Mike Lunn, gerente de produtos da Capcom, respondeu a algumas perguntas do público no PlayStation.blog, e comentou o porque de Resident Evil: Revelations Unveiled Edition não ter sido portado para o PS Vita.

De acordo com Lunn, quando surgiu a ideia de portar o jogo para outros consoles, a proposta era utilizar os videogames de mesa como uma maneira de expandir a experiência proporcionada por RE: Revelations. Para isso, o executivo justificou que era necessária uma tela maior e com mais capacidade sonora, já que é esse o tipo de configuração proporciona que os jogadores tenham uma experiência completa, levanda para o terror.

Além disso, segundo ele, o processo de criação de jogos para Nintendo 3DS e para PS Vita são completamente diferentes, tornando a conversão única para cada aparelho, com resoluções de tela e funções diferentes – o gerente sugere que esse tipo de abordagem já foi utilizada, no 3DS, o que manteria o jogo “menor” e menos expansivo.

Via Examiner

%d blogueiros gostam disto: