O anúncio do Resident Evil 2 Remake durante o showcase da Sony na E3 2018 é lembrado diversas vezes até hoje pelos inúmeros fãs que sonham com esse projeto há anos. Só que poucos perceberam em meio a esse alvoroço todo que o jogo não está sendo tratado como remake, mas sim somente como Resident Evil 2. E é devido a esse fato que, para a Capcom, esse é um “novo” jogo, e não somente um remake.

Calma, tudo isso tem explicação. Em entrevista do site Gaming Bolt, o gerente de marca da CapcomMike Lunn, conta que o motivo é por que o título não será necessariamente fiel ao original, ao menos não completamente. “Algumas pessoas jogaram [Resident Evil 2] umas mil vezes por que esse é o título favorito delas, então por elas nós gostaríamos de entregar algo novo. É por esse motivo que não chamamos de Resident Evil 2 Remake. É um novo jogo, construído em cima do original”, diz.

Ainda de acordo com Mike, mudanças são necessárias para criar uma sensação desafiadora, como na Delegacia de Polícia, por exemplo, onde nem sempre os jogadores vão saber o que há por trás de alguma janela, ou seja, não será algo óbvio. O objetivo é manter pulos assustadores,  assim como há mudanças em puzzles. “Nós queremos que você se assuste, não só reposicionando [inimigos] em novas partes do prédio, mas meio que reimaginando. Não queremos que você saiba exatamente como os puzzles são solucionados, ou onde as ameaças vão estar. Queremos surpreender, então mudamos um pouco as coisas, mas a ideia principal [de Resident Evil 2], e os arcos da história são bastantes similares, só que vão haver mais surpresas”, afirma o gerente.

Mesmo a Capcom não considerando o jogo como um remake – talvez, para não assustar quem ainda não tenha jogado o clássico – o REVIL, assim como os demais veículos de comunicação, continuam a considerar o título como um.

Resident Evil 2 (ou Resident Evil 2 Remake, para os íntimos) chega no dia 25 de janeiro de 2019 para PlayStation 4/PS4 PROXbox One/Xbox One X e PC (Steam). Já é possível fazer a pré-compra do jogo na PlayStation Store e na plataforma Steam.

%d blogueiros gostam disto: