Resident Evil 4 foi o primeiro jogo da série a trazer a característica única da dificuldade dinâmica, que se adapta ao desempenho do jogador. Resident Evil 7 será o próximo título a trazer essa ferramenta de game design, de acordo com Jun Takeuchi.

Em uma entrevista concedida à PlayStation Magazine, o produtor conta que Resident Evil 7 vai alterar a experiência com o jogo dependendo do quão bem eles estão jogando.

“Digamos que você está jogando uma parte qualquer e você morre porque não foi capaz de reagir a tempo. Bem, se você morrer alguma vezes naquela parte em particular, o jogo vai se adaptar um pouco e reduzir a dificuldade para dar ao jogador a oportunidade de progredir.

Mas nós não queríamos fazer um jogo em que as pessoas veem a derrota como algo negativo, porque esse é um jogo de terror. Não é como um shooter em que morrer é o caso de perder uma vida ou perder o progresso. Em um game como esses, o fato de que alguma coisa vem e mata o jogador imediatamente é parte da experiência também.

Estamos tentando atenuar o processo de voltar ao jogo depois de morrer, em vez de limitar a possibilidade de morte, porque fazer o jogo muti fácil também prejudica a experiência. O survival horror precisa ter um certo volume de mortes do jogador para que o terror seja eficiente; você fica assustado com a ideia de que o seu personagem morreu, não da mera mecânica de morrer”.

O sistema de dificuldade dinâmica, implementado em Resident Evil 4 não é só uma ferramenta para dar um empurrão em jogadores com menor desempenho, mas também garante uma experiência mais desafiadora para os usuários mais habilidosos. Tudo isso é feito para gerar uma sensação chamada de “flow”, que garante que o jogo não seja fácil demais, e portanto, entediante, ou difícil demais, tornando-se frustrante.

Resident Evil 7 será lançado em 24 de janeiro de 2017 para PCs, Xbox One e PlayStation 4.

%d blogueiros gostam disto: