Com hackers vazando vários emails e documentos da Sony Pictures em novembro, diversas informações confidenciais da empresa começaram a pipocar na imprensa, e uma delas aponta que a empresa teria subornado pessoas para burlar a censura dos filmes da franquia Resident Evil.

De acordo com o Wall Street Journal (via Hollywood Reporter), a Sony Pictures foi intimada pela SEC (Securities and Exchange Comission) em junho de 2013 para prestar esclarecimentos sobre possíveis violações da Lei de Práticas de Corrupção no Exterior dos EUA, apontando que a empresa pode ter subornado algum órgão do governo Chinês para assegurar a distribuição de Resident Evil 4: Afterlife no ano de 2010. A Dynamic Marketing Group (DMG), empresa com sede em Pequim, trabalhou com a Sony Pictures durante muitos anos, fazendo a distribuição dos filmes da empresa na China.

E-mails que foram vazados, mostram que funcionários trocaram emails falando de “influência especial” para garantir a distribuição dos filmes da franquia Resident Evil. Apesar disso, os advogados da empresa alegam que não foram encontradas nenhuma evidências de pagamentos que possam ser considerados suborno.

%d blogueiros gostam disto: