Assim como Resident Evil 7, o remake de Resident Evil 2 utiliza a RE Engine – motor gráfico que possibilita um realismo visual nunca visto antes na série. Desde o anúncio e exibições de gameplays do game, podemos ver que a equipe de desenvolvimento aprendeu muito com o último numerado, trazendo um trabalho mais polido no remake.

A engine atende à tendência de modernidade pela qual a indústria dos games está passando, e assim como RE7, Resident Evil 2 poderá ser executado em resolução de 4K no PlayStation 4 Pro e Xbox One X, no entanto, a resolução só estará disponível com taxa de 30 quadros por segundo (FPS).

A pergunta sobre resoluções foi enviada à Capcom, e a resposta foi dada pelo assessor Mike Lunn:

“Os jogadores poderão jogar em 4K no Playstation 4 Pro e Xbox One X. Mas se você escolher jogar em 4K, não poderá jogar a 60 quadros por segundo. Então, ele [o game] será executado à 30 FPS. É uma taxa de quadros estável.”

Entretando, não pense que os superestimados 60 quadros por segundo não serão uma possibilidade. É de se esperar que em resolução Full HD (1080p), o título alcance 60 quadros por segundo – pelo menos no PlayStation 4 Pro e Xbox One X.

No atual mercado de jogos está cada vez mais comum ver as desenvolvedoras priorizarem a estabilidade gráfica, gerando visuais de qualidade, do que resoluções absurdas que poderão ocasionar experiências pouco satisfatórias nos consoles da atual geração.

Resident Evil 2 chega em 26 de Janeiro de 2019 para o PlayStation 4, Xbox One e PC com uma nova perspectiva dos terrores vivenciados por Leon S. Kennedy e Claire Redfield na delegacia de polícia de Raccoon City.

Fonte: Gamingbolt

 

%d blogueiros gostam disto: