julia_voth
Julia Voth é uma atriz e modelo canadense. Atuou em alguns filmes pouco conhecidos aqui no Brasil, como “Bitch Slap – Perigosas”, e “The Anniversary”, além de ter feito participações em séries famosas como “Supernatural”, “Castle” e “The Phone”. Como modelo, fotografou algumas campanhas publicitárias de marcas famosas de roupa, porém para os fãs de Resident Evil, seu trabalho mais notório, e que com certeza a colocou no coração de muitos foi ter sido modelo de rosto de Jill Valentine em Resident Evil Remake, jogo lançado em 2002. Os anos passaram, Jill sofreu algumas mudanças em seu rosto, e mesmo quase 10 anos depois, Julia ainda é lembrada pelos fãs, que inclusive fizeram recentemente uma campanha na internet para que Julia voltasse a ser utilizada como modelo de rosto de Jill. Julia, mostra-se muito contente com esse carinho dos fãs de Resident Evil, e nos conta um pouco sobre como foi trabalhar com a série, e fala do seu filme de mais sucesso, Bitch Slap, onde ela interpreta a doce e ingênua Trixie, personagem principal do longa.

 


 

REVIL: Como você foi escolhida para ser modelo de rosto de Jill? Como foi o processo para dar o seu rosto a ela e como esse trabalho influenciou a sua carreira?

JULIA VOTH: Eu estava trabalhando no Japão em 2001 e fiz testes para o papel. Não me disseram exatamente para o que era, mas eu sabia que não seria um trabalho típico de modelo. Haviam centenas de modelos esperando sua vez para se apresentar aos diretores, que eu descobri depois que eram da Capcom. Alguns dias depois eu recebi a notícia que havia sido escolhida como o rosto de Jill Valentine. Nunca vou esquecer esse momento. Foi muito especial.

R: Você conhecia Resident Evil antes de ser modelo de rosto de Jill? Você já jogou algum título da série?

J.V: Eu não conhecia o jogo antes de conseguir o trabalho. Eu tentei jogar os jogos, mas é muito esquisito controlar você mesmo. É muito louco como ela realmente é parecida comigo. Sinceramente, eu não era muito boa jogando. Sempre dava de cara com as paredes ou corria direto para cima dos zumbis. Eu acho que sou boa servindo de modelo para ela, mas não jogando.

R: Você assistiu aos filmes de Resident Evil? Você gosta do trabalho de Sienna Guillory como Jill Valentine?

J.V: Eu assisti aos filmes. Achei o último ótimo e estou ansiosa para o próximo. Acho que a Sienna faz um ótimo trabalho. Ela é muito durona, mas ao mesmo tempo deixa transparecer uma certa vulnerabilidade. É meu sonho interpretar Jill no cinema, ainda que a Sienna já tenha feito. Eu acho que seria muito bom ver mais da história de Jill.

R: O rosto de Jill passou por várias mudanças e alguns fãs não estão gostando. Você sabe por que isso aconteceu?

J.V: Eu não sei a resposta para isso. Eu sei que ela foi se tornando diferente nos últimos jogos. O rosto ainda é baseado no meu, mas eu acho que algum tipo de progressão natural foi acontecendo nos jogos. Eu vi fãs dizendo que não gostaram do novo rosto e eu fico lisonjeada com isso.

R: Sua face se tornou marcante para os fãs. Alguns deles fizeram até uma campanha para ter você de volta como Jill. O que você acha disso? Você gostaria de ser modelo de rosto dela novamente?

J.V: Muito obrigada. Eu fico comovida com o fato de as pessoas quererem que a Jill seja totalmente baseada em mim novamente. Eu gostaria muito de ser a modelo de rosto dela enquanto os fãs também quiserem. Eu também gostaria de dar vida a ela um dia em um filme em live action. Acho que seria uma coisa muito legal de se ver.

R: Você também se tornou conhecida após seu papel no filme “Perigosas” (Btich Slap). Conte-nos mais sobre esse trabalho. Você tem algo em comum com a Trixie?

J.V: Trixie também tem um lugar importante no meu coração. Foi o primeiro papel em que eu pude ser livre pra interpretar e pude fazê-la do jeito que eu queria. Meus produtores me apoiaram encorajaram muito. Eles acreditaram em mim e sabiam que eu poderia criar algo divertido e especial. Eu tenho muitas coisas em comum com ela, afinal de contas, ela foi criada por mim. Nós duas somos doces e um pouco ingênuas as vezes, e também somos guerreiras quando precisamos.

R: Você poderia deixar uma mensagem para os fãs brasileiros?

J.V:Obrigada a todos os meus fãs brasileiros! Espero que vocês aproveitem a entrevista. Um dia, eu vou ter mais um monte de novidades (talvez relacionadas a Resident Evil) para vocês! Beijinhos!

%d blogueiros gostam disto: