Em 5 de setembro a Capcom anunciou a Resident Evil 7 Gold Edition, uma nova edição do jogo numerado mais recente da franquia, contendo, além da campanha, todos os extras já lançados via DLC, gratuitos ou não.

Por engano, divulgamos no REVIL que a Resident Evil 7 Gold Edition chegaria apenas em formato digital. Depois de muitas perguntas e uma leitura mais atenta do comunicado oficial, verificamos que a Capcom anunciou, na verdade, que o jogo também chegaria “às lojas”, indicando a existência do formato físico.

A Capcom confirmou hoje que Resident Evil 7 biohazard Gold Edition chegará às lojas e em formato digital no PlayStation 4, Xbox One e PC no dia 12 de dezembro de 2017, mesma data em que serão também disponibilizados os últimos conteúdos adicionais do jogo. Esta nova edição incluirá o jogo que foi sucesso de crítica no início deste ano e também os três conteúdos adicionais por download, formando o pacote definitivo do horror. Os pacotes de DLC já lançados – Gravação Proibida Vol. 1 e Gravação Proibida Vol. 2 – estarão inclusos nesta nova edição, e também o terceiro e último DLC que está por vir, Fim da Zoe (End of Zoe). A Capcom também pode enfim confirmar que o conteúdo adicional adiado Herói que Nada (Not a Hero) será disponibilizado para download gratuito para todos os jogadores de qualquer versão de Resident Evil 7 biohazard nesse mesmo dia 12 de dezembro. 

No entanto, apesar da confirmação do lançamento, não há preço oficial estabelecido para Resident Evil 7 Gold Edition no Brasil até o momento. Por enquanto, a DLC “End of Zoe” só teve seu preço divulgado no exterior (US$ 14,99 / € 14,99 / £ 11,99).

Pedimos desculpas pelo mal entendido. Fiquem no aguardo para mais informações sobre Resident Evil 7 Gold Edition.

  • Mussolini Sincero

    CARALHO eu ainda não joguei o RE7 mas que preço é esse ? 15 dólares por uma DLC, tem que valer a pena isso ai !

    • Felipe Augusto

      End of Zoe ja esta incluido na season pass, esse preço é avulso.

      • Hunk

        O que é ainda pior, 15 dólares por uma DLC sozinha é um preço absurdo, pra alguém que queira só esta DLC é 1/4 do preço do jogo só nisso. E o Season Pass em si também não custa um preço nada legal, lançou por 30 dólares, metade do preço do jogo, e o conteúdo até então não vale nem 15 dólares (digo pelo que ele oferece, não pelo preço das outras DLCs), além de que parte deste conteúdo são modos extras que poderiam muito bem já estar no jogo, afinal nos outros REs até então nós tínhamos acesso ao Mercenaries ou Raid já no jogo básico, e os mapas de Mercenaries do RE6 eram baratos. End of Zoe pra compensar tem que ser um troço enorme e muito bom, a princípio o Not a Hero de graça é o que poderia compensar, mas pelo visto essa DLC só é de graça porque a Capcom cobrou tanto nas outras DLCs que nem precisam cobrar nessa.

  • Rodrigo Zika!

    Tomara que tenha versão física no BR.

    • Miguel

      Parece que não vai ter.

  • Thiago Gonçalves

    Chuto que vai custar 200 temers.

    • Hunk

      Quem dera, isso seria considerado barato hoje em dia.

      • Thiago Gonçalves

        Quem dera se fosse 100 temers no lançamento, mas infelizmente o brasileiro paga um monte de imposto para ele ir parar nas contas dos corruptos.

        • Hunk

          Infelizmente é verdade, se fosse na Steam se bobear já saia a 100 pratas mesmo (embora provavelmente a Gold Edition não vá chegar à Steam, já que é meio redundante com a existência da Digital Deluxe), se eu não me engano foi isso que eu paguei no RE7 básico perto do lançamento, mas nos consoles eles vão meter a mão, não tem muito jeito.

  • Kyle Reese

    Resumindo: terei que comprar o Resident Evil 7 novamente.

    • Bruno Pereira

      tbm xD

    • Hunk

      Esse tipo de edição é mais pra quem ainda não tem o jogo e quer uma forma mais barata de adquirir todo o conteúdo ao mesmo tempo, se vc quiser só o Season Pass, que pelo que eu saiba é só o que essa edição trás além do jogo básico, é melhor só comprá-lo e ignorar este lançamento.

%d blogueiros gostam disto: