Shinji Mikami ficou conhecido como o criador de Resident Evil e o diretor de vários dos primeiros jogos da franquia da Capcom. Depois dos “desentendimentos” que aconteceram após o lançamento de RE4, a relação entre o desenvolvedor e a empresa se deteriorou, e a franquia de survival horror passou a ser tocada por outros profissionais.

Hoje, Mikami faz parte da Tango Gameworks e dedica-se a outra criação do gênero, The Evil Within. O que começou quase como um jogo independente, já é mais uma franquia de terror do criador de Resident Evil, indo para o seu segundo game.

Mikami esteve na QuakeCon, nos Estados Unidos, para divulgar The Evil Within 2 e foi confrontado com uma pergunta polêmica: “Se fosse chamado e recebesse total liberdade criativa, você dirigiria Resident Evil 8?” Incrivelmente, a resposta de Mikami foi, curta e afirmativa “Eu poderia”.

Aparentemente, as “mágoas” entre Mikami e a Capcom e o descontentamento com o andamento de Resident Evil ficaram no passado. Recentemente Shinji Mikami chegou a elogiar Resident Evil 7 publicamente, afirmando que o game havia sido “belamente concebido”.

É um grande tiro no escuro, mas dá pra sonhar que Mikami poderia voltar a trabalhar com Resident Evil? Tudo isso envolveria grandes passos dados de ambos os lados – tanto do criador da série, quanto da Capcom.

Via PC Games N.

  • Mikami realizaria o sonho de fazer um game em 1ª pessoa, a gente realizaria o sonho de ter ele de volta.

    • Dannilo

      Vade retro Satanás! Porra de jogo em 1º pessoa!

      • Melhor coisa do mundo

        • Daniel Machado

          NÂO

        • RockMito Clash

          Em 1ª pessoa é coisa de bicha!

    • Pra quem curte se sentir dentor da situação, primeira pessoa é bom de mais. Só que para resolver essa “briga” de preferencias, devia fazer igual o GTA 5, tem primeira pessoa e outras câmeras, ai cada um joga da maneira que achar melhor.

  • Mike

    Mikami sempre será lembrado por seu legado. Mas, se pegarmos TEW como exemplo, vimos que ele se limitou a utilizar todos os elementos que ele criou em RE1 e RE4, e não fez nada surpreendentemente novo. Ele de volta em RE na minha opinião não daria em nada grandioso.

  • Hugo Souza

    Seria interessante…

  • Zimmer

    Sai fora. O RE inicial dele era uma bosta, tiveram que intervir pra virar o que ele é hoje. O RE2 dele foi totalmente descartado e refeito do zero. RE4 teve um milhão de versões porque ele simplesmente não sabia o que fazer com a franquia. The Evil Within é uma mistura sem personalidade de RE com SH, com uma camera que só atrapalha o jogo inteiro e uma dificuldade totalmente injusta, diferente da série Souls onde a dificuldade não é só um obstaculo barato.

    • Thiago Barros

      The Evil Within não tem rigorosamente nada de difícil, muito menos de injusto. Faz o seguinte: vai lá jogar Candy Crush enquanto a vovó prepara um leite com pera.

    • Thiago Gonçalves
    • Birkin

      The evil within nem é tão difícil assim cara! O Tokuro Fujiwara deu algumas ideias pro desenvolvimento do primeiro Resident Evil, mas o Mikami não deixa de ser o mentor por trás da obra.

    • LucasGabriel

      A jogabilidade travada em conjunto com a camera bosta e a dificuldade astronomica foram propositais pra deixar o jogo como um survival horror de verdade.

    • Maester Alex

      Falou pouco, mas falou bosta. RE1 não é mérito só dele, mas nenhum jogo é feito sozinho (quer dizer, tirando jogos indies). RE2 ele foi produtor, foi ELE quem mandou refazer o jogo por estar abaixo de seu nível de qualidade. As múltiplas versões de RE4 mostram que ele estava decidido a fazer algo diferente, mas ao mesmo tempo de qualidade e coerente com a franquia, e ele conseguiu. O jogo é um sucesso de vendas e críticas, além de que a franquia DMC surgiu de uma dessas versões descartadas. E praticamente tudo do RE1 ao RE4 foi feito por ele ou com supervisão dele.

      • J M

        Olá…é tão bom achar comentários que expressam exatamente o que queremos dizer.Muito obrigado!

  • Luan Todd

    Nãaaaao… Deixa o Milani onde está. Eu amo The Evil Within, não quero que ele mexa nesse lixo de franquia que é RE.

    • Walisson Silva

      Lixo ??? Ata

    • Gabriel

      Pau no seu cu.

    • Daniel

      Ta fazendo o que aqui então?

  • Guilherme Rodrigues

    Confesso que fico curioso para ver o resultado de um novo Resident Evil feito por ele, mas não acho que a volta de Mikami faria uma grande diferença, não encaminharia a franquia para um caminho perfeito como muitas viúvas alegam.

    • Thiago Gonçalves

      A curiosidade sempre vai existir, mas faço de suas palavras as minhas.

    • Rivershield

      Certamente seria melhor do que o que temos agora. Se fosse The Evil Withim com skin de RE pra mim já estaria melhor do que o que temos agora.

    • VCF

      “Caminho perfeito” não existe, mas com base no que ele fez recentemente em TEW, ele com certeza encaminharia bem a série.

  • Hugo

    E que venha o remake do 2 seguindo os padrões do remake do 1* jogo e que assim seja tbm com o 3…Amém!

  • Birkin

    Amém!

  • Maximiliano da Silveira Simões

    Queria uma parceria de Mikami e James Wan, tanto em Resident Evil 8 quanto no Remake dos Filmes de Resident Evil para o Cinema, seria Bombastico!

  • Eva4Ever#ThankYouEva

    Então, se tinha uma coisa que o Mikami sabia fazer bem, era montar o jogo de forma que ele não fique com partes desnecessárias ou ´´encheção de linguiça“ , mas depois que eu fiquei sabendo que ele queria originalmente colocar robôs e um cientista maluco como inimigos no primeiro RE,e tbm abandonou a franquia por causa de um port, eu não consigo olhar pra ele da mesma forma.

    • Imagina que louco se num RE5 dele tivesse ET’s.

      • Rodrigo Zika!

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Thiago Gonçalves

      Isso prova que ele também é humano, kkkk.

    • J M

      Acho que isso faz parte do processo de criação mesmo (a parte dos robots)…não considero ele ter cogitado isso enquanto ainda pensava no que estava fazendo tao bizarro assim.O cara tem que imaginar como ficaria,até chegar no resultado final…e ainda assim,sem saber se vai dar certo.

  • O meu medo é que se dependesse dele o Leon hoje em dia seria um deus, Chris seria um ciborgue, Claire seria uma psycho soldier e a Jill seria a Jean Grey.

    • Rodrigo Zika!

      Vdd kkkkkkkkkkkk

  • LucasGabriel

    Deveriam chamar ele pra comandar o desenvolvimento do REV3, com TOTAL liberdade criativa.

  • LaioCebal

    OLOKO,AGORA PELO MENOS METADE DO FANDOM DE RE FICA LOUCO!

    Mas falando sério agora,eu acho bacana o Mikami voltar a trabalhar na franquua,mas no máximo como produtor criativo.Isso porque quem tá colocando a série nos eixos é o Koshi Nakanishi.Afinal,o cara dirigiu o RE7 e o REvelations,sendo este um ótimo jogo.Além disso,dá pra ver que ele sabe o que faz (diferente de um certo Kobayashi).

  • Resident 7 foi foda um dos melhores que joguei.

  • Gustavo S.

    Seria ótimo, ainda mais com ele como diretor. Os problemas são, que ele teria MESMO que ter liberdade criativa para isso começar a funcionar, e saber como s Tango Gameworks se envolveria com um futuro Resident Evil.

  • Rodrigo Zika!

    Não acho que mudaria muita coisa hoje em dia, além do mais ele teve a ideia de partir a saga pra ação, apos o fracasso de RE 0 no GB pela exclusividade e etc.

  • Ricardo Maidel

    Não sei se o retorno dele traria alguma melhoria à série. Mas acho que o cara entende demais do gênero e merece total respeito pela arte que já criou. Resident só se tornou o que é devido a ele e quem participou dos primeiros jogos; senão seria só mais um Clock tower. Acho que um cara calejado desse já sabe onde não pode errar… e isso já é suficiente pra não produzirem mais um jake que corre de um “nemesis” falsificado. E isso pra mim já basta. Volta mikami e trás o kojima. .. Hehe…

  • Gustavo Dória Costa

    Na moral,ele nem faz falta mais.Koshi Nakanishi e Yasuhiro Anpo se mostraram ser diretores bem competentes e que sabem o que estão fazendo.Mikami desce tanto o cacete no RE5,dizendo que não ia jogar,e que só jogou mesmo depois de um tempão(isso porque ele GANHOU uma cópia da Capcom),mas até o dado momento,ele(possivelmente)não sabe o quão bem feita e amarrada é a história do 5,e esse jogo foi só uma evolução natural do RE4.

    Aprecio muito o que ele fez para RE,afinal,é o criador,assim como também aprecio o que o cara fez para o mundo dos games,só que depois do RE4 parece que ficou chato,falando que ia cometer hara kiri,falou mal de RE5,etc e etc e agora que a série principal voltou a ser de survival horror e em primeira pessoa(projeto original de RE1 que foi descartado)ele vem falar que poderia trabalhar em RE8?Filho,pode ficar no TEW que RE vai muito bem obrigado!

  • Romulo_cdz

    Legal saber que ele elogiou o RE7. Pra mim ele nem deveria ter deixado a série, lembro que na época eu nao gostei nada de RE4, devido as mudanças e a falta dos zumbis, mas hoje vejo que foi um passo necessário, esse mesmo dado agora no 7 com a jogabilidade em 1° pessoa, então não sei se valeria a pena ele produzir uma série sequenciada. Agora se ele fizesse um RE com historia paralela como são os “Revelations”, aí sim seria show de bola.

  • Daniel

    Seria muito interessante ver o Mikami voltando a produzir algum jogo de Resident Evil, mas como a Capcom é uma filha de uma vaca, jamais daria total liberdade criativa para ele, duvido muito.
    Prefiro mil vezes o Mikami envolvido em algum jogo de RE, do que a duplinha do barulho, tiroteio e ação Kawata e Kobayashi.

  • player

    Se o RE voltar a ser o q foi antes (no estilo q era do RE 1 ao 3; o Outbreak tb, vai la).

    Se for pra ter esses mesmos games da era 2000 q parece mais ação q terror, não vai fazer diferença.

    • Marcos Vinícius

      Ué, mas o 7 é no ”estilo” dos clássicos. Ele voltou a ser o que foi antes: Investigação, sobrevivência, catação de recursos, monstros lentos, fugir de certos perseguidores, bem parecido com a trilogia inicial…

      • playtracker

        falta conferir melhor e pesar na balança pra saber vai ter mais prós que contras ou nenhum contra

    • Rodrigo Zika!

      Se você se refere a Câmera melhor não.

      • playtracker

        Poderia ter duas opções, camera em primeira e terceira pessoa, podendo trocar durante o game, como no game “Bushido Blade” (1 e 2) do PS1

        https://www.youtube.com/watch?v=PNPhnhn7Fs8

        • Rodrigo Zika!

          Acho que foi pela questão do custo, e do VR creio eu.

          • playtracker

            Talvez. Ou talvez eles nem pensaram na possibilidade de poder ter dois tipos de tipos de visão.

          • Rodrigo Zika!

            Se você for ver bem, o GTA tem essa opção mais e bem cagada, tipo improvisada só pra dizer que ta ali, creio que no RE precisaria ser mais trabalhosa, criar primeiro o personagem inteiro pra depois deixar só a câmera, mais poderia atrapalhar o VR, ou queriam também uma imersão maior e diferente, então não sabemos o motivo real.

  • J M

    Ele poderia ficar encarregado dos Remakes…que sonho! Não acho que ele esteja sendo hipocrita,e depois de criticar a serie tenha mudado de opinião.Aquilo foi a bastante tempo,e tanto ele quanto a Capcom ainda tavam com os olhinhos vermelhos.Admiro muito esse cara,gostei de tudo o que ele fez,tanto em RE quanto em TEW.

  • Chosen Undead.

    Eu acho que ele não deveria voltar, pois The Evil Within é um game genial que têm elementos perfeitos para o horror/survirvor.
    Depois o cara volta ai, dai não deixam ele trabalhar como ele quer, e o cara fica preso por conta de contratos… ai as duas franquias caem de nível e, no caso do RE, cai o nível outra vez.

%d blogueiros gostam disto: