A terceira parte em vídeo da mesa redonda envolvendo o time que participou do desenvolvimento do novo Resident Evil 2 foi disponibilizada pela Capcom. Desta vez, há a participação de Hideki Kamiya, diretor da versão clássica do jogo, que diz considerar a releitura muito assustadora. Outro ponto que ele destaca no material é que os zumbis estão bastante realistas e que, desta vez, o título realmente traz a sensação de terror – algo que ele não conseguiu alcançar com o RE2 de 1998, dado à limitação da tecnologia.

No vídeo, Kamiya fala ainda que se comunicava com um dos funcionários da Capcom enquanto jogava a releitura, e que só pedia por mais munição. A ausência das aranhas foi citada – mas não detalhada – assim como a nova visão de Ivy, do encontro da mutação G-Adult nos esgotos, do jogo de câmera incrível do embate com William Birkin no laboratório e do beijo de Ada Wong em Leon S. Kennedy.

Especificamente sobre o personagem de Leon, há uma brincadeira com a mudança no passado dele para a releitura de Resident Evil 2. De um bêbado que levou um pé na bunda, o novato ganha um ar mais responsável e adulto – esse passado mais fantasioso surgiu antes do jogo ser lançado e acabou ficando somente nos guias. A ideia dos corpos de inimigos permanecerem nos cenários após serem mortos estava presente no beta Resident Evil 1.5, mas não foi utilizada no clássico RE2 e só agora foi implementada na releitura.

Confira o vídeo completo:

Além da nova mesa redonda, a Capcom também divulgou o making of daquele trailer em live-action feito exclusivamente para a releitura de Resident Evil 2 – que tem inspiração em George A. Romero.

Resident Evil 2 pode ser adquirido nas melhores lojas para PlayStation 4/PS4 PRO, Xbox One/Xbox One X e PC (Steam). No país, somente as versões de consoles estão sendo distribuídas de forma física pela Warner Games Brasil, com direito à fabricação nacional. Usuários do PC podem fazer a compra de RE2 na Steam – adquira o seu código de ativação no Green Man Gaming.

%d blogueiros gostam disto: