Enquanto os fãs esperam por novidades, a revista japonesa Famitsu publicou em sua última edição uma entrevista com os produtores de Resident Evil Village, Tsuyoshi Kanda e Peter Fabiano. Confira as informações que foram reveladas:

Resident Evil Village está em desenvolvimento há 3 anos e meio.

Ethan, Mia e Chris acabaram criando uma relação considerando as experiências que os personagens tiveram em RE7. 

 – Os produtores quiseram dar destaque ao nome “VILLAGE” e não ao número “8” pois querem deixar nítido que a vila é um dos protagonistas do jogo.

– Questionados sobre para quem seria a mensagem no primeiro trailer do jogo sua história chega ao fim, os produtores deixaram no ar, mas afirmaram que Resident Evil Village é uma sequência direta de Resident Evil 7 Biohazard e que vai concluir a história iniciada nesse jogo – e isso está diretamente relacionado a Ethan.

– Pra quem ainda tinha dúvidas sobre qual era o final verdadeiro de RE7, os produtores disseram que o trailer de Resident Evil Village mostra as conexões entre os jogos, principalmente quando você reparar na situação atual do Ethan.

– Falando sobre Chris, eles afirmaram que muitos fãs acreditam que o personagem perdeu seu status de herói e muitos tentaram descobrir o motivo.

– Apesar de não revelarem em qual país o jogo se passa, apenas afirmaram que se trata em algum lugar da Europa.

– Tanto a câmera sobre o ombro, quanto em primeira pessoa tem seus méritos, mas os produtores acreditam que a primeira pessoa permite uma imersão maior ao jogador e que as mecânicas dela evoluíram em Village.

– O gerenciamento de inventário será algo importante no jogo.

– Sobre os lobisomens eles afirmaram que serão inimigos que os protagonistas irão enfrentar, mas ainda não podem falar sobre a origem deles.

– Falando sobre o potencial que a próxima geração trouxe para o jogo, eles revelaram que puderam atualizar os gráficos, o som, o tempo de carregamento não será percebido e que a experiência será muito mais imersiva.

– Sobre os puzzles, os produtores disseram que medo, combate, gerenciamento de itens e exploração fazem parte da essência de Resident Evil e que os puzzles expandem a amplitude da jogabilidade.

– O jogo, de fato, já está 60% completo.

Novas informações sobre o jogo serão reveladas em agosto.

Resident Evil Village tem lançamento previsto em 2021 para Playstation 5, Xbox Series X e PC (Steam)

Agradecemos ao Alex Aniel por traduzir a entrevista para o inglês em seu twitter.

%d blogueiros gostam disto: