Por meio de um comunicado para a imprensa, a Capcom abriu o jogo sobre os números de vendas do seu mais recente sucesso global, Monster Hunter: World, e evidenciou o que já estava meio óbvio no mercado: que o título é um verdadeiro sucesso, com mais de 7.5 milhões de cópias comercializadas no mundo – no formato digital e físico.

Mas o que isso tem a ver com Resident Evil? É que a marca de Monster Hunter: World tirou o posto de jogo mais vendido da história Capcom de Resident Evil 5 para um único lançamento entre plataformas. RE5 ocupava esse posto já a algum tempo, com mais de 7.3 milhões, considerando as versões lançadas (digitais e físicas) do título para o PlayStation 3 e Xbox 360.

Os dados de  Monster Hunter: World, no entanto, não tiram a dominação global de Resident Evil 5 como um jogo de franquia, uma vez que há relançamentos em outras plataformas, que o ajudam a chegar a um total de 10.6 milhões de unidades comercializadas.

Marketing é a alma do negócio

A Capcom vem mantendo Monster Hunter: World em evidência desde o lançamento global do título em 28 de janeiro para o PlayStation 4 e Xbox One. Além de investir pesado em publicidade, os desenvolvedores vem apostando em conteúdos adicionais apelativos, como a presença de personagens de Street Fighter e até mesmo de Horizon Zero Dawn, um exclusivo da Sony.

E olha que seria bacana ver algo de Resident Evil no universo de Monster Hunter também, viu? Nós prometemos caçar muitos monstros com Leon S. Kennedy ou Chris Redfield, por exemplo.

Fica a dica, Dona Capcom! E que esse mesmo cuidado de marketing seja mantido também para um próximo lançamento da franquia Resident Evil.

%d blogueiros gostam disto: