Confira o comunicado oficial da Capcom à imprensa e informações do Captivate 2012, divulgadas por diversos sites. Saiba tudo sobre a primeira demonstração jogável apresentada a imprensa e detalhes das histórias de Jake Muller, o filho de Albert Wesker, e de Sherry Birkin.

Misturando ação e survival horror, Resident Evil 6 promete trazer uma experiência dramática de terror em 2012. Os favoritos da série, Leon S. Kennedy e Chris Redfield são acompanhados por novos personagens, incluindo Jake Muller, para enfrentar uma ameaça bioterrorista em escala mundial, enquanto a narrativa ocorre entre a América do Norte, o um estado do Leste Europeu chamado Edonia e a cidade chinesa de Lanshiang.

Resident Evil 6 traz três histórias distintas, porém intrelaçadas, cada uma com um par de protagonistas para jogar em single player ou co-op, tanto online quanto offline. Leon S. Kennedy está acompanhado pela agente norte-americana Helena Harper, enquanto Chris forma uma equipe com seu parceiro da BSAA, Piers Nivans. Finalmente, o mercenário e filho do infame Albert Wesker, Jake Muller, está acompanhado por Sherry Birkin, a filha de ex-cientistas da Umbrella, William e Annette. Todos os seis enfrentam um novo horror – o virulento C-vírus, que foi liberado sem suspeitas em um mundo despreparado, criando novas e mortais transformações.

– Agora, os zumbis podem correr, saltar e até mesmo usar armas.
– O J’avo aparece no conflito na Europa Oriental e pode se regenearar quando sofre danos. Se o J’avo é atingido em uma área em específico, pode sofrer mutações e gerar formas novas.
– O C-Vírus gera uma nova criatura chamada Chrysalide, que leva o processo de mutação ainda mais longe enquanto ocorre uma metamorfose completa.
– Modo Mercenaries retorna.
– Novo sistema de controles: jogadores podem atirar enquanto andam, rolar em qualquer direção, há sistema de cobertura e um sistema de ataques melee melhorado.

E a melhor novidade de todas: Resident Evil 6 terá legendas em português brasileiro, com áudio em inglês, francês, alemão, espanhol e italiano. Um trailer com legendas no nosso idioma foi divulgado pelo Uol Jogos.

INFORMAÇÕES DO CAPTIVATE 2012

– Cada um dos modos campanha (Chris, Jake e Leon) poderá ser jogada na ordem que o jogador preferir. As tramas são interligadas e os caminhos dos três protagonistas vão se cruzando.

– Piers Nivans (apresentado como Beards Nevence no mangá) é considerado o melhor atirador de elite da BSAA e já trabalha com Chris há algum tempo.

– O comportamento de Chris está bem alterado em RE6, graças a um evento traumático que deve ser revelado logo no começo do jogo.

– O cenário principal de RE6 é o de Chris, na China. Todas as histórias convergem para lá.

– Leon é considerado suspeito de matar o presidente dos EUA, Adam Benford. Ele se torna foragido em meio a horda de zumbis que toma conta de Tall Oaks. Helena é a única pessoa que sabe a verdade por trás da morte do presidente, mas ela também é considerada culpada pelo incidente.

– A história de Jake Muller, o filho de Wesker, começa antes da dos outros personagens, durante uma guerra civil envolvendo o C-Vírus, no Leste Europeu.

– Sherry e Jake se aliam pois ela oferece dinheiro a ele para salvá-la da guerra na Europa. A Capcom está se referindo à dupla como “os herdeiros de Resident Evil”. De acordo com a CVG, Sherry seria tão “mutante” quanto Jake. Juntos, os dois seriam quase invencíveis. Após ter ficado sob custódia do governo norte americano, Sherry se tornou uma agente especial do governo. O modo campanha da dupla deve ser revleado durante a E3.

– Jake Muller não sabe que é filho de Albert Wesker, até Ada Wong revelar a informação a ele. O rapaz teria sido abandonado pelos pais ao nascer, no Leste Europeu. Atualmente, o rapaz é perseguido por conter em seu sangue a cura para os vírus usados em ataques bioterroristas.

– A demonstração do jogo exibida durante o Captivate 2012 mostrava a primeira meia hora do modo campanha de Leon. A história começa logo após o atentado ao presidente, no dia 29 de julho de 2013. A dupla está na universidade de Tall Oaks, onde aconteceria uma recepção para o presidente. Após entrar em contato com o Serviço Secreto, Leon descobre que vários pontos dos EUA estão sendo atacados.

– Enquanto tentam fugir da Universidade, Leon e Helena encontram o reitor, que pede que os dois salvem sua filha.

– A estrutura da universidade remete à mansão do primeiro jogo e ao beta RE3.5. São quase 20 minutos caminhando por corredores iluminados apenas por relâmpagos nas janelas, com grandes salões abandonados e muitas sombras. O trecho parece ser recheado por tensão e o reitor parece ter sido infectado. Ao final, Leon e Helena encontram a filha do reitor gravemente ferida. A garota acaba por se transformar em um zumbi e ataca o próprio pai.

– Cada personagem possui sua série de ataques corpo-a-corpo, com chutes, ganchos e cotoveladas. Os zumbis podem ter armas presas aos corpos e os jogadores podem arrancá-las e usá-las para atacar os inimigos. Os personagens também poderão dar tiros rápidos, sem a necessidade de mirar.

– A demonstração não possuía indicadores na tela, apenas um ícone apontando a direção do próximo objetivo. Os jogadores acessam um pequeno inventário em tempo real semitransparente, através da qual o jogador pode ver munição disponível, escolhe armas e administra itens de cura.

– O UOL Jogos avaliou bem a inteligência artificial. Durante o combate, Helena sabe reagir bem na hora de proteger Leon e não disperdiça itens de cura.

– O game terá split screen, mas é possível fazer ajustes na posição das telas.

– The Mercenaries estará disponível desde o início do game, não será necessário finalizar o modo campanha.

– Os zumbis estão bastante detalhados: as roupas e itens pessoais parecem contar sobre a vida daquela pessoa antes de se transformar. Estes novos zumbis não são formados pelo T-vírus, mas sim pelo novo C-vírus.

– Quando indivíduos foram infectados pelo C-vírus, entram em um estado de crisálida (semelhante aos de borboletas e mariposas), antes de sofrer total metamorfose em J’avos. Os J’avos trabalham juntos, como soldados e podem sofrer transformações imprevisíveis.

– A idéia inicial de Hiroyuki Kobayashi era ter somente Leon como protagonista, mas Eiichiro Sasaki sugeriu que Chris também fosse inserido na trama.Kobayashi foi contra no começo, já que Chris havia sido o protagonista de RE5, mas mudou de idéia quando viu uma arte conceitual dos dois apontando suas armas um contra o outro (como visto no trailer). O produtor passou a acreditar que o conceito apontava em uma direção diferente e que poderia impressionar os fãs da série.

– De acordo com Sasaki, o jogo teria 30h de duração.

Com informações de:
Uol Jogos
IGN
Eurogamer
Gameblog.fr
CVG
Now Gamer

Confira as imagens do jogo em nossa Galeria.

%d blogueiros gostam disto: