O site italiano Tomshw publicou uma entrevista com dois dos responsáveis pelo remake de Resident Evil 2Tsuyoshi Kanda e Kazunori Kadoi. O material aborda vários aspectos da releitura do clássico original – alguns deles, já citados anteriormente durante conversas com outros veículos de comunicação. Existem, no entanto, alguns detalhes específicos que chamam a atenção por instigar a imaginação dos fãs, como a possibilidade de um futuro das crianças “Wesker“.

Sobre o jogo, o diretor Kazunori Kadoi enfatiza que o time da Capcom está bem ciente de que não vai conseguir agradar a todos os fãs e que os responsáveis estão trabalhando cuidadosamente em algumas mudanças. “Estamos cientes de momentos e cenas que os fãs esperam encontrar. Estamos fazendo o possível para mantê-los igual ao passado”, afirma. O diretor também diz ter consultado constantemente Hideki Kamiya, o diretor do clássico original, e que os fãs mais preocupados podem ficar tranquilos, pois há a benção dele no jogo.

“As principais cenas estão lá, no lugar, mas a narrativa ganhou riqueza de detalhes, com eventos que podem ter sido experimentado de outras formas [pelos jogadores clássicos], mas agora com um cenário mais extenso e realista. Pense em Claire e Irons, que nunca tinham se confrontado [da forma como foi mostrado durante a Gamescom] antes da transformação dele. Não são mudanças radicais, mas isso pode atrair a atenção e surpreender até aqueles que já decoraram o jogo”, diz Kadoi.

Quando questionado sobre as mudanças em relação ao clássico, como a possibilidade de criar barricadas e obstruir a entrada de zumbis, e se alguma dessas ações refletiria em algumas das campanhas – de Leon colocar um impedimento em uma janela e Claire (em sua campanha) notá-la no mesmo lugar – o produtor Tsuyoshi Kanda enfatizou o fato do sistema de zapping – Leon A/B e Claire A/B – ter sido eliminado do jogo, por isso as campanhas (isoladas) não terão nenhuma influência direta na jogabilidade. “Apesar disso, será preciso jogar – na ordem que preferir – as duas campanhas para entender o enredo como um todo”, frisa.

Ainda sobre os elementos do jogo, Kanda brinca com uma discussão que sempre existiu entre a comunidade sobre os banheiros. “Usamos o design original [de Resident Evil 2] como ponto de partida, mas expandimos para ambientes mais plausíveis ao mundo real. Faltavam detalhes cruciais, como os banheiros. Um ambiente de trabalho como a R.P.D. sem um único banheiro? Difícil acreditar. Então tornamos os espaços mais autênticos.”

Agora sobre as crianças “Wesker“, quando questionados sobre a possibilidade de expandir a relação entre Albert Wesker e Alex Wesker – essa última, apenas com participação em Resident Evil 2 Revelations – e sobre o arco histórico que envolvem os dois com Ozwell E. Spencer, os responsáveis por Resident Evil 2 Remake falaram sobre a redefinição de personagens – com uma “nova” Claire e um “novo” Leon, por exemplo. “Agora sabemos o que aconteceu nos vinte anos de Raccoon City e o futuro de Leon e Claire. Por conta disso, pudemos revisar a caracterização para que a versão [da releitura de Resident Evil 2] coincida com a atual”, afirmam Kazunori Kadoi e Tsuyoshi Kanda.

Especificamente sobre Wesker, os dois deixam uma brecha sobre o assunto. “Sobre o restante da história e o projeto das crianças Wesker e suas implicações, sim, poderíamos pensar em algo, mas você vai precisar esperar o jogo completo para ver por si mesmo o que pode acontecer”, dizem os dois.

Lembrando que Albert Wesker é um dos personagens de Resident Evil: Umbrella Chronicles. Ele aparece especificamente no cenário de Ada Wong, Death’s Door, em Raccoon. Será que a Capcom guarda alguma surpresa neste sentido para os fãs? Albert ou alguma das crianças do projeto Wesker ganharia uma citação? Ah 2019 que não chega…

Resident Evil 2 será lançado no dia 25 de janeiro de 2019 para PlayStation 4/PS4 PRO, Xbox One/Xbox One X e PC (Steam). No Brasil, somente as versões de consoles serão distribuídas de forma física pela WB Games, com direito à fabricação nacional. O título chega ao País com legendas em português.

Imagem/destaque: Mister-Valentine

%d blogueiros gostam disto: