Em um post no blog oficial da PlayStation, o diretor de Resident Evil 7 contou, com detalhes, como o “novo Chris Redfield” foi construído para o game.

O visual do personagem foi motivo de polêmica entre os fãs – muitos consideraram o novo modelo irreconhecível.

Confira a seguir como foi o processo de criação do personagem de acordo com Koshi Nakanishi.

1- Escaneamento do modelo e usando um consultor militar para aprimorar a vestimenta de Redfield

Com os avanços do PlayStation 4 tivemos uma enorme quantidade de poder gráfico a nossa disposição, o que também aumentou o nível da qualidade que as pessoas esperam do jogo. Para alcançar essa qualidade fotorrealística enquanto respeitávamos o modelo de Chris, decidimos usar uma tecnologia conhecida como fotogrametria. Neste processo, uma pessoa real é escaneada e é usada como base para o modelo do personagem.

Começamos fazendo testes com modelos que possuíam a aparência que queríamos para o Chris. Para esse processo, era importante não só que o modelo tivesse um rosto parecido com o do Chris, mas eu também queria alguém que tivesse um visual “durão”. Nós também precisávamos de uma postura militar enquanto a vestimenta era usada para o escaneamento, porque a forma como ele se comportaria era uma parte importante do Chris.

Quando achamos a pessoa certa, o vestimos para o papel em um uniforme militar real. Antes, nós já havíamos usados equipamentos militares como referência para nossas texturas, mas essa foi a primeira vez que nós realmente escaneamos uma pessoa real vestindo essas roupas, então queríamos que desse certo. Nós contratamos um consultor militar experiente para nos ajudar com a seleção de peças de uniformes para que fossem adequadas para a sessão de imagens.

2- Ajustando a face do modelo para que ele parecesse mais com Chris

O modelo fotográfico escaneado foi convertido em um modelo 3D, incluindo até os menores detalhes da vestimenta e dos acessórios.

A face do Chris é baseada nas imagens de fotogrametria, mas o resultado final não é exatamente como nessas imagens. Nossos designers fizeram alguns ajustes em seus detalhes faciais para garantir que eles ressaltassem o que vemos como características do Chris.

Este é a versão 3D do modelo da face. É possível perceber que captura tudo, incluindo detalhes sutis, como a textura da face.

3- Garantindo que a vestimenta estava de acordo com a história

Para o corpo dele, também haviam detalhes que ajudavam a identificar Chris e o tipo de personagem qu ele é nesse momento da cronologia. Por exemlo, o uniforme dele não tem mais aqueles patches ou medalhas que normalmente indicam a patente ou a unidade.

Na cor preta, a roupa dá a impressão de que ele trabalha para uma organização misteroriosa, com acesso à tencnologia de ponta como o visor com máscara de gás que ele usa.

Mesmo o design das armas e dos equipamentos de proteção que Chris usa receberam um tratamento para se tornarem mais futurísticos.

4- O Chris mais realístico até então

O modelo do Chris que conseguimos criar é incrivelmente realístico, com quase 40 mil polígonos e 250 articulações somente na face. Combinando todas as ferramentas disponíveis em nossa RE Engine, o que conseguimos fazer em termos de qualidade estava anos a frente de tudo que fizemos nas gerações anteriores.

%d blogueiros gostam disto: