Talvez. Como citado acima, HUNK era um soldado fiel a Umbrella, e com o seu fim, não se sabe nem o que o Sr. Morte pode estar fazendo. Pode ser que ele tenha sido contratado por uma outra corporação para desenvolver as mesmas atividades que desempenhava na Umbrella, mas, sem nenhuma grande indústria farmacêutica estabelecida no momento, e também com a guerra bioterrorista tomando proporções tão globais, um soldado como HUNK, com treinamento para ser silencioso e mortal acaba ficando meio deslocado no contexto, já que suas operações eram sempre ultra-secretas.

Ainda podemos ver no futuro, principalmente em modos que não fazem parte da história, como Mercenaries, Raid Mode e afins. Também é sempre possível que a Capcom produza um spin of que conte histórias do passado, e é aí que mora a maior possibilidade de termos HUNK novamente e com um cenário e história a serem contados. Fora isso, pensando no futuro da série e não em seu passado, sua volta se torna mais difícil, a não ser que algum elemento com forte ligação com a Umbrella surja novamente, como por exemplo Alex Wesker.

Nicholai

Aparições: Nicholai Ginovaef aparece em Resident Evil 3, como um membro da UBCS, mas os seus reais objetivos não passam nem perto do resgate de sobreviventes. Atuando como um agente duplo e sob ordens diretas de Sergei Vladimir, Nicholai tem como objetivo a destruição de provas contra a Umbrella e a eliminação de testemunhas chave, como é o caso de alguns “colegas” de UBCS.

Nicholai também tem uma importante participação em Resident Evil Outbreak, onde ele é responsável por ir até a Universidade de Raccoon, recuperar uma amostra do agente Daylight, que poderia ser uma cura para a infecção pelo T-Vírus, eliminar Greg Muller, o criador do Daylight e também destruir o laboratório onde o cientista conduzia seus experimentos. Porém, nessa missão Nicholai não foi bem sucedido.

Por que sumiu? Com a morte de Sergei e o fim da Umbrella, Nicholai perdeu qualquer conexão com o restante do enredo de Resident Evil.

Pode voltar? Dificilmente. Nicholai não era um simples mercenário para a Umbrella. Ele foi colocado na Umbrella por Sergei Vladimir e tinha para com este uma relação de lealdade. Uma vez que Sergei tenha morrido e a Umbrella tenha conhecido o seu fim, o “Silver Wolf” perde qualquer ligação com a série, já que podemos considerá-lo como um personagem que não teve grandes desavenças pessoais com nenhum dos personagens ativos, então, não haveria grandes margens para vingança, alianças ou retaliações. Sua grande rivalidade na série era com HUNK, outro que anda sumido e que é improvável voltar.

Assim como HUNK e vários outros personagens, sempre existe a possibilidade de Nicholai aparecer em um modo Mercenaries ou em algum spin of como foi o caso de Resident Evil: Operation Raccoon City, que adicionou algumas informações interessantes sobre a personalidade e o modus operandi do agente da UBCS.

Carlos

Aparições: Um dos personagens jogáveis de Resident Evil 3, Carlos Oliveira tem o importante papel de auxiliar Jill durante a sua tentativa desesperada de escapar de Raccoon antes de a cidade entrar em um total colapso. Carlos ainda se vê obrigado a buscar uma cura para Jill, que foi infectada com o T-Vírus por Nemesis. Ao final da jornada, ele consegue escapar da cidade ao lado de Jill, graças ao resgate de Barry Burton.

Ainda em RE3, Carlos é um dos personagens selecionáveis do modo Mercenaries, onde ele, Nicholai e Mikhail devem enfrentar uma cidade infestada das mais terríveis BOWs para resgatar sobreviventes e receber uma recompensa por isso.

Por que sumiu? Assim como muitos outros personagens, a história de Carlos começou e terminou em RE3. E embora tenha auxiliado Jill, não chegou a desenvolver com ela uma relação mais profunda para que uma volta fosse justificada.

Pode voltar? Dificilmente. Embora Carlos tenha auxiliado Jill e tenha criado um vínculo supostamente romântico com ela (vide a tela de ranking, as falas românticas e as diversas páginas da HQ japonesa de RE3 com esse foco), Jill seria o único gancho para a volta de Carlos, mas a relação dos dois não se desenvolveu o suficiente para isso. Além disso, Carlos é o típico mercenário: executa missões de quem lhe paga bem. Dessa forma, qualquer conexão ou motivação mais ideológica numa eventual luta contra o bioterrorismo fica muito distante. O inverso poderia acontecer, e Carlos ser contratado por alguma empresa ou organização que visa lucros com as BOWs, mas não parece ser o caso.

Uma boa oportunidade para a volta de Carlos, teria sido no cenário “Operation Javier” em Resident Evil: The Darkside Chronicles, onde ele, como sul-americano, poderia fazer parte da operação que visava capturar Javier Hidalgo na Floresta Amazônica, ou até mesmo ser um dos guardas/homens de Javier, como bom mercenário que é. Mas esse foi mais um gancho que poderia ter sido usado, mas foi deixado de lado por diversos fatores.

ark

Aparições: Protagonista de Resident Evil: Survivor, Ark Thompson vai até a Ilha Sheena investigar as atividades da Umbrella a pedido de seu amigo, Leon S. Kennedy, chegando no local, ele descobre inúmeras irregularidades e experiências comandadas por Vincent Goldman, o mandatário da Ilha, mas ao confrontá-lo, Ark sofre um acidente e perde a memória. Devido a sua imensa semelhança física com Goldman, Ark é confundido com o vilão e sua jornada pela Ilha Sheena envolve a recuperação de sua memória e identidade.

No final, ele consegue escapar da Ilha a salvo, e ainda vê Vincent Goldman ser morto pelo Hypnos Tyrant, além de conseguir salvar os irmãos Lilly e Lot Klein.

Por que sumiu? Ark é um detetive particular e recebeu diretamente de seu amigo Leon, a missão de investigar a Ilha Sheena. Um típico de história iniciada, desenrolada e encerrada no decorrer do mesmo game, sem afetar o influenciar qualquer outro título.

Pode voltar? Não. Antes do lançamento do filme em CG RE: Damnation,a té especulava-se que Ark estaria na trama, agindo com seu amigo Leon, mas quando o filme foi lançado, o rumor caiu por terra, já que o personagem que acreditava-se que podia ser Ark, era na verdade Buddy, e em comum com Ark apenas alguns traços físicos.

Ark tem uma ligação com Leon, como já foi mencionado, mas isso é algo que nunca foi explorado nas tramas em que Leon aparece, e sendo assim, é difícil acreditar que no futuro isso possa acontecer. É quase certo que o único gancho para a volta de Ark nunca seja usado, ainda mais porque, Ark é um dos protagonistas de RE mais desconhecidos, justamente porque RE: Survivor é um dos títulos de menor sucesso de toda a franquia. Seguramente Ark não aparecerá nem em um eventual modo Mercenaries futuro.

Bruce Fong

Aparições: Protagonistas de Resident Evil: Dead Aim, Bruce McGivern é um agente da US STRATCOM e foi enviado ao cruzeiro Spencer Rain para investigar um suposto leilão de BOWs e a de armas virais. Já Fong Ling, faz parte do departamento de defesa chinês, e foi enviada ao Spencer Rain para deter Morpheus, que exigiu uma enorme quantidade de dinheiro para não lançar um ataque biológico sobre a China.

Os dois acabam tendo suas missões se cruzando, e apesar das diferenças ideológicas, acabam cooperando para conseguir dar um fim aos planos de Morpheus. Fong Ling acabou sendo traída por seu próprio país, e ela acabou sendo salva junto com Bruce por um helicóptero norte-americano. Por conta disso, Bruce convidou Fong Ling para ir com ele aos EUA, mas não se sabe qual foi a resposta da agente chinesa.

Por que sumiram? Basicamente o arco de sua história se encerra no próprio Dead Aim. Sem ligação com outros personagens, Bruce acabou conseguindo cumprir sua missão e provavelmente retornou para suas atividades normais na US STRATCOM.

Podem voltar? Não. Embora o final de Dead Aim deixe aberto o caminho para uma continuação do próprio jogo, onde veríamos o que exatamente aconteceu com Bruce e Fong Ling após derrotar Morpheus, a baixa aceitação do jogo praticamente descarta uma volta de Bruce e Fong Ling.

No fim…”

Muitos outros personagens passaram por Resident Evil e acabaram sumindo. Poderíamos falar de Claire Redfield, mas já tivemos um artigo dedicado exclusivamente a ela. Os personagens de RE: Outbreak também poderiam figurar em nosso artigo, mas como se trata de personagens que buscavam mais por sua sobreviência em Raccoon, acabaram tendo reduzidas a zero as chances de voltarem a aparecer em um novo jogo da franquia. Até mesmo Sheva poderia ter ganho seu parágrafo nesse artigo, mas como sua aparição foi mais recente, ainda é possível que ela apareça de alguma forma e não se junte ao grupo dos esquecidos.

No final das contas, podemos especular, analisar e debater o quanto quisermos, mas quem pode ou não trazer estes ou quaisquer outros personagens de volta a tona é a Capcom. O que fica, é o desejo de que voltando ou não, estes e todos os outros personagens que por ventura apareçam em RE, tenham uma história interessante e cativante, pois é justamente isso que nos motiva a debater e desejar a volta daqueles que de alguma forma, deixaram a sua marca na franquia Resident Evil.

CRÉDITOS
Escrito por: André Ceraldi (Ceraldi) e Lucas Duarte (Ricky)
Data de Publicação: 13/06/2014

Encontrou algum erro? Avise-nos pelo email [email protected] ou pelo campo de comentários. 😉

%d blogueiros gostam disto: