Semana passada, foi noticiado no REVIL que o produtor Hiroyuki Kobayashi teria declarado ao Collider que Resident Evil 2 Remake poderia chegar mais cedo do que poderíamos imaginar. Mas, talvez não seja bem assim.

De acordo com o Alex Aniel (@cvxfreak), uma fonte confiável sobre os bastidores da série e novidades vindas do Japão, tweetou que teve a oportunidade de estar presente em um evento em Chiba, no país, em 23 de junho.

O evento era focado na divulgação de Resident Evil: Vendetta, e Kobayashi conduzia o evento. O produtor aproveitou para esclarecer sobre a afirmação de que “RE2 Remake chegaria em breve”, dizendo que aquilo foi um mal entendido.

Isto é, ou Kobayashi desmentiu sua declaração como forma de minimizar os efeitos colaterais, ou o que foi dito na entrevista ao Collider pode ter sido interpretada de forma incorreta. De qualquer maneira, é um pequeno balde de água fria.

O produtor também aproveitou para falar algumas curiosidades sobre os bastidores da série e ideias (cortesia do cvxfreak):

  • Uma parte do evento foi destinada a contarem um pouco sobre bastidores de desenvolvimento de Resident Evil 4.
  • Parece que Kobayashi gosta muito, mas muito mesmo, do personagem Leon Kennedy.
  • Makoto Fukami, escritor de Vendetta, gosta de Chris Redfield e Jack Krauser, vilão de Resident Evil 4.
  • Parece que Sheva, co-protagonista de Resident Evil 5, também foi cogitada para aparecer em Vendetta.
  • Kobayashi ficou triste com o destino de Piers Nivans em Resident Evil 6.

Faz sentido a Capcom segurar um pouco informações sobre RE2 Remake, uma vez que ainda há anúncios esperados para Resident Evil 7, como a DLC adiada, “Not a Hero”, que certamente ficaria ofuscada com uma eventual chegada do remake. E talvez um terceiro título ainda não anunciado que conta com o envolvimento de Yasuhiro Ampo, responsável por Resident Evil Revelations 2.

Fiquem ligados no REVIL para todas as novidades sobre Resident Evil 2 Remake!

  • JuanEvil
  • Thiago Gonçalves

    Como tem um jogo marcado para ser lançado ano que vem até o fim do ano fiscal da Capcom, eu acredito bastante que possa ser RE2R, mas como também tem a finalização de RE7 no meio disso tudo, eu tenho a suspeita de que teremos algo sobre RE7 na TGS, não acredito que aconteça na GC, mas pode acontecer, para depois, aí sim numa possível PSE termos o anúncio do remake da aventura de Leon e Claire na já não mais existente Raccoon City.

  • Jean Lucas

    Acho que o que a Capcom está fazendo com o remake de RE2 é correto, sem muito alarde e detalhes resumindo a produção do jogo naquele anúncio e sem ao menos uma imagem oficial. RE2 é a “garota perfeita” da série, é um dos melhores jogos de todos os tempos e levou a franquia ao patamar que tem hoje e se todo o peso que RE tem na indústria dos games hoje em dia, é graças ao feio de RE2 que foi uma obra a frente de seu tempo.

    Logo a Capcom sabe que está pisando em ovos com agulhas nessa empreitafa, sabe que tudo nesse tem que sair mais que perfeito pois afinal RE2 não necessitava de um remake como o 1. Nós da comunidade pedíamos mas não significava que precisava realmente, logo se trata de um projeto audacioso e perigoso que até os minímos detalhes tem que ficar perfeito. Então que continue assim, sem muito alarde e algo chamativo mas que faça jus ao seu original do qual marcou uma geração.

  • Protagonista Do Gta

    estou esperando o not a hero antes, Tô doido pra ver quale que é desse Chris Redfield.
    E Capcom, cadê a minha musa Jill? Espero que ela seja a protagonista desse RE não anunciado.

  • Yumi Yamazaki

    2020 ta ae o remake do 2 junto com final fantasy 7 dnv na conta da minha irma osh

    • Kyle Reese

      Eu havia feito um post semelhante ao seu em uma notícia anterior.

    • Thiago Gonçalves

      2020 eu não acredito, mas 2019 é bastante possível.

  • Luis Felipe Soares

    Acho válido esperar mais um pouco, pois RE7 ainda nem acabou.

    • Hugo

      RE7 acabou no lançamento.

      • Luis Felipe Soares

        Ainda há mais duas DLCs.

        • Thiago Villa

          Eles não vão anunciar um novo resident evil enquanto a lenha do re7 ainda estiver queimando, o re7 ainda tem que entregar 2 DLCs, até lá só aguardar mesmo…

    • ratStar

      Verdade. Que Not a Hero teve problemas ok. Mas, cadê a outra dlc? Não falaram mais nada dela tbm.

  • Fanboy Maldito

    esse remake tá parecendo aqueles sonhos que a sony vende e que demoram de 10 a 15 anos pra serem lançados.

    • Hunk

      Aí já é especialidade da Square Enix, mas a Capcom se esforça pra chegar perto.

      • Dannilo

        FFXV foi unico jogo que levou “em tese” 10 anos pra ser feito, isso nunca foi “padrão square”! Essa é a característica da sony mesmo!

        • Hunk

          Claro que eu dei uma certa exagerada, já que não estava falando tão sério, mas a demora da Square com os jogos não é exclusiva do FFXV, olha pro Kingdom Hearts 3 por exemplo. E por mais que eu goste muito do FFXV (já zerei, estou fazendo tudo que dá pra fazer no jogo, agora só faltam as dungeons end game e o Adamantoise) pra mim é bem visível que eles acabaram apressando o jogo pra sair logo. Tudo bem que não foram 10 anos de desenvolvimento, eu sei que o jogo originalmente era pra ser o FFXIII Versus e sofreu grandes mudanças que resultaram em muita coisa já produzida sendo modificada e se não me engano teve um tempo em que o projeto nem andava. Ainda assim, independente da produção ser demorada ou de outros problemas terem entrado no caminho o jogo de fato durou 10 anos pra sair, contando desde o primeiro anúncio até a data de lançamento. Isso sem nem considerar que o jogo teve muita coisa removida e reduzida e ainda não lançou por completo, os updates enormes e DLCs que claramente deveriam fazer parte da história principal (existem buracos óbvios onde deveriam estar) falam por si só. Não estou tentando tirar a credibilidade dos desenvolvedores da Square Enix, afinal é uma das empresas do ramo que eu mais levo a sério, mas com todos esses problemas de produção e mais as trocas de desenvolvedores no meio do caminho devido à má gestão de múltiplos projetos (me refiro ao Nomura) acho justificável a fama que a empresa pegou.

        • Thiago Gonçalves

          Nem tanto, o jogo era uma coisa para PS3 e virou outra no PS4 e isso leva tempo para ser feito.

    • ratStar

      10 a 15 anos? Que exagero cara! Que eu saiba só The Last Guardian demorou quase 10 anos após o anúncio. Todos os grandes jogos tão demorando cada vez mais pra serem lançados (mas ainda assim não chegam a esse patamar de 10 a 15 anos que você falou). Essa prática não é exclusividade de empresa X ou empresa Y.

      • Fanboy Maldito

        calma. esse jogo foi anunciado faz o que, uns 2 anos? e até hoje nem um trailerzinho. sinto que essa novela vai durar muito ainda. e se tão nessa frescura absurda pra lançar aquela dlc do outlast, imagine esse remake 2. mas tudo bem, 8 ou 9 anos pra um lançamento parece mais aceitável mesmo.

        • ratStar

          Realmente, tá bem demorado. O jeito é não encanar, pois não adianta nada mesmo. Talvez, os jogos estejam demorando cada vez mais pra lançar pois o público anda bem exigente. Qualquer “falhinha” é risco de flop. E você tem razão, principalmente em relação aos remakes de jogos grandes como RE2 e FFVII (nem dá pra acreditar que esses remakes, que muitos pedem há séculos, estão mesmo sendo produzidos). Vão demorar, pode apostar. Ainda bem que esse ano vai ter TEW2 (e o novo Assassins eu tbm to muito interessado) pra “esquecer” um pouco esses jogos que demoram.

          • Hunk

            Steam sales também ajudam a esquecer, depois que você esvazia sua carteira em uma delas já tem um arsenal de jogos grande o suficiente pra durar anos. Adicione outros hobbies e obrigações a isso e nem um imortal seria capaz de terminar tudo. Acho que a demora de produção é o menor dos problemas, isso a gente pode desviar o foco com os outros jogos, que sempre tão lançando, e caso não lancem nunca é uma má hora pra revisitar alguns clássicos, o que mata é a incerteza. A gente sabe que o jogo vem, um projeto foda desses não corre muito risco de cancelamento mas a gente não sabe como virá, se será o que esperamos de um remake, se será fiel o suficiente ao original. Por mim se conseguirem aquietar essa dúvida podem demorar o quanto for necessário pra garantir a qualidade do jogo, só não podem deixar no vácuo mesmo, sem mencionar nada do assunto, aí até os fãs mais pacientes sofrem.

          • ratStar

            Quisera eu ter uma máquina boa pra jogar. Algum dia ainda compro um PC foda. E sim, já é difícil arranjar tempo pra jogar tudo o que dá vontade e tem disponível, e ainda conseguir conciliar faculdade, trabalho, vida pessoal, filmes, séries, Disqus rs. Eu mesmo, ainda não consegui zerar todos os jogos que pego na Plus por exemplo. Revisitar os clássicos é sempre uma boa ideia. Sempre gosto de re-jogar o REmake. Quero informações também, muita curiosidade pra ver a câmera/jogabilidade que vão usar.

          • Hunk

            Recomendo dar prosseguimento à ideia de montar um PC foda se não se importar em correr atrás de um certo conhecimento e fazer pesquisas (não precisa se tornar um engenheiro da computação, nada tão radical, só um conhecimento básico pra entender o que tá fazendo já tá bom), são uma certa dor de cabeça, mas vale a pena. Ano passado comprei minha nova placa de vídeo e o bagulho ficou foda. Hoje mesmo comprei meu novo processador pra entregar na casa da minha irmã (ela mora nos Estados Unidos) e mal posso esperar pra chegar às minhas mãos em agosto. No meu caso eu dei sorte por ter família nos Estados Unidos que todo ano vem pra cá, o que facilita muito na compra de peças de alto nível por preços mais baratos, mas pelo que eu pesquisei dos preços aqui ainda chego à conclusão que vale a pena ir pro lado do PC nessa geração mesmo sem essa oportunidade, desde que pegue uma máquina superior a um PS4 (o que francamente não é lá tão impressionante quanto parece) rodará os jogos mais atuais com qualidade boa. Na geração passada ainda recomendava consoles simplesmente pela variedade de jogos acima de tudo, mas já acompanhava o PC com interesse desde aquela época e pelo que estou vendo essa geração é o momento ideal pra migrar, já que as desenvolvedoras tem cada vez levado esta plataforma a sério. O custo benefício também não tá nada mal, o preço de entrada assusta, mas o lucro vem depois, com os jogos. Nada de ficar pagando 300 pratas num jogo, e pra quem tem paciência pra esperar promoções (a Steam sempre tem grandes promoções pelo menos de 6 em 6 meses, e poucos jogos escapam) a situação é ainda melhor. Tudo bem que eu disse que torrei uma bela grana na atual promoção, mas isso foi com dezenas de jogos, muitos dessa geração, sendo que pra console esse mesmo dinheiro que eu gastei não compra nem dois em lançamento. Pensando por esse lado só com essa promoção já compensou o preço de entrada, e isso porque eu exagerei mesmo na qualidade das peças (mesmo tendo comprado fora ainda saiu mais caro do que precisava por causa isso). Enfim, voltando ao assunto, independente da plataforma sempre é uma boa utilizar as ocasiões sem lançamentos pra jogar os clássicos novamente, e com os jogos da Plus que você ainda tem pra jogar deve ter muita coisa sobrando. Se você tende mais pro meu lado nessa questão, gostando de continuar com os jogos antigos pra tirar o máximo deles, então essas esperas devem ser ainda mais tranquilas, porque as coisas demoram pra acabar. Isso só não significa que a Capcom possa ficar escondendo as informações desse jeito, pode fazer o jogo com calma, mas o tratamento de silêncio dói pra qualquer fã.

          • Fanboy Maldito

            não aceito essa demora toda. não sei como conseguem. gosto de assassins creed, mas resident é resident.

  • Guilherme Rodrigues

    Certamente só vão liberar algo sobre o Remake após concluírem os lançamentos ainda pendentes de Resident Evil 7, pois ainda há duas DLCs, sendo que uma delas ninguém sabe a data. Após essa afirmação e levando em consideração RE7, não espero ver nada sobre o Remake ainda nesse ano, provavelmente só liberem algum material no próximo.

  • Bruna Mattos

    Eu acho que a mancada com RE2 Remake foi anunciar não em um momento propício, mas quando a decisão de fazer foi tomada. Os caras só falaram “a gente vai fazer”, mas daí a ter algo concreto a ser apresentado como produto e tal é um tempo longo e o público não entende ou não tem paciência pra esperar tanto tempo.

    • e o pior ainda e anunciar um novo projeto quando não se terminou nem o jogo que ja foi lançado

    • ratStar

      Eu também penso assim. Acho que ela anunciou tão cedo assim por causa daquele projeto da Invader Games que tava ganhando proporções grandes. A Capcom, que não é boba nem nada, aproveitou a situação e deu um up duplo na sua imagem anunciando o Remake e convidando os caras da Invader pra uma visita na maior “camaradagem”.

      • Hunk

        Levando isso em consideração até pode ser que a Capcom de fato planejasse um anúncio com um timing melhor, mas por causa do projeto da Invader Games acabou se vendo numa oportunidade boa demais pra deixar passar e resolveu anunciar o jogo logo pra pegar o hype de carona. Comercialmente pode até ter sido uma boa ideia, mas muitos fãs sofrem com a espera, embora talvez ainda seja melhor do que sofrer com a falta de esperança de algum dia receber esse remake, o que o anúncio aniquilou. Eu particularmente não me importaria com a antecipação do anúncio se pelo menos eles já tivessem de alguma forma revelado como será a câmera do jogo, que é o que mais me preocupa. Com certeza existem outros aspectos importantes do jogo original que eu considero essenciais nesse projeto, mas acredito que se acertarem nisso já será um ótimo sinal e a chance de fazerem o resto fiel ao original (podendo ser criativos é claro, como no primeiro remake) já seria bem grande e a tensão diminuiria.

        • ratStar

          Fato! Não foi uma crítica a Capcom. Na MINHA opinião a Capcom foi espertíssima, pois ela soube contornar um problema que seria extremamente negativo pra sua imagem (o lance dos direitos autorais, justiça, etc) e saiu por cima a meu ver. Pelo menos eu achei que a atitude deles de chamar a Invader pra visita (eu sei que isso foi politicagem) muito mais esperta do ponto de vista de marketing do que outras empresas que sofrem esse mesmo tipo de situação (como a Nintendo por exemplo).
          Agora, sobre o Remake, eu também não me importo de anunciarem com tanta antecedência assim. Mas também é natural a gente se preocupar e ficar numa ansiedade tremenda de ver esse sonho se concretizando.

          • Hunk

            Realmente pode ser que eles não tivessem nenhuma outra opção e simplesmente se safaram da forma mais esperta que dava. Se eles cancelassem o remake da Invader Games e deixassem por isso mesmo, por mais que possa estar no direito deles, soaria como um tapa na cara dos fãs, pois não haveria motivo evidente pro cancelamento além de pura implicância. Por outro lado se deixassem o projeto continuar, mesmo já começando a produção do remake oficial, poderia acabar trazendo prejuízos, pois por mais que o oficial acabasse sendo tecnologicamente superior (obviamente a Capcom tem mais grana) comparações seriam inevitáveis e divergências artísticas poderiam levar potenciais compradores a preferirem a opção alternativa ou simplesmente perderem interesse, especialmente considerando que a alternativa é gratuita. O que diminuiria o potencial prejuízo é que a versão da Invader ficaria limitada ao PC, mas mesmo assim é um prejuízo desnecessário. Outro problema de deixar a Invader lançar seu remake sem mesmo ter anunciado o oficial é que diminuiria a moral com os fãs, que pediam a tempos pra Capcom fazer isso, só pra desenvolvedores independentes acabarem fazendo primeiro. Como você disse eles até foram um passo além e deram moral pra Invader, o que também passa uma imagem positiva de como a Capcom encarou a situação, ajudando mais ainda na moral sem ser necessário um grande esforço extra. Com ou sem problemas de anúncio muito antecipado e datas conflitantes (com o RE7) eu também acredito que eles possam ter lidado com a situação da forma mais profissional e inteligente possível. Inclusive a analogia com a Nintendo foi ótima, enquanto uma empresa mantém a mão firme e não tolera nada, mesmo que tenha que ser a custo da própria imagem, a outra soube utilizar as condições a seu favor.

          • ratStar

            Exato! Você falou exatamente tudo o que eu queria dizer mas não consegui rs. Ainda bem que você entendeu e escreve super bem, pra explanar melhor as ideias!

      • Bruna Mattos

        Pode ter sido uma marcação de território sim, por isso o anúncio tão precoce.

    • Hahaha, cê acha que eles começaram a trabalhar no jogo a partir daquele momento? não.
      Eles deveriam já estar trabalhando à um bom tempo no projeto para poderem dizer que estavam fazendo.

      • Protagonista Do Gta

        Eles disseram que tinham uma ideia e uma apresentação para os chefões da Capcom, caso eles estivessem trabalhando no game acredito que não haveria motivos para mentir para os fãs na real.

        Com certeza a produção do game começou em algum momento depois da divulgação daquele vídeo, e sinceramente não faz muito sentido eles estarem trabalhando em um Remake por 4 ou 5 anos e não terem nada pra mostrar até hoje…

      • Bruna Mattos

        Não estavam. O Hirabayashi anunciou que o projeto tinha sido ACEITO pra ser feito. Nada estava pronto mesmo. Não é a toa que dubladores foram contactados há mais de 1 ano atrás… essa é uma das primeiras coisas que se faz.

    • Jean Lucas

      Mas isso pode até ter sido “culpa” do público Bruna, a fanbase sempre questionou e pressionou a Capcom por um remake de RE2, mesmo o game não precisando de um como precisava o primeiro RE. Pressionou e eles anunciaram que iriam fazer, mas quando é outra coisa e até prefiro assim, Capcom vai pisar em ovos com agulha nessa empreitada e se mais tempo de demora signifique um produto melhor, que assim seja

    • Thiago Gonçalves

      Essa ideia é normal, alguns anunciam com um teaser só pra gerar o hype e outros fazem que nem a Capcom fez, vide KH3 em que o Tetsuya Nomura falou que o jogo estava em desenvolvimento em uma E3, como RE2R é bastante esperado, esse mistério por um lado é bom, pois não sabemos como anda o resultado do desenvolvimento e isso só gera a pressão do “E aí? Vai lançar ou não”. Se o público não aguenta esperar é um problema deles, o importante é que o game, pelo menos, está em trabalho de desenvolvimento e sabemos que a chance dele se tornar algo concreto é alta.

  • Venom

    Esse jogo q eles estão fazendo é o remake do RE 2 ou o The Last Guardian? o jogo demorado da porra kkkkkkkkkkkk

  • andre sandim

    Ahh todos ja sabiam que “em breve” é 2018… mas gora falando que foi um mau entendido Talvez 2019…

    “to sem dinheiro mesmo agora” posso esperar !!!

    • Hunk

      A steam sale realmente saiu caro, então pode ser que esse mal venha pro bem. Seria doloroso ver todo mundo falando do jogo aqui e não ter dinheiro pra comprá-lo.

  • Tiago Ferradás

    Sinceramente, eu não vejo problemas na demora, se for pra apresentarem um bom jogo, que respeite o passado da série e principalmente o próprio RE2.
    RE2 é um dos mais queridos da série (se não for o mais) e é preciso cautela com esse Remake. A Capcom sabe que não pode errar.

    • Hugo

      Verdade, deve permanecer a câmera clássica da série.

  • Mercenary Nemesis

    “chegaram a cogitar a Sheva”, e eu só pensando na Jill… ainda bem que descartaram essa ideia, pois seria muito injusto com a minha Jill.
    E sobre o proximo titulo to achando que é o Revelations 3 ja que ate o ano que vem fara 3 anos desde o lançamento do 2. e 3 anos foi a diferença do 1o pro 2o.

  • Hugo

    Blz capcom fera, mas pelo menos vê se não esquece de manter a câmera clássica da série tá?

    • Thiago Villa

      Eles não devem optar pela câmera clássica, o remake deve seguir o estilo de câmera do re4 que na minha opinião vai ficar muito bem no game

      • Hugo

        Então cara, é esperar para ver.
        A quantidade fãs do RE2 é imensa e para os que jogaram ou não na época e gostaram, a maioria afirmou esse RE sendo o melhor da série.
        Eu acredito que a capcom não arriscaria e seguiria o padrão do RE1 Remake.
        Porém, também acredito que se optarem pela câmera do 4 esse jogo vai vender muito bem mas que vai ter muita gente xingando, disso eu tenho certeza 😀

        • Beeros Sama

          Se mudarem a câmera eu serei um que vai xingar e muito.

      • Beeros Sama

        Não diga isso jovem, pois a câmera tem que ser a clássica. Se fizerem a khda de colocar como a do RE4 será o fim da várzea.
        RE2 é RE2 e RE4 é RE4.

  • Rodrigo Freitas

    o último hype que tive Re2R foi com o anúncio dele,depois dessa notícia meu hype só vai voltar quando mostrarem o trailer ou teaser do jogo(mas tive esperança na E3)

  • Rodrigo Freitas

    fico pensando,se o próximo resident evil que for lançado no ano que vem,for o do Yasuhiro Ampo(um possível revelations 3),é capaz do Re2R ficar pra 2019 ainda,que eu acho bem provável de acontecer

    • Hunk

      É provável mesmo. Sinceramente eu não me incomodaria com a espera se formos ter outro RE ainda, até porque eu estou bem curioso pra ver o que farão no próximo REV já que o último jogo numerado foi de survival horror. Até então essa ramificação servia de contraste aos numerados de ação, mas e agora, o papel irá se inverter? Além do mais também há um outro motivo pra eu poder esperar, embora seja pessoal e irrelevante pros outros fãs de RE. Com a atual steam sale eu acabei perdendo um pouco a linha e agora estimo que com todos os jogos que peguei, especialmente considerando que eu sou do tipo que gosta de fazer 100%, o estoque não esgotará pelo menos durante os próximos 1000 anos, e isso sem levar em consideração meus outros hobbies além de jogos e as obrigações, só jogando sem parar, então acho que eu consigo sobreviver um ano ou outro a mais de espera pelo RE2. O que realmente consome minha alma é a incerteza do rumo do jogo, gostaria de pelo menos poder ver algo que me mostrasse se está ficando fiel ao original, depois disso aguento a espera que for necessária, nem que eu tenha que arranjar uma forma de me tornar imortal pra presenciar o lançamento do jogo.

      • Rodrigo Freitas

        eu tô de boa por equanto,mas quando chega dia dos eventos,fico hypado demais,principalmente com a E3,a do ano passado quase tive um troço quando anunciaram o Re7(e outros jogos também),os comentários do revil depois do anúncio então meu deus kkkkk

        • Hunk

          Comigo é a mesma coisa, passo a maior parte do tempo de boa, sem nem me preocupar com o assunto, mas quando chega a época de algum evento o hype me contamina. Isso aconteceu recentemente, na E3 que teve a pouco tempo atrás tava todo mundo crente que iam falar do remake do RE2, e com todos os rumores eu acabei ficando na esperança também, e tive o “prazer” de compartilhar a decepção da galera quando o jogo passou batido. Hype é perigoso, é divertido enquanto dura, mas a decepção é grande quando não dá certo.

    • Monokuma

      Bem, um de revelations até que ia ser legal mas acho que os planos da Capcom ia ser pro re remake 2 pois é ele que os fans estão mais aguardando

      • Rodrigo Freitas

        só resta esperar a playstation experience no próximo ano pra soltar um teaser ou trailer do jogo,é capaz da capcom mostrar as dlcs do Re7 na gamescom(Not a hero) e na tgs(terceiro dlc pago),mas ainda eu não descarto um possível teaser do Re2R na tgs depois que anunciarem o terceiro dlc pago do Re7

  • DJ _X_ leitinho

    MEDO de RE2R

    Tem que manter a câmera clássica SIM. E a jogabilidade tanque TAMBEM.
    Tem que manter TODAS AS CARACTERÍSTICAS DO GAME ORIGINAL, pois trata-se de um dos maiores jogos de todos os tempos.

    Por mim seria:
    RE2 original com mais salas e talvez mais puzzles e só.
    De repente bem parecido com RE Remake que foi um jogo excelente por manter as raízes.

    Qualquer coisa fora disso (câmera por cima do ombro, Leon dando golpe de Karatê, zumbis que andam de moto, ou outra frescurada dessas) ESTRAGA O GAME

    Capcom vê só o que vai fazer com essa obra-prima hein!!

    _X_

    • Thiago Villa

      Acho que o mais interessante seria poder alternar o estilo da câmera, ter a clássica e a por cima do ombro, podendo o jogador escolher a qual desejar, se tratando de um remake, a base do jogo não vai ser alternada (zumbis em motos, ataques físicos) pode ficar tranks que não irá acontecer, com esse adiamento do jogo só podemos esperar e pedir para que a capcom faça um jogo bom, estou esperançoso desde que adiaram a dlc do re7 (not a hero) dizendo que não estava a altura do game, isso me fez pensar que ela está preocupada e quer entregar algo de qualidade para os fãs

      • Guilherme Rodrigues

        Seria interessante a possibilidade de alternar a perspectiva da câmera, agradaria os dois lados. Torcendo para que esse remake esteja excelente.

        • Thiago Gonçalves

          Eu acredito bastante que possa haver essa possibilidade, até porque a Capcom andou dando umas conversas com os fãs que fizeram o fan game remake do RE2.

          • como ele disse que seja opcional algo como o lost in nigthmares seria bem legal

          • Thiago Gonçalves

            Sim, pode ser opcional, pode ser um extra conquistado no jogo após uma certa ação, seria bacana se tivesse isso.

          • Guilherme Rodrigues

            Realmente seria algo muito bom, mas acho algo difícil de acontecer. Se o jogo conter a mesma câmera do 4/5, que seja uma opção a escolher dentro do jogo.

      • Kyle Reese

        Nenhum jogo da série teve a opção(exceto no Battle Mode de Code Veronica) de alternar a câmera. Por que então começar com isso agora? Esse jogo é um REMAKE. Se manter fiel a fórmula original(a câmera clássica e jogabilidade tanque sendo um dos principais da série clássica) é a decisão mais sensata em se tratando de um remake.

        • Hunk

          Também acho, até porque opção de alternar câmeras não é tão simples assim quando se trata de duas câmeras tão diferentes. Se fosse só de OTS pra FPS (apenas um exemplo) seria mais fácil de imaginar, pois bastaria trazer a câmera pra dentro ou pra fora do personagem, sem outras grande mudanças. Já com a cinematográfica as diferenças são muito mais gritantes, a mira e forma de andar são diferentes, o que também requer comportamento diferente por parte dos inimigos. Se o jogo fosse feito com a câmera cinematográfica e OTS uma das opções acabaria ficando mal balanceada, basta ver o exemplo do Lost in Nightmares, onde a câmera cinematográfica foi uma homenagem interessante, mas na prática é horrível pra enfrentar os inimigos, que foram feitos com a câmera OTS em mente. Se a Capcom quiser garantir que o jogo possua qualidade de qualquer forma que se jogue ela tem que escolher uma câmera e se comprometer a ela, e a meu ver por se tratar de um remake a câmera cinematográfica se torna indispensável por ser uma característica importante do jogo original.

    • Kyle Reese

      Sim, o Remake tem que ser nos mesmos moldes do Rebirth. Manter a câmera clássica, a mesma jogabilidade tanque, adicionar novas áreas(poderiam até aumentar as área externas, na rua), novos puzzles, etc.

      De fato, Leon e Claire super heróis a la Matrix seria ridículo.

    • Guilherme Rodrigues

      Disse tudo. É só a Capcom seguir a formula usada no remake do primeiro game, não há como sair algo ruim.

    • Eva4Ever#ThankYouEva

      Então vc quer uma REmasterização e não um REmake né

      • Hunk

        Como assim? Ele até usou o RE remake como exemplo do que ele quer, e certamente esse jogo não era apenas uma remasterização.

        • DJ _X_ leitinho

          Exatamente.

          _X_

    • Maester Alex

      Também botar mais alguns inimigos. Alguns do RE1.5 que foram descartados poderiam ser usados.

    • ratStar

      Uma câmera estilo Code Verônica no máximo ainda é aceitável.

  • LuisBarrage .

    Capcom tá parecendo eu fazendo trabalho
    “vou fazer ai, em breve sai”

  • Eva4Ever#ThankYouEva

    Bom, faz sentido até o NAH ser lançado e a outra DLC tbm, não dá pra esperar nada do REmake do 2.
    E é bem óbvio o amor dele pelo Leon já que o plot dele no Vendetta não ia fazer a menor diferença se retirado.

  • Wesley Guedes

    Sem pressa nenhuma, desde que seja um bom jogo a nível do primeiro remake

  • Max

    Ano que vem fará exatos 20 anos que o RE2 original foi lançado, mais precisamente no dia 29/01/98, eu costumava pensar que RE2 Remake seria lançado na mesma data 20 anos depois em 29/01/18, mas após essa notícia não tenho mais tanta certeza sobre isso, meu palpite agora é que o primeiro trailer do jogo será revelado no dia 29/01/18 e não que o jogo em si será lançado nessa data.

    • Eduardo Oliveira

      Nem tinha me atentado pra isso. É bem possível hein.. estratégia de marketing…

  • Fanboy Maldito

    só sei que eu me desiludi com esse remake. a sensação que dá é que vai demorar e muito, então foda-se. felizmente, mandaram a nintendo se foder e trouxeram aquela maravilha de remake pro play e xbox,então dá pra esperar um pouquinho mais.

  • Rakuyo

    Pode ser mesmo que não mostraram nada para não ofuscar o Resident 7, que ainda vai receber conteúdo, mas acredito que se esse remake tiver a qualidade que esperamos, vai vender muito mais que o RE7!

  • Daniel
    • Eduardo Oliveira

      Nem o Donald aguenta mais esperar… kkk

  • Hugo

    Ainda tem TGS, PS Experience, etc…
    Acredito que ainda esse ano vão mostrar algum trailer gameplay desse jogo.
    De uma coisa eu tenho certeza, quando esse jogo der as caras para o mundo, vai vir brilhando.
    Eu e metade do mundo esperamos que a capcom siga os mesmo padrões do RE1 Remake.

  • RODRIGO

    foi mencionado talvez, ainda há uma hipótese de ser lançado em breve

  • Felipe Barbosa Gomes

    Cês juram que acreditaram naquela historinha, depois de nem um trailer na E3? Fala sério, Revil…

    • Hunk

      Acreditando ou não é trabalho deles noticiar se uma pessoa envolvida com a franquia diz algo assim. O REVIL apenas fez sua parte, se o Kobayashi falou algo errado (ou com interpretação ambígua) ou se a tradução de sua fala gerou um mal entendido antes de chegar às mãos do REVIL então a culpa não é deste site.

      • Felipe Barbosa Gomes

        Ah, se fosse assim teriam comentado sobre os acidentes de gravação do último filme de Resident Evil, mas aqui parece, às vezes, página oficial de relações públicas da Capcom em vários momentos. O site é muito isto quando a Capcom faz algo de ruim: “veja bem, vamos olhar para isso, até faz sentido”. “Injustiça para Resident Evil 7 e blá blá blá”. Eu não deixo de acompanhar porque ainda tem mais conteúdo que os outros sites, mas acho que poucos membros se comportam de maneira crítica à empresa, isto é, mostrar seu amor pela série sem a necessidade de puxar o saco dela o tempo todo. Mas, enfim, o site mudou muitos nos últimos anos. Já aceitei isso, mas acho que bom fã precisa cutucar nessas horas. Fizeram um “auê” sem levantar um único quê de incerteza. Viver de declaração oficial, quando convém, fica fácil desse jeito.

  • Nando Fiurst

    estes dias passados, eu tava mal, meio cabisbaixo talz, triste, incomodado com a vida e estressado, sem esperança, deprimido e não sabia o porque, tipo depressão, dai acabei descobrindo porque eu tava assim.. é porque a capcom não libera nada do RE2 remake, eu como fan do segundo game, sem novidade, isso acaba me deixando doente e ansioso, capcom filha da puta

    • Lucis

      Carai…

  • Rodrigo Zika!

    Se demorar que venha sem bugs.

    • Hunk

      Tomara mesmo, pela minha experiência nos consoles os jogos da Capcom tendem a vir sempre tranquilos, mas no PC é sempre uma aposta. Às vezes vem ports ótimos, como os do RE6 e do dmc reboot, que rodam bem até em PCs menos potentes e sem bugs, mas por outro lado tem RE4 (ambas as versões de PC são problemáticas por razões diferentes) e DMC3, cuja qualidade “excepcional” nem merece ser descrita.

    • Eduardo Oliveira

      Nada que uma atualizaçãozinha de uns 50 mb não resolva…

      • Rodrigo Zika!

        kkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Beeros Sama

        E de R$ 59,00 não resolvam.

  • Fanboy Maldito

    o maior problema aí é não poder mais contar com o gênio deus criador do universo mikami. o kobayashi é mito, o takeushi também, os feras daquele projeto também são bons, mas sem o bichão maior da parada, é foda. pra fazer um remake tão bom quanto o original, tem que ter um cara que sabe onde realmente quer chegar e o mikami mostrou que sabia o que queria no remake do 1.

    • Marcos

      ”gênio deus criador do universo mikami.”
      ”kobayashi é mito, o takeuchi também”
      https://media.giphy.com/media/Vg0JstydL8HCg/giphy.gif

      • Fanboy Maldito
        • Marcos

          ”Mito” por ter estragado o Leon ? Acho que não.

          (Ainda bem que vem o Remake do 2, pra mostrar para essa gente ”nutella” que não precisa exagerar no personagem desse jeito). Leon sobrevivente >>> que esse troço ai da gif.

          • Fanboy Maldito

            kkkkkkkkkk o foda é querer, depois de 20 anos, que o personagem continue o mesmo bundão de sempre. mas espero que vc tenha seu filme ”bão” superior, com personagem correndo atrás de chavinha, sendo q ele simplismente pode dar um bico na porta.

          • Marcos

            ”o foda é querer, depois de 20 anos, que o personagem continue o mesmo bundão de sempre.”

            É possível manter um Leon padrão por todos esses anos, Degeneration e Damnation estão ai pra provar, Leon é ”badass” nesses filmes sem exageros, já no Vendetta … Meu Deus, o que fizeram com ele???
            Engraçado que o Chris passa por apuros no inicio do filme e isso que o cara é mais ”experiente” que o Leon, vai entender.

            ”mas espero que vc tenha seu filme ”bão” superior, com personagem correndo atrás de chavinha”

            Você fala de um jeito como se isso fosse ruim, já que é uma das características da franquia desde os primórdios. Sei que é complicado pôr algo assim nos filmes, mas uma ”referencia” seria boa, melhor do que essa ação sem limites que descaracterizam a franquia.

            Enfim, seria melhor colocar a Jill ninja no lugar do Leon, faria mais sentido, infelizmente as crianças não gostam dela.

          • Fanboy Maldito

            é possível mesmo. mas ainda que tirassem os exageros, ainda seria um combatente. se pra vc, estragaram o personagem ao torná-lo um combatente, não é pelos exageros ou falta deles que isso vai mudar. o chris passa um sufoco, mas isso não o torna mais sobrevivente que o leon, pq logo depois ele sai socando e mandando bala em todo mundo que vê pela frente. só to dizendo, não queira que os deuses voltem a ser pessoas normais, pq isso não vai acontecer, a cagada já foi feita. a solução agora seria criar vários ethans.
            e quanto as referências nos filmes, paul anderson fazia isso. se vc abrir os olhos um pouquinho , verá. mas isso vai tornar o filme mais inverossímil ainda, pq correr atrás de chave, se simplismente pode dar um bico na porta? isso não faz sentido. nem no jogo fazia. se a nova saga for seguir esse nível de fidelidade, vai ficar ó..uma bosta!

          • Eduardo Oliveira

            Que isso kra o Leon já ta bem calejado e experiente no combate aos podrões.. já não é mais aquele policial novato… não vi exagero não… exagero foi a cena do Chris, essa sim apelaram legal!

  • yurieu

    Tá, mas onde eu acho o que foi discutido?

  • Doug Andrade

    Não aguento mais esperar.

  • William Füchter

    Alguem aqui tem que conseguir me ajudar ja que no outro local que botei ninguem comentou.pessoal tem gente falando que tem 4 cenarios nesse game eu to jogando no ps1 mas quando fecha o disco 1 com leon abre a gravacao pra claire disco 2 beleza.so que depois que fecha esse a gracacao volta pra leon 1 eu nao sei como jogar com eles nos cenarios inversos…

    • Marcos

      Faz muito tempo que eu não jogo o 2 (muito mesmo), mas me corrijam se eu estiver BEM errado: ^^

      Você tem que zerar com a Claire no cenário padrão do Leon (disco A) pra poder jogar com o cara no cenário padrão da Claire (disco B).
      Acho que se você pôr o disco B (Claire) sem save, você joga com ela no cenário A do Leon.

      Como eu disse, posso estar muito errado, então, tentei ajudar … mas já já chegam os especialistas da franquia aqui (que tem contato com os produtores e gostam de ditar o rumo da mesma).

      • Hunk

        É isso mesmo, independente de qual personagem for A e qual for B o que importa é que o A sempre começa de um new game e o B de um save de conclusão do cenário A, com o personagem oposto ao que foi usado pra concluir o A. O Battle Game, Fourth Survivor e Tofu Survivor podem ser jogados com qualquer disco e possuem saves separados dos cenários principais, mas precisam ser desbloqueados primeiro.

    • Eduardo Oliveira

      Eu tenho aqui no meu PS3 e tbm não consigo inverter os cenários nem por decreto! foda…

      • William Füchter

        Pseh cara eu to enlouquecendo aqui ja botei no google em ingles, espanhol e nao tem nada explicando isso, aqui no site do revil nao tem essa explicaçao tambem, só se fala que tem dois cenarios pra cada mas nao explica como fazer, sera que alguem aqui vai saber informar !

      • Hunk

        No PS3 também demorei um pouco pra descobrir, mas é simples. Primeiro comece o jogo, sem se preocupar com qual disco virtual está selecionado, aí basta apertar o botão com o símbolo do Playstation no controle (entre os analógicos) e aparecerá uma tela com algumas opções, entre elas “switch disc” (deixo o meu PS3 em inglês, se o seu estiver em português deve estar escrito “trocar de disco”, ou algo similar), aí basta clicar nesta opção e selecionar o disco que quer jogar.

        • Eduardo Oliveira

          Mas isso é feito na tela de seleção do jogo ou dento de um novo jogo? Vou até tentar de novo nesse fds e volto aqui pra contar se deu certo ou não. Confesso que dentro do jogo ainda não tentei…

          • Hunk

            Dentro do jogo mesmo, se não me engano desde que o logo do playstation aparece (ou no máximo depois dele sumir) já dá pra fazer o que eu falei.

        • Eduardo Oliveira

          Fiz aqui e deu certo. Entretanto, a opção que usei foi a “Reiniciar jogo” pois a “Trocar disco” estava desabilitada….

          • Hunk

            Sim, é verdade, por algum motivo a opção de trocar de disco não funciona mesmo, tem que primeiro reiniciar pra aí poder trocar de disco, tinha esquecido disso. É meio bizarro ter a opção de trocar de disco separada da opção de reiniciar se não funciona, mas comigo é assim também, essa opção nunca funcionou sem reiniciar o jogo primeiro.

    • Hunk

      Os quatro cenários na verdade são duas combinações de dois cenários. Ou você joga Leon A seguido de Claire B ou Claire A seguido de Leon B, simples assim, esses são os únicos cenários do jogo, com exceção do Battle Game, Fourth Survivor e Tofu Survivor, que são extras desbloqueados depois de cumprir certas condições e podem ser jogados com qualquer um dos discos. Quanto aos cenários principais, o primeiro sempre será o A, e o B sempre será começado carregando o save de conclusão do cenário A, mas no disco oposto ao que você usou pra concluir o A. O disco 1 é sempre com o Leon e o 2 com a Claire, independente de ser cenário A ou B. Você disse que já jogou o Leon A/Claire B e agora quer começar na ordem inversa, certo? Basta colocar o disco 2 e começar um new game, sem carregar nenhum save.

      • William Füchter

        Eu pensava que seria sempre pelo save, nunca iria imaginar que tinha que fazer um new game sem usar saves, esses games daquela epoca sao cheio de surpresas e coisinhas codificadas que nao existem hoje em dia, depois que eu fechei o segundo cenario apareceu uma tela com o Brad de zumbi embaixo da RPD lado de fora e abriu o battle com pontos de interrogacao no save, entao sempre parece que tem mais e mais coisas diferentes pra ver, li em algum lugar gente dizendo que tem uma parte que mostra a Jill fugindo… enfim, obrigado amigo !

        • Hunk

          Sim, as duas combinações de cenários ganham saves completamente diferentes, supondo que você não queira apagar completamente o save de uma das combinações ao começar a outra. No meu caso eu mantenho um save pra cada cenário, então a minha tela de load está assim:
          1- Claire A/Leon B
          2- Leon A/Claire B
          3- Hunk (The Fourth Survivor)
          4- Tofu (The Tofu Survivor)
          Ainda não joguei muito do Extreme Battle, mas pelo que eu vi ele fica numa página de saves completamente diferente dos outros modos. Basicamente eu fiz o seguinte, comecei pelo Claire A/Leon B (originalmente esta não era a combinação canônica, mas depois passou a ser, e o RE6 confirma isso, já que apenas nesta versão dos eventos a Sherry é infectada) e zerei normalmente, depois zerei com ranking A no lado A e B, o que liberou o The Fourth Survivor, que deve ser salvo pra poder ser jogado posteriormente, de preferência num novo slot, pra não comprometer os dados do jogo comum. Repeti este processo até ter conseguido ranking A 3 vezes no cenário A e 3 no B (não sei se tem que ser 3 vezes seguidas, mas alguns sites dizem que tem), o que liberou o The Tofu Survivor, novamente tendo que ser salvo num novo slot pra não perder nada. Depois disso comecei o Claire A/Leon B no slot 2, aliás tinha salvo o Hunk e Tofu nos slots 3 e 4 pra ficar tudo organizado perfeitamente quando eu começasse a outra combinação de cenários, embora a ordem não importe de verdade, foi só minha mania de organização falando. A partir daí você pode só zerar esta combinação de cenários e conseguir suas armas especiais pra ter tudo no jogo, mas por algum motivo eu me senti compelido a desbloquear o Hunk e Tofu novamente, agora através desta combinação, e repeti todo o processo de antes. Não lembro os requisitos exatos pra liberar cada arma de munição infinita, mas se eu não me engano ao conseguir ranking A em ambos os cenários uma vez você terá liberado quase todas, com excessão de uma, que pelo que eu me lembre requer que você zere pelo menos um dos cenários (não lembro qual dos dois, ou se tinha que ser ambos) sem salvar. Não sei se é do seu interesse, mas se você quiser algum dia ir atrás dos rankings A recomendo que use esta página como referência: http://guidesarchive.ign.com/guides/504/rankings.html
          Este é o guia mais bem elaborado que eu achei sobre o assunto (a maioria dos lugares não possui os requerimentos corretos pra conseguir rankings neste jogo), e pelos meus testes zerando diversas vezes parece estar correto. Só há uma coisa que eu devo corrigir, o guia diz que usar armas que ocupam dois slots impede de conseguir ranking A, mas isso está errado, você só não pode usar as de munição infinita, que se libera terminando o jogo de certas formas, todas as armas encontradas naturalmente no cenário estão valendo. Aliás, já que você mencionou o Brad, não sei se você já está sabendo, mas tem como encontrá-lo como zumbi neste jogo. Quando você começar o cenário A (independente do personagem) vá até a delegacia sem pegar nenhum item, e quando chegar na área logo antes de entrar na delegacia, onde existem duas rotas pra entrar no prédio, o Brad estará esperando na rota de baixo. Você ainda não terá munição pra matá-lo, mas agora que ele já apareceu você pode entrar na delegacia, pegar a munição no hall perto da máquina de escrever e voltar pra matá-lo. Quando ele estiver morto cheque o corpo dele, pois deixará para trás uma chave especial que pode ser usada num armário dentro da sala de save da ala oeste do primeiro andar da delegacia, e abindo este armário você encontra itens especiais. Se estiver jogando com o Leon encontrará duas roupas extras, e ao usá-las ele mirará de forma diferente com a pistola, disparando mais rápido que o normal, e se estiver jogando com a Claire encontrará uma roupa extra, que não possui nenhuma habilidade especial, e um revóilver, que usa a mesma munição que a pistola, servindo como substituto dela, além de ser bem rápido pra disparar e se eu não me engano um pouco mais forte. Posteriormente, se você tiver feito isso, ao chegar no cenário B o Brad estará de volta no mesmo lugar e novamente será possível matá-lo pra pegar esses itens. Nenhum desses itens atrapalha no ranking, então recomendo que sempre os adquira, são uma boa ajuda. Quanto a haver um easter egg da Jill fugindo, isto eu já não lembro, pode ser que eu tenha esquecido, mas acredito que não exista. Sei que tem uma galera que já deu a ideia de colocarem um easter egg desses no remake do RE2, então pode ser que você tenha lido sobre isso e confundido com o jogo original, ou pode ser que tenha sido mentira mesmo, naquela época era comum encontrar boatos insanos sobre tudo que é jogo. No RE2 mesmo existia o boato de que dava pra jogar com o Akuma, da franquia Street Fighter, e muita gente passou um bom tempo acreditando e procurando por métodos de fazer isso, mas hoje sabe-se que não é verdade. Pelo visto eu não consegui me controlar e acabei falando coisa demais do jogo, foi mal pelo texto enorme, mas com todas as dezenas de vezes que joguei o RE2 e tudo que descobri sobre ele é difícil de falar só um pouco sobre o assunto. De qualquer forma espero que esta informação toda tenha sido útil pra você, e boa sorte com este jogo maravilhoso.

          • William Füchter

            Sei como é mano eu tambem tenho lido tudo a respeito pra conseguir fazer as coisas, eu platinei recentemente o 0 e o 1 de PS4, depois eu decidi voltar pro 2 no PS1, estou jogando e me decepcionei com aquela arma na sala de revelar fotos com a chave do Brad haha achei muito podre e só vai 6 balas, estava na expectativa de pegar uma arma top, e achei confuso o lance do Brad porque no 3 o Nemesis nao tranformou ele, matou ele, entao ele ali de zumbi sei la. Mas o jogo é fantastico ainda mais pela epoca que era, por exemplo no outro modo dos cenarios chegava com a Claire na sala dos STARS aparecia o Leon, ja no modo que estou jogando inverso eles nao se encontraram naquela sala, a morte do Chefe Irons foi diferente, muda coisas, muito bom

          • Hunk

            Se eu interpretei direito aquele tentáculo que o Nemesis usou pra matar o Brad é capaz de transmitir o T-vírus assim como uma mordida de zumbi. Lembra que quando ele acerta a Jill com o tentáculo ela é infectada? Então, com o Brad não deve ser diferente, a única coisa que muda é que a Jill não foi atingida fatalmente, então foi infectada, mas pôde ser salva graças aos esforços do Carlos para curá-la, enquanto que o Brad foi morto na hora e seu corpo foi infectado, revivendo posteriormente como zumbi. Quanto à arma especial da Claire no RE2, eu a achei ótima. A limitação de 6 balas não é nada demais a meu ver, já que basta contar seus tiros e recarregar pelo inventário, o que significa que você nunca precisa se colocar em perigo no meio de um confronto por causa da animação de reload (isso vale pra qualquer arma na verdade), e isso somado com a enorme velocidade de disparo deste revólver faz com que seja um ótimo substituto pra pistola. Este revólver inclusive pode ser utilizado até em grupos grandes de zumbis graças a essa melhoria, onde originalmente alguma arma mais forte seria praticamente necessária. Levando em consideração também que tempo é um dos requisitos pra conseguir ranking S a velocidade de disparo desse revólver (assim como a velocidade de disparo do Leon com a pistola ao usar uma das roupas extras) é um grande facilitador, pois diminui o tempo gasto em combate. Originalmente quando eu li sobre o revólver da Claire eu tava crente que seria uma nova Magnum, pois assimilei ao design da primeira Magnum do RE4 e 5, e quando a peguei e vi que era uma nova pistola a princípio também fiquei um pouco decepcionado, mas depois mudei de ideia. Se fosse uma nova Magnum eu só ia acabar deixando no baú até as batalhas finais, assim como eu sempre fiz com a original, e no fim das contas qualquer melhoria que tivesse sobre a Magnum original não seria tão útil assim, talvez nem valesse a pena pegar, já que a munição de pistola encontrada antes de chegar na delegacia poderia acabar sendo mais útil. Por outro lado como uma nova pistola eu acabei zerando o jogo várias vezes com ela em mãos, a usando quase que o tempo todo, então acabou sendo bem melhor desse jeito. Seja como for RE2 é um jogo fantástico mesmo, uma das coisas que mais me impressiona até hoje é que o cenário é tão detalhado que não perde pra muitos cenários de jogos atuais, o que eu sei que só foi possível por ser pré-renderizado, mas ainda assim, foi um trabalho muito bem feito e uma ótima escolha técnica pro jogo. Claro que com o remake que virá dá pra deixar ainda melhor, até porque os objetos 3D ainda tinham cara de ser de PS1 e a resolução pode melhorar muito, assim como a iluminação, efeitos especiais, animações e dublagem, mas o detalhamento do cenário por si só já estava num nível surreal.

  • Nilton Araujo

    Resident Evil 4 é jogão sem dúvidas, mas já deu também parece que só sabem falar desse jogo,falam tanto que tá ficando chato, devem ter lançado até pra Nintendinho e se tiver Playstation 100 vão lançar esse 4 outra vez, e os outros da franquia que se foda, porra capcom assim não dá, Resident Evil 2 foi muito inovador e merece um remake digno igual ao primeiro, não só o 2 mas o 3 também.

  • Eduardo Oliveira

    A Capcom não fala nada pois sabe que irá ofusca Re7. Alguém tem alguma dúvida disso?

  • goku2584

    ta na hora de vir dublado br

  • Bruno Ferreira

    Nossa, mas só sabem falar de RE4… agora falar sobre bastidores do jogo (que já tem uns 13 anos?) ao invés de falar sobre o futuro da série ou, literalmente, qualquer outra coisa mais interessante: isso sim o cúmulo

  • ryan silva

    eu acho quando o re2 remake for lançado eles vão por aquele modo Heroes

  • Que bosta já passou da hora de mostrar pelo menos um Trailer

  • Vilmar Paulo de Almeida

    Em relação aos filmes só que se olhar bem o RE3 a participação do Nemesis no filme foi muito pouca.
    No jogo ele perturba do inicio ao fim…

%d blogueiros gostam disto: