Resident Evil 2 Remake foi um dos anúncios com maior impacto durante a E3 2018, tanto que mesmo o evento já tendo chegado ao fim, novas entrevistas com os produtores do game não param de sair, com sorte trazendo mais informações sobre o tão aguardado título.A partir dos gameplays liberados, é possível notar algumas mudanças nos acontecimentos e na interação entre os personagens se comparado ao jogo original de 1998, algo semelhante ao que aconteceu no remake do primeiro Resident Evil, onde o ritmo do jogo sofreu algumas mudanças para trazer uma experiência que fosse familiar e nova ao mesmo tempo.

Em entrevista a IGNYoshiaki Hirabayashi disse:

O jacaré gigante, a primeira aparição do Licker… todos estão lá. Estamos tentando trazer de volta todas as suas memórias clássicas de Resident Evil 2, mas também queremos superar suas expectativas com o que podemos fazer. Na demo presente na E3, quando você chega no corredor onde o inimigo aparece pela primeira vez no jogo original, há evidências de que ele esteve ali: um corpo pendurado no teto, marcas de garras na parede, outro corpo dilacerado, mas ele não está lá. Então você fica mais tenso pensando “quando ele vai aparecer?”. É esse tipo de abordagem que queríamos pra esse jogo.

Já em entrevista a VG247Tsuyoshi Kanda se posicionou sobre o reaproveitamento de elementos de Resident Evil 1.5, a famosa versão beta de Resident Evil 2:

A resposta simples é não. Nós realmente queríamos respeitar o jogo que realmente viu a luz do dia. Eu acho que definitivamente teria sido interessante incorporar coisas presentes em RE 1.5, no entanto, queríamos prestar homenagem ao jogo que a maioria dos jogadores de fato tiveram contato. Dito isso, pegamos a roupa da Elza Walker e a transformamos em uma DLC, um easter egg em forma de presente para os fãs. Então, por favor, comprem a versão deluxe!

Resident Evil 2 Remake chega no dia 25 de janeiro de 2019 para PlayStation 4/PS4 PROXbox One/Xbox One X e PC (Steam).

%d blogueiros gostam disto: