O mês de outubro foi bem agitado, não é mesmo? Tivemos o aniversário do REVIL, iniciativa fundada em 1999, e também a Brasil Game Show com Yoshiaki Hirabayashi, de Resident Evil 2, e outros produtores da Capcom no País. E para comemorar com vocês da comunidade nós fizemos uma série de concursos culturais. Confira agora o resultado das ações, que foram promovidas em parceria com Capcom Unity Brasil, WB Games Brasil, Pepper Brands, 2Play, Tilibra e Brasil Game Show:

INGRESSOS BGS – O resultado já foi divulgado no próprio perfil do REVIL no Twitter antes da realização da Brasil Game Show.


COSPLAYERS BGS – Durante o período da feira, convidamos cosplayers a tirar fotos com a equipe. Os ganhadores do concurso são os que aparecem na imagem a seguir. Em ordem (1º lugar LEON @_kametobu_  / 2º lugar CLAIRE @lari.anjos / 3º lugar ZUMBI @mrmatusalem):

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

E esse combo de cosplayers incríveis ❤️❤️❤️❤️ #residentevil #biohazard #bgs2018 #bgs #raccooncity #zombie #zumbi #blood #evil #capcom #warnergames

Uma publicação compartilhada por REVIL (@revilbr) em


VÍDEO ESPECIAL YOUTUBE – Os ganhadores estão no nosso vídeo especial de 19 anos divulgado no canal do YouTube.


CONCURSO ESPECIAL FACEBOOK: PÁGINA
“Como você conheceu a franquia Resident Evil?”

Muitas respostas foram invalidadas neste concurso por que os participantes não seguiram a regra da hashtag.

CATEGORIA PLAYSTATION (hashtag #REPS4)

1º lugar

Ian Rafael Giuseppin – Quando eu era criança, não era nenhum “garoto gamer”, eu preferia muito mais andar de bicicleta, brincar de pique-esconde e entre outras cosias mais “ativas”. Isso até um primo meu comprar o PS2. Ironicamente, eu já tinha tido um PS2, mas meu irmão mais velho vivia naquele esquema do “morreu, passou”, e eu não era nenhum expert, então nem jogava. Então, num dia qualquer, fui a casa de meu primo, e ele me falou de um jogo que ele tinha muito medo. Sim, era Resident Evil 4 e não tem graça, eu também tinha medo. Quando apareceu o protagonista na tela de start ele disse “esse cara chama Léo”, e aí eu perguntei “Como você sabe?” – “A moça da barraquinha falou”, daí ele apertou o start e eu me deparei com aquela voz que me deu um susto. Durante o gameplay eu só sentia medo e uma sensação de tensão, afinal, eu tinha mais ou menos 7 anos na época e era bem “cagão”. Mas foi depois de jogar horas e mais horas daquilo que eu percebi: esse era o jogo que vai me fazer gostar de video games. A partir dali, eu comecei a jogar MUITO mais video-jogos em geral, e, obviamente, idolatrava a franquia RE, não só porque foi a que me engajou pra esse entretenimento, mas também porque, de fato, existia uma qualidade real ali. Não falo tanto do jogo RE4, mas sim de toda a história da franquia, a qual eu procurei na internet e achei melhor do que qualquer filme/desenho que tinha visto até então. Fazem uns 10 anos que eu conheço a franquia RE e agradeço ao meu primo e a Shinji Mikami por terem me mostrado essa franquia incrível. De fato, a franquia Resident Evil mudou a minha vida, tanto que nesse ano vou prestar vestibulares concorrendo ao curso de Jogos digitais. Enfim, obrigado Capcom, obrigado Shinji Mikami, e por último porém não menos importante, obrigado primo! #REPS4

2º lugar

Bruno Pereira – Meu primeiro contato com Resident Evil, digamos que foi uma loucura por parte minha, tive acesso ao Resident Evil 2 na época eu tinha por volta 14 anos. Morria de medo dos zombie, não conseguia e nem sabia sair do primeiro cenário do jogo, mas sempre tentava mas não conseguia. Depois de um tempo tive acesso ao Resident Evil 4 zerei o jogo (Achei Sensacional) e fui pesquisar saber mais. Quando descobrir que aquele jogo que eu jogava que no caso era (Resident Evil 2) era Resident Evil eu enlouqueci. Querendo re-jogar ele de novo, joguei ele novamente no Nintendo 64 e finalmente zerei ele, e se tornou meu Resident Evil favorito. Portanto minha paixão por Resident Evil continua sendo algo muito especial na minha vida, a franquia não só me fez conhecer vários amigos incríveis que tenho até hoje, mas sim ele me fez ter uma GRANDE PAIXÃO na industria de games. Praticamente mudou minha vida. #REPS4💙

3º lugar

Gabriela Paes Landim – Conheci Resident Evil em 2005. Minha amiga tem um irmão mais velho (Davi), e eu sempre ia na casa deles para brincar (éramos crianças), ele ficava jogando o RE3 e eu só olhando. Gostava de assistir, mas tinha medo de jogar, pois era assustador 🙁 um dia tive coragem e nunca mais parei hahaha. Meu tio tbm jogava, porém nem ficava para assistir. Tinha MT medo daquela praga de zumbi no começo do RE1, pois a câmera focava no rosto (feio pra caralho) e achava que fosse aparecer toda hr. Foi tudo na mesma época, então os dois me influenciaram de certa forma. Comecei com 6 anos, hoje tenho 19! 🙂 #REPS4

CATEGORIA XBOX (hashtag #REXBOXONE)

1º lugar

Erivas Chaves – Conheci resident evil já nos anos 90, comecei vendo resident evil 3 em uma locadora logo após o 2 era um jogo que ninguem conseguia terminar, em sua maioria morriam logo no começo até eu rsrsrs, meu favorito sempre foi o primeiro até pois foi o primeiro que eu terminei, sempre foi mais fã do chris desde esse primeiro, talvez sua dificuldade maior me fosse mais atraente pois sempre gostei de desafio e nunca houve um game que não fosse capaz de terminar, a cada lançamento corria logo para jogar para completar e de fato da série principal eu completei todos todos mesmo, e mesmo assim jogo sempre que possivel um deles novamente, os clássicos sempre foram os melhores e o 7 chegou o mais proximo possivel do estilo e da nostalgia deles, o revil e suas dicas e materias sempre me deram um help ao jogar, estarei na bgs 2018 para jogar o demo do RE2 remake, claro espero conhecer vcs do revil, cresci jogando resident evil desde um garoto de 12 anos até hj com 27…resident forever!!!..#REXBOXONE

2º lugar

Fernando Ricce – Conheci em 2000, numa locadora de games que havia no meu bairro. Tinha um PS1 e aluguei “Resident Evil 2”. Fiquei muito tempo estagnado no jogo porque não havia internet para buscar dicas (tinham as revistas, mas até as revistas eram difíceis de serem encontradas) e isso que me tornou ainda mais fã. Depois ganhei um Dreamcast só para jogar “Code Veronica”. Joguei durante muitos anos RE2, RE3 e CV no DC. Alguns anos depois, já na correria da vida de adulto, comprei o PS2 só para jogar RE4. Tentei comprar o Cube também, mas não consegui. =/ Para mim videogame é só “Resident Evil”, e falo sério, dificilmente jogo outros games. Comprei o X-Box One só para jogar o novo remake e atualmente jogo muito RE0, RE Remake e RE4 no mesmo. Esse universo fantástico e assustador faz parte da minha vida há 18 anos e espero que me acompanhe até o final dos meus dias! <3 #BioHazard #ResidentEvil #REXBOXONE

3º lugar

Nadiejda Airim Lima – Foi graças ao meu pai que ao me dar o PlayStation 2 me deu também o Resident Evil Outbreak File 2 como primeiro jogo do console. Eu nunca tinha tido contato com nenhum jogo do gênero e foi surreal e até hoje ao lembrar do dia consigo me sentir da mesmo forma, foi um dia mágico. Rendeu ótimos momentos com minha irmã, minha parceira de game até hoje. Esse jogo abriu caminho para os games que tanto amo e Resident Evil ainda é e sempre será minha franquia favorita. Tenho até hoje o jogo que meu pai me deu e as lembranças dos momentos tensos, divertidos e icônicos que tive ao jogar. #REXBOXONE


CONCURSO ESPECIAL TWITTER
“Como você conheceu a franquia Resident Evil?”

CATEGORIA PLAYSTATION (hashtag #REPS4)

1º lugar

2º lugar

3º lugar

CATEGORIA XBOX (hashtag #REXBOXONE)

1º lugar

2º lugar

3º lugar


CONCURSO ESPECIAL FACEBOOK: GRUPO – Devido à correria com a Brasil Game Show e com alguns conteúdos do site, esse concurso não foi realizado no mês de OUTUBRO, como previsto na nossa página de 19 anos. Por conta disso, essa ação específica foi transferida para NOVEMBRO e será realizada até o dia 30 deste mês. Para participar, é só ser membro do nosso grupo no Facebook e seguir regras específicas dos concursos culturais que vamos promover por lá.


A equipe REVIL agradece a todos da comunidade que acompanham o nosso trabalho. São 19 anos de muita história e de pessoas incríveis que só nos ajudaram a crescer ao longo dessa trajetória.

#KEEPEVIL

Imagem/Destaque: Escape from Raccoon, por MarioGrant, deviantart

%d blogueiros gostam disto: