Um novo relatório financeiro foi divulgado ao mercado pela Capcom e o número de vendas de Resident Evil foi atualizado. A franquia alcançou a marca de 82 milhões de unidades comercializadas no mundo todo, com um acréscimo de dois milhões em relação ao último dado do ano anterior.

Em um comunicado, a companhia falou sobre a sua atuação na área digital e destacou que nos últimos nove meses manteve um desempenho forte, apoiando-se por títulos como Resident Evil 7 e Monster Hunter XX (Double Cross), para Nintendo Switch. Só que os dois não foram suficientes para manter a projeção de crescimento, provocando uma queda de mais de 10% nas vendas digitais. O problema foi atribuído à alterações em cronogramas de lançamentos e em mudanças no mercado.

Apesar da situação, a Capcom diz que o lucro com produtos digitais aumentou, impulsionado por melhorias na rentabilidade desse tipo de conteúdo, o que permitiu à companhia ter cinco anos consecutivos de crescimento de renda operacional.

Voltando a falar em vendas da franquia, Resident Evil 7 agora detém a marca de 4.8 milhões de unidades comercializadas, quase metade das 10 milhões pretendidas inicialmente para o título ao longo do seu tempo de vida. Outros jogos numerados também apresentaram aumento nos últimos três meses, confira o ranking dos mais vendidos:

Resident Evil 5 – 10.6 milhões de unidades
Resident Evil 6 – 8.4 milhões de unidades
Resident Evil 4 – 7 milhões de unidades
Resident Evil/Resident Evil:Director’s Cut – 5.08 milhões de unidades
Resident Evil 2 – 4.96 milhões de unidades
Resident Evil 7 – 4.8 milhões de unidades

O relatório da Capcom destaca ainda o desempenho da máquina de caça-niqueis (pachinko) de Resident Evil Revelations, que conseguiu garantir certo lucro para a companhia, apesar das dificuldades do setor. Outras informações estão disponíveis por meio do Capcom Investor Relations.

%d blogueiros gostam disto: